História Love and Family - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chris Evans
Personagens Chris Evans
Tags Drama, Romance, Sexo, Traição
Exibições 18
Palavras 3.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


~Gabisaqui , esse capítulo é especialmente para você 💕💕💕
Sugestão feita , aceita e realizada .

Capítulo 22 - O pedido


Fanfic / Fanfiction Love and Family - Capítulo 22 - O pedido

O pedido 
NICK 
Esperançoso  .
Era assim  que me sentia  .
Vivian  havia  voltado  a ser a minha  namorada  . Aliás  , estava melhor  !!! Eu me sentia  , como no nosso  primeiro  ano de namoro  , em que  ela  me acompanhava em tudo e seus olhos  brilhavam  ao me ver .
Só tínhamos  discutido  por ela ter ido a uma  balada com as amigas , sem me avisar  . Mas nos entendemos  depois  de uma conversa  . Eu não podia ser egoísta  , ela praticamente  estava vivendo  em minha  função  . E depois  , o que são  algumas  fotos no face com comentários  ousados ? Sorte  que ela era minha  .
E com o casamento  de Mike , eu percebi que meu  ciúme  em relação  a ele era infundado  . Vivian , fazia parte do passado para ele.  Me senti aliviado  , ao constatar  o quanto  ele e Bella , se gostavam  . 
Por conta  do acidente  , nos reaproximamos e foi ótimo  ter com quem conversar  e dividir  as angústias  . O único  assunto  em que não  tocávamos era o que havia  acontecido  no passado.  Isso  ainda  era um tabu .
Minha  recuperação  estava evoluindo  bem . E apesar  das dores constantes , eu não me permitia desanimar  , precisava  ficar bem para o meu amor . Me dedicava aos exercícios  com afinco, suportando a dor  e o cansaço  . E me senti recompensado  , quando consegui  ficar em pé  e dar meus primeiros passos , depois de oito meses do acidente  .
Vivian era minha  motivação  . Quando  pensava  em desistir , subjugado pela exaustão  e pela dor  , pensava nela e me obrigava a  dar o próximo  passo . Lembrava do seu sorriso, de como fazíamos  amor ou ainda quando  caminhávamos  na praia e ela corria, para que eu a pegasse no colo , girando  até  cairmos  sem  fôlego na água  .
Eu precisava me recuperar  .
Não  via a hora  de me casar com ela . E agora, esse desejo será  realizado.
No trabalho  , tudo  também  ia bem.
A direção  do departamento  jurídico  , era minha.  O mais jovem  advogado  , a ter assumido  esses cargo , na empresa  .
Eu estava  auxiliando  no desenvolvimento  de um projeto  desafiador e por conta  disso,  aumentando   minhas responsabilidades e meus  conhecimentos. Aprender um novo idioma  além  de alavancar  minha  carreira  , tinha servido  para me unir  ainda mais  à  minha baixinha  .
E hoje era um dia importante : eu a pedirei  em casamento. 
Ela não  sabe de nada . Acha que vai apenas  me acompanhar  em um jantar de negócios  .
Mas eu já  preparei  todo o esquema . 
Reservei  às  mesas do restaurante  preferido dela , uma para nós  e outra para os nossos  pais. E convidei Mike e Bella , mas eles ainda  não tinham  confirmado se viriam , algo a ver com o horário  de trabalho  dela .
Combinei com os pais dela e minha  mãe  , que irão  nos encontrar  no restaurante.  Comprei o anel e fez o ajuste necessário  , para que sirva perfeitamente  no dedo dela  .
Aliás  , escolhi a dedo o restaurante  . Era especializado  na culinária  brasileira  , frequentado por brasileiros  residentes aqui em Trenton  e muito bem conceituado .
E agora  eu só  precisava controlar  minha  ansiedade  .
O que estava bem difícil  , diga – se de passagem  ...
Aproveitei  a pausa  para o café durante  a reunião  , para enviar  uma mensagem  para ela .
“Bom dia , vida !!! Estou com muita saudades . “
Um instante  depois, ,recebi a resposta  :
“ Bom dia ,  amor !!! Eu também !!!
A propósito  a que horas  é  mesmo o jantar  ? “
Digitei  rapidamente  a resposta  :
“ Que bom saber que você  também  está  sentindo  minha falta .
E quanto  ao jantar será  as 20h30 , mas só nós  dois . A reunião  foi cancelada  .”
“ Ok. Então  até mais tarde .
Beijocas  “
Achei  melhor que ela pensasse  que seria  um simples  jantar  romântico  .
Não  resisti e escrevi , mesmo correndo  risco de ser meloso demais :
“ Te amo , baixinha. 
Não  vejo a hora de te ver !!! “
Os outros  advogados  foram voltando  para a sala de  reunião  e me encontraram  com um sorriso  de orelha a orelha , no rosto  .
O dia de trabalho  prosseguiu frenético  . Não  tive tempo de parar para almoçar  .
Estava comendo um sanduíche  , enquanto  lia a minuta de um contrato , quando  Lígia  entrou em minha sala após  bater levemente  à porta.
-  Nick , eu preciso falar com você  .
Engoli o bocado do sanduíche  que estava em minha boca , limpei  os lábios  e disse a olhando  com  curiosidade  :
- Pois  não , Lígia  ...
-  Eu acho que  deveríamos  comemorar  o  sucesso da  nossa  parceria  com um  jantar  . O seu  departamento  e o meu , em um jantar  .   Assim , você  pratica seu português  e eu meu inglês  , além  dos  termos  jurídicos . O que você acha de hoje a noite ?
Olhei  para ela desconfortável por ter que recusar :
- Lígia  , acho uma ideia  excelente !!! – ela sorriu . – Mas  , hoje é impossível  . Já  tenho um  compromisso  inadiável  .
O sorriso havia sumido do seu  rosto , dando lugar à uma expressão carrancuda .
-  Hum ... isto tem a ver com mulher . Não  dá para desmarcar  ? – falou  irritada  .
Sorri e respondi :
-  Você  acertou  !!! Tem um bom faro . E não  há a  menor possibilidade  . Eu vou pedir minha  namorada  em casamento  .
Ela ficou  lívida e baixou os olhos , sua voz  saiu em um murmúrio quando respondeu :
- Ah ,  sorte  dela ... Então  fica para outro  dia .
E saiu antes que eu pudesse responder  .
Dei de ombros  e continuei  meu almoço improvisado  , lendo o documento  .
Eu estava feliz !!!
Tudo  estava entrando  nos eixos  .
MICHAEL  
Receber  aquela ligação  e perceber o que estava  acontecendo  , partiu meu coração  .
Quando a vi , naquele estado , só  quis  protege – la  .
Ah , se eu pudesse consertar as coisas...
Depois  que  ela apagou ,  dei uma arrumada  na bagunça  e  me deitei no sofá  . Meu tornozelo  alterava , eu tinha  forçado  demais ao carrega – la no colo. A adrenalina  causada pela situação  , me fez esquecer qualquer  limitação  .
Mas agora  , cobrava seu preço  .
Tentei  dormir , mas  as palavras dela não  saíam  da minha  mente ...
“ Gostaria  de  voltar  no tempo ... “
Ah !!! Eu também , meu amor.
Eu devia ter ficado , enfrentado a situação  . E  lutar por ela ... se eu tivesse  tido  coragem  ...
Saber que ela havia  se arrependido  pouco tempo depois  confortava meu coração  . E que tinha  escrito  cartas , que  não teve coragem  de  enviar , me davam  a certeza que ela me amava . E ainda havia  o que Nick tinha  dito , sobre ela trocar nossos nomes  .
Mas agora eu estava casado e ela prestes  a se casar com meu primo ,o que podíamos  fazer  ?
Seguir em frente  !!!  Era isso , que eu estava  tentando  fazer  . E quis acreditar  que ela também  .
Mesmo que nas noites insones , eu me pegasse pensando  nela , tentava me  convencer que  estava conseguindo esquece – la . Porém  , situações  como essas , provavam que eu nunca conseguiria  tira – la  da  minha  mente e coração. 
Eu amava Bella  , mas  de uma maneira  diferente  . Ela era  minha companheira  ,eu podia  contar com ela . Mas  meu coração  teimoso  , insistia em  bater mais  forte , por  Vivian  .
Ainda  bem que Bella  estava de plantão  . Do  contrário  , como eu explicaria essa situação  ?
Acabei sendo vencido  pelo cansaço  e adormeci  .
Acordei  com a voz  dela e fui ver o que estava  acontecendo  .
Quando a vi vestida com aquelas peças  mínimas  , meu corpo reagiu de imediato  . Não pude  evitar , que o  desejo me  dominasse ...
Para evitar  de  cometer um erro ainda  maior , fui  para a cozinha  , preparar o café  da  manhã. 
Pouco depois  , ela veio para a cozinha  de banho tomado e os cabelos  molhados  . Ainda estava pálida  , mas  com uma  expressão  melhor  .
Ah , aquele  cheiro  de baunilha  ...
Tentei  me concentrar  nas  torradas  e  esconder  a  reação  do meu corpo à  presença  dela , que estava completamente  visível  através  da minha calça  .
- Mike me  desculpe  por ontem  ... na verdade  , por  tudo  . – ela rompeu  o silêncio  desconfortável  . -  Eu perdi o controle  . Ah  e , obrigada  por me salvar de mim  mesma  .
-  Sem problema  . –  respondi  , sem saber bem o que dizer .
Na verdade , sem  poder dizer o que realmente  sentia .
-  Sente – se e  coma .  Depois , tome esses comprimidos.  – falei  , entregando  o remédio  .
-  Sim,  senhor . – respondeu  sorrindo  e  fazendo  uma continência  .
Acabei  rindo e a tensão  se  dissipou .
Nos sentamos  e começamos  a comer em silêncio  .
Depois  de um tempo , ela disse :
-  Hum , essas  torradas com queijo estão  deliciosas !!! Quando você  aprendeu  a  cozinhar  ? Você  conseguia queimar pipoca  de micro ondas  .
Rimos novamente  e eu falei :
- Tive que me virar  quando  fui para a faculdade  . E depois  me  encantei pela culinária  .
-  Sorte  da  Bella.  
Nossos  sorrisos morreram em nossos  lábios e a tensão  voltou  com força  total  .
-  É  . Ela tem sorte  ... – falei  friamente  .
- Desculpe  . Eu não  devia  ter dito isso ...
-  Vivian  me acusar  ou fazer esse tipo de comentário, não vai mudar a nossa situação  .
-  Eu sei . Não temos  saída  ... E a culpa é  minha  . – falou  com os olhos  marejados  .
-  Nós  fizemos  escolhas ... 
-  Eu fiz . E fico imaginando  como seria  se estivéssemos juntos  ...
-  Infelizmente  , nós  nunca saberemos  . Nós  assumimos compromissos, envolvendo outras  pessoas que não merecem  serem magoadas  .
Falei , tentando me convencer  também  . Mas a minha  vontade era de toma – la nos  braços  e mandar tudo para o inferno  !!!
-  Como sempre , sensato , você  tem  razão  . Eu mais uma vez ,  peço  desculpas .
-  Se você  soubesse ...  Deixa pra lá  . -  falei , me levantando . – Ai merda !!!
-  O que  foi Mike ?
-  Meu pé  ... – respondi  me apoiando na bancada .
-  Me diz o que eu faço  ...
- Nada . Já vai passar ... – falei  com a voz embargada  .
Ela se aproximou e me ajudou a sentar . Respirei  fundo pela dor e pela  proximidade  com o  corpo dela.
-  Mike , melhorou ? Você  está  pálido  ...
-  Já estou melhor  .
-  Se eu não  tivesse ...
- Meu doce ,ninguém  tem culpa . Está  tudo bem ...
Ficamos  nos olhando  e ela passou os dedos  entre os meus  cabelos  . Um choque me  percorreu. 
Não pude mais resistir  ... a puxei , fazendo com que sentasse  em meu colo e a beijei com todo o amor e desejo reprimido .
Ela correspondeu com a  mesma intensidade  .
Como era bom te – la em  meus braços,  ela se encaixava perfeitamente .
Acariciei suas costas e depois seus seios por  baixo da camiseta . Sentir o calor  da pele dela , me fez perder de vez o controle  . Ela levantou minha  camiseta  e passou  as  mãos  no meu peitoral e passou a beijar  meu pescoço  e o lóbulo da minha orelha , sugando  em seguida .
Nossas respirações  estavam ofegantes , nós  nos explorávamos com volúpia  e ternura ao mesmo  tempo.
Eu conseguia sentir o quão  úmida  ela estava ,  assim como eu me  sentia tão duro que parecia uma pedra .
De repente  ao longe um celular  começou  a tocar  ... o toque era Adele , Hello . Então  , só  podia ser o dela .
Nos separamos ofegantes e frustrados  .
Ela se levantou e correu para pegar o celular ,   atendeu e sua voz estava  tensa quando respondeu  :
- Nick eu saí  com as meninas do balé  . Não  fizemos  nada demais .
Silêncio .
-  Não  te avisei , porque  decidi ir de última hora . – falou  exasperada .
Eu fui mancando  até  a sala , onde ela atendia o telefone  de costas  para  mim , balançando  a perna em sinal de impaciência  .
-  Nick,  eu não tenho  responsabilidade  sobre o que as pessoas  postam em seus perfis  . 
Novamente  silêncio  . Eu queria  ir embora , mas  não  sem falar  com ela antes. 
-  Quer saber de uma coisa  ?! Eu saí  para me divertir e dançar com as  minhas  amigas , sim !!! Eu precisava de um tempo para mim e não me arrependo . Agora , eu não vou  discutir com você . Está  chateado  ?!  Sinto muito  !!! Está  se sentindo melhor agora ... Olha, eu estou ocupada  , depois  nos falamos  .
Desligou peremptoriamente  .
Virou – se  para mim corada , com os olhos brilhantes de raiva .
-  Desculpe , Mike . Algum amigo em comum  postou fotos  e me marcou . E seu primo  , está  fulo da vida  .
-  Posso imaginar ... Bom , eu preciso ir embora  , a Bella  já  esta para acabar o plantão  .
O que nós  estávamos  fazendo  ?!
Evitando  de   encarar o que havia  acontecido há pouco .
Mais uma vez fugindo ...
- Michael ...
- Vivian  ...
Mais uma vez falamos  juntos  .
-  Eu estou  cansada de  pedir  desculpas a todo momento  . – ela disse se adiantando – E eu não vou me  desculpar  pelo  melhor  momento  da  minha vida .  Eu sei que não vai  acontecer  de  novo , então  quero guardar  essa recordação  .
-  Você  tem razão  . Eu vou embora  . – peguei  minha  bengala  e saí  sem  olhar para trás  .
Como eu queria que tudo fosse diferente .
NICHOLAS  .
O JANTAR  
Cheguei em casa , depois de um dia de trabalho cansativo , super  ansioso  .
Tomei banho  , me arrumei  e fiquei esperando  ela chegar  .
Minha  iria  para o restaurante  com os pais dela  e já havia me  ajudado com os últimos  preparativos da surpresa que eu faria .
Fui  até  o espelho  do hall , para verificar  mais uma vez  minha  aparência  . Apesar  de estar mais independente  e conseguir  fazer minha  higiene  sem ajuda , às  vezes  me sentia  inseguro  . Não era fácil  ,  fazer a barba sentado  ... Eu conferi o caimento do terno , a gravata e a barba que eu havia  aparado , como ela gostava .
Tudo certo  , estava  olhando  o relógio  pela milésima  vez , quando  ela tocou  acompanhia. Abri a porta e perdi o fôlego  ... Ela  estava estonteante !!!
Usava um vestido tomara – que – caia vinho , os cabelos  estavam  soltos  e ondulados  nas pontas . A maquiagem leve , ressaltada seus olhos  e  sapatos  de salto alto completavam  o look .
-  Oi vida !!! Você  está  linda !!!
Ela sorriu e eu me senti  derreter. 
-  Você  também  não deixa  nada a desejar  , em comparação  à  qualquer  galã  de Hollywood.  Chris  Evans que se cuide  ...
Que bom ela estava de bom humor .
Rimos  e  ela se inclinou  e me beijou  .
No percurso  até  o restaurante  , fomos falando  sobre os nossos  trabalhos e enquanto  ela dirigia ,eu  acariciava sua  nuca .
Chegamos  e depois  que nos acomodamos  , minha  mãe  e os pais dela , se aproximaram  como se tivessem  acabado de chegar e aparentaram surpresa  com a “ incrível  coincidência  “.
Nos sentamos todos  juntos  e o jantar transcorreu  em um clima  alegre . 
Aparentemente  , ela não havia  percebido nada  .
Ao final  do jantar , eu disse que ia banheiro  e ela, perguntou  se eu precisava  de ajuda , neguei e nervoso  me preparei para o  grande  momento  .
Eu queria que ela se sentisse  especial  e soubesse  o quão  importante para mim.
Tinha  que ser um  momento  único  , inesquecível  como nós contos de fada que ela tanto  gostava. 
Conferi se a caixinha  com o anel estava no  meu bolso e finalmente  dei o sinal para o  gerente  , que  desligou o som  ambiente  .
Peguei  o meu violão  e comecei a tocar  e cantar  música  em português  , que  tinha  nos aproximado depois do acidente  :
“ Não consigo olhar no fundo dos seus olhos
E enxergar as coisas que me deixam no ar, deixam no ar
As várias fases, estações que me levam com o vento
E o pensamento bem devagar

Outra vez, eu tive que fugir
Eu tive que correr, pra não me entregar
As loucuras que me levam até você
Me fazem esquecer, que eu não posso chorar

Olhe bem no fundo dos meus olhos
E sinta a emoção que nascerá quando você me olhar
O universo conspira a nosso favor
A consequência do destino é o amor, pra sempre vou te amar

Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de janeiro a janeiro
Até o mundo acabar 

Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de janeiro a janeiro
Até o mundo acabar 

De janeiro a janeiro “
Todos me olhavam  emocionados  . Me aproximei  da mesa , travei a cadeira  e me apoiando  nos braços  da mesma  , me levantei e tirei a caixinha  com o anel  do bolso . 
Falei com a voz  embargada  :
- Vivian  Ava Smith , você  quer se casar comigo  ?
Ela se levantou  chorando  e me abraçou , dizendo  :
- Sim !!! Sim , Nicholas  Bennet !!!
Coloquei  o anel em seu dedo e me sentei , minhas pernas  tremiam .
-  Eu te amo vida !!! -falei  emocionado  .
-  Eu também  !!!
Os aplausos  e assobios dos outros  clientes foram  a trilha sonora , para o beijo que trocamos. 

 

 

 

 

 

 
 


Notas Finais


Esse Nick ... é um lindo !!!
Beijos de Luz .💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...