História Los Dramas De Laurycolas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 6
Palavras 821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá amores, essa é minha primeira fanfic, então espero que goste
Qualquer erro me desculpe
Boa leitura💓

Capítulo 1 - Los Dramas de Laurycolas - Cap.1- O começo


Fanfic / Fanfiction Los Dramas De Laurycolas - Capítulo 1 - Los Dramas de Laurycolas - Cap.1- O começo

[Laura on]
[Giovanna on]

          Ela está sentada no sofá de sua casa, lendo um livro enquanto Tiberius, seu gato, se aconchega em seu colo.
-Querida, por que não dá uma volta? Está sentada aí o dia inteiro, precisa pegar uma corsinha. -Diz sua mãe, Giovanna. Enquanto senta ao seu lado.
-Tem razão, acho que vou dar uma volta e ir até o centro, Kaio deve estar por lá. -Laura se levanta e anda até a porta.
-Tome cuidado. -Giovanna diz ao lhe dar um abraço.
          E então ela sai.

[Laura off]
[Giovanna off]

[Nycolas on]

          Ele está no carro, falando no celular enquanto manusea o volante.
-Você tem que me entender, cara! Isso é trabalho. -Ele diz exautado -Como assim, claro que não! -Ele desliga e dá um soco no volante.
          Continua dirigindo pela avenida, logicamente raivoso, já que Daniel na maior parte do tempo é muito irritante.

[Nycolas off]

[Kaio on]
[Laura on]
[Carime on]

          Kaio está sentado no balcão, conversando com Carime enquanto a mesma o limpa. Laura entra no café.
-Oi, gente. -Ela diz enquanto senta ao lado dos mesmos.
-Amiga! Quanto tempo, temo que pôr o papo em dia. -Ele diz enquanto lhe abraça calorosamente.
-Ah, claro.  -Ela ri.
-Não liga não, La. Esse aí é mais exagerado que a dose de açucar que a senhorita Cáceres usa no café. -Carime diz enquanto a cumprimenta com um abraço.
-Ah, pelo amor da dona Samaritana né, Cah. -Ele diz ironico.
-Ta, mas como tem ido as vendas por aqui, Cah? -Laura pergunta.
-Ah, Laura. Você trabalha aqui cinco dias por semana, e quando tem folga, se importa com o lugar? Minha filha, você ta precisando sair mais comigo. -Ela lhes serve uma xicara de chá.
-Que nada, ela ta precisando é arranjar um bofe, isso sim! -Kaio diz ao dar uma golada.
-Será que podemos parar de falar da minha vida pessoal e continuar conversando como pessoas normais? -Laura diz.
-Sem problemas. -Carime diz.
          Eles continuam conversando.

[Kaio off]
[Laura off]
[Carime off]

[Agatha on]
[Nicole on]

          Nicole e Agatha sentam no sofá da sala.
-Claro que não, Nic. -Agatha discorda.
-É verdade, e se você discordar de mim eu vou sentar a mão na sua cara. -Nicole diz ao interromper Agatha.
-Credo.
-Abriu seu facebook? -Ela diz à Agatha, que está rindo mentalmente. -Olha, para de rir que eu vou te bater! -Ela sai.

[Agatha off]
[Nicole off]

[Davyd on]
[Juliana on]

          Juliana atende a senhora que mora ao fim da rua, ela passa por alí três vezes por semana.
-Bom, senhora. As orquídeas são as mais belas e a duzia sai por 28,90R$. -Ela diz enquanto toca nas teclas do computador.
-Certo, vou levar, minha querida. -A senhora lhe entrega algumas notas de dinheiro.
-E aí, maninha. Como as vendas estão? -Davyd entra.
-Ótimas, pra falar a verdade. -Ela entrega o arranjo à senhora.
-Então vai sobrar grana? -Diz com segundas intençoes.
-Vai, mas não pra você! Temos dois meses de aluguel pra pagar e você não ajuda nem com o pão que come. -Ela sai andando.
          Ele a acompanha.
-Eu tenho nescessidades!
-Sei bem quais são. -Diz.

[Davyd off]
[Juliana off]

[Vitória on]
[Renata on]

          Elas estão no carro, ele para, finalmente chegaram ao seu destino.
-É aqui! -Renata diz.
-É, precisavamos mudar. -Vitória diz ao encarar o nada.
-Foi para o nosso bem, você sabe! -Renata explica.
-Eu sei, mas ta tudo bem, estando ao seu lado estarei bem! -Elas saem do carro.
-Certo, agora vamos entrar, irmãzinha. -Renata diz ao lhe abraçar com somente um dos braços.
-Ta bom. -Ela ri.
          Elas entram.

[Vitória off]
[Renata off]

[Laura on]
[Carime on]
[Kaio on]
[Nycolas on]
         
          Laura os tentava convencer de algo.
-Ta, chega, preciso ir. Vou querer um café pra viagem. -Diz à Carime, que está usando um avental estranho.
-Certo. -Ela prepara. -Aqui está! -Ela lhe entrega.
-Obrigada, até mais, Kaiote. -Ela lhe abraça.
-Até mais, moreco, toma cuidado na rua! -Ele lhe dá um beijo com a bochecha.
          Nycolas entra no café, já está mais calmo, o que é geralmente bom.
-Af, mais um desses riquinhos que gostam do café perfeito. -Carime diz.
          Laura ri.
-Tchau, Cah. E obrigada pelo... -Ela esbarra nele.
          O café de imediato mancha sua camisa.
-Droga, menina, veja o que fez. -Ele diz tentando limpar a camisa.
-Meu Deus, me desculpa, eu... -Eles finalmente se olham.
          Os olhares então se cruzam, ele já não liga mais para a camisa manchada, apenas admira a moiçola que se encontra à sua frente.
-É, me... Me desculpe, moça. Eu que não olhei por onde estava... andando. -Ele olhava fundo nos seus olhos.
          Carime da um empurrão em Kaio para que visse a cena.
-Não, quê isso... Só, me desculpe, eu... preciso ir. -Ela sai.
          _Uau_- ele diz em seus pensamentos.


Notas Finais


Vou tentar postar toda terça
Ainda não tenho certeza
Se tiverem gostado
Deixem um favorito e comentário
Até terça💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...