História Love After The Olympus Escape - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~S213

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Mitologia Grega
Tags Bts, Min Yoongi, Olimpo, Romance, Semideuses, Suga, Yoongi
Exibições 5
Palavras 1.257
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo II


Fanfic / Fanfiction Love After The Olympus Escape - Capítulo 2 - Capítulo II

Min Yoongi POV’s On 


    Alguém bateu à minha porta, corri para abrir. 
    Era o meu pai, Ares. 
    - Yoongi, porquê você fugiu? 
    - Pai, fala sério. Poseidon veio atrás de mim hoje. 
    - Filho, confie em mim em vou te proteger, sempre irei. 
    - Porquê finge que se importa? Onde estava você quando minha mãe morreu? Você não estava lá para me proteger, nem a ela – Disse chorando, eu sentia falta da minha mãe. 
    -Yoongi, eu não posso passar todo o tempo do mundo com você, como deus eu tenho outras coisas para fazer. 
    - Claro. Sempre que eu preciso tenho que resolver por mim mesmo. Saia, pai. 
    - Yoongi, espere. Deixe-me falar com você. 
    - Saia – Disse e fechei a porta. 
    As coisas nunca funcionam bem aqui no Olimpo. Tinha saudades de quando morava com a minha mãe, quando não precisava me preocupar se alguém queria me matar. Ela era tão linda, tinha os olhos escuros e puxados, como os Orientais, o cabelo liso cortado sempre na altura do ombro, escuros feito ébano. Estava sempre sorrindo. 
    Tentei encontrar as minhas semelhanças com ela e depois com meu pai; os olhos eram muito iguais, porém em todo o resto eu parecia com o meu pai, cabelos castanhos escuros, estava sempre bravo. 
Eu sentia tanto a morte dela, as minhas lembranças ainda estavam claras na minha cabeça. 
 

Lembrança On 

    - Meu filho, corra. Vá salve-se, eu cuido dele – Ela gritava freneticamente, eu não podia deixá-la, mas não tinha escolha. 
    - Mãe – Disse chorando e corri. 
    Depois disso apenas escutei um grito e quando voltei minha mãe estava caída no chão, havia muito sangue em volta de seu corpo. 
    - Mãe – Sussurei. 
    - Filho – Ela tossiu – Não se preocupe. Procure pelo seu pai, ela vai te ajudar. 
    - Mãe, por favor. 
    - Yoongi, nunca se esqueça: sempre... 
    - Siga em frente – Completei e ela morreu. 
    Meu pai chegou horas depois, foi estranho eu nunca o tinha visto antes, ele era alto e seus cabelos eram castanhos escuros, era bronzeado, forte, seus olhos eram frios e calculistas, realmente parecia um guerreiro. 
    - Então você é pequeno Yoongi? – Assenti – Vamos venha com o pai – ele disse me pegando no colo. 
    - Você é Ares? 
    - Sim pequeno, o seu pai. 

Lembrança Off 

    Porquê eles fingem que se importam? Eu me joguei na cama e joguei um travesseiro. Estava com muita raiva, e isso não é bom quando se é um filho de Ares. 
    - Droga, droga, droga – Gritei. 
    - Eu odeio esse lugar, esse não é o meu lar, não é minha casa - Comecei a quebrar tudo a minha volta. 
    Eu tentava me controlar, mas estava difícil então em um dado momento da minha fúria os olhos azuis de Andy invadiram minha mente, como será que ela está? Espero que esteja bem, sai a caminhar pelo Olimpo, todos estavam a fazer alguma coisa, passei por meu pai e Zeus conversando e me lembrei do que ele me disse "quero sua habilidade", mas que droga de habilidade é essa. 
    - Veja se não é o semideus mais procurado do Olimpo - Levantei a cabeça e vi Hades sentado em um degrau da área de treinamento. 
    - O que quer Hades? - Perguntei sem animo. 
    - Nada, só vim falar com meu velho amigo - Ele sorriu, essa era a minha chance, eu tinha que descobrir sobre minhas habilidades. 
    - Hades? - O chamei e esperei sua resposta. 
    - Sim - Ele me olhou. 
    - Você sabe o que Zeus quer tanto de mim? - Um fio de esperança nasceu em mim. 
    - Sim e não - Ele me olhou e simplesmente sorriu. 
    - Como assim? - Arquei uma das sobrancelhas. 
    - Sei que ele quer suas habilidades, mas ainda não sei quais são elas. Bufo com sua resposta. 
    - Grande ajuda a sua - Reviro os olhos e me afasto dele. 
    Porquê eu estou aqui? Ninguém realmente me quer por aqui. E o meu pai é o pior de todos, como ele consegue falar com um cara que quer roubar algo do filho dele. Mas se for parar para pensar Zeus é o pai de Ares, meu avô. E Hera a minha avó, porém Hera me trata bem, em todos esses anos quem compensou a falta de minha mãe foi Hera, sempre me deu conselhos, e me ajudou quando precisei. Muito diferente do meu pai, de Zeus e Poseidon. 
    Ela fora muito boa comigo, eu era grato por isso. 
    Parei em frente à Sala dos Deuses, era estritamente proibida a entrada de semideuses sem permissão, mas eu tinha que tentar, não havia ninguém em reunião. 
    Abri as portas gigantes com um pouco de esforço, torcia para que Hera estivesse ali, queria falar com ela.
    - O quê faz aqui, querido? – Hera me perguntou, estava sentada perto da fogueira conversando com Héstia, a deusa do fogo. 
    - Hera, perdão por entrar sem permissão. Eu preciso falar com você. 
    - Claro meu jovem, o quê deseja? 
    - Aqui não, podemos falar em um lugar mais reservado – Hera olhou para Héstia e fez um sinal como se pedisse licença. 
    - Claro. 
    Saímos da sala e seguimos para um local mais afastado de todos, o Jardim dos Deuses. Haviam flores de todas as espécies do mundo espalhadas por toda a área. Estátuas dos deuses do tamanho humano, doze delas: Zeus, Poseidon, Hera, Ares, Apolo, Artémis, Atena, Afrodite, Hefesto, Hermes, Deméter e Dionisio. 
    - O quê deseja comigo, Yoongi? – Hera perguntou. 
    - Um conselho e uma coisa importante – Disse. - Hera você sabe que estou cheio de problemas - Respirei fundo. - Zeus quer algo de mim, Poseidon quer me matar e para melhorar conheci uma humana e eu não sei mais o que fazer. 
    - Querido, você se apaixonou? - Hera abriu um grande sorriso. 
    - Claro que não, é só que eu queria agradecê-la por isso, ela me ajudou - Cocei a nuca. 
    - Yoongi, não minta para si mesmo - Ela colocou o dedo na ponta do meu nariz. - Mas enfim, você deve procurar dentro de você o seu verdadeiro poder e descobrir o que tanto Zeus quer. Quanto a Poseidon, logo ele perceberá a burrice que esta fazendo. Descubra quem matou sua mãe e saberá o que tanto Zeus quer - Ela sorriu. - E querido deveria ver sua amiga - Ela sorriu docemente. 
    - Como? Se eu tentar fugir Zeus me acha - Baguncei o cabelo. 
    - Sempre há um jeito. - Ela saiu do Jardim dos Deuses. 
    Eu sempre gostei de conversar com ela, ela não era a deusa da sabedoria, mas era muito sábia. Sempre me mostrava o caminho certo e apontava os meus erros. Mas eu ainda não sabia o que Zeus queria comigo. Eu era apenas um semideus, frágil. Espera... Descobrir quem matou a minha mãe, o que ela tem a ver com isso. 
    Eu sai correndo atrás do meu pai. Ele já não estava conversando com Zeus. 
    Pai, onde você está? Eu senti uma dor na cabeça e uma voz familiar disse: 
    - O quê quer, Yoongi? – Era o meu pai. 
    - Onde você está? – Pensei. 
    - Venha até a sua casa. Te encontro lá. 
    - Tudo bem 
    Eu corri até a minha casa. Quando cheguei lá meu pai estava sentado no sofá. 
    - E então, filho, o quê quer? – Ele perguntou. 
    - Pai, quem era a minha mãe? – Perguntei, ele estalou os olhos e me encarou, estava surpreso. 
    - Yoongi, acho que não é uma boa hora. 
    - Quem era a minha mãe – Insisti. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...