História Loucos de amor - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Personagens Bella Swan, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson
Tags Amor, Humor, Paixão, Romance, Vampiros
Visualizações 120
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Kol


Ele não estava contente pelo que fez. Ou pelo que tinha que fazer. Pediu ajuda para uma humana e a ameaçou para logo depois acabar na cama, a observando dormir. Não estava se conhecendo mais. Ele poderia tentar salvar o irmão sozinho, mas só de vê-la ali, sua vontade foi maior.

Agora a ideia de ir embora e deixá-la, no meio daqueles frios, parecia horrível. Sabia que Bella merecia mais do que isso.

Mas também tinha sua promessa a irmã. Iria salvar Klaus e enfim ajudá-lo a quebrar a maldição. Não importava que Elijah tivesse tido que soltá-los, ainda eram irmãos.

Talvez Klaus melhorasse depois de tudo. Era o que todos esperavam.

- Kol. - chamou Bella, fazendo-o encará-la. Não tinha percebido que ela havia acordado.

- Me desculpe por tudo Bella. Você merece uma vida humana e feliz, sem vampiros te ameaçando ou tendo que viver com frios. - disse Kol, arrependido por tudo que fez.

- Está tudo bem Kol.

Bella sentou, ignorando sua falta de roupa.

- Eu não devia ter feito você esquecer de tudo. Talvez assim, não teria se apaixonado por um frio.

Bella o encarou surpresa.

- Como soube disso?

- Não achava que eu a abandonaria de vez, não é?

Acabaram sorriram.

- E o que está esperando? - perguntou Bella, deixando Kol confuso.

- O que? - perguntou ele.

- Eles não sabem que você é você. Vá salvar seu irmão.

Kol a encarou, sem saber o que dizer. A ideia de deixá-la agora, parecia insuportável.

- Não posso deixá-la aqui Bella.

- Mas Kol... Ele é seu irmão.

- Bella...

- Eu vou ficar bem. Desde que você não apague minhas memórias, de novo.

Kol acabou sorrindo.

- Tudo bem. Sabe onde ele está?

Bella assentiu, levantando e procurando suas roupas.

- Você não vai junto Bella. É perigoso. Se alguém nos ouvir e você... - tentou impedi-la, mas ela sempre foi teimosa.

- Não se preocupe comigo. Agora se vista e vamos. - disse Bella, terminando de se vestir e o encarando, esperando impaciente.

Suspirando, Kol fez o que ela mandou e sairam do quarto dela, seguindo para os corredores mais isolados. Agora Bella conseguia andar por onde quisesse.

Kol a seguia, surpreso por ela conhecer tudo aquilo, mas não iria falar nada, não queria que alguém os ouvisse.

Só não contava pararem no lado mais abandonado do corredor.

- O que... - começou Kol, mas Bella apenas abriu a porta em frente a eles e o puxou para dentro, os fechando ali dentro logo em seguida.

- Não quero correr o risco de alguém me ver lá fora. - disse Bella a pergunta no olhar de Kol, antes de apontar para o lado afastado da porta.

Ele nunca imaginou que veria seu irmão daquele jeito.

- Klaus. - sussurrou e ele logo estava encarando os dois, a surpresa em seu olhar.

- Kol? O que está fazendo aqui? - perguntou Klaus, mas logo reparou em Bella ao lado dele.

- Eu não fiz nada para ela, não se preocupe. Vim buscá-lo. - disse Kol, ignorando o que sentiu ao ver o olhar de Klaus em Bella.

- Por quê? E como está acordado?

- Vocês não tem tempo para isso. - disse Bella antes que Kol respondesse.

- Tudo bem. - disse Kol, soltando Klaus rapidamente e o ajudando a levantar.

- Posso andar sozinho. - disse Klaus, mas Kol o ignorou.

- Apenas aceite a ajuda e fique quieto.

Se encararam e Klaus acabou cedendo, fazendo Bella sorrir.

- Bella... - começou Kol, os três do lado de fora da porta.

- Está tudo bem Kol. Agora vão, antes que eles cheguem. - o cortou e Kol a olhou confuso antes de ouvir passos na direção deles.

Tentou falar algo, mas viu no olhar de Bella que não havia mais tempo.

- Eu te amo Isabella. - sussurrou, antes de sair na velocidade de vampiro, que nem mesmo os frios perceberam.

Ele se sentia péssimo por ter deixado Bella para trás, mas não havia o que ser feito. Acabariam os três presos naquele lugar.

Mas, vendo o olhar preocupado e cansado do irmão, prometeu a si mesmo voltar e salvar Bella, nem que fosse a última coisa que fizesse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...