História Lost - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~BubblegumBitche

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, One Direction
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags 5 Seconds Of Summer, 5secondsofsummer, 5sos, Ashton, Ashton Irwin, Calum, Calum Hood, Drama, Fanfic, Fanfiction, Harry, Harry Styles, Liam, Liam Payne, Louis, Louis Tomlinson, Luke, Luke Hemmings, Michael, Michael Clifford, Niall, Niall Horan, One Direction, Oned, Romance, Zayn, Zayn Malik
Exibições 10
Palavras 1.657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas! Eu sou Anna, a autora da fanfic, como eu estava com problema para postar, a Luna fez isso para mim, sei que teve um longo intervalo entre o primeiro e segundo capítulo, mas eu eu realmente tenho medo de bater aquele bloqueio e apagar essa fanfic, por isso sempre adianto. Espero que gostem desse capítulo, beijos.

Capítulo 2 - What are you doing here?


Fanfic / Fanfiction Lost - Capítulo 2 - What are you doing here?

Após o sorvete, os adolescentes resolveram ir para casa enquanto conversavam, Luna e Ashton foram os primeiros a chegarem em casa, Anna não pode deixar de notar aquela casa, era simples, porém extensa, os portões eram pratas, a mulher que os esperava no portão não parecia estar feliz, a mulher tinha uma cara estranha e logo abraçou os dois com todas as força.

Logo depois Victoria, Mary, Anna e Luke entraram no edíficios onde eles moravam. Os amigos se separaram e foram para suas casas, menos Luke que iria para a casa de Anna para ele reencontrar os Parker’s, eles passaram na casa de Willa, a tia de Anna, e pegou Lilian e Luis, que pularem no colo de Luke assim que o viram.

Os quatro caminharam para casa, onde seus pais haviam acabado de chegar, Silena desceu do carro e assim que viu Luke o abraçou com doçura. Jake e Luke bateram continencia e lodo depois se abraçaram, o Hemmings sempre foi como se fosse o irmão de Anna, para seus pais, ele era o Mikael 2.0, depois que seu irmão havia saído de casa, pr isso Mikael e Luke não se davam bem desde que se conheceram.

 Silena e Jake foram se arrumar e logo o casal foi fazer a comida, já os mais novos assistiam Girls Meets World, Lilian e Luis brincavam de jogo da velha sentados no tapete felpudo branco e o papel estava apoiado na pequena mesa de madeira, após três episódios, a comida estava pronta e todos pegaram os pratos e foram para a sala, o pai colocou em um filme, todos comiam com direito a piadas e brincadeiras, mas tudo acabou quando uma batida na porta foi ouvida, Anna foi abrir a porta e lá estava ele, Niall Horan, o culpado, o ex-namorado, o idiota.

— O que está fazendo aqui? — Ela perguntou.

— Precisamos conversar — Niall ia entrar em sua casa, mas Anna o impediu.

— Essa é minha casa, não é nada meu além de conhecido, não somos amigos, então não pode entrar na minha casa sem eu falar, você espera eu convidar e como eu não quero que você pise na minha casa, podemos conversar aqui fora — Apesar de toda frieza, seu coração estava partido em mil pedaços, ela queria abraça-lo e beijar ele com toda vontade.

— Não faz isso — O loiro disse, com o olhar magoado, o ponto fraco da morena, ela iria se render, ela tinha que resistir, ela tinha que resistir, ela tinha que resistir. A mesma suspirou e o olhou.

— Faço sim, fale logo, tenho que voltar a jantar — Anna disse, suspirando pela décima vez.

— Queria falar pelo jeito que tratou Olivia nas mensagens — Ele sorriu minimamente, a morena sentiu uma pontada e fez uma careta. — Eu sei que o que EU fiz foi errado, mas...

— Errado? Foi horrível Horan, você jogou um relacionamento de dois anos no lixo por uma ruiva que você conheceu em um acampamento de música e se apaixonou por ela do nada? Você nunca me amou Horan? Eu era um passatempo? Só de lembrar dos planos que nós fazíamos, me enche de raiva por eu ter sido tão idiota, como eu pude achar que você que você me amava? Ou iria me amar! Sério Niall, sai da minha casa, eu não quero escutar mais porcaria nenhuma que sair da sua boca — Ela o empurrou e entrou para casa, batendo a porta e correndo para o quarto.

A família se encarou e Silena se levantou, mas Jake a impediu, o seu olhar dizia deixa comigo, Luke resolveu nem falar nada, preferiu distrair Luis e Lilian, já que a pequena  odiava ver a morena chorando. O pai subiu as escadas para o quarto e abriu a porta da filha, a mesma já se encontrava chorando deitada no travesseiro e parecia desesperada.

— Oh sweet — Jake disse, era assim que chamava a filha quando ela tinha três anos.

— Pai, tá doendo. — A morena disse, agarrada ao travesseiro, ele se sentou ao seu lado, acariciando seus cabelos.

— Isso doí, isso sempre vai doer, quando eu e sua mãe terminamos uma vez, eu virei um deliquente, não gostava de ir para o colégio, faltava, arranjava brigas. Eu virei uma péssima pessoa, porque eu estava sofrendo — O homem contava — Mas temos que entender que precisamos superar e seguir em frente. Eu prometo que eu vou estar aqui, sua mãe e seus amigos, mas tem que me prometer que vai tentar superar e sair por cima.

— Eu prometo — Ela entrelaçou seu dedo mindinho com o do seu pai e o abraçou. — Vamos lá comer a sobremesa, hoje tem o que?

— Brownie. — Jake respondeu e Anna o abraçou mais forte ainda, ela amava Brownie.

Eles desceram as escadas e todos estavam olhando com pena para Anna, coisa que ela não gostava, então ela riu e revirou os olhos, sua mãe entendeu e começou a rir juntos, ela ainda tinha aquelas atitudes infantis, a família foi para a cozinha pegar pudim, eles voltaram para a sala e foram assistir Frozen – Uma aventura congelante, já que era noite de Lilian escolher o filme e como sempre, ela escolheu seu filme favorito.

Após o filme acabar, Luke resolveu ir embora e a morena o acompanhou, eles foram para fora e o loiro a abraçou, Anna cedeu, ela estava precisando daquele abraço, então uma lágrima caiu de seu olho. Ambos apertaram o abraço, não havia desejo ali, havia proteção, carinho, irmandade, parceria, então a menina tinha certeza, ela e Luke nunca seriam um casal, mas sim melhores amigos.

O abraço afrouxou e Anna beijou a bochecha do amigo, ele sorriu e acenou, a morena ficou acompanhando o amigo, até ele sair de seu campo de visão. Ela entrou em casa e se sentou no sofá, junto com sua família.

— Está na hora de dormir, todos indo colocar o pijama, escovar os dentes, arrumar os materiais e ir dormir, pois amanhã, a rotina recomeça — Silena disse e todos subiram.

Anna colocou seu pijama do Bob Esponja, penteou o cabelo, passou um creme no rosto e arrumou sua mochila, logo foi se despedir do seus irmãos, ela entrou no quarto de Lilian e beijou sua bochecha, ela sorriu e retribuiu o beijo, logo se deitando para esperar o boa noite dos pais, ela foi para o quarto de Luis, repetindo o processo.Ela voltou para o quarto e se deitou, logo seus pais entraram e beijaram sua testa, eles sempre faziam isso, era uma tradição.

Quando Anna acordou, o café já estava pronto, mas seus pais ainda não haviam acordado, só significava uma coisa. Assim que seus irmãos abriram a porta, os três trocaram olhares cúmplices e desceram as escadas correndo.

— VOVÓ — Os três a abraçaram, assim a mulher riu.

Patricia, tinha 72 anos, mas parecia bem mais nova, ela usava um salto incrível da Louis Vuitton, usava um vestido bonito, então Silena e Jake desceram.

— Madre! — Silena exclamou e abraçou a mãe.

— La Mia Piccola — Patricia respondeu, abraçando a filha. — E você bonitão? Já se arrependeu de ter casado com ela e não comigo?

— Mas é claro, vamos fugir junto Pati. — Jake respondeu, abraçando a sogra.

Após um café da manhã cheio de risadas, o que a fez esquecer um pouco sobre o clima de tensão entre Anna e Niall, mas a garota ainda lembrava do que ela falou, dois anos, ela ainda lembrava de todos os planos, do véu que iria usar, do vestido, da igreja, mas então veio ela, Olivia, a garota que transformou a vida de Niall em um livro de romance e no final, Anna era a vilã, a namorada traída, aquela que nunca teria um final feliz.

Ela lavou os pratos e subiu as escadas em direção ao banheiro. Silena gritou que o uniforme já estava em sua cama, Anna tomou banho e se vestiu, hoje teria a festa de boas vindas, era tradição, dessa vez a festa seria na casa de Olivia Clarke e ela fazia questão de arrasar nessa festa.

A morena entrou no carro e aproveitou para fantasiar sobre seu futuro, o engraçado era que Anna sentia que seu futuro inteiro estava confuso, antes era ir para Harvard ou Australian National University com Niall e Victoria, após o terceiro período, o casal ficaria noivo, após terminarem, se casariam, após isso mudariam para Londres e teria uma família, agora a única coisa que ela conseguia pensar em fazer era... O dever de matemática.

Seu celular apitou, o que a fez despertar de seus devaneios, era uma mensagem da Vic, outra da Luna e outra do Ashton (?)

Vic Chase

ANNA.

APARECE AQUI.

TENHO FOFOCAS.

Oi querida, pode falar.

Bom, estava eu lá em casa, estudando, aí meu vizinho Harry me convidou para tomar sorvete e nós fomos, aquele gatinho tava lá e ele se recusou a atender nossa mesa, o Harry ficou puto e os dois começaram a discutir...

AÍ tipo....

No final de tudo, acabou de o gatinho NÃO atendeu a gente e Harry ficou puto e me chamou para um encontro para se desculpar.

NOSSA VEÍ.

DOIS MENINOS? AINDA MAIS O STYLES, TÁ PODENDO, mano.

O Niall veio aqui ontem e tipo, rolou mó treta...

Eu falei que não queria mais falar com ele, fiquei puta, tirei tudo que tava engasgado.

Luna Young

Hey Ann! Você vai na festa da Olivia?

Claro que sim! Vou arrasar, ei... Você pode vir aqui para minha casa para a gente se arrumar, a Vick vai vir e a Duda também, aparece aqui.

Sim! Eu adoraria.

Tchau, valeu.

Tchauuu.

Ashton Irwin

Hey! Eu queria pedir desculpa, aquele não era um dos meus melhores dias. Desculpa.

Nem o meu, desculpado, me desculpa?

Ok, vamos do zero, sou Ashton Irwin.

Sou Anna Parker, até na escola Ash.

Até na escola Claire.

Claire?

Eu vi seu nome da chamada... Anna Claire Parker.

Mas vou te chamar de Clair.

Ok então, Ash.

Ary Collins.

EU, VOCÊ, VICK E LUNA SE ARRUMAR PARA A FESTENHA.

Fechouuu.

 


Notas Finais


Gostaram? Vou tentar postar o terceiro capítulo o mais rápido possível. Falem o que acharam, críticas, sugestões e etc são bem aceitos. Eu sou uma grande fã de séries, livros, fanfics e etc, então provavelmente vocês verão muitas referências a isso em Lost, beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...