História Love and Family - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chris Evans
Personagens Chris Evans
Tags Drama, Romance, Sexo, Traição
Exibições 15
Palavras 3.716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi pessoas do meu ❤.
Trilha do capítulo :
Diamonds and Pearls - Prince
Purple Rain - Prince .
Ps : Diamonds and Pearls , é uma das músicas do Prince , preferidas do Chris Lindo Evans !!!
Tem bom gosto 😉

Capítulo 27 - As Cartas


Fanfic / Fanfiction Love and Family - Capítulo 27 - As Cartas

As Cartas  

NICK

Parece  que os documentos  e cartas  , sempre  me trazem  más  notícias  ou decepções  . Exceto  os do trabalho  .

Ao ler a carta escrita  por meu pai , uma gama de emoções me dominou : tristeza  por tudo  que perdemos a chance de viver e piedade  por meu pai  . Por ele ter sido , tão  infeliz preso ao seu orgulho .

“                                                  Trenton , 31 de dezembro  de 2004

                                                             Nicholas 

Estou escrevendo  essa carta , porque  tenho muito a te dizer. 

Porém  , não consigo falar com você  ... sempre que tento , sentimentos  antagônicos me dominam ..

Eu sei que não  sou um bom pai para você  . Materialmente  , não  deixo que lhe falte nada , mas emocionalmente  sei que falho e muito  .

Desculpe  , meu filho  ... o medo , a insegurança  e o ciúme  desmedido,  me atormentam.

Saiba que sempre  te amei e me orgulhei de você  . Apenas não soube demonstrar ...

Lembra -se quando  você  chegou  em casa com o tornozelo  torcido  , depois de um jogo  difícil  , em que você  fez o ponto da classificação  ?

Eu estava  lá  e vibrei  por você  , por sua vitória !!!

Eu sempre fui aos seus jogos  , só  não deixei que me visse . 

E hoje  , me pergunto o porquê  dessa atitude  ? Aliás  de muitas outras ...

Me pergunto por quê  ao estar perto de você  , sinto vontade  de magoa – lo e não  consigo conter meus impulsos  e tão  pouco minha  língua  .

Se eu acreditasse em vida após  a morte ,  diria que estou sendo  assombrado  ... mas isso não  vem ao caso .

A questão  é  que apesar do meu comportamento  contradizer isso , você  é  a melhor coisa que me aconteceu  !!! Sua vinda , foi um presente  inestimável  .

Espero que você  continue  sendo esse homem  íntegro , determinado e  amoroso , que se tornou  sem a minha ajuda . Aliás  , o mérito  é  todo de sua mãe , que demonstrou  o amor que você  , precisava por nós  dois .

Quando você  ler esta carta , não  estarei  mais entre vocês  ...

Peço  que não me odeie , mesmo  eu tendo sido um fraco .

E por favor , cuide de sua mãe  e de Mike , que além  de você  me são muito  preciosos .

Mais uma vez peço  que me perdoe .

                                                              Jack , seu pai que sempre  o amou . “

Ao terminar  a leitura  , estava em prantos  . Contudo  , me sentia  aliviado  !!!

Eu nunca  havia  feito nada de errado  , não  era um  fracassado  , como ele sempre fez com que eu me sentisse  .

Meu Deus  uma vida  desperdiçada   e por que ?!

Por insegurança  e covardia  .

Prometi a mim mesmo  , que jamais  cometeria  os mesmos erros. 

No mesmo dia , parecendo ler meus pensamentos  ,  Vivian  pediu para  conversar comigo. 

Já  estávamos na cama  cada um lendo um livro  , quando  ela fechou o que lia e o colocou no colo , virando  - se para mim .

“ Hum  ... lá  vamos nós !!!”

Disse  a mim mesmo . Eu achei que ela havia esquecido  ...

-  Vida , até  quando você  vai deixar o orgulho  guiar as suas decisões  e ações  ? – perguntou  suavemente . 

No caso dela , a calmaria  antecedia uma grande tempestade  .

- Posso saber do que você  está  falando ? – perguntei  , me fazendo  de desentendido  .

Eu não  estava afim de falar  sobre isso .

-  Nicholas  , querido !!! Não  me importo de esclarecer  ... estou falando  sobre essa situação  , entre você  e sua mãe  . 

Ai , ai ... continuava falando calmamente  . Eu não  tinha  como evitar o assunto. 

-  Ah , sim . O que , que tem ?!

-  Ora !!! Você  está  sofrendo  com esse afastamento  e ela também  ...

-  E como você sabe que ela está  sofrendo  ?! E  quem disse ...

-  Nicholas  , não  seja infantil  !!! Poupe -me  !!! Eu falo com ela todos  os dias . Ela se preocupa  com você  , esqueceu que ela é  sua mãe  ?! Se bem , que você  esqueceu como ser filho ...

- Vivian  ...

-  O que ? Estou mentindo ?! Você  diz que não  quer repetir  os erros  do seu pai , mas está  agindo exatamente  como ele !!! Julgando  sem ter direito  algum para isso  e se  achando  a única  vítima  da situação  .

- Eles mentiram para mim !!! E eu não  sou como ele !!! – falei  com raiva  da comparação  .

-  Eles omitiram  . E erraram ...mas ...

-  MAS O QUE ? – gritei  , pegando  as muletas  e me levantando  .

- Ignorar  sua mãe  , não vai mudar  o passado . Apenas , faz com que você  perca um tempo  precioso  no presente  . Não se esqueça  , o quão  fugaz é  a vida ...

-  Minha  mãe  está  doente ?! – perguntei  apavorado  .

-  Não . Ela está  bem . Mas você  não precisa esperar  que aconteça  algo ruim para ...

- Ok , Vivian . Eu já entendi ... Agradeço  a consulta , Dra. Smith . – falei  sarcástico. 

-  Então  , depois  o senhor  acerta na recepção  . Por ora , eu vou dormir no quarto  de hóspedes . O senhor não  pode dormir  em um sofá – cama .

Shiii !!! Eu  estava encrencado !!!

- Vivian  , eu ...

- Boa noite  , senhor Bennet . Espero que uma boa noite  de sono , coloque suas ideias em ordem  .

Saiu sem me dar chance  de dizer mais  nada .

Sentei na poltrona  próxima  a cama , sem saber  o que pensar  ou fazer ...

Vivian  tinha  razão  , apesar  da mágoa  e  da  decepção que senti ao descobrir o porquê de todo o sofrimento ,não podia negar que  minha  mãe  sempre esteve ao meu lado .

Mas eu havia  sido um idiota com ela . E se ela não me perdoasse pelo o que eu disse ?!

Depois  da descoberta  do exame e toda a história  por trás  dele , me afastei  da minha  mãe  . Culpando – a por erros que não eram só  dela.

Eu sentia demais  a sua falta  e de mais  a mais  , o passado  não podia ser mudado. 

Mas agora eu precisava , acalmar a fera no quarto  ao lado . E sabia como ...

-  Vivian  !!! Amor , preciso  de ajuda !!! – falei  em tom aflito , me sentando  na cama .

- Nick !!! O que foi ?! – ela perguntou ofegante  .

Eu sabia que ela viria correndo . 

-  Eu preciso  de você !!! – disse  suavemente  , com a minha melhor  expressão  de carente .

-  Nicholas  Bennet  , eu vou te matar !!! Vou quebrar  as suas pernas  !!!! – ela gritou enfurecida  .

Dei meu melhor e mais amoroso  sorriso .

-  Vida , melhor escolher  uma das opções  ... por que se me matar , qual a utilidade de quebrar minhas  pernas ?! 

Ela ficou  vermelha como  um pimentão  e falou suavemente  :

-  Eu vou quebrar as suas pernas  , cortar  a sua língua e só  depois  te matar !!! Está melhor  assim ?

Se aproximou  lentamente  , enquanto  eu disse :

-  Uau !!! Você  fica um tesão  bancando  a sádica  ...

-  Você  não viu nada ...

-  Vem cá  baixinha  , me mostre do que é  capaz . 

A puxei  para a cama e ela caiu por cima de mim , mordisquei seu pescoço  e senti que a resistência  dela diminuía  .

Quando segurei  seus seios , ela murmurou  sem muita convicção  :

- Nick eu não  quero ... estou com raiva de você  ...

- Ótimo  !!! Então  comece a  descontar sua raiva . -sussurrei em seu ouvido  , enquanto  massageava sua intimidade  por cima da fina calcinha .

- Eu ... vou ... depois ...

-  Isso , amor . Depois ...

Inverti a posição  dos nossos  corpos  e passei a beijar  cada centímetro  do corpo dela , que  gemia lânguida  .

Tirei  sua camisola e suguei seus seios com sofreguidão  , sem parar de  pressionar  sua pélvis  . Ela arranhava minhas costas  e  pressionava o corpo contra o meu .

Continuei a  minha  trilha  de beijos  , até  penetra – la  com minha língua , brincando  com seu clitóris  e fazendo – a gozar na minha boca, gritando  meu nome .

Eu  estava  tão rijo , que chegava a doer. 

A beijei e deslizei para dentro de sua intimidade  .

A cada estocada  , sentia que o orgasmo  se aproximava . Aumentei  o ritmo e a força  , para atender  o pedido  dela .

- Vai Nick mais  forte !!! Rápido,  amor ... isso  ... assim ... – suspirou – Que gostoso  !!!

- Goza pra  mim !!! Gostosa .... tão  apertada ...

Me enterrei dentro  dela , que mordeu meu ombro enquanto  atingia o clímax  .

Logo em seguida  foi a minha  vez :

- Puta que pariu !!!

Desabei sobre  ela , que estava de olhos  fechados e ofegante  .

- Eu te amo , vida . – falei  rolando  para o lado – Essa foi a melhor  demonstração  de raiva que já  recebi .

-  Idiota !!! – disse  rindo  e me abraçando. 

Adormecemos praticamente  ao mesmo tempo  .

 

 

 

Alguns dias depois da  conversa que Vivian  tinha tido comigo , fui procurar minha mãe para uma conversa, porém  não voltei  para casa .

Flashback  on

Saí  do escritório  num rompante  .

Precisava ver minha  mãe  ,fazia um mês  que não nos víamos  e eu nunca  havia  ficado tanto  tempo  longe dela .

Cheguei  em casa , quer dizer à  casa dos meus pais e a encontrei  sentada  na varanda  , como sempre  lendo .

Minha mãe  era uma leitora  voraz e puxei  dela , esse amor pelos  livros  e por ler .

-  Mãe  ... – chamei suavemente,  para não  assusta – la.

- Nicholas  !!! – ela se levantou  de um salto  .

Subi os poucos  degraus que nos separavam  e a abracei.

Sem conter o choro  , disse  :

- Mãe  me desculpe  . Eu  a julguei  severamente  . E não  tenho  esse direito  .

-  Ah , meu amor !!! Eu entendo  . Errei  muito  com você  e sinto muito  . – respondeu  , chorando  também  .

-  Eu senti muito  a sua falta  .

-  Mas esse tempo de distância  era necessário  , para que você  pudesse  refletir.  – falou sempre sensata  e  compreensiva .

-  A senhora  tem razão  , como sempre  .

Rimos  e ela disse  :

-  Venha  , vamos  entrar . Você  já ficou muito  tempo em pé  e pela sua aparência , precisa se alimentar .

- Minha aparência  ?! – perguntei  sem entender  à  que ela se referia  .

-  Sim . Você  está  muito  magro  , filho !!! A Vivian  , não  está  te alimentando  ?! – disse  séria  .

-  Mãe  , só  a senhora  mesmo !!! – respondi  às  gargalhadas  - Eu engordei , isso  sim !!! O que não  é  nada bom para a minha recuperação  .

-  Hum ... sei . – disse  descrente  .

- Sério  . A senhora  sabe que ela cozinha  muito  bem e gosta  de me mimar .

Caí  na besteira  de dizer isso. Já sabia o que viria seguir ...

Ela fechou a expressão  e falou :

-  Cozinha  muito  bem ? Que ótimo  !!! 

-  Mas a melhor  cozinheira  do  mundo  , continua  sendo  a senhora , com as suas  mãos  mágicas  !!!

Ainda bem que lembrava a minha  fala padrão .

Ela sorriu e colocou  à  minha  frente um prato  contendo  um sanduíche enorme  e um copo  de leite .

-  Melhor  assim , senhor  Nicholas  Bennet !!! Você  sabe como sou ciumenta  . – disse  , me dando uma piscadela  .

Sempre  brincávamos  assim  , desde que Vivian no começo  do namoro  , fez um almoço  em casa . Meu pai  não  parou de elogiar e eu também,  minha  mãe  depois  de fazer dengo e dizer que  estava com ciúmes,  também  elogiou os dotes culinários dela . 

E depois  disso  , esse fato se tornou uma piada interna  .

- Então  , a senhora me perdoou  ? – perguntei  , dando uma  mordida no delicioso  sanduíche  de rosbife  .

-  Acredito  que nos perdoamos  mutuamente  . – respondeu  , segurando  minha mão  por sobre  a mesa .

Sorrimos  um para o outro  , com a certeza  que nossa  relação havia se fortalecido .

Flashback  off

ALGUNS  DIAS DEPOIS 

O casamento  será  daqui a uma semana e estamos  terminando  nossa mudança.  O que não  está  sendo  nada rápido  , devido  aos nossos  horários  de trabalho  .

Sete dias  !!! Somente  sete dias , me separavam  da felicidade  total, que será  ter Vivian como minha  esposa .

Ter uma família,  filhos  !!!

Eu quero  tudo e muito  mais com ela .

Hoje  eu vou acompanhar a transportadora  que  levará  as coisas da Vivian  para o  nosso apartamento  .  Ela tem pacientes o dia todo e não teve como desmarcar .

As minhas  coisas  já foram levadas e arrumadas. Eu só  levei  minhas roupas , livros  e alguns  pequenos  objetos . Agora , ela com certeza  terá  caixas e mais caixas . Sem  contar as dezenas de pares de sapatos  uma de suas paixões , além  dos livros  .

Meu apartamento  estava vazio e pronto  para ser alugado. 

E  ela provavelmente  , fará  o mesmo com o dela .

Chegando  ao apartamento,  o  pessoal da transportadora  já me aguardava . Os orientei quanto as caixas que deveriam  levar , identificadas com etiquetas  azuis  . E enquanto  eles começaram  a encher o  caminhão , fui olhar as  caixas que iriam para a doação  .

Me deparei com uma caixa , identificada  com  uma etiqueta  vermelha que tinha  escrito “  Casa Mãe “ e que ainda não havia  sido lacrada . 

Curioso , olhei alguns  objetos e me encantei por uma caixa que tinha  como fecho , um  cordão  com uma borboleta  . Peguei para ver os  detalhes  da peça  mais de perto , porém  acabei deixando – a cair e alguns  papéis  se espalharam pelo chão. 

-  Merda !!! – xinguei irritado  - Sou um desastrado  .

Encostei as muletas  na parede e me sentei no chão  para recolher os papéis  . Eu não  tinha  recuperado  totalmente  o equilíbrio  e agachar era uma das  coisas que eu ainda  não  conseguia fazer  .

Comecei  a recolher  os papéis em sua maioria recibos e documentos,  quando  um maço  amarrado com uma fita lilás , chamou minha  atenção  . Reconheci a letra delicada dela e movido pela  curiosidade  e algum outro  sentimento  indefinido  , desfiz o laço começando  a ler .

“                         Dezembro,  2005

Mike  , eu gostaria de ter coragem  para te ligar e admitir que me arrependo  . Porém  , eu sei que você  me odeia  e que agora é  tarde  ...

Quero te confessar  que me deixei  levar pela ilusão  e pelo orgulho  . Sentimentos  que me cegaram !!!

Eu quis tanto  ser notada , especial  ... que não , percebi que bastava  ser notada  e especial pra você  .

E agora me tornei invisível  de vez , da  ratinha de  biblioteca  passei a ser a  namorada do Nick , namorada do  capitão  do time de futebol !!! Sem nome , sem identidade ...

 Admito que no  início  do nosso relacionamento  , eu gostei do status que  estar com ele me dava . Mas com o tempo, me dei conta  de quão  fútil  eu estava sendo.

De qualquer  forma , foi a escolha  que fiz .

Vou guardar  você  para sempre no meu coração  ... meu primeiro  beijo e  amor .

                                 Sua doce , Vivian  . “ 

Dobrei a carta como estava antes , minhas  mãos  tremiam . E meu  estômago  estava embrulhado. 

Dezembro  de 2005 ? 

Nós  tínhamos  um ano de namoro  e ela estava arrependida  de estar comigo ?!

Decidido  , peguei outra carta do maço  e esta datava de Julho de 2008  , mês  do aniversário  dele :

“                                       Meu doce ,

Mesmo  estando  longe de você , eu não  esqueci  seu  aniversário  . E desejo o melhor  para  você. 

Estou contente !!!! E sabe por que ? 

Porque  seus tios foram te visitar  e , trarão  notícias  suas .  Se bem  que tia Lisa , evita falar  de você  quando  estou por  perto ... mas tem o tio Jack , que adora espezinhar  o Nick , comentando  sobre você e seus feitos  .

Aliás  , parabéns  por entrar  para o time de remo ou canoagem  , sei lá  ...

O que interessa é  que você superou sua limitação  . Eu sempre acreditei no seu potencial  !!!

Agora mais do que nunca ,  você  deve estar sendo  disputado  pelas  garotas  ...

Ai que louca !!! Desculpe , eu não tenho direito de sentir ciúme  .

Aliás  , ciúme  é  um inferno  !!! Nick e eu brigamos  constantemente  por essa razão.  Ele me sufoca e às  vezes chego a pensar  que seu tio tinha  razão quando  disse , que eu havia  feito uma troca infeliz  .

Eu sei que parece horrível !!! Mas é  que de vez  em quando  eu tenho  vontade  de esganar  aquele  cabeça  dura do seu primo .

Cansei de dizer a ele , que não  tenho interesse  por nenhum  outro  rapaz  ... a não  ser você  , que está  para sempre  fora do meu  alcance  .

Bom , melhor parar por aqui ... antes de escrever  mais alguma besteira  .

Parabéns  , meu doce !!! Meu amor  ... “

O chefe da mudança  me interrompeu  para  perguntar se faltava  algo e se podiam seguir  .

Respondi distraído,  que  eles podiam ir .

Meu doce ? Meu amor ? Ciúme  dele ?

E eu a sufocava  ?!

E o pior é  que ela  chegou  a considerar  que ter ficado comigo  foi um erro. 

Ótimo  !!!

Não  tinha como piorar  ... ou tinha  ?!

Agora   eu começava  a entender o porquê  de certas atitudes  , de trocar nossos nomes...

Não satisfeito , peguei o envelope  que estava  no topo da pilha  de cartas . Parecia  ser novo , então  a carta deve ser recente .

Dito e feito  :

“                                              Março  de 2015 .

Mike , mais uma vez tenho  que escolher ...

Dessa vez entre o amor e a lealdade  .

A escolha  é  dolorosa  , mas não  há outra  opção !!! 

Não posso abandonar  o Nick nesse momento  . Afinal  , sou a culpada pelo acidente  e por  deixa – lo paraplégico  .

Eu estava  decidida a romper com ele e me mudar  para  Paris  .  Cortar  os laços  em definitivo  com vocês  .

Já  estava com tudo acertado , apartamento alugado  , matrícula  na universidade  efetuada . Estava separando  as roupas  que iria levar  , quando  tia Lisa ligou do hospital e me deu a notícia  que acabou  com qualquer  esperança  de ser feliz ,que eu tinha  .

Eu só  queria  recomeçar  . Esquecer de toda essa história  , de vocês  .

E pode ficar em paz com a sua consciência  , que minhas esperanças  não  envolviam você  e seu caráter  ilibado . Afinal , você  deixou bem  claro que conseguiu seguir  em frente  e me esqueceu .

Contudo  o que me resta é honrar a promessa  que fiz a Nick : de que vou ficar  com ele , não  importa  o que aconteça  .

Vê  - lo em uma cadeira  de rodas e sofrendo  com dores atrozes , é  um lembrete  diário  da minha  estupidez  . A  cada vez que ele chora de dor , me sinto destroçar ... 

Eu fui a causadora  de todo esse sofrimento  e tenho  que tentar reparar  o estrago que causei  .

Se eu tivesse  tido coragem  de seguir  meu coração  há  dez anos  e não me deixado levar  pelo orgulho e ilusão  , nada disso  teria acontecido  .

Porém  , agora  é  tarde !!!

Você  me esqueceu  e eu ... eu ?!

Amo Nick à  minha maneira  .

Quer saber Mike ?!

Seja feliz  !!! 

Eu também  vou conseguir  seguir em frente  ,  mesmo que tendo o arrependimento  por meu companheiro  . “

Vivian  escrevia  como se estivesse  conversando  com ele . Tão  íntima  ...

Então ela estava  comigo por pena ... pena do pobre aleijado  !!!

E eu acreditei  que ela me amava . Quem não  ama não  iria sacrificar  seus  interesses  , seu tempo  em prol do outro  , certo ?!

Mas agora  ficou bem claro , que ela não  movida pelo amor  e sim pela culpa  !!!

Eu não  conseguia chorar .

Me sentia vazio , oco ...

Nesse  instante , ela entrou no quarto  .

-  Vida , o que  foi ?! Você  caiu ?! Está  machucado  ?! -perguntou  aflita , se abaixando  ao meu lado .

Eu a olhei em silêncio,  por alguns  segundos .

-  Caí  !!! Fui derrubado  ... e estou ferido  de morte .

-  Nicholas !!! Me mostre , você  consegue  mexer as pernas  ?! Eu vou ligar para o 911 ...

A puxei  bruscamente  pelo braço,  fazendo  com que desequilibrasse e caísse  sentada à  minha  frente .

- Não  precisa ligar para a emergência  . – disse  gélido  - Eles  não  podem  me ajudar  . Minha  ferida é  na alma .

Falei  e joguei o maço  de cartas em seu colo .

Ela olhou atônita  e empalideceu imediatamente . 

-  Nick !!! Eu posso  explicar  ...

-  Mas não  precisa  !!! Eu já entendi  tudo  ... o aleijado aqui , te liberta da prisão  .

-  Nicholas  , não  ... Por favor  , eu ...

Vê  - la sem  saber o que dizer  , acabava por sepultar em definitivo,  qualquer  ínfima  esperança  de estar errado  .

-  Acabou , Vivian  . Não vai ter mais casamento  . Eu não quero sua piedade  , eu sempre  quis o seu amor  .

Me levantei  com dificuldade  , usando  a cama como  apoio.  Peguei  minhas muletas  , pelo jeito  as únicas  parceiras que me eram fiéis  e saí  sem olhar  para trás  .

Estava  encerrada  a minha  história de amor  ... quer dizer , a história em que eu amei .

Eu só  precisava  saber o que seria  de mim à  partir  de agora  ...

.                  


Notas Finais


Buriozilu.
Gabisaqui .
Jpaula .
O que me dizem ?!
E vocês amados que eu desconheço o nome , mas que sei que estão acompanhando esse imbróglio todo ?
Fui muito má ?! 😁😈😈😈
Quero saber se foram às lágrimas ... porque eu fui 😢😉
Beijos de Luz 💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...