História Lost and Found - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Drama, Hinata, Naruto, Romance, Sakura, Sasuhina, Sasuke
Visualizações 99
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Capítulo 6


A manhã veio devagar, a luz do sol invadia aos poucos seu quarto, ela levantou tão lenta quanto podia e sentiu um peso a mais na cama, olhou para o lado e viu um homem branco de cabelos negros de bruços, saiu rápido para ficar de frente ao homem e seu coração frenético parou por alguns minutos, decepcionado por ser um estranho. Ela não sabia quem era e pouco se importava com isso agora, tomou um banho e quando estava se vestindo para sair o rapaz acordou e lhe deu um sorriso jocoso.

--Bom dia princesa.

--Bom dia. – Foi seca.

--Sabe eu que deveria estar me arrumando para cair fora, a casa é sua afinal. – Ela apenas o olhou e viu que ele não era de se jogar fora.

--Se quiser comer a geladeira está cheia, se quer mais uma noite como a de ontem sugiro que fique. – Ela não sabia por que estava dizendo aquilo, mas também não se importava com mais nada.

--Por acaso você lembra meu nome?

--Não, que tal se você me contar quando eu voltar da minha corrida?

Ele abriu um sorriso aceitando a proposta.

--Banheiro ali e toalhas aqui. Até mais tarde.

Ela pegou seu celular, tinha muitas mensagens e varias chamadas perdidas, colocou seu celular no modo ‘avião’, colocou os fones e foi correr. Ela não se lembrava de muita coisa da noite passada, mas foi a melhor noite para ela. Hinata tentou esquecer ele, tentou sufocar seus sentimentos, ela tentou ficar com um cara que faria tudo por ele, mas ela sabia que tudo seria uma mentira. Agora que estava longe de casa, longe de seus amigos e sua família, ninguém iria perguntar vinte e quatro horas como ela estava, ninguém tentaria a distrair, ninguém estaria ali para ver o quanto ela estava destruída por um sentimento que semeou sozinha.

--Tá a fim de comer o que princesa?

Ele ficara a esperando, estava apenas com sua calça, percebeu que ele é mais alto do que esperava, esbelto, não muito musculo apenas preservado, talvez um ou três anos mais velho que ela. Ele lembrava Sasuke, não eram iguais ou parecidos, mas de alguma forma ele lembrava Sasuke.

--O que tem no cardápio?

--Omelete com bacon, torradas com geleia, panquecas com melado ou prefere algo diferente?

--Depende.

--Depende de que? – Ele perguntou curioso.

--Em que momento vamos para a cama?

Passaram o resto do dia em seu quarto, às vezes tomavam mais um banho, comiam algo e depois cama novamente. Naquele meio tempo ela descobriu seu nome, ele era Sai. Quando a noite estava se aproximando ele a convidou para irem a outra boate, Hinata não pensou duas vezes e aceitou. Mas uma vez seu celular tinha sido desprezado em cima do balcão da cozinha, retornaria as mensagens e ligações quando estivesse com vontade, o que naquela altura sentia vontade de comprar um numero novo e sumir de vez da sua antiga vida, desejava não ter mais nenhum tipo de relação que lhe lembrasse de Sasuke.

Hinata virou o sábado e domingo na companhia de Sai, durante a semana mal parava em casa, atendeu uma ou duas ligações de sua irmã, disse brevemente que estava bem, não passava mais que cinco minutos no telefone com Hanabi. Logo a vida dela estava uma bagunça, ás vezes ela não tinha noção de que dia ou horas eram, seu rendimento no trabalho estava péssimo, e tão logo ela estava vivendo uma vida de baladas, Sai a levava e apresentava para muitas pessoas, muitas das quais ela foi para cama. Hinata e Sai não tinha uma relação fixa, nada ao que ela pudesse se apegar, ele era apenas um mar profundo e escuro a qual ela enterrou seus sentimentos.

Em algum momento perdeu seu celular e tão pouco se lembrou de comprar outro, sua vida tinha virado completamente do avesso, começou a usar drogas e sempre estava em festas, uma festa que parecia não ter fim. 

 

Verão de 2011

Hinata tinha casado com Sai e agora estava em mais uma festa com posse de algumas drogas, a noite estava fria, talvez fizesse algumas horas que estava sóbria e logo isso mudaria, sentiu um empurrão e viu muitas pessoas correndo se escondendo e de repente alguém a segurou com força. Ela olhou bem sua ancora e viu um homem alto com uma mascara cobrindo seu rosto, ele tinha muitos detalhes na sua roupa e entre esses detalhes somente uma lhe chamou atenção, Policia.


Notas Finais


^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...