História Lost memories - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Papyrus, Personagens Originais, Sans
Tags 2_guerra_monstros_e_humanos, Chara Melhor Irma, E Uma Pa De Coisa, Frans, Sansxfrisk
Exibições 14
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um extra pra vocês,
Obrigada pelos comentários, eles ajudam muito :3
O cap de hoje é mais pra encher linguica mesmo, a treta mesmo começa provavelmente no próximo cap
Espero que gostem e boa leitura

Capítulo 3 - Capitulo 3- extra


Pov  Frisk 


-até agora eu não acredito que você disse não ao chefe.-disse Monica, minha melhor amiga e colega de apartamento 
- eu não entrei aqui para participar das guerras, e você sabe disse.- disse calmamente enquanto continuava a caminhar.
-sim, sim, o desemprego tá grande e se você pudesse seria uma escritora e blah, vive a vida muie, sem adrenalina nois não é nada 
- he he, não sou igual a Chara e a você, prefiro ficar segura e trancada em uma salinha 
- nunca estamos seguros Frisk, de qualquer maneira, sempre tem jeito de uma tragedia acontecer...
- bem pessimista você não ? 
- não sou pessimista, apenas... Realista .- ela deu um sorriso 
- e você? Aceitou a oferta ?- disse curiosa 
- mas não é óbvio ? Depois de todo esse discurso de adrenalina e bolinhas, pensei que já tivesse sacado ! 
- você sabe que eu sou meio lerdinha 
-é, mas você é a MINHA LERDINHA.- ela abraçou o meu pescoço.
- e-ei ! – eu disse meio corada 
-onwt, ti fofu .- uma voz meio debochada disse atrás de nós 
- Chara senpai! Então é aí que você estava 
- não diga como se realmente estivesse me procurando.- cruzou os braços 
-ciúmes maninha ?- eu disse apoiando meu braço no ombro dela 
- eu? Ciúmes dela ? Hahahaha não me faça rir Frisk!
- veio aqui pra que Chara?- ela limpou as lágrimas dos olhos.
- he he he, o chefe quer saber como vai às compras das balas Frisk 
- diga a eles que eu já estou indo, só tenho que entregar esses documentos para o Sr.. Henrique
-pode deixar que eu os entrego Frisk.- falou tomando os papéis da minha mão 
- não não, eu não curto o jeito que ele te olha
- não se preocupe, eu sei me cuidar, vá com Chara, vejo vocês na saída .-ele nos deixou 
- Ok Chara, vamos.- eu me virei 
- Chara ? –ela não estava mais lá,não creio que ela me  deixou falando sozinha 
- você vem ou não ?- bom, parece que eu me enganei :v 
corri na direção dela e da sala de reunião.
 ~~~~~~~~~~povs underground~~~~~~~~~~~~
Povs Sans

-SAAAAAAAANS!! ACORDA!!- mas que belo dia, nada melhor do que acordar aos berros de alguém...
- o que foi bro ?- sentei no duro chão no qual ainda me encontrava 
-UM HUMANO!! EM SNOWDIN!! Ai MEU DEUS!! ESTOU TÃO  EMOCIONADO.- ele disse quase dando um grito histérico
- Então é que você pegue antes que outro alguém o faça primeiro.- eu dei um sorriso despreocupado 
-É QUE ESTOU TÃO NERVOSO,É MEU PRIMEIRO HUMANO DEPOIS DE TUDO
-eu se que você consegue bro, afinal, você é o GRANDE PAPYRUS, mas, se você quiser te acompanho na sua incrível tarefa de mostrar a ele seus GRANDIOSOS QUEBRA-CABEÇAS 
-OBRIGADO SANS! – ele começou a me puxar por aí até chegarmos a ponte, nossa, esse humano realmente anda rápido, deve cansar até os OSSOS ( olha o trenzinho da piada ruim passando piui) 
- HUMANO!! EU O GRANDE PAPYRUS NÃO PERMITIREI A SUA PASSAGEM 
-sup kid 
-VOCÊ! PODERIA POR FAVOR VOLTAR ALGUMAS SALAS? PRECiSO VOCÊ PRECISA PASSAR PELOS MEUS INCRÍVEIS, DELICIOSOS E MORTÍFEROS QUEBRA-CABEÇAS 
- ué, mais por que ? 
- SOU UM ESQUELETO DE PADRÕES! NÃO POSSO TE DERROTAR SEM ANTES VOCÊ DOS MEUS QUEBRA-CABEÇAS VOCÊ PRIMEIRO IRÁ PASSAR 
- então não me derrote e me deixe passar sem nos precisarmos lutar 
-ISSO NÃO SERÁ POSSÍVEL 
-uai, por que não será possível ?
-EU! O GRAAAADE PAPYRUS, PRECISO CAPTURAR VOCÊ HUMANO PARA,FINALMENTE PERTENCER A GUARDA REAL, SUA ALMA, ELA SERÁ NOSSA SALVAÇÃO! 
- ata
- ISSO É UMA RENDIÇÃO? 
- nop, é uma palavra.-eu quase me engasguei de rir 
- OH.... ENTÃO NÓS VEMOS DEPOIS HUMANO, IREI ABRIR UMA EXCEÇÃO A VOCÊ- ele se virou e foi embora 
- deixa eu te explicar uma coisa pirralho, isso com toda certeza vai te ajudar logo.
-imagine placas de pare, só que azuis
-hurum, estou ouvindo
-quando vc ver ataques azuis você PARA 
- você poderia ter me explicado isso a 50 salas atrás...
- hey, desculpe se eu nem sabia da sua existência até agora kid, bom, eu sou SANS, 
Sans o esqueleto, e aquele outro esqueleto que estava aqui é Papyrus, meu irmão, ele é legal não ? 
- sabe o que deixaria ele mais legal ? Ele não querer me matar 
- he he, não se preocupe, Papyrus não mata uma mosca 
- sério ? Isso é ótimo
- ele não mata, mais eu sim
- comemorei cedo demais ? 
- não não, não irei te ferir se você não me der motivos para te ferir
- você não tem cara de quem mata 
- he he, ok, acredite no que quiser – fechei meus olhos(?) 
-mas, não diga que eu não avisei- eu me tele-transportei 
Pov Emy ( nome neutro tbm, pode ser tanto como Emilho quanto como Emilha ou só Emy) 
- Ok né ? – passei pela firme ponte e fui para uma simpática e pequena cidade, “snowdin”,dizia a placa, belo nome para uma cidade de NEVE! 
Bom, nada pra se fazer aqui, vamos em frente!
Pé na frente de pé, pé na frente de pé, pé pé pé
Pé na frente de pé, pé na frente de pé, pé pé pé...
Atravessei a cidade inteira com ajuda de um “iglu” no qual eu quase não consegui entrar, passei por uma casa grande casa decorada para o Natal, eles devem realmente estarem animados para a grande festa de fim de ano. Dei um longo e grande sorriso lembrando das festas da minha casa. Logo estarei de volta...
Estava perdido em meus doces e deliciosos, pensamentos quando trombei com o esqueleto de mais cedo.
-eae, ...Rodrigo ? 
- É PAPYRUS !!*tosse* HUMANO!!! EU O GRANDE PAPYRUS TE DERROTAREI!! 
- pode vir, seu esqueleto otario 
-------------batalha iniciada------------
*você seleciona lutar ( o genocídio o genocídio, tra lalalalalala) 
* antes que você o ataque, é perfurado por algo
*você olha para baixo...
*Papyrus parece incrédulo, você não parece acreditar que ele foi capaz de algo do tipo 
*você vê sangue 
* mas, você ainda a mantém 
* você se enche de ESPERANÇA 
- na-não. 
* você tenta se manter de pé 
- não... Agora não 
* você se recusa 
- não enquanto eu ainda puder lutar! 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...