História Love and ruin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 5
Palavras 697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


eu voltee
desculpa postar só agr é pq eu to sem celular e fica difícil postar mjdchcujsdkx
enfim boa leitura

Capítulo 2 - Antes


                                                                                  Capitulo 2 

                                                                                         ​-

                                                                                    ​ANTES

​- ​Preciso falar com você - ele tocou meu ombro com delicadeza.

​- Você pode esperar até hoje a noite? - perguntei a Hoseok, ele pareceu confuso - Você vai né?

​Ele juntou seus materiais e murmurou:

- Claro.

​Dei um sorriso e saímos da sala, Nam e Jungkook esperavam no corredor.

​- Todos vão essa noite certo? - Nam passou os braços ao redor de Jungkook.

​Assenti junto ao resto, Nam conhecia metade da escola, tínhamos apenas 15 anos mas ele conseguia nos deixar entrar facilmente em qualquer festa.

​- Vamos? - Nam estendeu o braço para mim. Moravamos na mesma rua.

​- Vamos - e tomamos um rumo diferente dos outros.

​(....)

​ Quando passamos pela porta o cheiro de álcool me consumiu, a pista de dança estava lotada e a musica extremamente alta ecoava pelo salão. Namjoon saiu para cumprimentar seus amigos e eu e Jungkook fomos para o bar. Tinhamos apenas 15, éramos menores de idade mas sabíamos o que estávamos fazendo - eu acho.

Eu e Jeon viramos o copinho ao mesmo tempo, fiz uma careta. O líquido âmbar desceu por minha garganta queimando, sorri.

- De novo! - ele gritou.

​- Sabe o Hoseok tá muito estranho. - comentei e ele assentiu e deu de ombros em seguida.

​- Devem ser os testes ele sempre fica assim antes  deles- assenti devagar.

Depois de ao menos 10 rodadas minha bexiga implorava por um banheiro e meu estômago por comida.

- Eu já volto -  dei duas batidinhas em seu ombro, ele apenas assentiu voltando a conversar com um garoto qualquer.

​Entrei no meio da pista de dança, vários casais se beijavam e dançavam se esfregando um ao outro. Acabei gargalhando quando um estranho começou a me puxar para dançar, agradeci e rejeitei-o voltando ao meu caminho, com muito esforço consegui cruzar o salão e achar o banheiro..​Meus ombros caíram ao notar o tamanho da fila.

​Resmunguei e praguejei.

​Alcancei a porta dos fundos e me sentei em um dos degrais, o frio era cortante. Me encolhi em meu pequeno casaco.

​- Achei você! - Hoseok se apoiou no joelhos, a respiração estava cortada e ofegante. Ele se sentou ao meu lado.

​- O que queria falar hoje? - eu olhava pra frente.

​- A gente se conhece a tanto tempo e - continuei olhando pra frente - Olhe para..

​Por um momento nada, nem um ruído nem uma fala sequer. No segundo que virei meu rosto eu já estava de cabeça para baixo.

- O chefe vai ficar feliz! - ele rugiu,

Apertei os olhos para a criatura e rezei para ser apenas minha mente e o álcool me pregando peças. A criatura era enorme e me segurava pelo pé, pelo seu rosto e corpo parecia ser um urso mas seus olhos eram totalmente pretos.

Eu gritei e me sacudi mas nada funcionava, ótima ideia vir para os fundos Clary.

Hoseok, pensei.

Minha mente rodopiou e eu girei a cabeça atrás dele, ele estava jogado no chão inconsciente e com a cabeça sangrando. Num instante ele sumiu e no outro eu caí de cara no chão, o urso havia evaporado e pelo visto Hoseok também.

​Me levantei a tempo de enxergar um vulto correr para um beco qualquer. OK agora seja corajosa e vá atrás dele. Certo?

​Errado.

​Adentrei o salão correndo atrás de Jungkook, acabei trompando com Nam.

​- Eu preciso de ajuda o Hoseok estava... 

​Me calei, Hoseok estava atrás de Namjoon com um copo de bebida em mãos.

​- Mas você tava lá fora e.. - franzi o cenho, nada se encaixava.

​- Ceeeeerto - Nam jogou um braço em meus ombros sorrindo - Alguém bebeu demais hoje, vamos embora.

​Entrei no taxi emburrada, ninguém se dava ao trabalho de me escutar bom eu também não me escutaria se fosse eles. Eu mesma não sabia mas o que eu tinha visto.

Quando me joguei na cama, repassei todos os acontecimentos. 

Talvez Hoseok nem tenha ido falar comigo.

Talvez aquele vulto nem existisse.

Talvez eu tenha mesmo imaginado tudo aquilo.

- Por Deus que eu não esteja louca - murmurei para as paredes antes de dormir.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


esse n ta tao grande eu sei masssss esses capítulos de antes vão ser menores mesmos ok?
o próximo sai mais rápido prometo bjinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...