História Love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias UP10TION
Personagens Hwanhee, Wooshin, Xiao
Tags Dongyeol, Hwanhee, Hwanxiao, Shinxiao, Up10tion, Wooseok, Wooshin, Wooxiao, Xiao, Xiaohee, Xiaoshin
Exibições 29
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Chapter 3


Fanfic / Fanfiction Love - Capítulo 3 - Chapter 3


Dongyeol logo foi em direção ao seu guarda-roupas, pegando a mochila especial que tinha vários doces.

— Nossa, você realmente gosta de doces. — Wooseok disse rindo.

Os dois se deitaram em suas camas e Wooseok pegou seu celular, começando a gravar o menor se lambuzado com chocolate.

— Dá um "Oi" para a câmera, crush. — Wooseok disse sorrindo.

— Crush? — Dongyeol parou de comer e fitou o maior, que assentiu com um sorriso divertido no rosto. — Oi. — Sorriu e acenou para o celular.

— Você não está vermelho, já é uma evolução. — Disse e o menor corou. — Okay, nunca dia a uma pessoa tímida sobre ficar vermelho.

— Para de me gravar. — Choramingou enchendo a boca de fini.

— Mas você é muito lindo. Olha isso. — Deu um zoom.

O menor levantou da cama e foi na direção de Wooseok, na tentativa falha de pegar o celular dele. Logo foi puxado por ele e caiu deitado ao seu lado na cama. Logo o celular foi virado para eles.

— Por que você tá gravando? — Dongyeol perguntou encarando Wooseok pela tela do celular.

— Vou guardar esse vídeo, daí quando você tiver longe eu vou poder ver ele e lembrar de você. — Sorriu.

— É, acho que me livrar dele vai ser mais impossível do que eu pensei. — Disse o menor brincando.

— Vai mesmo. — Beijou o cabelo dele. — Me promete uma coisa?

— Que coisa?

— Que vai sempre beber água. — O menor riu. — É sério.

— Ok.

Wooseok finalmente encerrou a gravação, beijando a bochecha do menor e se levantando.

— Vou tomar banho. — Disse indo  direção ao seu armário e pegando uma peça de roupas, indo em direção ao banheiro e fechando a porta do mesmo.

Continuou na cama de Wooseok, e não queria sair tão cedo, o cheiro dele é algo totalmente viciante, segundo ele. Logo sentiu seu celular vibrar  seu bolso e pegou o mesmo, vendo uma mensagem de um numero desconhecido. Porém ele logo lembrou de ter passado seu numero para Hwanhee antes dele sair.

Hwanhee: OLÁ, XIAOZINHO

Hwanhee: Tá tudo bem?

Hwanhee: O Wooseok ta cuidando direitinho de você?

Hwanhee: Aposto que ele deixou você sozinho e foi dormir, né?

Hwanhee: Só isso que ele sabe fazer

Eu: OIII

Eu: Tá tudo bem sim e com você?

Eu: Não, muito pelo contrário. O Wooseok é a pessoa mais atenciosa que eu já conheci

Eu: Gostei bastante dele

Hwanhee: Estou bem também :)

Hwanhee: Muito estranho

Hwanhee: Ele é muito mal humorado pra tudo, só sabe dormir e é ignorante.

Hwanhee: Que bom que ele está cuidando direitinho de você

Eu: Ele não é assim comigo .-.

Eu: Ele é realmente muito legal

Hwanhee: Tenho que ir

Eu: Só um minutinho

Eu: Do que me chamou alí em cima?

Hwanhee: Xiaozinho?

Hwanhee: É o diminutivo de Xiao

Hwanhee: Eu realmente preciso ir, pesquisa aí

Hwanhee: Byeee

Eu: Tchau

Ele aproveito que estava sem fazer nada e pesquisou no google o que significava "Xiao"

"Xiao é um caractere chinês que pode significar pequeno"

Eu: HWANHEEE!

Eu: NÃO SOU PEQUENO :(

— Nossa, que bico enorme é esse? — Wooseok disse assim que saiu do banheiro.

— Aish — Cruzou os braços. — Hwanhee me chamou de Xiao.

— Não gostou?

— Não!

— Combina muito com você. — Riu.

—- Claro que não! Eu não sou pequeno.

— Claro que é. — Se jogou em sua cama ao lado de Dongyeol. — Vou contar um apelido frustante meu também. — Dongyeol sorriu animado e se virou, apoiando o peso nos cotovelos para encarar o mais velho. — Minha mãe, não sei por qual motivo, me chamava de Shin quando eu era bebê. Daí uns amigos viram ela me chamando assim e começaram a me chamar de Wooshin. — Fez bico e Dongyeol riu. O apelido combinava muito com ele.

— Hyung, você vai ficar bravo se eu te chamar assim, agora?

— Claro que vou. Se for possível ficar com raiva de você, né. — Apertou as bochechas do mais novo que bufou.

Wooseok sempre foi muito fechado pra tudo, muito ignorante com todos e uma das tarefas mais normais para qualquer um era raro pra ele: Sorrir. Ele não sabia o porque de ficar tão bobo perto de Dongyeol, em tão pouco tempo o pequeno conseguiu bagunçar toda sua vida e seus costumes.

— Quer ir almoçar, bebê? — Perguntou o mais velho e o menor negou com a cabeça. — Eu também não.

— Acho que acordamos muito tarde. — Riu. — Estou bem com meus doces. — Levantou e voltou para sua cama, dando total atenção aos seus doces enquanto Wooseok o encarava. — Aigoo hyung, por que está me olhando desse jeito?

— Só estou te admirando. — Deu de ombros e o menor corou.

Eles passaram o dia todo juntinhos, cada vez mais próximos. Dongyeol já se sentia extremamente confortável perto do maior.

Ele não gostava de se apegar tão fácil assim as pessoas, sempre que isso acontecia ele acabava se ferrando no final. Conhecia Wooseok a apenas um dia e já achava os abraços dele a melhor coisa do mundo. Ele amava receber atenção, e Wooseok era extremamente carinhoso, o que fez o menor se apegar mais rápido do que imaginava. Eles até dormiram juntos.

No outro dia foi a mesma coisa de antes. Wooseok passou horas pra se arrumar e Dongyeol apenas revirava os olhos quando encarava o maior e conversava com Hwanhee pelo celular.

— Estou bonito? — Perguntou o maior entrando no campo de visão do mais novo e nem desviou o olhar do celular, apenas assentiu. — Mas você nem viu.

— Hyung, você já é bonito não preciso te olhar novamente pra ter certeza disso. — Disse sem pensar e arregalou os olhos. Wooseok apenas riu e foi até o menor, apertando suas bochechas e deixando um pequeno selar em seus lábios.

Dongyeol logo ficou com o rosto todo vermelho e o coração tão disparado que achou que Wooseok podia ouvir de onde estava.

— Eles chegaram, vamos. — Disse o maos alto, puxando Yeol, que ainda tinha o rosto totalmente vermelho. Os dois saíram do quarto, e foram abraçados até a porta de entrada da escola, onde todos os garotos estavam.

— XIAO! — Hwanhee gritou assim que viu o pequeno e correu até ele, o puxando dos braços de Wooseok e o abraçando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...