História Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias UP10TION
Personagens Hwanhee, Wooshin, Xiao
Tags Dongyeol, Hwanhee, Hwanxiao, Shinxiao, Up10tion, Wooseok, Wooshin, Wooxiao, Xiao, Xiaohee, Xiaoshin
Exibições 42
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HELLOO
Bem vindos
Bom... Meu nome é Maria Eduarda e essa fanfic eu comecei a escrever a um tempinho atrás e decidi postá-la

Os ship principal eu ainda não decidi. Pode ser Wooxiao ou Xiaohee

Plágio é crime!!!!

Espero que gostem :)

Capítulo 1 - Chapter 1


Fanfic / Fanfiction Love - Capítulo 1 - Chapter 1


Dongyeol encarava a paisagem se mexendo na janela do táxi em que estava enquanto cantava baixinho a música que tocava em seus fones. Logo o taxista parou em um lugar enorme e estalou os dedos, tentando tirar Dongyeol do transe.

— Já chegamos ao seu destino. — Sorriu. Dongyeol retribuiu o sorriso de forma generosa e pagou o taxista, logo indo até o porta-malas pegar suas coisas. O taxista partiu e Dongyeol encarou o prédio em sua frente, respirando fundo e tentando manter a calma.

Mudança nunca foi algo que Dongyeol gostasse, ainda mais quando essa "mudança" fosse maior do que ele esperasse. Mudar para um colégio interno. Segundo sua mãe, seria bom para ele mas ele não concorda com isso de jeito nenhum. Ele sempre foi muito tímido, nunca conseguiu juntar coragem suficiente para falar com alguém desconhecido, o que em seus olhos é um problema e tanto.

Ele foi se aproximando lentamente da entrada do local, quando uma mulher veio em sua direção e o cumprimentou.

— Lee Dongyeol? — Perguntou ela e ele assentiu. — Me acompanhe por favor.

Eles entraram no prédio e seguiram até a diretoria, onde o pequeno pegou um papel com o número de seu quarto e o de seu armário e as aulas que teria na semana. Ele seguiu tremendo até o quarto que agora seria seu. Respirou fundo antes de tomar coragem e dar três batidinhas na porta. Esperou alguns minutos e ninguém o atendeu, então entrou no quarto.

Haviam duas camas no local, uma delas estava forrada e com algumas coisas encima, ao lado de cada cama tinha um guarda-roupas, Dongyeol foi em direção a cama vazia e abriu o guarda roupas ao lado, vendo que não tinha nada. Abriu sua mala, começando a tirar as roupas delicadamente e arrumá-las organizadamente no lugar certo. Forrou a cama com um de seus lençóis preferidos e logo sentou sobre a mesma, pensando em algo aleatório para tentar se desfazer do nervosismo.

Logo a porta foi aberta, um garoto entrou e foi andando bem divagar na direção do de cabelos rosa.

— Q-quem é você? — Perguntou. Dongyeol se levantou para cumprimentar o garoto de forma educada. Ele tentou esconder suas mãos que tremiam, mas foi algo sem sucesso.

— Sou Lee Dongyeol. — A maioria das palavras foram gagejadas, e o garoto maior achou aquilo a coisa mais adorável.

— Sou Hwanhee. — Sorriu. — Você é novo aqui, né? — O mais novo assentiu. Hwanhee olhou em volta, percebendo que as coisas do menor já estavam todas arrumadas. — Suponho que seja o novo colega de quarto do Wooseok... ou meu. — Dongyeol o encarou confuso. — Esse quarto é do Wooseok, mas eu meio que fico aqui mais que ele.

O menor assentiu e voltou a se sentar em sua cama, agradecendo até a deuses inexistentes por não ter sido tão difícil falar com seu quase colega de quarto. Hwanhee se sentou na cama ao lado e encarou o menor, reparando no quanto era belo.

— Wooseok prefere ficar no meu quarto por ser mais perto das salas, e ele tem o hábito de se atrasar sempre, então ajuda ele um pouco. — Deu risada. — Mas ele já está querendo voltar pra cá pois meu colega de quarto é muito barulhento e ele gosta de dormir. — Dongyeol riu ao ver como o maior gostava de falar. Ele estava um tanto quarto nervoso por não saber o que responder agora, mas um barulho alto o salvou. — Finalmente. — O maior levantou e puxou Dongyeol pela mão, foi com o menor até o refeitório. — Aquele barulho horrível é o sinal, e agora vamos jantar. — Sorriu. — Quer comer? — O menor negou. — Eu também não. — Puxou novamente o menor, agora em direção a uma mesa, sentando e chamando o menor para se sentar ao seu lado.

— Hwanhee, se o Wooseok não parar de reclamar eu vou expulsar ele do quarto.

— Calma, Changhyun. — Riu. — Gente, esse é meu novo amigo Dongyeol. — Sorriu e o menor corou.

— Que coisa mais fofa. — Disse um loiro que estava sentado em sua frente. — Sou Jinwook, posso te adotar? — Dongyeol corou ainda mais e riu não sabendo o que responder.

— Vai assustar o menino, cala a boca. — Um menino baixinho disse e levou um beliscão. — Sou Yelin

— Gyujin. — Um deles disse sorrindo e Dongyeol sorriu de volta.

— Changhyun. — O de cabelos azul disse. O menor o achou muito fofo.

— Cadê os outros? — Hwanhee perguntou.

— Minsoo e Wooseok estão no meu quarto dormindo. — Changhyun respondeu.

— Nosso quarto. — Hwanhee o corrigiu.

Dongyeol ficou o tempo todo calado, apenas observando os mais velhos conversarem. Quem sabe um dia ele fique espontâneo igual a eles.

— Você vai ir visitar seus pais amanhã? — Gyujin perguntou a Dongyeol e ele negou com a cabeça. — Por que não?

— Eu acabei de sair de lá e estou meio bravo com a minha mãe. — Respondeu baixo.

— Tudo bem, vou pedir pro Wooseok cuidar de você, ele é o único que não visita os pais nos finais de semana permitidos pelo diretor. — Disse Hwanhee.

— Não precisa... —  O menor tentou impedi-lo, mas os outros não deixaram dizendo que precisava sim pois além dele ser um "bebê" ele era novo no colégio.

— Agora vamos todos dormir pois vamos ter que acordar bem cedo amanha. — Jinwook disse se levantando e os menores reclamaram. — Dormir, agora! — Os meninos levantaram também e foi cada um para seu quarto.

— Você parece ser bem tímido. — Hwanhee disse assim que eles entraram no quarto. — É bem fácil de deixar com vergonha. — O mais novo assentiu, suspirando. — Você é muito fofo. — Dongyeol logo corou, escondendo o rosto com as mãos e Hwanhee ria. — Consegui te deixar corado com três palavras. — Tirou as mãos do menor de seu rosto e o encarou sorrindo. — Tá, vou parar de te irritar, desculpa. Espero que se acostume rápido.

O menor não gostava de ser tão sensível, simples palavras podem o fazer chorar facilmente, assim como também pode o deixar feliz e o fazer corar. Não queria que as pessoas soubessem tão facilmente o quanto era sensível.


Notas Finais


Meu twitter: @WooYeolHH

Meu Wattoad: @WooYeolHH

SIM É TUDO O MESMO USER PQ ESSE FOI O MELHOR USER QUE EU JÁ CRIEI NA MINHA VIDA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...