História Love at first sight - Imagine Jungkook - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Exibições 304
Palavras 2.609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Festa, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero q gostem :3

Capítulo 47 - Um natal quase perfeito


Fanfic / Fanfiction Love at first sight - Imagine Jungkook - Capítulo 47 - Um natal quase perfeito

Eu estava começando a pegar no sono... Até que... Eu adormeço.

* Dia seguinte...

- BORA ACORDA CAMBADAAA, QUE A RAINHA CHEGOU! - gritou Sook puxando meu cobertor

- Que, que ta acontecendo...? - perguntei um pouco desnorteada logo avistando Sook me olhando maliciosa

- E essa mãozinha aeh, ___*? - ela disse rindo maliciosamente. Olhei para o lado e vi que minha mão estava no membro de Jungkook

- Cala a boca... - falei rindo de canto e coçando os olhos

Levanto-me do sofá e me espreguiço. Logo sinto Jungkook levantar e me abraçar por trás. Sorrio e viro, lhe dando um selinho rápido.

- Bom dia... - falei em seu ouvido

- Bom dia. - ele respondeu com um sorriso fofo e meigo no rosto

Me solto de seus braços e me viro, dando de cara com Jimin segurando os bebes em seus braços. O cumprimento e lhe dou um beijo em sua bochecha. Vou para a cozinha me encostando-se ao balcão e observando os garotos dormirem. Pois estavam muito fofos.

- Jiminie! - diz Sook para Jimin

- Oiii! - ele disse alegre

- Leva nossas crias pro quarto e troca eles... Por favor? - ela disse manhosa e Jimin assentiu correndo para o quarto de Sook

- Se sente melhor Sook? - perguntou Jungkook calmo

- Estou sim... Só algumas dores, mas tudo bem. - ela disse sorrindo e Kook retribui logo indo para a cozinha. - MARMINHA GENTE, ESSE POVO NUM ACORDA NAO?! - disse Sook com a mão na cintura

- Eu to acordado. - falou Namjoon se espreguiçando e encostando sua cabeça no ombro de Jin

- Eu também. - pronuncio-se Jin

- Pelo menos... Bom dia amores! - falou Sook apertando a bochecha de cada um

- Bom dia. - eles disseram juntos

- Eles tão me testando. Só pode! - falou Sook com a mão na cintura e se abaixando para acordar Taehyung. - Taaaaeeee! TaeTaeee! - falou Sook balançando Taehyung que logo resmungou

- Agora não Hope... - ele disse resmungando e virando seu rosto

Então Sook subiu no colo de Taehyung, colocando suas pernas ao lado das de Tae.

- Que porra de Hope! ACORDAAA! - gritou Sook pulando e dando tapinhas no rosto de Taehyung

- S-S-SOOK! Ah... Eu... Bom dia... C-como vai? - ele disse arqueando suas costas e soltando um gemido baixo, mas logo controlou sua voz.

- Eu vou bem. Agora levanta dai e vai arrumar essa sala. - ela disse se levantando e indo ate seu quarto

Assim que Sook saiu de cima de Taehyung, rapidamente ele se virou, ficando de barriga pra baixo. Fazendo-me rir.

- Do que esta rindo? - perguntou Jungkook atrás de mim

- Do Taehyung. - falei rindo de canto

- Por qual motiv... Aaah... Nossa! Você reparou nisso? - ele falou rindo de canto

- Impossível não ter reparado! Ate sei com quem ele aprendeu. - falei rindo e logo Jungkook me prensou contra o balcão me fazendo soltar um gemido baixo por conta de sua ação

- Com quem...? - ele disse rouco em meu ouvido e roçando seu membro em minha bunda

- A-aish... Que fogo! - falei rindo e indo ate a sala

Vi Jungkook rir maliciosamente da cozinha e virar suas costas indo ate a geladeira. Fui ate o colchonete e me sentei ao lado de Taehyung.

- Cê quer morrer né jovem? - falei baixo e rindo. Mas ele me olha desentendido

- Como assim? - ele falou inclinando sua cabeça para o lado

- Ha, ha! Taehyung, não se faça de desentendido. - falei rindo sarcasticamente dando um leve tapa em seu braço. Logo ele entendeu o que eu quis dizer e corou.

- N-não contaria pro J-Jimin... Né? - ele falou fazendo biquinho e eu ri

- Não. Mas cuidado, tu sabe como o Jimin é.  - falei apontando o dedo para ele e ele sorriu bobo

- Te devo uma! - ele disse me abraçando fortemente, mas logo Jungkook chega a frente a nós dois com fogo nos olhos.

- Jungkook, se tu começar com ciuminho besta, você vai ver o que acontece. - falei levantando e ficando frente a frente com o mesmo

- E o que acontece? - ele disse rindo maliciosamente e eu ri junto

- Eu fico de greve. - falei olhando fundo em seus olhos e vi ele se assustar

- Ok, parei. - ele disse levantando suas mãos e eu ri

Ficamos conversando por ali, tendo vários assuntos aleatórios. Até que ouço meu celular tocando em meu quarto, deduzi ser minha omma. Então corri subindo as escadas logo em seguida pegando meu celular em cima da cama. A ligação era de numero restrito. Resolvo atender.

- Alo? - falei esperando uma resposta

- Olá __. - disse a pessoa com um alterador de voz

- Quem é você? - pergunto um pouco assustada

- Hahaha! Tão ''inocente''. - disse a pessoa sendo irônica

- O que você quer? - perguntei sendo objetiva

- Me encontre na pracinha mais próxima de seu condomínio, as 8hrs. Esteja sozinha, e saberás o que eu quero. - falou a pessoa e logo desligou

Assim que a pessoa desliga, sinto meu corpo gelar. Quem era? O que essa pessoa queria? Já não basta tudo o que eu já passei...? Respiro pesado enrolando minhas mãos em meus cabelos.

Logo sinto duas mãos se entrelaçarem em minha cintura e dar um beijo em meu pescoço. Sorrio a mim mesma e viro, dando de cara com Jungkook sorrindo.

- Feliz natal! - ele disse sorrindo colocando um arquinho de rena em minha cabeça

- Feliz natal... - falei sorrindo e me sentando na cama, logo dando um suspiro longo e pesado.

- Aconteceu algo...? - ele perguntou preocupado se sentando ao meu lado

- Nada não... Só um pouco de preocupação. - disse suspirando encostando minha cabeça em seu ombro

- Mas com o que? - ele disse me virando e olhando fundo em meus olhos

- Coisa besta Kook. Não precisa se preocupar. - falei sorrindo lhe dando um selinho, que logo se transformou em um beijo quente e apaixonante.

Logo senti suas mãos percorrem por todo o meu corpo fazendo-me arrepiar por completo. Fui até seu pescoço, deixando chupões e mordidas no local, que provavelmente ficariam roxas. Rapidamente ele pega em minha cintura fazendo-me sentar em seu colo. Até que.

- __*, a Sook est... Wow! - assim que ouvi a voz de Taehyung, dei um pulo do colo de Jungkook extremamente corada.

- T-T-Taehyung... O-oi! O que a Sook quer? - perguntei indo ate Taehyung arrumando minha blusa e cabelo

- Eu faria melhor... - ele disse sussurrando a si mesmo, mas consegui escutar, fazendo-me virar um tomate.

- Oi? - falei disfarçando

- Nada! Então... A Sook esta te chamando no quarto dela. - ele disse sorrindo

- Fala que eu já estou indo. - retribuo seu sorriso e ele corre que nem criancinha para o quarto de Sook

- O que a Sook quer? - perguntou Jungkook bufando se deitando na cama

- Sei la... - disse suspirando olhando para o chão

- Porque isso sempre acontece? - ele disse revirando os olhos

- ''É o mundo conspirando a nossa volta'' pra você parar de fogo. - falei imitando ele e ele riu

- Vai me dizer que não gosta? - ele disse fazendo uma feição sexy e eu corei

- Idiota. - falei mostrando a língua e saindo do quarto

Fui ate o quarto de Sook, e ela estava de pernas cruzadas na cama com a respiração ofegante e preocupada. Corri ate a mesma e me sentei em sua frente.

- O que aconteceu Sook?! - disse preocupada pegando em seu queixo fazendo-a olhar para mim

- O-olha... - ela disse pegando seu celular e me mostrando seu registro de ligação. O numero era restrito. Assim que olhei, senti meu corpo se arrepiar e a preocupação bater.

- Seria loucura se eu te dissesse que me ligaram também? - falei mostrando a tela de meu celular

- __*, eu estou com medo... Não quero perder meus filhos... - ela disse me abraçando. Logo ouvimos alguém entrar no quarto

Olhamos para trás e vimos Jimin nos olhar preocupado. Logo Sook começou a secar suas lagrimas e arrumar seu cabelo.

- O que aconteceu? - falou Jimin se aproximando de nos

- Nad... - dissemos juntas ate que escutamos um grito fino vir da sala

Corremos do quarto de Sook, e assim que olhei da escada, vi minhas tias entrarem junto com meus pais e nossa outra prima.

Olhei para Sook, Sook olhou pra mim, a gente se olhou e... Descemos as escadas correndo, vendo os garotos sentados no sofá com SungMin e JinHyun nos olhando confusos.

- Mãaaaaaae!! - falei correndo ate ela e a abraçando fortemente

- Que saudades filha! - ela disse me rodando pela sala

- Soook! Menina o que tu foi arrumar? - falou a mãe de Sook lhe dando um tapinha na cabeça, mas logo lhe deu um abraço apertado

Soltei-me de minha mãe e fui cumprimentar meu pai e o resto de nossa família. E os meninos nos olhavam de ''Que merda é essa?''. Ate que nossa prima adentra mais na sala, olhando tudo a sua volta com olhar de nojo (Ah... Havia me esquecido de mencionar, temos uma prima coreana. Min-seo. Essa sim é uma riquinha mesquinha. Eu e Sook realmente não gostamos dela).

- Oi Min-seo. - falei sorrindo forçadamente

- Oi. - ela disse balançando seus cabelos com a mão na cintura

- Que porra é essa? Não pode mais dormir nessa cas... - disse Yoongi descendo as escadas, mas assim que olha Min-seo sorri irônica.

- Olha se não é a vagabunda do 3° ano. - ele disse olhando a mesma de cima a baixo

- Não brinque com o fogo, Yoongi. - ela disse bufando e eu olhei para Sook e ela me olhou... E voces ja sabem o que acontece.

- Filha, qual desses rapazes é teu namorado? - minha mãe disse apontando para os garotos que riam de mim

- Ah sim, só um minutinho. JUNGKOOOOOK! - gritei seu nome da sala e ele apareceu correndo as escadas assustado com a multidão de pessoas que havia ali

- O-oi? - ele disse tímido olhando para todos ali

- Mãe, Jeon Jungkook meu namorado. - falei puxando sua mão e mostrando nossas alianças e ela sorriu

- Nossa! Ele tem o zoi bem puxadin né não? Cintura bonita, bunda bem redondinha... Epa! O que é esse roxo aqui? – ela disse apontando para o pescoço de Jungkook, que logo corou.

- Mãe, ta assustando ele!  - falei rindo e ele corou com uma cara de ‘’Me ajuda’’, me fazendo rir.

- P-prazer dona. - ele disse estendendo sua mão, mas ela o abraçou.

- Igualmente! - ela disse sorrindo gentilmente

- Então filha. Esse é o rapaz que lhe namora? - apareceu meu pai fuzilando Jungkook com os olhos

- Prazer senhor. - ele disse estendendo a mão sendo formal e meu pai sorriu

- Igualmente. - ele disse piscando para Jungkook. Assim que meu pai se virou, Jungkook se escondeu atrás de mim.

-QUEBRA DO TEMPO-

Eu juro que esse foi o natal mais vergonhoso que eu já tive na minha vida! Nossas ommas ao paravam de jeito nenhum de ficar fazendo perguntas constrangedoras. Principalmente a mão de Sook. Sem falar de meu Appa que ficou o jantar inteiro fuzilando Jungkook pelos olhos. O coitado estava até com medo de responder as perguntas que meu Appa fazia.

Mas fora isso foi bem legal. Colocamos o som alto e dançamos, soltamos fogos de artifício no terraço... É. Foi bem legal. Postamos fotos nas redes sociais, fizemos até uma live! Foi bem divertido!

                                         ❤~~~~~~~~❤      

A noite já estava caindo e nossas ommas teriam que ir em borá.

- Já vamos indo meninas. – falou a mãe de Sook pegando sua bolsa que estava no sofá

- Mas já? Está tão cedo... – falou Hoseok fazendo biquinho

- Sim, temos que ir amorzinho. Amanhã voltaremos. – falou minha omma apertando as bochechas de Hoseok e ele riu

- Tchau omma! – falei pulando em seus braços e a abraçando

- Se cuida filhota! Cuida da sua irmã também... Não fui muito com a cara do Jimin. Ele tem um olhar assustador! – ela disse sussurrando em meu ouvido e eu ri

- Mãe, a senhora devia ter medo era da Sook! – falei rindo e ela riu. – Jimin é uma boa pessoa. Não faria mal a ninguém. – falei sorrindo e ela se aliviou

- Tudo bem então! – ela falou sorrindo. Logo que ela avista Jungkook, ela corre até o mesmo e lhe abraça forte. Confesso que ri da cena. – Minha filha escolheu um ótimo rapaz! Cuide bem do meu de ___*! – ela disse rodando ele pela sala e ele riu

- S-sim! Irei cuidar sim. Foi um prazer conhecê-la! – ele disse sorrindo com seus dentinhos de coelho e minha omma sorriu

- Igualmente! Jung... Jang... kook! – ela disse se embolando ao pronunciar o nome de Jungkook, o fazendo rir.

Logo nossas ommas se despedem dos garotos e vão embora. Ficando apenas os meninos sentados no sofá rindo de mim e Sook.

- Elas são engraçadas! – falou Taehyung com um sorriso quadrado no rosto batendo palmas

- Minhas bochechas estão doendo. – falou Yoongi bufando e pegando seu celular

- Eu gostei de conhecê-las. – disse Namjoon sorrindo

- É fácil pra vocês falarem. – falou Sook bufando e eu concordei

- Seu pai me deu medo. – falou Jungkook olhando para mim e eu ri

- Se acostume. – falei sentando-me no sofá, no meio de Hoseok e Taehyung

 Ficamos rindo e conversando sentados no sofá sobre nosso natal. Mas eu ainda sentia que algo estava errado... Algo me incomodava... Até que...

- ___*, preciso falar com você... Com licença meninos! – disse Sook me puxando e me levando até seu quarto

- Eu também preciso, e acho que já até sei qual é o assunto. – disse preocupada encostando a porta de seu quarto

- A gente não vai mesmo na pracinha, né? – ela disse preocupada e eu sorri fraco

- Quer saber? – falei e ela assentiu. – Não vou estragar nosso natal saindo a essa hora da noite. Pode ser até um trote! – falei e ela concordou

- Certeza? Não acha melhor irmos? – ela disse preocupada e eu assenti

- Não vai dar nada não. Fica tranquila. – disse sorrindo bagunçando seus cabelos e ela riu

- Beleza. – ela falou sorrindo

-QUEBRA DO TEMPO-

Agora, nesse momento, eu me encontrava deitada em minha cama, jogando um jogo qualquer em meu celular.

Logo avisto Jungkook sair do banheiro com uma toalha enrolada em sua cintura. Rapidamente me viro para a parede e ouço Jungkook rir.

- Do que esta rindo? – perguntei concentrada em meu jogo

- De você. – ele disse se aproximando mais de mim e me puxando pelo pulso fazendo meu celular cair no chão

- Ei! Meu celular! Eu ia passar aquela fase... – falei fazendo biquinho e ele riu me prensando contra a parede

- Estou carente. – ele disse roçando a ponta de nossos narizes e eu sorri

- Você não tem jeito mesmo, né? – falei lhe dando um selinho, que logo se transformou em um beijo intenso.

Suas mãos percorriam por todo o meu corpo, até chegar em minha cintura. Suas mãos pararam em minha cintura e a trouxe para mais perto de si. Pude sentir seu membro já ‘’alegre’’.

Ele puxou uma de minhas pernas, a entrelaçando em seu quadril e me conduzindo até a cama...

                                                                                    Continua...


Notas Finais


AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEH SAIU CAAAP :V

MArminha gente... Desculpem a demoraaa ;-; </3

É q eu to gripada, com dor de garganta, com fome... RESUMINDO

EU TO TODA FUDIDA :V

Mas ja to melhorando :')

BJO NA BUNDA AMOREEEES <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...