História Lost Memories - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Originais, Romance
Exibições 6
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá, essa é minha primeira historia que eu faço, desculpa alguns erros de gramatica.

espero que gostem! um beijo pra todos.

Capítulo 1 - A Briga


Ana acorda já atrasada para a aula. Então começa a se arrumar, vai até o banheiro e penteia seus curtos cabelos morenos, veste seu uniforme, mas não consegue encontrar nenhum par de meias limpas em meio à bagunça. Escolhe usar meias diferentes. Corre para tomar o café da manhã, mas seu pai já a aguarda para dar-lhe uma bronca pela demora. Ela adora seu pai, mas nessas horas ele se irrita e grita com ele. Perde a fome e sai nervosa. Perde o ônibus, então decide esperar mais um pouco, já que não está ligando tanto com o horário, pois iria perder a primeira aula, de qualquer jeito.

 

Depois de uns 10 minutos chega um ônibus um pouco mais cheio que o normal, mas resolve pegar porque já estava cansada de ouvir uma idosa falando sobre sua neta que tinha problemas psicológicos, contudo descobre que a idosa também iria pegar o mesmo ônibus. Ao chegar ao terminal do centro da cidade, se despede da senhora que entra em outro ônibus, e sai correndo para chegar a tempo, avista longe uma menina loira de cabelos curtos correndo também, quando repara que é sua amiga Gabriela também atrasada. Ambas não conseguem entrar na segunda, teriam que esperar para entrar na terceira.

 

As duas vão ate o pátio para esperar até a terceira, sentam em uma mesa perto de uma árvore de pitanga, a morena vai até a cantina e compra um salgado e um suco de uva, Gabi começa a rir ao notar que Ana está usando meias diferentes e goza de sua cara, que joga seu casaco na cara da loira.

 

As duas continuam conversando até que bate o sinal, então Ana pega seu material e vai em direção à sala, chegando à porta, espera até o professor sair, quando percebe que tinha esquecido que a aula que perdeu era sobre a prova da outra semana. Entrou na sala, colocou seu material na mesa e foi conversar com seus amigos, já que o próximo professor não tinha chego. Beatriz sua melhor amiga, estava no celular conversando com seu namorado no qual não estuda no mesmo colégio que ela, então resolve deixar ela lá e vai conversar com a Isabela, mais conhecida como Isa ou ruivinha por causa do cabelo tingido de vermelho, ela estava passando mal, com dor de cabeça e cólica, Ana pediu para que Isa fosse á enfermaria pôr a mesma se recusou, pois tinha tomado remédio.

 

Bela, sua amiga desde o jardim de infância, vem em direção a Ana e abraça, fala sobre uma festa que vai ter na casa dela próximo a praia nesse sábado, que vai todos seus amigos próximos, e outros do bairro mesmo; Ana sem pensar duas vezes já diz que vai, mesmo sabendo que a mãe não iria deixar, conversam um pouco mais, ate que a professora de matemática, Elisa, chega na sala e todos vão pros seus devidos lugares, e Elisa começa a dar matéria, entretanto Ana não estava a fim de prestar atenção e deu inicio a troca de mensagem com Bea com pedaços de papéis, falaram sobre muita coisa aleatória, ate que Bea perguntou sobre a festa, dizendo que talvez leve seu namorado e bebidas, sendo que alguns eram menores de idade, Ana concordou, mas disse que tinha que avisar Bela sobre as bebidas.

 

Acabou a aula de Matemática, e era finalmente recreio, Ana estava pensando em ver umas amigas de outras salas, mas foi impedido por uns garotos que entraram na sala gritando um nome de um menino da turma, um deles, mais alto de cabelos curtos e castanho escuro, estava com os olhos vermelhos de tanta raiva e começou a empurrar as cadeiras para conseguir chegar perto do menino que era menor e tinha cabelos loiros. Pelo que algumas meninas estavam dizendo, o menor tinha ficado com a namorada do maior. Ana tentou chamar algum inspetor, contudo a sala estava tão cheia que era impossível sair dali.

 

Começou uma longa briga, o maior deu um soco, do qual o loiro conseguiu desviar. Ana notara que o menor não queria brigar, pois só estava se esquivando dos ataques do moreno. Socos, chutes, alguns acertavam e outros não no loiro, e o maior estava já cansado, finalizou a luta com um soco no resto o loiro que os fez cair, depois foi embora. Algumas meninas foram ajudar o menor que tinha um corte no canto do lábio, e alguns roxos no abdômen, quando todo mundo tinha saído, dois inspetores vieram e ajudaram o garoto e levaram para a enfermaria, também perguntaram quem foi, mas ninguém ousou responder. Menos Ana que ainda estava indignada, com a atitude do moreno.  Gabi pediu para que Ana não se metesse, mas foi ignorada pela mesma que começou a contar para o inspetor que logo saiu da sala e foi em direção à diretoria.

 

Acabou o recreio, e os alunos voltaram à sala, menos Ana que foi chamada na diretoria para falar sobre o que tinha ocorrido na sala. A diretora agradeceu pela coragem de Ana por falar e que ninguém iria saber quem contou. Depois de falar tudo, Ana voltou pra sala, como tinha chego na metade, não sabia o assunto então começou a conversar com Gabi, mas a mesma estava querendo aprender o assunto, e pediu gentilmente a Ana que deixasse ela se concentrar na aula, Ana a pedido da loira ficou quieta a aula toda, para ser mais exata, dormiu o restante do tempo. Depois de duas longas aulas, finalmente acabou, Ana arrumou suas coisas e esperou as meninas para poder ir embora, Ana e Bea iriam ficar na escola, pois tinham aula a tarde, já Isa e Gabriela foram pro terminal.


Notas Finais


se caso tiverem ideias, podem falar. obrigado de novo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...