História Love and Life [Junkook - BTS] - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 156
Palavras 819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 33 - Sequestrada


Fanfic / Fanfiction Love and Life [Junkook - BTS] - Capítulo 33 - Sequestrada

Eu estava escondida no banheiro para ele pensar que alguém havia me levado. Foi engraçado demais.

Jungkook - (S/n)? 

-- Olá gracinha. - Falo o encarando.

Jungkook - Sua idiota onde você estava?

-- No banheiro seu bobinho.

Jungkook - Você vai me pagar agora.

Ele sai correndo atrás de mim até que ele consegue me pegar.

-- Tudo bem eu desisto. - Falo ofegante.

Jungkook - Hum... Que bom, agora é minha vez de brincar.

Ele me leva até o quarto e me joga na cama vindo para cima de mim.

-- Uou, calma.

Jungkook - Eu disse que você ia me pagar.

Ele começa a me beijar e eu fico sem ação na hora pois pude sentir seu membro desperto em minha intimidade.

-- Vamos devagar mocinho.

Jungkook - Você que manda meu anjo.

Então ele começa a tirar minha camiseta e descer seus beijos para meu pescoço dando mordidas e chupões.

Tirei a sua também e quando ele começou a descer cada vez mais seus beijos e antes de tirar minha ccalça o celular dele tocou.

Jungkook - Porra, de novo.

-- Vai atender.

Jungkook - Já vol Alô?

Ele saiu do quarto e eu fiquei o esperando mas estava com muita fome então coloquei minha camisa novamente e fui olhar o que tinha para comer. Quando o Jungkook terminou de falar no celular ele foi me procurar.

Jungkook - Achei você, o que estava fazendo aqui?

-- Estou morrendo de fome, eentão vim comer.

Jungkook - Eu ainda não terminei o que estávamos, mas agora também estou com fome. Aquela busca pra te achar me deixou assim.

-- Com quem você estava falando?

Jungkook - Com meu pai.

-- Sobre?

Jungkook - Ele perguntou quando eu iria voltar pra casa, mas eu disse que agora vou morar aqui com você.

-- O que? Poque?

Jungkook - Porque eu quero. E seu aniversário de 18 anos é próxima semana.

-- Sério?

Jungkook - Sim.

-- Não quero festa, eu não conheço quase ninguém.

Jungkook - Conhece sim, mas não lembra.

-- Aish...

Jungkook - Sem essa.

Daí quando acabei de comer fui assistir um filme e o Jungkook disse que teria que sair e depois voltava.

Fiquei por varias horas sozinha até alguem abrir a porta da sala.

-- Como você demorou.

Quando olho para porta, um homem com um pano no rosto e com uma faca na mão.

-- Q-Quem é você? - Falo nervosa.

Esse mesmo homem sem dizer nada me puxa e coloca a faca no meu pescoço mandando eu ficar quieta. 

-- Por favor moço, eu não fiz nada, nem lembro do que fiz porque perdi a memória. Por favor - Falo apavorada e o homem com a faca no meu pescoço me mandando ficar quieta.

~ Quebra de tempo ~ 

Já fazia 1 hora que aquele homem estava apontando a faca para mim e daí ele pergunta.

?? - Você é a (s/n)?

-- Sim, porque?

?? - Então é você mesmo.

-- Moço pelo amor de Deus, o que eu fiz?

Ele não falava muito o inglês mas até que deu pra entender alguma coisa.

?? - Eu quero o dinheiro do seu namorado. Que horas ele chega?

-- Eu não sei.

?? - Então você vem comigo.

Ele me leva pra fora de casa e deixar um bilhete em cima da mesa na sala. Quando ele estava me puxando até seu carro o Jungkook estava chegando em casa e o homem me empurrou e acelerou o carro me levando embora. Pude ver o desespero no rosto do Jungkook ao me ver naquela situação.

* Jungkook on * 

Eu estava voltando do mercado com algumas coisas pra a gente jantar e foi quando avisei a (s/n) sendo levada por um homem estranho e fui correndo. Mas i homem entrou no carro e acelerou levando-a embora. Fiquei em desespero total sem saber o que fazer, então entrei na casa dela para ligar pra polícia e vi um bilhete na mesa.

- Eu quero dinheiro em troca da sua doce namoradinha. Me encontra no bairro ___ as 22:00 se não pode dar adeus a sua namorada e nada de polícia ein.

Fiquei sem saber o que fazer na hora mais pensei em um plano.

~ Quebra de tempo ~

Dando a hora de ir, me arrumei e fui até o local. Chegando lá era um galpão bem grande e o lugar era esquisito então resolvi entrar.

Ao entrar me deparo com a (s/n) amarrada na cadeira toda machucada e com medo. Meu pensamento era só matar o desgraçado que fez isso com ela. Quando fui correndo pra solta-la Alguém grita.

?? - Nem mais um passo.

Jungkook - Quem é você?

?? - A pergunta quem faz aqui sou eu. Cadê o dinheiro?

Jungkook - Esta tudo aqui, mas só vou entregar quando você a soltar.

?? - Vou você deixar o dinheiro um metro de distancia dela, ou daqui mesmo eu atiro na sua amada.

Jungkook - Tudo bem.

Assim que deixo o dinheiro a alguns metros da (s/n) ele diz.

?? - Bom garoto.

Jungkook - Agora solte ela.

?? - Não é assim que a banda toca.

Jungkook - Sabia que você ia dizer isso.

Então apertei um botão que alertava a polícia para entrar no local.

Continua...



Notas Finais


Espero que tenham gostado, já já posto outra. Bjus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...