História Love and Hate - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Crowley, Dean Winchester, Gabriel, Lúcifer, Miguel, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Anahi, Evangeline, Mistério, Morgana, Ódio, Personagens Originais, Romance, Saga
Exibições 21
Palavras 931
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente!

Essa fanfic vai acabar no capítulo trinta e nove e vai ter cinco bônus. os quatro primeiros ião ser para os quatros casai e o último geral junto.

E também eu estou escrevendo uma nova fanfic de Supernatural e Os instrumentos mortais.
Link dela nas notas finais.


Emfim, tenha uma boa leitura!

Capítulo 36 - Reconhecimento da área


Fanfic / Fanfiction Love and Hate - Capítulo 36 - Reconhecimento da área

P.O.V Victória Parker

 

 

Eu estava  me arrumando,pois estávamos saindo para enfrentar Morgana uma  última vez e dessa  vez  ela seria derrotada.  Eu termino de me arrumar e  vou para  a sala.   Giovanna  preferiu ficar com sua  filha e  Dean havia concordado.

 

- Você tem certeza  que  vai  ficar bem? – Perguntou   Dean.

 

 

-Sim, meu amor!- Ela afirmou. – Eu tenho certeza. Vai lá e chuta  aquela  desgraçada por mim. – Diz no  ouvido de Dean que  sorriu.

 

 

- Oi casal 20! – Digo  zombando dos dois.

 

- O único casal 20 aqui é você e o  Castiel! – Retruca   Giovanna.

 

 

- Então,você  não vai! – Comentei

 

 

- Sim!  Agora, eu tenho coisas para me preocupar, como por exemplo, a minha filha. – Diz olhando para Gisele  que  dormia no sofá.

 

 

- Compreendo... – Digo encarando a menina.

 

 

 

Eu tenho que admitir que sinta certa inveja de Giovanna.  Ela conseguiu formar  uma  família.  Ela  teve uma filha  linda e meiga e  a única coisa que saiu do meu útero foi um norg nojento,que  foi o causador da minha morte. Esse  Norg maldito que me fez  me tornar uma  guardiã da  chama da vida. Eu sei que ser uma guardiã  é  uma honra que devo  me sentir  muitos sortuda,eu simplesmente não consigo.  Eu tenho amigos, tenho o meu Castiel e  se eu pudesse ficar nós poderíamos construir  uma  família, se eu ainda puder  ter filhos ,afinal sabe se lá  o que   Evangeline  cortou quando me operou. Sou amiga dela, porém tenho que ser realista, Evangeline  não era médica e nem enfermeira. 

 

 

- Oi povo! – Diz  Natasha  entrando na sala.

 

 

- Oi Nath!Preparada  para chutar alguns Norgs. –  Falo animada.

 

 

 

- Nasci pronta, querida! – Respondeu com um sorriso convencido.

 

 

 

 

Logo, os outros  entraram na sala,carregando armas  e mochilas.  Menos  Bobby, o que eu estranhei.

 

 

- Bobby, você não vai vir conosco? – Pergunto confusa.

 

 

- Vou ficar, na defesa da casa e ajudar  Giovanna  a proteger a  Giselle. – Diz  pegando um arma e  indo lá para fora.

 

 

 

- Bom, eu acho que podemos  ir! – Fala Oliver.

 

 

- Espere!Antes  eu tenho algo a dizer! – Digo ganhado a atenção de todos  os presentes.  – Eu... – Sou interrompida  por  um estrondo.

 

 

 

- Começou! – Grita  Sam preocupado.

 

 

- Victória, acho que  o que você tem a dizer  pode  ficar para depois! – Diz Castiel pegando em minha mão e me  puxando para fora da casa.  – Vamos! – Chamou ele.

 

 

-Está bem! – Digo correndo para o carro.

 

 

 Castiel  ia na frente  com Evangeline para  ver   como estavam as coisas e eu e os outros iramos  no  carro do  Dean e  no meu.  Oliver  veio comigo.Pedi para ele  dirigir,pois  eu não estava com cabeça para isso.    Chegou o momento de eu enfrentar Morgana, uma   feiticeira  nojenta  que  eu nunca vi pessoalmente  e  já odeio  com  todo o  meu ser.  Essa  vadia  destruiu  a  minha vida e  agora eu iria  por   fim na dela.    Abro minha mochila e seguro a  adaga de Evangeline e   olhos  o meu reflexo  nela.

 

 

 

- Morgana, hoje quem vai morrer é você – Digo para mim mesma e dou um sorriso malicioso.

 

 

 

 

P.O.V Castiel

 

 

Já  havíamos chegado no centro de Nova Iorque onde seria o local da grande batalha. È  claro que eu  e Evangeline  estávamos escondidos,afinal estávamos fazendo apensas  o reconhecimento  da área.   Morgana estava parada em cima de  um palco,com um sorriso presunçoso  no rosto. Ela estava  se preparando para discursar  para  suas criatura nojentas,chamadas  Norgs.   

 

 

 

- Hoje iremos  massacrar,meus inimigos patéticos.  – Disse ela dando uma risada desdenhosa. -  Eles  acham que podem contra  mim,sem a vadia da escolhida,eles  não podem fazer nada  contra mim. Se um deles  tentar  me  matar  com a  adaga,eu não vou morrer.  Eles são uma perda de tempo. -  Diz Morgana rindo em seguida.  – Quero que peguem pesados e matem todos. Cortem,estripem, retalhem,devorem,arranhe. Eu só quero que eles  e  o exército de merda deles  morram! – Gritou  e todos os Norgs  fizeram  sons  estranhos,mostrando estarem de acordo.

 

 

 

- Ela  não sabe o que  espera  por ela! -  Diz Evangeline  rindo de Morgana.

 

 

- Vou ligar para  os outros caçadores que irão ajudar.  – Diz Evangeline animada.

 

 -  Vou contatar os anjos que aceitaram ajudar. – Digo.

 

 

 

 

P.O.V Natasha

 

 

- Você acha mesmo, que o Crowley vai ajudar? – Indaga Sam  desconfiado.

 

 

- Tenho afinal ele tem que me agradar, pois me deixou sozinha  num orfanato por anos.  – Digo  convicta.

 

 

- Pelo menos não vamos  nos  ferrar completamente! – Diz Dean dando de ombros.

 

 

- Quando chegarmos, eu  vou invocar ele.  – Digo para Sam  e Dean.

 

 

-Ok! – Disseram ambos.

 

 

 

P.O.V Victória  Parker

 

 

 

Eu estava preocupada  com Castiel e Eva. Será que foi certo mandar os  dois na frente,para reconhecer a área?  Espero que  não aconteça  nada. Eu acho que  devo ter deixado transparecer minha angústia pois   Oliver  em  olhou  com compreensão .

 

 

- Também estou me sentindo como você! –  Informou Oliver.

 

 

 

-   Eu sei  Jones! – Disse  o chamando pelo sobrenome.

 

 

-  Eu sei que sabe  Parkerzinha! – Zombou Oliver.

 

 

 

O olhei irritada.  – Pakerzinha! – Repito irritada. Então, me lembro de algo.  – Faz tanto tempo que  você  não me chamava assim. Da ultima vez foi naquela  missão da loira  do banheiro ,que  a  Olivi... –Me  interrompo lembrando que  a mesma se  foi e  isso machucava a todos. -  Desculpa...- Peço sem graça.

 

 

- Não faz mal! Pelo menos  não como antes. – Responde Oliver com um meio sorriso. – Eu superei! E  Evangeline ajudou e muito! – Diz sorrindo,agora por completo.

 

 

 

- Fico feliz  por isso! – Digo sendo verdadeira.

 

 

 

Voltamos a ficar em silêncio e eu  me preparei psicologicamente  para a batalha.  Ainda, faltava   caminho para percorrer. Mas,  eu me sinto cada  vez mais perto de concluir  o meu destino. Matar  Morgana e vingar Olivia.

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Link da nova fanfic de supernatural e os instrumentos mortais(Shadowhunters) :
https://spiritfanfics.com/historia/hunters-worldly-6702474


Espero que tenha gostado!


Muito beijo e abraços <3

Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...