História Lost - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bring Me The Horizon
Personagens Oliver Sykes
Tags Magia, Musica, Ocultismo, Oliver
Exibições 10
Palavras 353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Magia, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Dois capítulos seguidos <3 pra compensar a demora u.u

Capítulo 13 - O vale


Fanfic / Fanfiction Lost - Capítulo 13 - O vale

- * LEMBRANÇAS ON

O vento estava forte e gélido. Tom tremia de frio dentro da cabana. Era muito mais gelado aqui dentro do que lá fora.

Percorri meus olhos pelo lugar e fiquei assustado com tudo o que vi. Tom não deveria ver isso. Parecia cenário de um filme de terror.

Haviam pentagramas invertidos, assim como várias cruzes. Cálices por todo o lugar e castiçais com velas.

Por estar escuto, eu peguei os fósforos que estavam do lado da pequena janela e ascendi as velas.

Parecia ter ficado pior. Pude ver que haviam várias imagens de bodes e inclusive, cascos de bode em cima de algo que parecia ser um altar.

-Porque papai tem essas coisas ?- Tom perguntou com a sua inocência.

- Eu não sei Tom, mas ele não pode saber que estivemos aqui. Entendeu? - Eu tentei parecer calmo.

Escutamos passos no assoalho do lado de fora da cabana. Droga, era papai. Ele entrou com um machado nas mãos. Eu não entendida porque o uso da ferramenta. Já havíamos cortado a lenha hoje cedo.

Papai estava sério e parecia estar sem sentimentos. Seus olhos não mostravam vida nenhuma.

De repente papai fecha a porta da cabana e começa a balançar a cabeça de lado para outro. Eu estava na frente de Tom, ele estava assustado.

- Eu não queria fazer isso, eu avisei pra nunca entrarem aqui. Eu avisei. Eu não queria fazer isso. Me perdoem. - Foi o que ele disse antes de me jogar no chão e começar a me enforcar com as suas mãos. Tom não parava de gritar e chorar pedindo pra ele parar. Foi um erro. Isto atraiu a atenção dele. Papai pegou o mando no chão e arrancou a cabeça do meu irmão. Do meu eterno Tom. Depois veio até mim e começou a me esmurrar sem parar. Caí  deitado no chão e percebi um pentagrama gigante no teto da cabana. Antes de desmaiar pode ver que papai pegou a cabeça de Tom no chão e colocou acima da sua, bebendo o seu sangue que pingava. Eu chorei em silêncio antes de apagar.


Notas Finais


Eai ? Gostaram ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...