História Love and Destruction L.S - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~atalarrie

Postado
Categorias Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Tags Ação, Colegial, Drama, Fantasia, Fluffy, Homossexualidade, Romance, Suspense, Violencia
Visualizações 9
Palavras 2.145
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 20 - This is the end.


《NARRADORA》

Já fazem semanas que o jovem Harry não tirava uma ideia da cabeça, e por isso convocou seus amigos para ajudá-lo com isso.

Ele não via mais motivos para não pedir Louis em namoro, os dois se amavam e não fazia pouco tempo, logo logo estariam longe por conta da faculdade, então por que esperar mais para algo que pode ser vivido agora?

Ele resolveu fazer esse pedido na quadra de basquete do Colégio, na qual trazia boas lembranças, como a do primeiro beijo de ambos.

Clichê? Talvez, mas Harry não ligava, ele queria fazer da melhor maneira possível, para agradar o amor da sua vida, pois é isto que o cacheado pensa que o mais velho merece, o melhor.

Mesmo sendo jovem, o que ele sente por Louis, nunca sentiu por mais ninguém, ao lado dele conseguia planejar todo um futuro, e parecia ser tão seguro, pois eles teriam um ao outro.

— Muito obrigado. — Harry dizia animado abraçando seus amigos.

— Ele não vai desconfiar de nada, e fizemos um bom trabalho. — Liam disse orgulhoso olhando em volta.

— E eu espalhei câmeras em todos os lugares! — Niall acrescenta animado.

— Menos no quarto dele, certo? — Zayn pergunta arqueando a sobrancelha.

— Não prometo nada. — Ele diz levantando as duas mãos.

— Oh não Niall, de novo não. — Zayn completa colocando a mão na cabeça e negando.

— Ok ok, agora saiam daqui, ele já deve estar chegando. — Harry diz em meio a risadas (nervosas) e revirando os olhos para os seus amigos.

Ele estava visivelmente nervoso, o motivo era óbvio.

A desculpa para Louis aparecer no ginásio era que ocorreria um jogo de despedida dos formandos, o que não era mentira, o jogo aconteceria, mas não naquele dia.

— Pessoal? — Harry ouve a voz que o faz tremer, mas soltar um grande sorriso. — Onde vai ser essa droga de jogo? — Louis diz mais baixo, como se fosse apenas para ele mesmo escutar.

Harry tem a visão do pequeno ser chegando mais perto da luz, com seu uniforme com listras verdes, uma grande meia branca e a cara de surpresa e confusão que o deixava ainda mais adorável.

— Lou.

— Hazza... — Ele diz lentamente tentando processar toda a situação em que se encontrava.

— Bem, como você já sabe, eu amo você, e faria qualquer coisa por você, até mesmo te carregar por horas no colo por estar com uma das pernas machucada, mas claro, só se isso acontecesse. — Ele diz em um tom irônico e brincalhão rindo em seguida. — Nós já perdemos tempo demais com besteiras e coisas mal resolvidas, acho que com isso você concorda. — Ele vai chegando mais perto. — Não temos todo o tempo do mundo, mas perto de você, eu sinto que tenho. — Ele faz uma pausa e se ajoelha, tirando um delicado e fino anel de seu bolso.

— E por mais que sinta que temos todo tempo do mundo, não quero perder nem mais um segundo quando se trata de você. Quero poder sair por ai e gritar em plenos pulmões que um Tomlinson é meu namorado, futuramente noivo, marido e por fim, eternos amantes. Louis, você me daria a honra de ser seu namorado?

Louis da um grande suspiro, e se recusa a deixar as lagrimas descerem. Tira uma das mãos que estava apoiada nas de Harry e seca uma lágrima.

— Olha o que você fez comigo, está feliz? — Ele diz rindo em meio as lágrimas, que Harry logo acompanha.

— Lou, te olhar daqui de baixo é maravilhoso, de todos os ângulos na verdade, mas ainda preciso da minha resposta.

Louis estava prestes a abrir a boca para lhe dar a resposta, quando Harry começou a ouvir um ruído estridente em ambos os ouvidos e ficar extremamente tonto.

Louis não parava de sorrir e Harry sentiu uma falta de ar, quando tudo ficou escuro e ele passa a ouvir vozes bem longe chamando pelo seu nome.

— Vamos papai Harold! — Harry literalmente pula da cama, e respirando ofegante encontrando seus dois filhos pulando em cima de sua cama.

Foi tudo um sonho, um louco, incrível e estranho sonho.

— Vocês não acham que está cedo demais para as duas crianças estarem acordadas? — Harry pergunta ainda tonto e percebendo que seu marido não estava mais na cama.

— Aurora acordou com dor de barriga e não conseguimos dormir mais, desculpa papai Harry. — Miguel diz sentando e fazendo um biquinho extremamente fofo.

— Que mentira Miguel. Quem estava com dor de barriga era ele papa! — Aurora aponta para seu irmão mais velho indignada, fazendo Harry soltar uma grande gargalhada.

Ele e Louis tinham decidido adotar Miguel com dois anos de casamento, mas não se contentaram e logo depois veio a querida Aurora.

— Me esperem lá em baixo que eu já desço, ok?

— Vão pesando no que querem pro café. — Ele diz tentando convencer Miguel e Aurora a descerem.

Ele amava tanto seus filhos, e estava apavorado, eles já tinham 11 e 10 anos de idade, não queria eles longe tão cedo.

Harry levanta e vai direto ao banheiro, escutando o barulho de chuveiro e logo vendo a silhueta do seu marido através do box, ele era tão sortudo.

E hoje eles estão fazendo 7 anos de casados, o que fez Harry escovar os dentes pensando na época de escola, logo quando conheceu Louis, ou seja, o seu marido.

Flashback on

— Chegou um garoto novo! — Niall dizia animado enquanto comia algum salgadinho qualquer.

— Ele veio de Doncaster. — Zayn comenta.

— E está na nossa classe de Gramática. — Liam concluí.

— Imagine se vocês pegassem toda essa determinação para descobrir sobre a vida dele, e aplica-se nas matérias em. — Harry diz rindo do próprio comentário.

— Não seja chato, senhor estraga prazeres. — Niall revira os olhos, quando o famoso novato passa pelos jovens.

Ele aparentava ter a mesma idade que os garotos, olhos profundamente azuis, nos quais Harry se perdeu por alguns segundos, mas ninguém precisava saber.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Depois de um tempo o novato, por nome Louis Tomlinson, acabou virando amigo dos garotos, um dos melhores, e como de costume estava com Harry depois da aula jogando basquete.

— Vamos Harry, jogue pra mim. — E assim ele fez, fazendo Louis marcar um ponto.

Jogaram mais um pouco, até que Harry tentou pegar a bola de Louis, mas acabou caindo por cima do garoto. Louis era realmente bom.

E não sabendo o por quê, Harry o beijou, e foi correspondido da melhor maneira possível.

Flashback off

Enquanto secava o rosto, Harry sentiu beijos sendo distribuídos por seus ombros e costas, fazendo com que a sua pele ainda quente se arrepiasse.

— Sete anos uh? — Ele diz lentamente dando um beijo profundo no seu esposo. — Sete anos e eu nunca irei me cansar disso.

— Eu te amo tanto Harry" Louis diz sem desconectar seus olhares. — E sempre vou te amar.

— Estava lembrando da época da escola. — Harry diz rindo um pouco, encostando seu corpo na pia, enquanto Louis estava jogado sobre seu peito, ainda enrolado na toalha. — Quando você achou ter me visto beijando Gemma, e achou que eu estava namorando Lolita, eu parecia ser tão fodido assim?

— Não diga besteiras Harry. — Louis diz rindo e lembrando do quanto foi idiota. — Eu fui muito idiota naquela época, meu Deus! — Louis tenta esconder o rosto com as mãos. — Mas graças a Deus eu tenho um marido que não guarda rancor, e me perdoou por tudo. — Ele diz dando selinhos em meio as risadas.

— Tem que ter paciência. — Harry revira os olhos, e eles escutam um barulho de algo caindo na cozinha. — Alguém tem que controlar essas crianças.

— Boa sorte, amor! — Louis diz o empurrando para fora do banheiro.

Chegando na cozinha, Harry se depara com Aurora totalmente coberta de farinha e Miguel rindo ao invés de ajudar a irmã.

— Miguel, o que estão fazendo? — Ele pergunta enquanto tenta limpar a garota.

— Estávamos tentando fazer um bolo, você e o papai fazem aniversário hoje. — Ele diz e Harry dá um pequeno sorriso.

— A senhorita concordou com isso? — Ele pergunta para Aurora que só balança a cabeça freneticamente em concordância. — Eu e o papai comemoraremos o aniversário mais tarde, que tal para agora algumas torradas e suco? — Harry exclama animado.

Depois de um café bem animado, ele e Louis organizaram a cozinha enquanto as crianças assistiam alguma coisa na TV da sala.

Niall e Gemma logo chegariam para o almoço e depois ficariam com as crianças, já que o casal iria jantar fora.

— Titio Niall! — Miguel fala animado e Aurora da um pequeno gritinho.

Niall e Gemma tiveram um longo relacionamento e se casaram apenas no ano passado, formando o casal de tios mais babões de todos os tempos.

Logo chegariam também Zayn e Liam, graças a Deus era sábado, então eles teriam bastante reforços para cuidar daquelas ferinhas.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

— Meu Deus eles estão muito animados, o que está acontecendo? — Niall diz se jogando ao lado de sua esposa.

— Onde eles estão afinal? — Louis pergunta percebendo que as crianças não estavam com ele.

— Brincando no jardim. — Niall da um sorriso amarelo.

— Você deixou eles sozinhos com as minhas orquídeas Niall? — Louis fala apavorado e corre até o jardim.

— E ai? O que vão fazer hoje? — Liam pergunta se referindo ao aniversário de casamento.

— Vamos jantar. — Harry diz depois de Louis ter saído.

— Só isso? Harry, são sete anos, se Niall não fizer uma comemoração daquelas no nosso segundo ano de casamento eu nem quero mais nada! — Gemma diz arrancando risadas de todos os presentes.

— Já vou começar a planejar então, amor.

— Na verdade sim, só isso, e também comprei duas passagens pro Havaí, mas nada demais. — Harry diz de maneira simples.

— Liam, espero que pegue esse exemplo, mas que compre uma para Dubai! — Zayn fala animado mas percebendo a presença de Louis eles mudam de assunto rapidamente.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

— Não deem trabalho pro Niall e Gemma, ok? — Harry diz abraçando seus dois filhos como se fosse fazer uma viagem de meses. — Eu e o papai não vamos voltar tarde.

— Se voltarmos. — Louis diz malicioso cutucando Niall e o fazendo rir, recebendo um olhar repreensivo e envergonhado de Harry.

— Vamos, amor. — Louis pega a mão do marido. — Amo vocês. — Diz beijando a testa de Aurora e Miguel.

Eles estavam conversando sobre coisas aleatórias quando começa a tocar I got you, e ultimamente Bebe Rexha era uma das cantoras preferidas do casal.

— I GOT YOU, I GOT YOU! — Louis praticamente grita enquanto se balança no banco do passageiro.

— Lou, vai com calma. — Harry dizia já vermelho de tanto rir e admirando seu marido, se sentia tão sortudo por ter alguém tão precioso.

Eles foram em um de seus restaurantes preferidos, que tinha um clima extremamente agradável, e fez o jantar ser ainda mais maravilhoso.

— Eu não sei como, mas eu vi você beijando ela! — Louis dizia entre risadas.

O restaurante estava quase fechando, e eles estavam terminando sua taça de vinho enquanto relembravam algumas histórias antigas, isso era uma coisa que os dois estavam adorando fazer ultimamente.

— Naquela época eu só tinha olhos para você Louis, assim como hoje. — Harry diz colocando sua mão por cima da de Louis. — Hoje eu tive um sonho estranho. — Ele diz mudando de assunto.

— É? E como foi Hazz? — Louis diz chegando mais perto para ouvir tudo com atenção.

— Algumas partes não foram apenas um sonho, e sim lembranças, como na época no colégio. — Harry diz fazendo uma careta confusa. — Mas ai nós íamos para o Havaí, e lá acontecia algum tipo de tsunami, nós nos perdíamos de nossas famílias, você quase perdeu um perna, amor! Pareceu tão real. — Ele diz rindo fraco.

— Isso tá mais para um pesadelo Hazz. — E Louis solta uma gargalhada.

— Não foi um pesadelo, porque eu tinha você lá. Ficamos juntos, e conseguimos nos salvar, juntos. — O mais novo diz olhando bem nos olhos de seu marido.

— Pra você ver. Vou estar com você, e te protegendo até mesmo em um sonho louco como esse!

— Mas era eu quem te protegia Lou, você quase perdeu a perna. — Os dois riem.

— Detalhes... — Louis sussurra e revira os olhos.

— Tenho algo pra você. — Harry diz colocando as duas passagens em cima da mesa. — Não sei se esse sonho foi um sinal. — Ele diz rindo. — Mas eu já as tinha comprado, e queria muito fazer essa viagem. Feliz sete anos, meu amor.

— Hazza. — Louis diz admirado, com os olhinhos brilhando. — Não precisava, meu Deus, feliz sete anos! — Ele diz animado e beija o marido, com certa dificuldade por ainda estarem sentados na mesa do restaurante.

— Você ainda quer ir? Digo, mesmo tendo o risco de machucar uma perna? — Então os dois começam à rir.

— Você ainda pergunta Harry? — Louis diz risonho. — Foi só um sonho, e aconteça o que acontecer, eu vou te amar em qualquer circunstância, até mesmo em meio a destruição.

Louis sela seus lábios com carinho e simplicidade, mas aquele era o melhor lugar e o melhor momento do mundo, pois os dois estavam juntos.

...


Notas Finais


Obrigada por terem nos acompanhado até aqui, esse é o final galera. Fiquem bem guys, vou sentir saudade.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...