História Lost Stars - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Suho
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Drama, Estrelas, Romance, Suspense
Exibições 65
Palavras 587
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá~

Para Bia, que eu prometi postar todas as minhas ideias, por mais que nunca tenha dito essa.
Para Nath, que está sempre torcendo e lendo as fanfics.
Para Ester, por me incentivar.
Para Man, por me inspirar.
Para Astrid, por ter mandando essa fanart linda.
Só não me matem.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Dez e dois da noite. Habitual horário onde eu vou em direção a varanda, pensar nos atuais acontecimentos de minha vida, era o momento do dia que eu mais gostava, que eu podia ficar só comigo mesmo. Refletir, lembrar e até chorar por causa dele. Decido parar aí, o tempo que é direcionado a ele é o que acontecerá agora. Me levanto do sofá e vou para minha cadeira fofa e quentinha, mas Junmyeon me para.

— Chan, já está na hora de superá-lo. Isso aconteceu a dois anos atrás, ele gostaria que você seguisse em frente e fosse feliz novamente. Você não se dá mais esse direito.

Levei meu olhar a ele, não tinha sido ele o verdadeiro culpado, tantas oportunidades de fazer aquilo, de evitar a tristeza, de ter sido feliz por dois anos, senti vontade de socá-lo, mas apenas era um conselho.

Mais um que eu não iria seguir.

— Mas eu sou o culpado de tudo, mereço sofrer todos os dias, até o fim de minha vida. — Ele me olhou de um jeito caridoso, mesmo sabendo que eu não aceitaria nada o que dissesse, então me deixou ir.

Andei um pouco, já que a varanda era um pouco mais afastada da casa em si, mas cheguei, finalmente tendo uma visão ampla do céu. Um milagre no mês, que sempre estava sempre coberto de nuvens, dessa vez tinha estrelas em todo lado, talvez o homem lá de cima sinta pena de mim ou ao menos teve compaixão no dia que eu mais odeio no mundo de moldar uma noite tão bela. Saí da cadeira e sentei na grama para poder admirar mais as estrelas que parecem brilhar mais hoje. Até demais.

— Você iria adorar isso, amor. Eu sei o quanto você ama as estrelas, principalmente essas que brilham demais. Para mim, elas são como você, lindas e brilhantes, mas como as coisas boas sempre desaparecem. Pena que você não apareceu.

Respirei fundo. Não queria chorar, não queria que ele me visse chorar. Ele não me veria chorar.

— Sabe, é tão ruim não te ter mais por perto, ouvir sua voz, sua risada, seu cheiro, seu beijo. Eu queria poder prever o futuro e então ter lhe impedido de sair daquela maneira, sem nem se despedir, ter dito um último te amo, mas eu fui fraco, muito fraco, muito orgulhoso, lhe deixei sair, fingi não ligar, pois eu sabia que você acabaria voltando alguma hora, mas o destino disse que eu merecia isso, que eu não te merecia. — Não aguentei e deixei as lágrimas saírem.

— Eu quem deveria ter ido no seu lugar, eu quem deveria ser a estrela do céu, não você. Mas dizem que você só valoriza quando perde, não é? Isso que me aconteceu. Eu te perdi, eu não te dei o valor que merecia e você se foi, como as estrelas. Um dia, você poderá me perdoar? Perdoar tudo o que fiz de ruim contigo? Mas quero que saiba que até a chegada da morte, eu serei seu, lhe amarei com todo o meu coração e não haverá espaço para outro homem, além de você.

No mesmo instante, uma estrela cadente passou.

Desejei que ele estivesse vivo. Desejei isso mais que tudo.

Eu sabia que era impossível, mas uma das coisas que Baekhyun me ensinou foi a confiar nas estrelas. E desde o seu acidente de carro, é o que eu mais faço e o que mais recorri nesses dois anos e serão quem eu irei recorrer até o fim de minha vida.


Notas Finais


Eu amo vocês e amo Kim Seokjin.

Tchau~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...