História Lost Memories - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Originais, Romance
Exibições 3
Palavras 868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


mais um capitulo, espero que gostem!

Capítulo 2 - A festa


Passaram alguns dias e finalmente era a festa da Bela, Ana não sabia bem que roupa usar, então pegou uma calça jeans, uma camisa preta e um casaco xadrez vermelho, botou seu tênis preto, fez sua maquiagem e esperou Bea, que iria-lhe dar carona, já que as duas moravam próximas. Chegaram lá, todos estavam dançando e bebendo, Bela as recebeu e as levou até a mesa onde estava a Isa e Gabriela e alguns meninas que logo saíram para dançar. As quatro ficaram lá sentadas, conversando e bebendo, até que alguns garotos do bairro chegaram e tentaram conversar com Ana que logo de cara já tinha dado fora neles, as meninas começaram a rir porque mesmo Ana dando altos foras, continuaram tentando chamar sua atenção. Gabi depois de terminar sua bebida resolveu levantar para dançar, levantou e puxou Ana, que puxou Bea, que puxou Isa, a bela ficou conversando com um amigo. Aumentaram a musica, apagaram algumas luzes e foram dançar. Gabriela começou a dançar de um jeito sensual e Ana ficou o tempo todo olhando o corpo perfeito da loira, que logo percebeu os olhares da morena, e começa a rir quando nota que Ana está vermelha de vergonha e tentando disfarçar, Bea foi pegar mais bebida pras meninas e Isa foi junto, meio que dando uma desculpa para deixa Gabriela e Ana sozinhas.

 

Ana se aproximou mais de Gabriela, mas foi interrompida pelos garotos que tentaram levar ela para dançar com eles. A morena não queria ir com eles, mas foi puxada ate a rodinha deles que a cercaram, Ana começou a se lembrar de um acontecimento passado dela e começou a entrar em pânico. Tentou achar Gabriela, porem foi em vão, então sai correndo em direção ao banheiro e se tranca.

 

Gabriela só viu sua amiga correndo, sem entender nada foi tirar satisfação com os garotos porem eles também não estavam entendendo nada. Gabriela então foi ate o banheiro, bateu na porta, mas não teve resposta, resolveu ir atrás da Bea e da Isa para tentar ajudar.

 

No banheiro, Ana estava chorando e lembrando-se do triste passado, e chorando mais ainda, era algo que ela não queria lembrar.

 

 

Gabriela, após chamar Bea e Isa, voltou para a porta e tentou de novo falar com Ana, mas não teve nenhuma resposta.

 

-Ana, por favor, deixe-me entrar, estou muito preocupada com você.

 

-Gabriela... Pode falar para Bela mandar todos irem embora? – falou Ana com a voz falha de tanto chorar.

 

A loira apenas obedeceu e foi falar com Bela, que pediu para q todos fossem embora, os garotos ficaram confusos e perguntaram para Gabriela o que tinha ocorrido com Ana, mas A loira estava tão irritada que nem escutou direito e já mandou eles para fora de casa, voltando para o banheiro logo depois.

 

-Pronto amor. Todos foram embora – disse a loira encostando a testa da porta.

 

Ana apenas destranca e se a fasta para que Gabriela entre. A morena só deixa a loira entrar e logo tranca novamente.

 

-Me diz o que houve. Porque está chorando? – perguntou à loira, sentando do lado de Ana, a abraçando.

 

-Desculpa Gabriela, mas eu não consigo, eu não quero lembrar disso – falou Ana, cobrindo seu rosto com as mãos, recomeçando a chorar.

 

Gabriela a abraçou mais ainda e tentou acalma-la. Do lado de fora, Bela, Bea e Isa sentaram no sofá e esperaram pelas duas. Quando escutaram a porta destrancando e abrindo, saindo primeiro Gabriela e logo em seguida Ana, segurando a mão da outra. As três levantaram do sofá, mas notaram a cara de Gabriela, dizendo para não perguntarem nada do ocorrido. Bela foi ate a cozinha pagar u copo de agua, enquanto Gabriela e Isa levaram Ana para o sofá, ninguém soube o que aconteceu no banheiro, mas a loira não saia de perto da morena.

 

Bea e Isa estavam muito cansadas, então resolveram descansar, no quarto de visita. Bela foi arrumar a bagunça que o pessoal fez. Gabriela estava sentada no sofá e Ana deitada com a cabeça em seu colo. Passadas alguns minutos, a loira resolveu andar um pouco na praia.

 

- Você não quer ir comigo, linda? – perguntou para Ana levantando um pouco a cabeça da morena e se levantando.

 

- Não estou muito a fim de andar, estou cansada, qualquer coisa, eu vou e te procuro – Negou e deitou no sofá.

 

- Esta bem, não demoro muito – Gabriela deu um beijo no canto da boca de Ana – E você Bela, quer ir andar na praia?

 

-Desculpa Gabriela, mas tenho muita coisa para arrumar aqui, terei que recusar seu pedido – disse Bela juntando alguns copos que estavam no chão e nas mesas.

 

Gabriela vestiu o casado xadrez da Ana e foi para praia. A morena tentou dormir, mas não consegue, então vai ajudar Bela na limpeza, Bea saiu do quarto com uma forte dor de cabeça.

 

-Meu, parece que um trator tá esmagando minha cabeça, Bela você tem algum remédio para dor... e para enjoo? – perguntou Bea pegando um copo de água

 

-Também ta enjoada? – perguntou Ana rindo da cara de morta da Bea.

 

-não, o de enjoo é pra Isa – disse bea apontando para a porta do quarto - Ela ta vomitando no banheiro



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...