História Love and Family - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chris Evans
Personagens Chris Evans
Tags Drama, Romance, Sexo, Traição
Exibições 19
Palavras 2.615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Trilha do capítulo :
Emotion - Destiny ' s Child ;
Jet Lag - Joss Stone .


* Jet Lag é a sensação de atordoamento , causada pela diferença entre o nosso relógio biológico e o fuso horário .

Capítulo 23 - Felicidade ?!


Fanfic / Fanfiction Love and Family - Capítulo 23 - Felicidade ?!

Felicidade  ... ?

VIVIAN

Miseravelmente  infeliz  .

Culpada .

Era assim  que me sentia  ... 

As coisas  já  estavam  ruins  , mas eu consegui piorar  tudo . E nem podia  culpar o universo  por isso .

Tomar um porre e ligar para o Mike  ?!

Realmente  era tentar  cavar o fundo  do poço,  para descer um pouco  mais .

A única  coisa boa , foi ele ter vindo  em meu socorro  .

Boa ?!

Ou só  havia  provocado mais sofrimento  ?!

Senti – lo , beija – lo ... tinha  me feito experimentar o paraíso . Para me jogar em seguida  ao inferno  em uma queda vertiginosa  e aparentemente,  sem fim  .

Após  esse desastre  , resolvi  seguir em frente  de verdade , dessa  vez .

Passei  a me dedicar  mais a Nick  ,  a acompanha  - lo sempre que possível  e aos poucos  tentar reavivar  a paixão  , que já senti  por  ele .

E ele parecia  perceber  o meu intento  . Estava cada vez mais  , amoroso  e  menos ciumento  .

O nosso novo  interesse em comum  , as aulas  de português  , ajudaram  a nos aproximar  . E eu  me permiti , valorizar  ações  dele , seu cuidado  comigo e o jeito  com que me fazia  sentir especial  .

Quanto  a  Mike , nunca mais  tínhamos  nos falado.  E toda vez que os meus  pensamentos se desviavam me levando  para  ele , eu procurava  me ocupar  .

Nem sempre  dava certo  ... mas eu continuava tentando  .

Algumas vezes , me peguei  pensando , que apesar  de tudo , eu era uma mulher  de sorte . Afinal  , fui e era amada por dois homens  excepcionais  . Cada um à  sua maneira  .

Passei a adotar e colocar em prática  , os conselhos  que costumava dar aos meus pacientes  : agradecer mais e reclamar  menos  .

E  estava funcionando .

Ao menos  o dia a dia , tinha  se tornado mais leve. E as pessoas  ao meu redor , haviam  notado a mudança  em meu comportamento  .

Flashback on

Minha  mãe  e eu , tínhamos  saído  para  almoçar  . E depois  de comermos  , fomos  dar uma volta  e acabamos na  Praça  , onde eu havia  vivido tantas  emoções  .

Ficamos  por um momento contemplando  o lago , quando  ela perguntou  :

- Filha como vão  as coisas  ?

A olhei por um instante, tentando  organizar  as ideias  , antes de responder  :

-  Hum ... bem . O trabalho não  tem me consumido  tanto . Diminui  um dia de voluntariado  no balé  , para poder  ir à  escola  de idiomas  com o Nick ... ah , é  isso  . Tudo bem ...

-  Vivian  , não se faça de desentendida . Você  sabe  do que estou  falando . – falou  séria  .

-  Ah ... isso . – tentei  ganhar  tempo .

-  Sim , isso  . – afirmou  , erguendo  as sobrancelhas  .

-  Mãe  , eu já me conformei ...

-  Se conformou  ?! Parece uma pessoa  sem perspectivas  falando  .

-  Eu tenho  perspectivas sim !!! E ótimas . Só  não  ...

-  Não  o que , Vivian ?! Não quer encarar  a verdade ?! 

-  Mãe  !!! A minha  verdade  é  que preciso  viver com as consequências  das escolhas  que fiz . Tenho que aproveitar  o que tenho  e o relacionamento  que mantenho há onze anos .

Respondi ríspida  .

-  Meu amor , eu sinto tanto por você  não enxergar  as inúmeras  possiblidades  à sua frente .

-  Se você  se refere ao Nick , eu  não vou  abandona – lo . Sou responsável  , por essa situação  ...

-  Deixe de ser cabeça  dura !!! Você  não tem culpa  de nada !!! Foi um acidente  . E você acha que é possível  manter uma relação  baseada em culpa , piedade  ?

-  Eu o amo . À  minha maneira  , mas amo. Mike é passado  e deve  permanecer lá  . – respondi resoluta .

-  Ok . Ao menos  você  não está  parecendo mais uma morta – viva . Pálida  e sem ânimo  .

-  Mãe  !!! – falei  chocada .

-  Verdade  . Ora , você  estava  horrível  !!!

-  Muito  obrigada  !!!  Estou me sentindo ótima agora  !!! 

Rimos  e ela disse por  fim : 

-  Só  quero  que você  seja feliz  ... E Nick é um bom rapaz  . Só  tenha cuidado,  para não magoa – lo e se magoar mais   ainda  .

A abracei  e permaneci em silêncio  , não  havia  mais  nada a ser dito .

Flashback  off

ALGUM TEMPO DEPOIS  

Nick havia me pedido para acompanha – lo em um jantar de negócios. E apesar de cansada , topei .

No dia do tal jantar , trocamos mensagens  e fiquei  sabendo que seríamos  só  nós  dois .

Me senti animada com a perspectiva  de um jantar romântico  . Há  tempos  , não  tínhamos  um encontro  .

Me arrumei  com esmero e fui busca -lo  de bom humor  ,  como há   muito  não  sentia .

Ao ve – lo , só  confirmei a sorte que tinha  .

Ele estava lindo !!! 

Parecia  um galã de cinema,  em seu  terno escuro e com a barba aparada , como ele sabia que eu gostava  .

No trajeto  até  o restaurante  , fomos conversando descontraidamente . E depois  que nos acomodamos e fizemos nossos  pedidos  , em uma coincidência  incrível  ,  encontramos nossos  pais . 

O jantar romântico  , se tornou  uma noite  em família  deliciosa  , me fazendo  crer que eu poderia ser muito  feliz  ao lado dele  .

Minha intenção  de irmos depois do jantar  a um lugar  mais íntimo foi mantida  , apesar  do tom familiar  que o nosso jantar tinha assumido  .

Durante  o jantar  , eu o olhava com um encanto  renovado . Além  de lindo , era atencioso , amoroso e inteligente.  O que mais eu  poderia  querer ?

Ao final da refeição  , ele  pediu  licença  para ir ao banheiro  e eu me ofereci  para acompanha – lo  , mas ele recusou minha ajuda . Estava cada vez  cada vez mais  independente e esse fato me enchia de ternura .

Retomei o papo animado com nossos pais , quando repentinamente  uma música muito especial para mim , na verdade para nós,  começou  a tocar .

Reconheci imediatamente  aquela  voz grave e afinada e meu coração  acelerou de tal  forma , que achei  que fosse  explodir .

Ele cantava docemente,  me olhando com amor .

Senti  que o mundo  ao redor desaparecia ,  restamos  apenas nós  dois  , em nossa redoma de amor .

                             “ Mas talvez  ,você não entenda 

                               Essa coisa de fazer o mundo acreditar  

                                Que o meu amor , não será passageiro 

                                Te  amarei de  janeiro  a janeiro

                                Até  o mundo  acabar  “

A promessa de um amor seguro e sem fim , me convenceu definitivamente , de que o meu  destino era ser dele .

Fui às lágrimas ,  quando o vi  com esforço levantar e me pedir de casamento em pé , como havia me prometido .

Constatei  mais uma vez , que ele era capaz de tudo  por mim  .

Então feliz , o aceitei de coração e plenamente .

Acabamos  por  estender a comemoração  e tive que  adiar meus  planos  . Mas por uma  ótima  causa  .

E a coincidência  incrível virou motivo  de  piada . 

Estava tudo armado  , desde o início  .

Quase morri de amor por ele e por nossos  pais .

MESES DEPOIS 

Os preparativos para a cerimônia  , estavam consumindo todo o nosso tempo.

Digo nosso , porque  Nick  estava participando de cada  etapa  do planejamento  . Desde a escolha  do local  até  os docinhos que seriam servidos  .

Meu companheiro  inseparável. 

Inevitavelmente  , tive que  envolver  Bella nos preparativos  e ela  estava exultante  .

Já  Mike , se  mantinha distante  . Nós nos tratávamos  amigavelmente ,  mas procurávamos  ao máximo  nos evitarmos.  E assim , dar chance para o azar .

Apesar  da correria e ansiedade  , eu  estava feliz. 

Hoje , eu faria uma surpresa para Nick .

Preparei  um jantar especial  e  fui busca  - lo .

-  Oi , vida  . – falei  docemente  . 

Eu havia retomado o hábito de chama – lo pelo apelido carinhoso que usávamos  , desde o início  do nosso  relacionamento  .

-  Oi , baixinha  . – respondeu  , entrando no carro , ajeitando  as muletas  .

A recuperação  dele  ia  de vento em popa .Do andador , conseguiu  passar para as muletas  axilar em três  meses .

Dei um selinho nele , mas com vontade  de aprofundar o beijo  . Porém ,  nós  teríamos  todo o tempo do mundo , depois .

-  Você  estava muito  misteriosa  ao telefone  ... – ele se referia  à ligação  que fiz pela manhã  , convidando  -o para o jantar .

-  Misteriosa ?! Imagine . – falei  com um sorriso  matreiro  .

-  Vai  , me conta o que você  está  aprontando  . Por favor  ?! –  ah , aqueles  olhos  azuis ... quase cedi  , mas me controlei  .

- Não senhor  !!! Surpresa . – falei  e mudei  de  assunto  . – O corretor  me ligou hoje . Quer saber  por qual  imóvel  nos interessamos , o apartamento  de  cobertura  ou a casa , e se  pretendemos  fazer uma oferta  .

-  Eu gostei muito  da casa . É  espaçosa  e bem localizada  , o problema  são as escadas . E quanto ao  apartamento,  precisa de uma reforma  geral . De qual , você  gostou ? – perguntou  , acariciando minha coxa .

Aquela  mão  quente , estava me tirando  do prumo ...  respondi com a voz  rouca  :

- Hum ... gostei do apartamento  . Amplo e só  há  a  escada  que leva à  piscina  e tem poucos  degraus . Podemos  contratar uma empresa  de  arquitetura  , para realizar a  reforma  . 

- Então,  já  temos  o vencedor  !!! Vamos fazer uma  oferta pelo apartamento . – disse  sorrindo . -Eu espero me acostumar  a viver em apartamento  .

- Ah , vida !!! Você  vai adorar  !!! – falei  empolgada  .- Obrigada  !!!

- Eu te amo . E os seus  desejos  são uma  ordem !!! – disse  ,  dando uma  piscadela  .

- Seu bobo !!! Eu  também  te amo e tenho certeza  que  seremos  muito  felizes lá  .

Ele assentiu  sorrindo  .

Chegamos  e subimos nos beijando  no elevador .

Parecia que   estávamos  no  início  do  relacionamento , apaixonados  .

A refeição  transcorreu  em um  clima  de harmonia .

Ao final   , pedi licença  e fui para  o meu  quarto . Enquanto  ele ficou  na sala  , procurando  um jogo na TV .

Coloquei uma lingerie preta sensual  , saltos  , me maquiei e  perfumei . 

Hora do show !!!

- Nick !!! Nick !!! – o chamei com urgência. 

Ouvi o barulho que as muletas  faziam  de encontro  ao piso e apaguei  as luzes  diretas .

O quarto  ficou iluminado  sensualmente  .

-  Vivian  !!! O que aconteceu ... – parou de falar  ao me ver .

-  Vai  acontecer  ... -  falei roucamente .

-  Meu Deus  ...

-  Entre e se acomode . – disse  , indicando  a cama arrumada  com esmero  .

Ele se acomodou  , apoiando as costas  na cabeceira  . Peguei  as muletas  e coloquei  na parede oposta  da cama caminhando de maneira provocante .

Ele suspirou e eu  liguei o som , começando  a dançar  à  sua frente .

 Tinha Joss Stone e sua voz envolvente , como minha trilha  sonora  .

Little angels

Os anjinhos 

Whisper softly 

Sussurram suavemente

While my heart melts

Quando meu coração  se derrete

For you and I'll see

Por você , eu só  vejo 

Only sunshine

A luz do sol

Only moonlight

O brilho  da lua

For the first time its real

Pela primeira  vez é  real

 

And the higher you take me

E quanto mais alto você  me leva

The more that you make me

Você  me faz sentir

Feel so hazy

Mais confusa

Tell me what this jeans

Me diga o que isso significa

I got jet lag and I never even left the ground

Sinto jet lag e nunca saí  do chão 

See it's like that every time you come around

É  assim sempre  que você  está  por perto

Oh, I'm so hung over and I never even touched a drop

Fico  de ressaca , sem ter tomado  um gole 

See I can't get enough

Eu não  me satisfaço 

This must be love

Isto deve ser amor

       [ ... ]

 

Baby don't cha know 

Querido  você  não  sabe ?

You really really got it goin' on

Você  realmente  está  com tudo 

               [ ... ]

Eu dançava  olhando  para ele e murmurava a letra da música  .

Ele  não tirava os olhos de mim e percebi que estava  ofegante  .

Me aproximei  ,  o tocando  levemente  , sem  permitir  que ele me tocasse .

Comecei  a despi – lo .

Tirei  seus sapatos e suas meias  , subi acariciando  suas pernas até  chegar  ao cós  da calça  que retirei e pude constatar  o quanto  ele estava excitado .

Prossegui acariciando seu abdômen  , a cada  botão  que abria de sua  camisa . Ele mordia os lábios  e segurava com força  os lençóis  .

Quando  ele  ficou só  de cueca  , peguei a calda de chocolate  que havia  comprado especialmente  para a ocasião  e balancei à  sua frente  .

-  Hora da  sobremesa , amor !!! – falei  , sorrindo  maliciosamente  .

- Vida , assim  você  vai me  matar ...

Sorri e me  aproximei , amarrando  suas mãos  à  cabeceira  da cama . O que ele permitiu  docemente  .

Joguei  a calda em seus pés  e pernas ,  sugando  cada gota .  Subi  para a virilha  , ventre e peitoral  . Mas sem tocar  em seu membro rijo .

Lambuzei  a boca  dele e suguei seus lábios  com volúpia  .

Ele gemia alucinadamente  .

Me  demorei nessa doce tortura ... até  chegar  ao seu  membro  , que também  lambuzei e abocanhei completamente  .

O  suguei em um ritmo intenso , massageando  a glande  e ora  o colocando  por inteiro na boca .

Ele murmurava meu nome e  palavras desconexas  .

Percebi que ele ia gozar e acelerei o ritmo, aumentando  também  a intensidade.

Ele atingiu o clímax e jorrou em minha boca . 

Sem perder tempo me sentei em sua ereção , agora era minha vez .

Comecei  a cavalga – lo , contraindo  minha vagina ao redor do seu membro  .

- Vivian  me solta , eu quero  te fuder gostoso – disse  rouco  .

Sem parar de me movimentar  , soltei suas mãos  e ele imediatamente segurou meus seios , brincando com os mamilos .

- Ah , Nick ... me fode , amor !!! Com força  .

Ele atendeu  meu pedido  , movimentando  os quadris e segurando  em minha  cintura  ,  me penetrando  profundamente  .

Senti o orgasmo  se aproximando  e cravei as unhas em seus ombros  .

-  Isso gostosa , goza pra mim – falou  pressionando minha  pélvis .

O orgasmo me atingiu em ondas  intensas e ele me  acompanhou  . Caí  por cima dele  , sem forças  ...

- Vida , eu te amo . – falou. 

- Eu também   e só  porque  você é  gostoso pra caralho !!! – falei  rindo  .

- Essa foi a melhor  declaração  de amor , que você  já me fez . Por  isso  , vou te  mostrar  o quão gostoso eu sou .

- Hum ... que delícia  !!! Me mostre seus dotes garoto ... – disse  provocativa  , enquanto  passava as unhas  por suas  costas  .

-  É  pra já  ... seu pedido  , é  uma  ordem  .

Ele começou  a me chupar  e depois  disso  , me  tornei puro instinto  .

Gostoso  pra c ... é  pouco.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Vai ser sortuda assim , lá longe , hein Vivi !!!
O que vocês acharam pessoas do meu ❤?


Ps : Essa " pegada intensa " , dedico a você , Luana Sem Arrependimentos Buriozzi .
😜😎😂😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...