História Love and Crime - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Justin Bieber
Personagens Austin Mahone, Justin Bieber
Tags Austinmahone, Gangster, Justinbieber, Máfia, Romance
Visualizações 133
Palavras 884
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Álcool, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura meus amores =}

Capítulo 25 - Cap 03- Fora do controle


Paro em meio a estrada e espero alguém aparecer,  há visto um carro se aproximar e finjo passar mal. O carro para e uma mulher desse do mesmo.

- senhor, você está bem ?? - Ela diz vindo até mim, espero ela se aproximar mas

- não - levanto minha cabeça bruscamente e seguro em seu braço. A mesma me olhava aterrorizada, ela precisa me conhecer. - se você gritar eu estouro seus miolos

- t... tá - ela diz com a voz trêmula - senhor pode levar tudo - ela diz enquanto as lágrimas descem por seu rosto

- não quero seu dinheiro, quero conversar - digo lhe puxando até o seu carro - já sentiu como se o mundo tivesse virado as costas para você ? - a mesma nega com a cabeça enquanto chora - faz dois anos que roubaram minha irmã de mim... estão colocando ela contra mim, e eu já não sei mas o que fazer. - a olho- algo me diz que você me conhece

- a 1 ano você se tornou o homem mas procurado na minha cidade - ela diz em meio ao choro

- acho que lembro da sua cidadizinha,  uma merda - digo revirando os olhos -  você até que é bonita

- obrigado - ela diz tentando se soltar

- desculpa, mas eu preciso fazer isso - digo penetrando a faca em seu abdômen.

Por mas estranho que seja, eu me sinto um pouco aliviado por fazer isso. Enquanto eu enfiava a faca em seu abdômen eu imaginava Justin em seu lugar, é o que me fazia sentir mas vontade de lhe matar.

Sinto alguém puxar meu ombro bruscamente me fazendo deixar a faca cair. Me viro bruscamente, eu já ia com a mão para dá um soco, mas a pessoa segura minha mão.

- a escola que você estuda eu já tenho 5 certificados - uma voz feminina nada estranha diz em um tom autoritário. Era ela... Elisa.

- E... Elisa - digo a olhando, ela estava com um óculos escuro e uma peruca loira por isso demorei um pouco para descobrir quem era

- sim, eu mesma - ela tira a peruca - agora vai me dizer porque matou uma inocente

- e... eu não tenho mas controle da minha raiva - digo enquanto lágrimas insistem em cair

- seus surtos de raiva são muito graves do que eu pensava meu filho... Você não pode andar sentindo ódio, e se sentir, tem que manter o alto controle - Elisa diz segurando minha mão

- Faz dois anos que perdi minha irmã para um babaca e que você está sumida - a olho - me diz, como não sentir ódio quando as pessoas que você ama foram arrancadas de você ?

- e... eu não sei - Ela diz secando meu rosto

- Alice e você eram meu controle. A voz suave e doce da Alice me acalmava e o seu jeito de me manter controlado era único... e eu havia perdido as duas, e a única coisa que me dá um certo alívio fora isso é sentir sangue em minhas mãos - digo enquanto olho minhas mãos suja de sangue
- mas agora estou aqui... e você vai contar tudo que aconteceu enquanto eu estive fora - ela diz beijando minha bochecha

- e você vai me dizer onde estava - digo e a mesma revira os olhos

Caminho até o carro em que a mesma andava. Jogo a faca no meio dos matos e entro no carro junto a ela.No caminho até minha casa fui contando a Elisa o que aconteceu nos últimos 2 anos.

- a um ano fiz uma viagem na qual fiz cerca de 9 assassinatos. Não consigo controlar a porra da minha raiva. Alice irá embora com os Bieber amanhã... ela parece está feliz com as mentiras deles - digo suspirando

- você é igual ao seu pai... Vou lhe contar uma coisa que prometi a seu pai nunca contar, mas sinto que você precisa saber. - Elisa para o carro em frente nossa casa... a olho - 3 anos antes da "morte" do seu pai, Jeremy Bieber sequestrou sua mãe... ele à torturou, eu nunca havia visto alguém sentir tanta raiva como vi seu pai sentir naquele dia... seu pai tinha um problema como você, ele precisava de acompanhamento psicológico. Nesse dia ele apenas mandou eu cuidar de você e da sua irmã e saiu... ele voltou no dia seguinte ensanguentado e logo depois vi no jornal à notícia de que foram encontrados em um galpão 28 pessoas mortas brutalmente. Ele me olhou e chorou como uma criança... seu pai nunca havia matado sem motivos, aquilo lhe causou um peso enorme na consciência... todos os dias ele se olhava no espelho e dizia a seguinte frase " você é um psicopata"

Aquelas palavras me fizeram pensar... e se eu não recuperar a Alice e a perder vou virar um psicopata como meu pai??

- sei o que está pensando, e não... Você não será como ele, pois iremos pegar sua irmã de volta... Já tenho um plano - Elisa diz descendo do carro e entrando em casa... Vou junto a ela.

- opaaa,  mas antes vai me contar por onde andou - digo a encarando


Notas Finais


Venham conferir o link trailer de "Love and Crime" 2° Temporada
https://youtu.be/PmcwvFO72r0





Nosso instagram:
Thaly Mendes: https://www.instagram.com/_thaly_mendes/
Gabrielly Emilly: https://www.instagram.com/gabriiellyemily/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...