História Lost Girl - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção, A Sereia, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Supernatural, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Akinli, America Singer, Aspen Leger, Bobby Singer, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Carter Woodwork, Castiel, Celeste Newsome, Chuck Shurley, Crowley, Damon Salvatore, Davina Claire, Dean Winchester, Dr. Wesley "Wes" Maxfield, Eadlyn Schreave, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Enzo, Freya Mikaelson, Garth Fitzgerald IV, Gavril Fadaye, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Jeremy Gilbert, John Winchester, Kahlen, Katherine Pierce, Kevin Tran, Kile Woodwork, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Kriss Ambers, Lexi Branson, Lucy, Marlee Tames, Mary, Matt Donovan, Maxon Calix Schreave, May Singer, Mikael Mikaelson, Personagens Originais, Princesa Daphne, Princesa Nicoletta, Rainha Amberly, Rebekah Mikaelson, Rei Clarkson, Sam Winchester, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags A Coroa, A Elite, A Escolha, A Herdeira, A Seleção, Amor, Magia, Rebeldes, Sobrenatural
Exibições 21
Palavras 2.004
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


" It was a hell of a night.
Just to be with you by my side. "
_ James Taylor

Capítulo 2 - Scott


Fanfic / Fanfiction Lost Girl - Capítulo 2 - Scott


P. O. V Alexis 


Acordei com a triste sensação de dor nos meus pés e no meu cotovelo. Ainda não havia me recuperado da minha corrida de ontem, mas tinha algo mais. Eu tinha uma estranha sensação. Uma mistura de solidão, melancolia e saudade. 


Levantei e me troquei. Coloquei a minha tradicional roupa de treinamento. Blusa, short, botas e luvas. Andei em direção à janela. 


- Mais um dia! - disse a mim mesma. 


- Quanta animação, Alexis. - me virei e vi Lottie. Corro na sua direção e a abraço. 


- Estava com tanto medo de você não ter sobrevivido. - desabafei. 


- Eu também tive medo de não sobreviver, mas eu sabia que a minha vida iria ser muito melhor depois que eu voltasse. - olhou para os lados e fechou a porta. - Acredite se quiser, Gothel falou que eu poderia dormir a tarde toda. Dormir. 


- Scott me falou. Ele disse que até o Sincewood afrouxa as rédeas depois das primeiras Missões. 


- Scott? Sério que você está andando com o Scott? Ele é o maior idiota de todos os tempos. - ela se jogou na cama e tirou as botas. 


- Lottie, não era você mesmo que dizia que eu precisava encontrar uma pessoa na qual eu descarregasse minhas frustações e que não fosse você. 


- É, mas quando eu quis dizer isso, não quis que você fosse atrás do Scott. Ele é... - ela perdeu a fala. 


- Ah, Meu Deus. Você é apaixonada pelo Scott. - ela colocou o travesseiro em cima da cabeça. - Você é mesmo apaixonada lelo Scott. - falei baixinho, mas quase sussurrando. Por quê eu estava triste? Eu não gosto do Scott. 


- O que você faria se fosse verdade? - o som saiu meio abafado devido ao travesseiro, mas eu consegui escutar cada palavra. 


- Nada. Eu apenas conversei com ele ontem. Não foi nada demais, não é como se o meu mundo girasse em volta dele. - me sentei ao lado dela. 


- Okay. Então você me ajuda com ele? - ela se levantou e olhou fixamente para os meus olhos. Não havia nada que eu pudesse negar a ela. Éramos irmãs de criação. Esse é o tipo de ligação que não se quebra por causa de uma garoto. 


- Claro que eu te ajudo. Aproveite o fato de que a Gothel te liberou para dormir  durante e fique aqui. Eu falo com o Scott. 

- Obrigada. Você é a melhor irmã que eu poderia ter na minha vida, na verdade se eu fosse ter uma irmã gostaria que ela fosse exatamente igual a você. Em todos os sentidos. 


- Não se preocupe, você é a minha família. Eu, você e Margaret. - dei um abraço nela. 


- Eu, você e Margaret. - sussurrou de volta. 


》》》》》《《《《《


P. O. V Eadlyn


- Nosso casamento só vai acontecer depois que meus pais chegarem. - beijei o Eikko


- Não é querendo ser pessimista, mas você acha mesmo que seus pais vão voltar, quero dizer, eles irão reatar? 


- Eikko, eu realmente não sei. Meus pais sempre brigaram, mas que casal não briga. - me sentei ao lado dele. Ele pegou a minha mão e apertou. - Porém nunca teve motivo, era apenas besteira. Agora existe um motivo. Eu não sei se eles irão reatar. 


- Não precisa chorar. Seus pais são provavelmente o casal que mais se ama. - eu não prestei atenção, mas eu estava chorando. 


Isso é o que acontece quando o pilar da sua vida acaba sendo destruído por um simples desvio no caminho. 


-  Eu não quero perder a única certeza da minha vida. 


- Xiiii. - olhei nos olhos dele e o azul me trazia tanta paz. Me aconcheguei no abraço dele. - Não se preocupe. No final tudo vai acabar bem. Tudo vai ficar bem. 


-  Eu vou ficar bem, só espero que meus pais fiquem bem também. Eu odiaria ver 20 anos de um casamento jogado no lixo. Na verdade, todos iriam odiar. 


Um grande barulho se fez. A porta havia batido. Era Kaden. Ele havia escutado o que eu tinha acabado de dizer. 


- Eadlyn. Acho melhor você ter uma conversa com o seu irmão. - me levantei. Enxuguei as lágrimas, ajeitei o vestido e fui em direção ao quarto do Kaden. 


>>>>><<<<<


-  Kaden? - entrei devagar no quarto e ele estava sentado na cama chorando. Eu nunca tinha visto o meu irmão chorando antes. Acho que eu também nunca havia prestado atenção no meio irmão direito. Eu e meus problemas, de novo. 


- O que foi Eadlyn? - disse com voz de choro. 


- Eu... 

- É verdade? Nossos pais vão se separar? - levantou e focalizou em mim. 


- Eu não sei se eles vão mesmo se separar. Só sei o que a mamãe me falou no telefone ontem à noite. 


- Eu não acredito. Nossos pais não podem se separar! Eadlyn, eles são a única certeza da minha vida! - ele correu até mim e me abraçou. 


Meu irmão sempre tão racional agora parecida uma manteiga derretida. Eu nunca conheci o meu irmão de verdade. Se Kaden reagiu dessa forma imagina Osten e o Ahren... 


Não vejo o Ahren desde que ele foi à França. Ah, como sinto sua falta Ahren. Agora não tenho com quem dividir as minhas angústias. Gostaria que Camille nunca houvesse roubado seu coração e levado meu irmão para o outro lado do Atlântico. 


- Eadlyn? 


- Oi? - me abaixei e olhei no fundo dos olhos do meu irmão. 


- Posso te pedir uma coisa? - ele passou a mãos nos meus cabelo. 


- Qualquer coisa para te animar. Qualquer coisa para você sorrir de novo. - falei e dei um beijo na bochecha dele. 


- Eu queria que os dois vinhessem para a recepção da semana que vem. Tem como você pedir à eles e se eles não aparecerem mande metade do exército de Illéa atrás deles? - começamos a rir. 


- Claro meu irmão. - abracei ele bem forte. Nessa hora Osten apareceu na porta. - Vem aqui ganhar um abraço também Osten. - ele veio correndo e nos derrubou no chão. 


- Posso saber o motivo do abraço? - perguntou enquanto encaravamos o teto. 


- Tem certeza que você é maduro o suficiente para poder saber disso? - Kaden falou. Ele estava tentando levar tudo brincadeira e então preparar ele para o pior. 


- Claro. Podem me contar. 


- Mamãe e papai brigaram feio dessa vez. Não é como naquelas briguinhas que eles tem. É pra valer mesmo. - ele colocou a cabeça no meu colo e eu comecei a afagar o seu cabelo. 


- Como isso aconteceu? - falou entre lágrimas. 


- Pode perguntar a eles quando eles vinherem para a recepção da semana que vem. 


》》》》》《《《《《


P. O. V América 


Eu não saí do quarto desde ontem. Depois que falei com a Eadlyn parece que todas as minhas forças se esvaíram. Maxon foi o homem que eu mais amei na minha toda, eu dediquei a minha vida ao Maxon e a droga desse reino estúpido. 


- Ames? - era a Marlee na porta. 


- Pode entrar? - levantei da cama e fui em direção ao banheiro. 


- Amiga, eu preciso te lembrar que estamos em Paris e você não quer sair desse quarto. 


- O que eu iria fazer na cidade mais romântica do mundo depois que o meu marido me traiu com a pessoa que eu mais odeio no mundo. 


- Você pode ir visitar o seu filho e contar o que anda acontecendo para ele. Que tal? - propôs tirando um vestido do armário. 


- Quer mesmo que eu olhe para a cara da Daphne depois de tudo isso? O meu marido agarrou ela. 


- Tem razão. Chame o seu filho e vão jantar em algum lugar bem legal. Sabe, que tal? - jogou o vestido no meu colo e foi pegar o sapato. 


>>>>><<<<<


- Isso é impossível, mãe! - Ahren ficou revoltado após eu ter contado a cachorrada do seu pai. 


- Filho, é a verdade absoluta. Seu pai me traiu e não estou pedindo para escolher lados, mas... - Eu iria começar a chorar de novo. 


- Mãe. Onde o papai está? - pegou na minha mão e fez carinho. 


- Não quero saber e tenho raiva de quem sabe. Pretendo nunca mais ver a cara daquele cafajeste na minha vida. - falei e tomei um gole do vinho. 


- Mãe, eu vou conversar com o papai e vocês vão se acertar. Serão o casal apaixonado novamente. - ele tentou sorrir. 


- O problema Ahren. É que eu não quero mais nada com o seu pai. Ele arruinou um casamento de 20 anos, pelo visto eu não sou muita coisa para ele e não estou interessada nas desculpas dele. 


- Mãe, não fale assim. Ele ainda é o meu pai. - desviou o olhar e focou na vidraça do restaurante. 


- Ele não é mais nada meu. - bebi todo o vinho contido na taça e belisquei a carne do prato. 


》》》》》《《《《《


P. O. V Alexis 


- " Todos os Treinados agora na Arena, vamos ter um pequeno torneio. Os cinco melhores ganharam a honra de ir à uma Missão " 


Ao ouvir isso corri em direção a Arena. Me preparei. Alexis, essa é a oportunidade de ouro para você. Ganhe a luta e tcham. 


Olhei para os lados procurando pelo Scott. Por quê você está olhando para os lados procurando o Scott? Pare, você tem um trato com a sua irmã. Lottie vai morrer por dentro se souber disso. Ela é mais importante. 


Caminhei até o local da Arena onde iríamos lutar. Lá estava ele beijando outra. Não sei como descrever essa sensação. É a mistura de ódio com inveja e uma pitada de coração partido. 


Nunca pensei que meu coração fosse tão fácil de ser quebrado. Scott em um dia conseguiu fazer o que homem nenhum tinha conseguido em 18 anos.


Não chore! Descarregue isso na luta. Transforme os seus sentimentos em força. Não quer mais olhar para o Scott? Ganhe essa luta. 


O locutor, Sincewood, apareceu e iniciou a lista das lutas. Tal pessoa com fulano de tal e por ai vai. 


- Alexis! - todos na arquibancada vibraram ao ouvir meu nome. - contra Kirch. 


Kirch era a garota que estava beijando o Scott quando eu entrei na Arena. Aproveita. Essa vadia vai saber como é bom ter algo roubado. 


>>>>><<<<<


- " Agora a luta mais esperada por todos. Alexis e Kirch " - entrei. Todos estavam loucos para ver nós duas brigando. Scott estava lá, provavelmente torcendo para a KIRCH. 


- Pronta? - ela perguntou. - Não pense que sua popularidade aqui me assusta. 


- Não pense que isso me intimidou. 


- " Que a luta comece! " - Todos vibraram. 


* Dei o primeiro soco e ela caiu no chão. Chutei a barriga dela e a mesma começou a cuspir sangue. Ela arrastava-se para o lado oposto da Arena. Fui atrás dela. Ao me abaixar perto dela. Kirch joga areia no meu olho e me derruba no chão. 


Ela me chuta várias vezes na barriga e o gosto do sangue sobe pela minha garganta até eu colocá-lo para fora. Ela se senta em cima de mim e me dá um soco. 


Com a minha cabeça bato na dela. Ela fica meio atordoada. Jogo ela no chão e chuto ela novamente. Me recupero, passo a mão na boca e limpo o sangue na minha perna. 


Ela também se levantou. Corri na direção dela e agarrei seu cabelo e o puxei, com isso bati a sua cabeça com força no chão. Isso a fez desmaiar. Um momento de silêncio percorreu por toda a Arena. 


- " Parece que temos uma vencedora. Alexis, você foi uma dos 5 a ganharem as lutas. Parabéns. "- a plateia toda começou a gritar. 


Sai da Arena enquanto os enfermeiros corriam para tentar salvar o restante de vida que havia sobrado da Kirch. 


Notas Finais


Comentem, mais sem pressão. Quero saber a opinião de vocês. ( Aceito críticas na boa ).

Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...