História Love After The Olympus Escape - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~S213

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Mitologia Grega
Tags Bts, Min Yoongi, Olimpo, Romance, Semideuses, Suga, Yoongi
Exibições 14
Palavras 1.604
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Love After The Olympus Escape - Capítulo 1 - Capítulo I

Min Yoongi POV’s On 

    Olá, eu me chamo Min Yoongi, sou filho de Ares e uma humana, eu estou fugindo há um tempo. 
    Eu com sorte consegui conquistar um lugar no Olimpo após ter que cumprir uma terrível missão para Zeus e meu pai, foi bem difícil. E agora, novamente, estou fugindo. 
    Já perdi a conta de quantas vezes fugi, e quando finalmente pensei que tivesse um abrigo, eu tive que fugir novamente. Eu pensava que o Olimpo fosse um lugar seguro, mas não é, principalmente quando quem te persegue pode entrar e sair de lá. Se você pensou que estou fugindo de um deus acertou, estou fugindo de Poseidon. 
    Erámos grandes amigos mais por algum motivo ele armou para mim, mas não posso provar ainda, por isso continuo fugindo, tenho que me esconder mais não sei bem onde. 
    - Rápido ele foi por aqui - Droga os servos fiéis de Poseidon estão na minha cola. 
    Para onde eu vou? Que droga eles vão me achar, pensa Yoongi, pensa. Descido então ficar na minha forma humana e ir para terra, acabo caindo perto em uma rua vazia, olho a minha volta e me olho. 
    - Que bom Yoongi, está sem roupas – Bufo. 
    Não havia ninguém, tentei pensar em alguma coisa. Como um cara pelado vai encontrar roupas no meio da rua? Eu me cobri e sai correndo, eu estava morrendo de vergonha, mas não tinha ninguém mesmo. Bem, não que eu tivesse visto, acabei topando com uma menina. Ela era loura dos olhos azuis, branca como eu. Mas eu estava com muita vergonha para pensar que ela era linda. 
    Ela tapou os olhos. 
    - Moça... você pode me ajudar? É... não ligue por eu estar pelado, eu estava fugindo e... e... – Ela começou a rir. 
    - Fique aqui, eu vou comprar alguma coisa para você vestir – Que bom que encontrei ela. 
    Ela se distanciou e eu me escondi atrás de umas latas de lixo, estava ali a algum tempo quando ela finalmente aparece com umas sacolas. 
    - Ei cadê você - Ela olhava em volta - Onde será que ele está? 
    Eu estava tão envergonhado que só levantei a mão, ela me viu e veio até mim. 
    - Ai esta você - Eu levantei a cabeça e ela estava vermelha, olhei para baixo e vi que não estava cobrindo minha intimidade, cobri rapidamente com a mão - E...desculpe pela demora a loja estava cheia - Ela sorriu e me entregou as sacolas. 
    Ela se afastou e eu comecei a me vestir, até que ela tem bom gosto, eu estava usando uma calça jeans, uma blusa preta e um casaco vermelho de capuz. Terminei de me vestir e ouvi um barulho. 
    - Droga - Murmurei – É... muito obrigada por me ajudar, mais podemos sair daqui - Falei colocando o capuz e puxando ela pelo pulso. 
   Andamos um tempo até que escutei outro barulho. Droga, o que eles querem comigo? Eu já não estou fugindo há um tempão, será que não percebem que eu não apresento riscos à Poseidon? 
    - O quê... o quê está acontecendo? – A menina perguntou. 
    - Bom, eu estou fugindo de um cara que já foi meu amigo, ele armou para mim – Disse. 
    - E esse cara é perigoso? – Ela perguntou, então eu percebi que ela era humana, não entendia muito bem sobre esse assuntos, nem eu para falar a verdade. Descobri quando minha mãe me disse que eu era especial, na hora pensei que ela estivesse me elogiando, mas não era isso. 
    - Muito. 
    - Quem é ele? – Ela perguntou – E por quê você está me levando junto? 
    - Porque não quero que ele pegue você. E... seu nome. Como é o seu nome? 
    - Andy, e o seu? 
    - Yoongi. Esse cara o nome dele é Poseidon, ele é bem perigoso. 
    Ela me olhou como se tentasse lembrar de alguma coisa. 
    - Poseidon eu já ouvi falar - Continuamos andando - Lembrei tem um deus com esse nome. 
    Eu não posso contar a ela que se trata do próprio Poseidon. Olhei em volta e tinham poucas pessoas na rua. 
    - Yoongi - Ouvi uma voz forte e imponente. 
    - Você ouviu? - A olhei. 
    - Ouviu o que? - Ela me olhou, eu esqueço que estou no mundo dos humanos. 
    - Quando eu mandar você correr você corre ok? - Sorri. 
    - Mas e você? - Ela me olhou preocupada. 
    - Eu me viro. - Sorri 
    Não quero que ela corra perigo por minha causa, e ela não precisa saber que sou metade deus. 
    Os chamados estavam se aproximando. 
    - Yoongi? Onde você está, velho amigo? – A voz perguntou. 
    Eu olhei para Andy, sabia que deveria mandá-la correr, mas e se ela não conseguisse e eles a pegassem. E agora? 
    - Corre! – Gritei. 
    - Mas e você? 
    - Eu já disse que me viro, corre! – Sorri, e ela correu. Adeus, Andy. Talvez eu nunca mais irei vê-la novamente. 
    Droga, para onde eu corro? Lembrei de uma estratégia que meu pai me ensinara. 

Lembrança On 


    - Preste atenção, Yoongi!!! – Gritava meu pai. 
    - Acalme-se, pai – Eu dizia. 
    - Em uma luta não existe calma. Ou é você ou o seu oponente que irá sucumbir – Ele segurou meus ombros – Esta estratégia que irei ensinar irá te ajudar bastante em uma luta em que você é o mais fraco. 
    - Ótimo, em todas elas – ele me encarou. 
    - Não, claro que não. Você é forte, Yoongi. Se concentre. 
    - Pai, eu não sou você. 
    - Por isso mesmo. Você poderá me superar, apenas siga seus sentimentos. 


Lembrança Off 


    Isso, siga seus sentimentos. Por aqui, entrei em uma rua e corri. Passei por vários becos até que saio numa rua movimentada tanto por carros como por pessoas, me misturei no meio delas e a voz cessou, ouvi um barulho de raios. 
    - Zeus – Murmurei - No mínimo já contaram a ele que eu fugi de novo - Sorri e continuei andar, uma chuva fina começou a cair, coloquei meu capuz e continuei a andar, será que vou encontrar Andy novamente? A chuva aumentou e eu continuei a caminhar. 
    A chuva começou a aumentar, eu comecei a correr, já não sabia o que aconteceria comigo, mas eu tinha que lutar. Meu pai tinha razão, eu tinha de seguir meus sentimentos, eles sempre me ajudariam e nunca me trairiam, como Poseidon fez. 
    Eu corria desesperadamente. Os raios estavam aumentando, a chuva estava muito forte, já não havia ninguém na rua. Perfeito, agora está mais fácil dos servos fiéis de Poseidon me acharem. Não desista, Yoongi. Siga em frente, por todos que você ama – A voz da minha mãe ressoava na minha cabeça, ela morrera quando eu tinha seis anos. 
    - Tarde demais para fugir, Min Yoongi – Não acredito, era Poseidon – Você não se cansa? 
    - Sim, eu me canso. Mas eu devo seguir em frente, pelo meu pai, pela minha mãe – falei – E pela Andy – sussurrei. 
    - Ah, claro, o papai sempre ajuda - Poseidon disse soltando uma gargalhada. 
    - Claro que não, ele sempre foi duro comigo, nunca demonstrou que se importava a não ser quando queria algo em troca, vocês são todos iguais - Bufo e tiro o meu capuz. - Mas mesmo assim lutaria por ele, pois não sou igual a vocês. 
    - Ai você se engana Yoongi, você pode ter nascido de uma humana, mais é igual a todos nós - Ele sorriu. - Você não tem sentimentos, não se importa com as pessoas e só pensa em você assim como nós, apenas com uma pequena diferença - Ele puxou sua espada e sorriu para mim. 
    - Você é fraco assim como sua querida mãe - Meu sangue ferveu, senti minha pele queimar eu queria matá-lo, era o que eu ia fazer, mas uma raio atingiu o chão e eu apaguei. 
    Abri meus olhos e percebi que não estava mais na rua, olhei em volta e vi que estava em uma sala, eu estava deitado em um sofá, a minha frente tinha uma mesinha de centro.

    Um homem veio em minha direção, tinha os cabelos grisalhos, e estava usando uma camisa formal e uma calça jeans.

    - Zeus – Disse.

    - Muito bem, Yoongi – Ele disse – Vejo que acordou.

    - O quê você quer? – Perguntei.

    - Nada demais, porquê fugiu?

    - Você sabe, Poseidon.

    - Porquê você foge dele?

    - Você também sabe disso – Disse grosso – Ele me traiu.

    - Ele tem seus motivos.

    - Motivos?! Eu não fiz nada à ele, só queria entender porque ele me persegue.

    - Você é forte, conquistou muitos deuses no Olimpo, é querido por todos e Poseidon não gosta disso, ele sempre quer ser o centro das atenções. Desde sempre ele é assim – Zeus disse se sentado ao meu lado no sofá.

    - Isso é motivo? – Indaguei.

    - Sim, Yoongi, é motivo.

    - E porquê você está aqui?

    - Eu salvei sua vida, não mereço um obrigado?

    - Obrigado, Zeus – Disse irritado - Porquê você está aqui?

    - Porque eu sou diferente do meu irmão. Você tem algo que eu quero, então eu vim pegar.

    - O quê quer dizer?

    - Min Yoongi, você possui uma habilidade rara entre os filhos de Ares, e eu quero ela para mim.

    - Que habilidade?

    - Nenhuma em especial, nada que te interesse – Eu estava com muita raiva.

    - Como não? A habilidade é minha – Gritei.

    - Você vai saber quando for à hora. Agora nós iremos voltar para o Olimpo.

    - Não, eu não volto para o Olimpo – Disse e Zeus lançou um feitiço para que eu desmaiasse.

    Acordei na minha velha casa no Olimpo.

    - Droga – Murmurei.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...