História Lost Angels - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 81
Palavras 843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioioioi bolinhos,desculpa a demora e desculpa qualquer erro

B
O
A

Leitura

Capítulo 9 - Quem é?


Fanfic / Fanfiction Lost Angels - Capítulo 9 - Quem é?

Escutei a voz grave de Taehyung ecoar por aquela sala.

-É claro que pode - me viro,o olho e sorrio.

Olho para trás e vejo Jungkook com uma cara de "pode acontecer algo" e eu apenas concordo com a cabeça ciente do que pode acontecer, mas mesmo conhecendo o Taehyung por pouco tempo, sei que ele entendeu que não pode fazer isso com ninguém e que foi um erro, até porque mal nos conhecemos.

-Tchau novamente meninos.

-Tchau ____!

Ouço eles falarem em uníssono, e logo saio de lá.

Fomos andando até minha casa, nenhum de nós trocavamos nem uma palavra se quer, não tínhamos coragem nem de olhar para o rosto um do outro, eu comecei a olhar para as árvores percebendo algumas folhas caírem, o que me fez lembrar do meu passado quando minha família ainda estava viva, ao lembrar disso sinto uma lágrima escapar de meus olhos, limpo rapidamente e fungo tentando fazer com que ele não percebesse, mas já era tarde demais.

-O que foi ____? - ele diz me olhando preocupado

-Não é nada, eu so lembrei de uma coisa nada mais, não se preocupe comigo. - o olho rapidamente, mas logo começo a olhar para a frente.

-Ta bom. ____... E-eu sinto muito pelo que aconteceu ontem, me des... - logo o interrompo.

-Está tudo bem Tae, eu sei que não foi sua intensão, eu te desculpo, está bem? 

-Sim - ele olha para baixo - Está tudo bem entre nós? 

Apenas concordo com a cabeça, o vejo parar e logo sinto seus braços me rodeando e um beijo em minha testa sem pressa correspondo ao seu abraço,sentindo um pouco de desespero de sua parte, deito minha cabeça sobre seu peito ouvindo os seus batimentos cardíacos acelerados.

Depois de uns minutos, nos separamos e continuamos a andar até minha casa, demorou alguns pequenos minutos mas logo chegamos.

-Parece que chegamos, não quer entrar um pouco? 

O vejo concordar com a cabeça, pego minhas chaves e abro a porta me deparando com a cena de minha casa toda revirada, o que me fez fazer um perfeito "O" com a minha boca, logo depois olho para o Taehyung que está com uma cara de preocupado e com raiva ao mesmo tempo,volto a olhar para a minha casa e então entro.

Tae entra logo atrás de mim ,o mesmo vai na direção oposta da minha, e começa a analisar o local procurando por alguma coisa, com certeza para tentar saber se o que passou por ali ainda estava no mesmo lugar que nós, eu comecei a andar pelo local procurando algo que estivesse intacto mas não a nada, só uma unica cadeira vermelha de escritório que não ficava naquele lugar que não estava revirada ou destruida por seja lá o que passou por aquí, ela estava com a sua parte da frente em direção a um quadro antigo da minha família, vou até a cadeira devagar e a viro mostrando a mensagem no estofado de cima colocado junto com uma adaga cheia de sangue também da minha família.

"Você será a próxima, sua linhagem não merece continuar viva"

Ass: Kim S.M. 

-Tae?

-Que foi? - ele vem até mim. 

-Quem é Kim S.M.?

Vejo ele arregalar os olhos. 

-Vai no seu quarto e pega suas roupas,você vai morar com nós,ela te encontrou. 

-Tae,quem me encontrou?

-Eu te explico no caminho,agora você precisa ficar segura. 

Concordo com a cabeça e logo subo,vou para o meu quarto e começo a arrumar minhas coisas,coloco todas as coisas na minha mala rapidamente,termino e me sento na minha cama começando a olhando ao redor daquele quarto. Meus olhos param em um ligar fixo quando olho para o lado percebo uma fotografía de quando eu era criança que eu não tinha,a pego curiosa e olho a foto atentamente,e lá no fundo tinha uma pessoa escondida na pedra, era uma mulher de cabelos pretos e pele branca de aparência muito bonita.

 Acabo me destraindo demais e começo a escutar batidas na porta,coloco a fotografia na minha mala,fecho ela, carrego e abro a porta me deparando com o Tae olhando para baixo com um semblante preocupado,ele pega minha mala e saí de lá sem falar nenhuma palavra,olha para atrás como se estivesse dando um último adeus aquele lugar,fecho a porta,desço percebendo Tae me esperando

-Vamos? - vou em direção a porta da casa olhando para baixo mas logo começo a olhar para ele

-Sim - ele me olha e nós saimos da casa

-Ué eu demorei tanto assim? - digo olhando para frente e percebendo Namjoon olhando para baixo de braços cruzados do lado de fora do carro

-Sim,muito na verdade deu tempo até de chamar ele  - Tae logo disse me olhando e sorrindo

-Pois é - o mesmo diz

Vejo Tae colocar minha mala no carro e logo depois entrar no carro junto comigo e com o Namjoon,ouço dar a partida e começo a olhar para fora observando as pessoas andando e algumas até correndo

Não demorou muito para chegarmos,saio do carro,pego minha mala e entro na minha nova casa e percebo os meninos me olharem

-Bem vinda de volta - diz o Hobi e eu sorrio

-É bem vinda de volta -...


Notas Finais


Tchau,annyeong, bye bye bolinhos
Ta curto eu sei desculpa
E obrigada pelos 50 favoritos amu vuces <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...