História Loser? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Vkook, Yoonkook, Yoonmin
Exibições 31
Palavras 1.548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu resolvi mudar esse capítulo porque achei que se eu colocasse ele no meio da história ia ficar meio sem pé nem mão e nem cabeça. Ou seja, não seria um ser vivo completo rsrs. Por isso eu resolvi mudar e espero que agrade a todos vocês.

Capítulo 3 - Nos notem Hyung's


 -- TaeTae, só porque você não gostou do Yoongi não quer dizer que tenha direito a mexer em minhas coisas! Eu sei que ele é meio cabeça dura, mas tem um coração bom. Só teve um pequeno problema com a memória, mas eu já estou resolvendo!

 -- Quer saber? Espero que você se ferre com o albino e quando você estiver chorando, vou arrancar suas bolas, fritar e logo depois dizer: Eu te avisei filho da puta, vai ficar sem sêmen agora!

 -- Credo Tae! Seja mais sofisticado com as palavras que usa, desse jeito vai continuar solteiro pelo resto da vida, amigo -- Se você soubesse da paixão platônica do Tae por você, Hoseok... Quer saber? O Tae sempre foi escroto comigo, agora é minha vez de ser um escroto amigo. 

 -- Acho que ele vai deixar de ser solteiro quando finalmente falar que ama você, Hobi. Mas quem disse que ele tem coragem? Sabe, eu acho que às vezes o Tae... -- O meu querido e péssimo conselheiro já estava me fuzilando com os olhos e eu comecei a verdadeira atuação com um sorriso sacana no rosto, e ao olhar para o lado percebo um Hoseok muito surpreso e confuso. Hehehehehe, consegui o que queria. 

 -- Que foi Tae? Ahh, me desculpa amigo acabei falando do seu crush pelo Hobi... Opa! Acabei falando de novo que você é simplesmente apaixonado por ele desde o colegial. Ops, escapuliu e eu acabei falando do tanto que você enche meu saco me falando o qual maravilhoso o Hobi é e do quanto você é trouxa por ele. Agora, eu vou voltar a trabalhar antes que seja despedido. Até mais e sorte para o casal.

 O/O/O/O/O/O/O/O/O/O/O/O    

  Eu estava com uma vontade enorme de arrancar todas as penas da galinha Jeon, mas eu também estava devendo uma para ele, que se ele não tivesse falado isso talvez eu nunca teria me confessado e eu iria sofrer pelo resto da minha vida. Valeu Galinha!   

  Sei que não é o mais relevante no momento, mas vocês deve se perguntar o porque de ter escrito aquela mensagem para o Crush do Jeon... Eu enviei aquela mensagem porque o garoto sofre demais na mão dele, imagina gostar de alguém que simplesmente esqueceu de você? Esquecer dos momentos que já vivenciaram juntos e tratar ele daquela forma, para mim, é simplesmente inaceitável!     

 Mesmo  o Jungkook sempre parecer feliz e animado, sei que seu coração deve estar se quebrando aos poucos a cada resposta do albino. E eu, como melhor amigo, não aguento ver isso. Por isso quero que ele esqueça o branquelo de uma vez e viva sua vida feliz e sem lembrar dele a cada minuto e me torturar me contando sobre como era bom ser o namoradinho dele no passado. Sim, aqueles trouxas já se beijaram e digamos que possamos considerar que eles tinha um relacionamento.     

   Eu sofro com meu Hyung, o Jungkook sofre com o dele... Podemos dizer que nós dois somos os losers que querem ser notados pelo Hyung.         

       Mas não estamos aqui para escrever sobre Jeon Trouxa Kook e sim de Kim Trouxa Hyung. 

Hoseok estava meio paralisado desde a saída de Jungkook e eu sentia minhas pernas tremendo e quando ele passou a me encarar, fiquei batucando na mesa e desviei o olhar. Eu virei o sinônimo do nervosismo, agora eu só queria entrar em um dicionário e me esconder pelo resto da eternidade. 

       -- É verdade o que aquele babaca falou? Você gosta de mim durante todo esse tempo e nunca resolveu me contar? Porra Tae... Somos melhores amigos e eu não sei como reagir a isso.    

   -- Não se preocupe... -- pronunciei com a voz baixa a aumentando em seguida tentando não gaguejar -- Eu passo por isso a nove anos e já fiquei acostumado a não te ter como bem queria, a ver você sendo de outras pessoas e não sendo meu. Já estou mais que acostumado a tudo isso. -- com lágrimas no rosto, sai do café e pretendia ir para casa chorar ainda mais, até que o Hoseok me gritou e eu simplesmente travei no chão, me sentando no meio fio e esperando ele vir se sentar de meu lado. Assim que sinto seu perfume mais forte e ouço sua respiração, prendo a minha e fico calado, até que ele resolve quebrar o silêncio. Não sei se fico aliviado ou desesperado.   

  -- Não disse que não queria tentar... Somos melhores amigos e eu amo você, não sei se esse amor é o que você quer de mim, mas quem sabe com o tempo eu não aprenda a te ver com outros olhos? Você aceita tentar conquistar o meu coração? 

  Parei para pensar durante alguns segundos e vejo que a idéia dele não me parece ruim, eu confesso que queria que ele gostasse de mim da mesma forma mas se ele quer tentar quer dizer que sente algo a mais por mim, certo? Vou apostar nessa teoria e me arriscar, eu não tinha nada a perder de qualquer maneira mesmo.   

     -- Aceito, mas acha que você consegue gostar de mim com o tempo? Eu posso ser bem estranho e talvez um pouquinho possessivo.  

   -- Um pouquinho Tae? - fez uma cara de deboche, mas logo abriu um sorriso encantador e me apertou minha mão - Você é uma pessoa maravilhosa e é mais que uma honra ser dono do seu coração e saiba que eu sou muito, muito ciumento e confesso que não quero que ninguém mais ocupe seu coração. Ele é todinho meu agora!    

Com um enorme sorriso, abraço o Hyung e agora sei que eu e ele temos a capacidade de tentar algo a mais, de tentar aprofundar o nosso amor.

 O/O/O/O/O/O/O/O/O

 Coelho Nariz de Pinóquio: Hyung, precisamos conversar e tem que ser agora... É sobre o seu primeiro beijo e acho que você deveria saber. 

 Hmm, eu tenho interesse sim, mas tem que ser logo agora? Você anda tão ocupado ultimamente que não pode marcar para outro dia? 

 Coelho Nariz de Pinóquio: Tem que ser agora! Sinto atrapalhar seus estudos, filmes o que seja, mas eu preciso muito conversar com você. 

 Coloco meu celular na bancada e solto um longo suspiro indo pegar meu copo de água e vejo que não tenho outra saída a não ser encontrar o Jeon agora... Deve ser muito importante mesmo para ele ter sido tão sério. Esse menino me surpreende cada vez mais. 

Okay, onde a gente vai se encontrar?

 Coelho Nariz de Pinóquio: Eu já estou aqui te esperando, venha correndo ou voando se puder. Logo o parque abre e eu não quero conversar com você ao lado de crianças barulhentas e irritantes.

Pensei que já estivesse acostumado com si mesmo, mas enfim. Mande logo o endereço, só vou escovar os dentes e já estou indo.  

  Garotinho apressado viu?

 Eu escovo meus dentes e nem ligo de estar usando uma roupa desleixada para me encontrar com ele. Como o parque não ficava longe de minha casa eu fui andando e logo avistei o Jungkook em um dos balanços de cabeça baixa... Ele parecia pensativo e tenho que confessar, ele fica muito mais bonito de boca fechada. Mas isso não significa nada. 

   -- Então me fale logo sobre o garoto que beijei quando tinha treze anos em um parque, que por sinal era muito parecido com esse... Foi nesse parque em que eu me peguei com o tal garoto? Não, esquece.   

  -- Na verdade, você acertou - olho confuso para ele, não tinha como ser o mesmo parque porque os balanços estavam com a cor diferente, mas eles podiam pintar ne? Aish, não entendo mais nada - O parque em que a gente se beijou é muito parecido com esse, a única coisa que muda são as cores do balanço.  

   -- Oi? Como assim, a gente se beijou? Não me diga que... - Droga, eu devia ter ligado os pontos. Mais novo, cabelos caídos nos olhos, fofo e de boa aparência... A única coisa que mudou foi a timidez. Eu ainda não posso acreditar, eu gostava tanto do Jungkook no passado para ter iniciado um beijo, aparentemente involuntário, com ele? Eu estou meio atordoado.   

  -- Sim, foi bem nesse parque a mais ou menos nove anos atrás que com uma desculpa esfarrapada me beijou, e foi a exatamente nove anos atrás que você se dizia apaixonado por mim e me fez me apaixonar por você. E foi a nove anos atrás que você me pediu em namoro e também foi a nove atrás que você simplesmente sumiu da minha vida, não me deixando me esquecer de você até minha adolescência. Achei que você tinha o direito de saber e por isso contei... Então foi isso, já pode voltar para a sua vida insignificante. - ele já estava se dirigindo a saída e eu fiquei paralisado.   

 Minha ficha ainda não tinha caído... Eu era apaixonado por ele? Eu era realmente apaixonado por alguém que atualmente acho detestável? Meio boquiaberto e desnorteado fui atrás do garçom e puxei seu braço com força, mas logo suavizei o aperto e o encarei por longos minutos, até que ele resolve se soltar, ao ver que eu não ia dizer nada, e finalmente sai do parque.  Em que buraco de Coelho eu resolvi cair? 


Notas Finais


Bom, foi isso. Até o próximo capítulo gente é kissus de sorvete de framboesa♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...