História Lost - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Life Is Strange
Personagens Brooke Scott, Chloe Price, Kate Marsh, Maxine Caulfield, Nathan Prescott, Personagens Originais, Rachel Amber, Victoria Chase, Warren Graham
Tags Amberfield, Chasemarsh, Chaseprice, Grahamscott, Pricefield
Visualizações 164
Palavras 1.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, pessoas. Nunca pensei que realmente fosse postar uma historia aqui, mas tomei coragem e aqui estou eu. A primeira coisa que quero falar sobre a fic é que vão ter mais personagens alem daqueles que estão na capa. Segunda coisa, se vocês olharam as tags viram que tem alguns shipps aí, então eu sou do tipo que shippa até porta com janela (Uh portela melhor otp), vou tentar focar em todos os casais, mas o foco da fic é pricefield. É isso, espero que gostem. Kissy, Kissy.

Capítulo 1 - Good idea


 

P.O.V Chloe 

Meus olhos estavam fixos no relógio acima do quadro e não estou prestando atenção em nada que professora fala, tenho certeza que todos ao meu redor estão na mesma situação. Qual é, é o ultimo dia de aula, ninguém aguenta mais essa velha chata falando. 

Um papelzinho foi jogado na minha mesa todo amassado, peguei o mesmo e o desamassei  para ver o que era. Já de cara vi que é a letra de Nathan.

"Reunião no refeitório depois que a droga dessa aula acabar. Precisamos decidir o que fazer nas férias. Passa o bilhete adiante"

Assim que li, cutuquei Victoria que estava á minha frente, ela virou já sorrindo, eu retribuí e entreguei o papel para ela, depois a mesma passou para Kate e assim foi todos foram repassando. 

Finalmente o sinal tocou e todo mundo levantou depressa e correram para sair da sala. Alguns foram embora, mas quase metade, um pouco menos que isso, caminhava para o refeitório.  Nathan sentou no lugar de sempre e logo a mesa já estava rodeada de gente, e não tinha lugar para mim.

-Senta aqui, amor-Victoria falou, levantando-se. Eu sentei e puxei ela para sentar no meu colo.

-Todo mundo que tá aqui já sabem porque estamos aqui. Então alguma ideia?-Nathan perguntou. Ninguém se pronunciou, mas de repente todo mundo começou a falar ao mesmo tempo.

Nathan  e eu nos entreolhamos, não dava pra entender caralho nenhum.

-Calem a boca-Gritei e todos se calaram-Obrigada. Agora um de cada vez fala o que tem em mente-Disse.

-Festa-Uma garota da qual não me recordo o nome falou.

-A gente faz festa quase todo o fim de semana. Tem que ser algo diferente-Nathan falou e alguns, assim como eu, concordaram.

De repente uma ideia surgiu em minha mente.

-E se a gente acampasse?-Sugeri e recebi os olhares de todos ali.

-Boa ideia!-Nathan exclamou.

-É uma ótima ideia-Max falou.

-Odeio ter que admitir, mas a ideia é boa. E pode ser legal-Rachel falou.

-Acampamento, então?-Nathan perguntou, e nós apenas concordamos.

-Podemos acampar na Peavey Arboretum, o que acham? -Warren perguntou.

-Desde que você saiba como chegar nesse lugar, porque não estou afim de ficar perdida-Rachel falou.

-Eu sei-Warren e eu falamos ao mesmo tempo.

-Beleza, então-Nathan se levantou-Vou conseguir uma van pra gente, okay?-Perguntou e todos concordaram-Amanha eu quero todo mundo pronto, saímos no domingo-Concluiu e saiu do refeitório sem dizer nada.

Algumas pessoas levantaram e saíram também.

-Quer uma carona, Max?-Perguntei, ela me olhou e assentiu. Rachel e Victoria bufaram ao mesmo tempo-Vamos, então?-Ela assentiu, deu um selinho em sua namorada e eu fiz o mesmo com a minha.

Victoria saiu do meu colo e eu me levantei, Max fez o mesmo em seguida, coloquei meu braço em volta do seu pescoço e nós saímos do refeitório.

-Ainda sabe montar uma barraca?-Perguntei, divertida.

-Sinceramente?-Ela falou, olhei a tempo de ver ela fazendo uma careta-Não-Eu ri.

-Vou ter que te ensinar de novo? Tá louco-Fingi um suspiro cansado.

-Nem foi você que me ensinou, sua mentirosa-Ela disse, eu dei uma risadinha.

-Mas agora vou puder te ensinar-Falei  e ela murmurou um "É". 

-Só espero que não apareça nenhuma cobra de novo-Falou, eu gargalhei e levei um leve tapa no ombro.

-Ei-Reclamei-Aquela cobra apareceu no pior momento, mas deu tudo certo depois, né-Falei e vi ela corar.

Descemos as escadas para o estacionamento e caminhamos até minha caminhonete, tirei  meu braço que envolvia o pescoço de Max e utilizei para pegar a chave do carro. Abri a porta para ela e dei a volta no veículo para entrar.
Liguei o carro e arranquei o mesmo dali. O caminho até a casa de Max foi entre conversas aleatórias e lembranças de quando acampamos á três anos atrás.

-Até domingo, Che-Ela disse, soltando o sinto.

-Até parece que eu não vou vim aqui amanha-Disse, me virando para ela.

-É verdade-Falou, me deu um beijo na bochecha e saiu do carro.

Dirigi mais ou menos umas duas quadras até chegar na minha casa, desliguei o carro, tirei a chave e saí do mesmo. Entrei em casa, subindo direto para meu quarto, afinal, não tinha nada para fazer ali embaixo, já que não tinha ninguém. Me joguei na cama e peguei minha carteira de cigarro no bolso, tirei um maço, acendi e coloquei o mesmo entre meus lábios.

"Aquela cobra apareceu no pior momento, mas deu tudo certo depois, né"

Lembrei do que havia dito para Max e soltei a fumaça do cigarro.

" Max eu nos beijamos de um jeito carinhoso, nossos lábios se tocavam com delicadeza, beija-la daquela forma é tão bom. Pena que não durou muito, tanto o beijo, quanto os toques começaram a se intensificar, coloquei minha mão por dentro da blusa dela.

-Você tem certeza?-Sussurrei.

-Tenho. Você tem?-Sussurrou de volta, eu assenti. Era a primeira vez de Max e a minha também, nós duas queríamos que fosse algo especial, e como sonhávamos em acampar achei que seria legal que esse fosse o lugar.

Passei meus beijos para o seu pescoço e subi em cima dela, dei leves mordidas no seu ponto de pulso e ouvi ela arfar baixinho.

-Chloe...-Sussurrou.

-Hum?-Perguntei, mas sem parar o que estava fazendo.

-Sua mão está um pouco gelada, pode tirar ela da minha perna um pouquinho?-Perguntou, baixinho e eu a olhei.

-Não estou com a mão na sua perna-Falei, olhando confusa para ela. Eu estava com uma mão em sua cintura e outra ao lado de seu corpo para apoiar um pouco o peso do meu corpo.

Eu olhei para sua perna e meus olhos se arregalaram, uma cobra estava enrolada perto da perna de Max.

-Okay, Max, não precisa se assustar, okay?-Falei e ela claramente já ficou assustada.

-O que tem na minha perna?-Perguntou, tentando levantar a cabeça para ver.

-Não se mexe-Falei, saí de cima dela e ela olhou para sua perna, vi seu rosto ficar branco-Calma, eu vou tirar ela daqui-Disse, e me ajeitei para pegar a cobra com cuidado. Saí da barraca e caminhei até o mais longe possível para solta-la. Quando voltei, Max estava sentada com o travesseiro entre as pernas-Pronto-Disse e me sentei ao seu lado.

Max deixou a travesseiro de lado e fechou o ziper da barraca, voltando para o seu lugar anterior.

-Acho que floresta não é melhor lugar...-Antes que eu pudesse terminar de falar, Max selou nossos lábios com mais desejo do que antes. "

E como eu disse, tudo deu certo depois, Max e eu tivemos uma primeira vez inesquecível, tanto pela cobra quanto por cada momento. Nós terminamos uns 3 meses depois, ainda tive que aturar algumas pessoas falando que eu só queria transar com Max, mas ainda bem que ela sabia que aquilo era mentira e continuamos amigas depois disso. E bem, ela conheceu Rachel e eu Victoria, estamos felizes agora. 


Notas Finais


Esse capitulo é pouco curto, mas é só a introduçãozinha. E não fiquem chateados, okay? Vocês vão ter mais detalhes da primeira vez de Pricefield. Espero que tenham gostado. Querem que eu poste o próximo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...