História Lost - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bring Me The Horizon
Personagens Oliver Sykes
Tags Magia, Musica, Ocultismo, Oliver
Exibições 8
Palavras 393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Magia, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Meus amores, eu demoro pra escrever porquê toda vez que eu posto um capítulo novo, eu leio a história novamente e veio se esta tudo batendo.

Capítulo 12 - Mamãe


Fanfic / Fanfiction Lost - Capítulo 12 - Mamãe

Voltei pro apartamento e me sentei no sofá. Tinha esquecido de como estudar cansa.

Não parava de pensar em Tom, nas suas manias chatas e em tudo o que ele gostava de fazer. Me sentia culpado por ter concordado em entrar na cabana. Ele ainda estaria comigo..

A mulher que "era" a minha mãe apareceu na porta da sala e veio se sentar comigo. Ela não tinha mais aquele rosto doce. Sua expressão era rude.

-Afinal, qual o seu nome?- Eu perguntei. Não gosto de ficar curioso.

-Me chamo Amy. - Ela disse fria. Parecia não querer muito papo com o seu "filho".

-Sabe por que esta aqui ?- Eu perguntei, não sabia se ela era um demônio.

-Sei sim. Eu sou como vocês. Não sou humana. - Ela disse.

-E por que aceitou ? - Eu estava parecendo Emily. Não parava de fazer peeguntas.

-Eu tenho uma dívida com o seu superior. - Então quer dizer que ela deve pro maldito demônio. Comecei a me interessar.

-Deve oque pra ele? Uma chapinha? - Eu disse risonho. Não era hora de fazer piadas Sykes.

- Eu vendi a minha alma por algo. O interessante é que não tenho alma. - Ela disse fitando o nada.

- Ah sim, menos mal. Achei que ia ter que lichar os cascos dele. - Eu fiz de novo.

- Você é irritante. Muito irritante. Esta me caçoando por não ter como pagar a minha dívida ? Por Lúcifer! Falou o anjo que virou mortal por gostar de uma garota que o traiu meses depois. - Eu deixei ela brava. Ela tocou na minha ferida.

- Já consegui a minha imortalidade de volta. - Eu disse sério como o velho e mau humorado Sykes.

-Mas como demônio e não como um anjo de luz e purpurina do senhor. - Ela me fez rir mentalmente.

- Cadê o cara que vou chamar de pai ?- Eu perguntei curioso novamente.

-Resolvendo algumas coisas no purgatório. - Ela disse. - Cadê a menina com cara de atriz pornô ? - Ela perguntou

- Deve estar iludindo alguém. - Eu disse.

- Vou descansar. Espero que consiga cumprir essa missão logo. Não vai ser nada fácil.

Ela disse e se retirou. Fiquei deitado no sofá pensando em como contar pra Emily que ela era um híbrido. Metade anjo e demônio. Acabei adormecendo.


Notas Finais


Espero que gostem <3 tentei ser engraçada. U.u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...