História Lost Memories - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Jikook, Namjin, Vhope, Vkook
Exibições 142
Palavras 1.231
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello! Só passei pra dizer: boa leitura!

Capítulo 2 - Memórias Perdidas


Jungkook estava sentado na calçada da casa de Namjoon, lembrando apenas de como Jimin tinha falado com ele.
Mas o mais velho estava certo. Jungkook nem teve tempo de explicar, mas ele estava errado.
-Jeon? -Jungkook ouviu a voz de Taehyung atrás de si.
-O que você quer?
-Me desculpa por ter causado isso, eu não sabia que você estava namorando. Eu juro que se eu soubesse eu não teria te beijado. -Taehyung sentou-se ao lado de Jungkook.
-Agora não adianta mais, Tae. Por que você não me deixa em paz de uma vez e aceita que eu não quero mais você? -O mais novo pôs a cabeça entre os joelhos.
-Me desculpa! Eu não sabia! Por favor, me dá uma segunda chance pra ser seu amigo? -Os olhos de Taehyung estava cheio de lágrimas.
Jungkook levantou a cabeça e olhou para Taehyung.
-Agora eu não sei. Mas se eu não recuperar meu namorado, eu juro que nunca mais quero te ver! -Ele falou decidido.
-Puxa. Você ama mesmo ele.
-É. E você deveria procurar alguém que te ame de verdade e não correr atrás de mim.
Ele estava olhando para rua, quando uma ambulância passou às pressas.
-Eita, esse mundo está tenso não? -Taehyung já estava um pouco mais animado.
Jungkook nem sequer respondeu à pergunta.
-Hey! -Jungkook olhou para Taehyung. -Prometo pra você que vou te esquecer.
Jungkook pôs a cabeça entre os joelhos novamente e chorou.
-Você sabe quanto tempo eu demorei pra conquistar aquele garoto? Ele sempre foi muito divertido, e mesmo assim ainda era muito fechado com as pessoas. Tae, você jogou meus dias de esforços no lixo.
Não que Jungkook fosse de medir esforços, mas ele amava demais Jimin para deixar que ele fosse embora daquele jeito.
Eu nem tive a chance de explicar.
-Eu... vou embora, será que aquele seu amigo Yoongi pode me dar uma carona? -Jungkook se levantou e espanou a sujeira da calça.
Taehyung fez o mesmo.
-Pode sim. -Taehyung entrou novamente na casa.
Jungkook ficou ali, esperando o garoto trazer Yoongi.

Um tempo se passou e Taehyung voltou com Yoongi ao lado dele, que saía relutante da festa.
-Deixa eu ficar mais um pouquinho! -Yoongi exclamou.
-Vamos levar o Kookie em casa, ele teve um péssimo dia graças a mim. -Taehyung piscou para Jungkook.
Yoongi entrou no seu carro, ao lado dos dois e o ligou.
-Onde você vai, Jungkook? -Yoongi perguntou.
-Pra minha casa e a do meu namorado. -Jungkook ainda tinha esperanças de que Jimin o perdoaria.
-Que fica...? -Yoongi revirou os olhos.
-Pode seguir essa rua e eu vou te dizendo o resto. -Jungkook demonstrou com a mão e depois encostou sua cabeça na janela.
Yoongi acelerou e seguiram como Jungkook disse.
Enquanto seguiam, algo chamou a atenção do mais novo.
-Aconteceu um acidente aqui. -Taehyung olhou através do vidro.
Jungkook foi apenas observando a cena que estava ali. O sinal estava fechado e Jungkook tentava ver exatamente o que tinha ocorrido. Seus olhos pousaram sobre a placa do carro que estava capotado.
-É o carro do Jimin! Hyung, este é o carro do Jimin!
Jungkook desceu do carro e começou a procurar por Jimin em meio à multidão.
-Jimin! Jimin! -Ele gritou.
Todos estavam olhando em volta.
O mais novo começou e esbanjar lágrimas no rosto. Ele se agachou para olhar dentro do carro capotado, procurando o namorado.
Quando não o viu, ele deixou que mais lágrimas caíssem.
-Você conhece o garoto que dirigia este carro? -Alguém pôs a mão no ombro de Jungkook.
O mais novo se levantou e olhou para o garoto, alto, de olhos castanhos e cabelos claros e lisos
-Sim. Ele é meu namorado. Pra onde ele foi? Ele está bem? -Jungkook estava desesperado para saber o que havia acontecido com o namorado.
Yoongi e Taehyung se aproximaram de Jungkook.
-Levaram ele pro hospital da Rua 7, você sabe onde fica?
-Não. -Jungkook abaixou a cabeça.
-Eu sei. -Taehyung se manifestou.
-Então vamos! -Jungkook se virou. -Obrigado! -Ele agradeceu ao garoto que lhe ajudou.
Eles entraram no carro e seguiram até o endereço onde o garoto tinha dito.
-Rua 7... -Jungkook procurava o nome da rua nas placas.
-Relaxa, Kookie. -Taehyung pôs a mão em seu ombro.
-Relaxar? Você quer que eu relaxe? Meu namorado está ferido e eu nem sei onde ele está! Você ainda quer que eu relaxe? -A voz doce de Jungkook tinha se tornado angustiada, raivosa e assustada.
-O Taehyung só está tentando ajudar, Jungkook. -Yoongi disse antes de virar à direita.
-Ele já ajudou o bastante. -Jungkook olhou de lado para Taehyung, que abaixou a cabeça.

Quando chegaram ao tal hospital, Jungkook logo avistou a mãe de Jimin.
-Jungkook! -Ela o abraçou chorosa. -Eu sinto muito!
-Eu é quem sinto muito... Eu não...
-O que aconteceu lá? -A mãe dele perguntou ao mais novo.
Jungkook não ia dizer que Taehyung tinha beijado-o e por isso Jimin foi embora, isso seria como pedir para ser odiado. Kookie apenas omitiu.
-Nós brigamos e... ele saiu da festa... Eu não sabia que... -Jungkook mal conseguia falar só de pensar no que pode ter acontecido com Jimin.
As lágrimas no rosto do menor estavam bem visíveis, seu rosto estava completamente vermelho.
-Calma, filho. -A mulher o puxou para sentar no sofá ali perto. -Ele vai ficar bem. Eu sei disso.
Jungkook encostou a cabeça no ombro da mãe de Jimin.

Depois de um tempo, apenas Taehyung e Jungkook estavam acordados.
-Kookie? -Taehyung tocou em seu braço.
-Não me chama de Kookie e não toca em mim. -A voz de Jungkook soou fria e sem vida.
O mais novo simplesmente atribuiu a culpa do acidente em Taehyung.
-Se algo acontecer com o Jimin, eu nunca mais quero te ver, e se eu ver eu te mato. -Sua voz soou no mesmo tom.
No mesmo instante o médico se aproximou.
-Responsável do Park Jimin? -Ele chamou.
A mãe de Jimin acordou e assentiu ao médico, levantando e acompanhando-o.
-O que houve? -Yoongi falou sonolento.
-Você não precisa mais ficar aqui, Yoongi. -Jungkook olhou para Yoongi.
-Eu vou ficar. Jimin é meu melhor amigo. -Ele disse e Jungkook assentiu.

A mãe de Jimin já tinha saído a um bom tempo, e Jungkook estava impaciente. O mais novo andava de um lado para o outro na sala de espera.
Taehyung encarava-o e Yoongi tinha posto a mão no queixo, enquanto curvava as costas.
-Jeon Jungkook? -A voz do médico chamou o mais novo. Jungkook assentiu. -Pode me acompanhar?
-Como ele está doutor? -Jungkook andava pelo corredor um pouco mais apressado que o médico.
-A pressão está estável, nenhum sangramento interno...
O médico parou de dizer assim que Jungkook correu para uma sala.
O garoto tinha avistado Jimin.
-Jimin! -Ele gritou enquanto abraçava o garoto, que ficou sem reação. -Você está bem... e...
Jungkook o soltou, vendo que o mais velho estava sem reação.
Ele olhou para trás e viu a mãe de Jimin chorando.
-Jimin? -Jungkook se afastou dele.
-Quem é você?
-Sou seu namorado, Jungkook. -As lágrimas já brotavam nos olhos de Jungkook.
-Namorado? Eu não tenho namorado. Nem conheço ninguém chamado Jungkook. -Jimin falou sem reação alguma.
-Não pode ser. -As pernas do mais novo se tornaram bambas e ele se jogou no chão de joelhos. -Não. Não. NÃO! -Jungkook transbordava lágrimas. Sua voz também estava chorosa. -Isso não aconteceu com você, Jimin!


Notas Finais


Gente, talvez eu demore para postar o próximo capítulo, mas prometo que quando eu postar vai ser um "combo" deles, ok? Ok.
Até logo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...