História Love at first sight - Capítulo 14


Escrita por: ~ e ~Luana_Trovo

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Haruno Sakura, Hatake Kakashi, Kakasaku
Exibições 101
Palavras 2.280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ohayou minna! Trouxe mais rápido dessa vez o cap hehe, passei meu sabado inteiro escrevendo e está bem comprido então sem mais demoras vamos a fic!!

Capítulo 14 - Treta!


Fanfic / Fanfiction Love at first sight - Capítulo 14 - Treta!

Kakashi Pov's On

  Depois que finalmente eu tinha me decidido a ficar na festa e aproveitar da companhia de Sakura, aquele moleque tinha que aparecer e tirá-la de perto de mim.

  Sinceramente estranhei o fato de o Sasuke querer algo com a Sakura, ele não é de se entreter com ninguém e justamente quando ela estava comigo ele quer conversar com ela, mas como não sou idiota eu não ia deixar a minha Hana a mercê daquele garoto, assim que eu sumi das vistas dos dois me escondi e passei a segui-los para saber qual era a coisa tão importante que ele queria com ela

  Os dois só estavam caminhando, tudo bem que não estava acontecendo nada mas ele estava levando-a na direção das áreas mais desertas da vila, imagino que não tinha a necessidade de leva-la para tão longe para uma simples troca de palavras, ele poderia dizer na festa mesmo.

" - Esse garoto está aprontando alguma coisa !! --Penso mentalmente um pouco irritado-- "

Kakashi Pov's Off

Sakura Pov's On

- Você o ouviu o que ela disse ?! --Seu tom de voz é calmo mas nota-se um certo incômodo na mesma--

Sasuke para de me " Atacar " e levanta o olhar para a pessoa que apareceu repentinamente, mas mesmo assim continua me prendendo entre seus braços virada pra ele.

- Você ? --Diz irónico-- Hahaha se eu não soltá-la o que você irá fazer?

- Aproveite enquanto eu ainda estou sendo educado, Sasuke... Olha para sua situação! Você não está em condições de tentar nada contra mim, mas se mesmo assim quiser tentar ver quem é o mais forte vá em frente! --Termina de dizer e coloca as mãos nos bolsos como se nada estivesse acontecendo--

- Ora Kakashi sabe muito bem que eu ganharia de você facilmente! --Ri debochando o encarando--

- Eu acho que ensinei a vocês sobre a importância de não subestimar o seu "adversário" não é mesmo Sakura? --Olha para mim que ate então parecia não existir no meio daquela troca de olhares fulminantes--

- Hai --maneio a cabeça positivamente com a sua pergunta--

- Acho que só você não aprendeu direito Sasuke! Será que terei que levá-lo de volta para a academia para aprender boas maneiras?  Você já é um homem e acredito que isso poderia ser desconfortável para você, imagine você no meu de várias... --É interrompido de sua provocação por sasuke--

- Não acho que devemos tratar nossos --Da ênfase na palavra-- "adversários" como você mesmo disse, educadamente.

- Educadamente não seria o termo apropriado para isso, apenas estou dizendo que não se deve subestimar as pessoas com quem você poderá lutar.  Agora pode soltar a Sakura, ela não parece estar muito confortável ai --aponta para o vão entre os braços do Sasuke onde estava--

- E o que você tem haver com isso? Nós estamos nos entendendo e não precisamos de plateia pra isso! --Diz irritado--

- O que eu tenho haver com isso? Eu sou sensei...

- EX-SENSEI --interrompe Sasuke--

- Como eu ia dizendo, eu sou SENSEI de vocês e não quero ver nenhum de meus alunos desconfortáveis como ela está agora, e antes que você pense que só estou fazendo por ela ser mulher está enganado, faria isso por qualquer um de vocês três.

" -Inner: Prevejo treta entre esses dois --pega um balde de pipoca-- START !! --Grita imitando o Bruce Buffer - locutor do UFC--

Espero que os fãs de UFC entenderam a reverência *_*

" - Cansei desses dois discutindo na minha frente! Shanaroo !! --Junto um pouco de chakra nas mãos e empurro Sasuke para trás fazendo ele me soltar--

- KISAMA !!! --Se levanta cambaleando e vai para cima de Sakura--

- Eu não faria isso se fosse você! --Diz aparecendo na minha frente e segurando o braço de Sasuke--

- Me larga !! --Fala Sasuke visivelmente alterado sentindo seu braço sendo esmagado--

- So largo se você não tentar mais nada contra ela --Olha para mim--

- Tsc Que seja, essa Inútil não faz meu tipo, aliás não faz o de ninguém! --Aos poucos sente seu braço sendo liberado--

  Não aguento o que ele fala e saio correndo para longe deles.

Sakura Pov's Off

- Viu, É uma fracassada, não aguenta nada que falam pra ela e...  --Ia continuar insultando ela mas Kakashi o interrompe--

- Meu trabalho por aqui já está feito... --Kakashi olha para Sasuke que massageava seu pulso onde ele havia pegado e da um pequeno sorriso--

" -Eu Devia ter feito pior com você por tê-la insultado desse jeito !! "

- Mata ne Sasuke ! --Faz um selo e desaparece entre a fumaça--

  Assim que Kakashi saiu de perto de Sasuke, começou a correr na direção que Sakura tinha ido na esperança de encontrá-la por perto, como já fazia um tempo que ela tinha saído correndo ele perdeu seu rastro e começou a caminhar de volta para o centro.


  Passando perto de um parquinho abandonado pelas crianças naquele horário ele viu uma garota de fios róseos sentada no balanço solitária, quando chegou mais próximo pode perceber que ela chorava baixo como se escondesse seu sentimento das pessoas.

Sakura Pov's On

- Sakura? --Chama meu nome fazendo eu virar rapidamente limpando as lágrimas--

- Sensei, o que faz aqui?

- Eu vim ver se você está bem, pelo visto parece que não --Diz se agachando em minha frente e começa a me olhar fixamente--

- E-Eu estou bem, não precisa se preocupar comigo --Abaixo a cabeça olhando para o chão--

- Sakura --me chama novamente dessa vez segura em meu queixo levantando meu rosto pra olhá-lo -- Eu me importo com vocês e nao quero ver nenhum dos meus alunos triste, eles são homens e não precisam tanto da minha preocupação já você é diferente...

- Por que eu sou diferente? só porque eles são mais fortes que eu e... Eu... --

não consigo me controlar e volto a chorar--

- Não é isso que eu quero dizer, não estou dizendo que você é fraca é só que... Bem... Eu sinto que tenho que me preocupar mais com você mesmo você sabendo se cuidar sozinha... eu tenho que proteger a flor do nosso time! --Sorri sincero limpando as lágrimas do meu rosto--

- E Não liga pro que o Sasuke disse, ele só falou aquilo por estar com raiva das provocações que eu fiz e mesmo se ele acha isso ele não pode falar pelos outros, você com certeza faz o tipo de muitos homens.

- Será mesmo? Ou você só está falando isso pra me consolar? --Olho no fundo de seus olhos aguardando a sua resposta--

- Eu nunca brincaria com uma coisa tão seria como essa!  Olha você é linda, inteligente... --com cada elogio que ele ia dizendo eu corava cada vez mais--

- ...E fica mais linda ainda corada --ele levanta a sua mão até a altura da minha bochecha e começa a acaricia-la com o polegar-- Qual o homem em sã consciência que dispensaria uma princesa como você?

" -Eu não acredito que estou ouvindo isso!! É o melhor presente que eu poderia ganhar --penso e coloco minha mão sobre a sua enquanto acariciava meu rosto-- "

- Kakashi... --Sinto sua mão se afastando de mim e ele logo levanta e se afasta como se algo tivesse tomado sua consciência levando esse outro Kakashi pra longe--

- Err... Gomen nasai eu não deveria ter feito isso eu...

- Está tudo bem --olho para baixo-- Acho que vou para casa.

- Mas e a sua festa de aniversário? --pergunta me encarando--

- Depois do que aconteceu hoje eu perdi até o clima de festa, só quero tomar um banho e descansar.

- Posso acompanhá-la até em casa? Sabe já está escuro e eu tenho que protegê-la de mocinhos malvados --Brinca um pouco pra amenizar o clima do ambiente--

- Claro, eu estou precisando mesmo de companhia --Sorrio para ele que volta a se aproximar de mim--

- Ikuzo? --Estende a mão para me ajudar a levantar--

- Hai --Seguro em sua mão e seguimos rumo minha casa--

   Caminhávamos num silêncio absoluto mais ainda sim confortável, diferentemente de quando andei junto do Sasuke que era até sufocante.

  Ele parece estar viajando em pensamentos, só seu corpo estava presente. Será que esse silêncio é pelo que aconteceu agora pouco?

  Sinto uma brisa fria passar entre nós e me encolho um pouco cruzando os braços.

- Está um pouco frio não é mesmo? --ele abre seu colete o tirando e estende pra mim-- Vista ele, acho que da pra te aquecer ate você chegar na sua casa.

- Arigatou Sensei --Coloco o colete sobre meus ombros e o fecho em seguida--

  Após isso não trocamos mais palavras, ele andava imerso aos seus pensamentos e eu não conseguia pensar e muito menos puxar qualquer assunto.


  O cheiro do seu corpo que vinha do colete não deixava que eu formulasse ideias concretas, estava ficando embriagada com aquele perfume e sentia como se fosse ele quem rodeava o meu corpo com seus braços másculos e não o simples colete.

  Será que terei mesmo entregá-lo de volta? não sei se consigo viver sem esse cheiro perto de mim!

   Percebo que minha casa estava próxima e aos poucos vou me despedindo do meu novo amigo.  Assim que chegamos em minha casa paramos de frente um para o outro.

- Está entregue! --Coloca suas mãos dentro do bolso fica me olhando--

- É, parece que sim --Olho para a fachada e vejo as luzes apagadas e rapidamente volto meu olhar para ele--  Obrigado por ter me defendido daquele idiota e... Obrigado por tudo que tem feito por mim --Sorrio para ele e logo lembro de seu colete--

- Ah, Aqui está o seu colete! --Tiro ele me mim e estendo para ele-- Adeus amigo!

- Não precisa me entregá-lo agora, parece que você gostou muito dele não é? Se quiser pode ficar para você, já que não tive tempo de comprar o seu presente --Sorri coçando a nuca--

- É serio mesmo? Ele é meu? --Pergunto eufórica e volto a colocá-lo no corpo o deixando aberto mesmo, estava muito feliz para me prender em detalhes-- Obrigado novamente Sensei !

- Nossa! --Pergunta espantado-- está tão feliz assim por causa do colete?

- Sim, o cheiro dele é muito bom e... --Vejo ele arregalar mais os olhos esperando que eu continuasse-- E ele me lembra você, por isso estou feliz! --Troco algumas palavras mas não deixo de dizer a verdade--

  Ele continua com a expressão de assustado só que dessa vez se perde novamente entre seus pensamentos. O que será que ele tanto pensa?

- Ei Sensei você não quer entrar um pouco? --Pergunto balançando minha mão em frente ao seu rosto tentando tirá-lo do transe em que ele se encontrava-- Oe, Sensei ?

- Gomen, Gomen o que você disse mesmo? --Pergunta visivelmente perdido--

- Eu estava te perguntando se você não quer entrar, vou fazer algo para nós comermos já  que não comi nada hoje após o almoço no hospital, e então me acompanha?

- Acho melhor deixar para outro dia, já está tarde e eu não quero encomodar os seus pais.

- Meus pais ja devem estar no quinto sono, isso se eles estiverem em casa porque está tudo escuro lá dentro.

- E onde eles poderiam estar numa hora dessas? --

- Sempre estão junto dos pais da Ino então  pode ser que estejam na casa deles, mas só entrando pra confirmar e isso me lembra que você ainda não respondeu minha pergunta, e então o que vai ser?

- Já que você está insistindo tanto não vejo o porquê de não aceitar o seu convite --Sorri brincalhão--

- Yatta!! --Pulo de alegria e pego em sua mão o puxando casa a dentro-- Vem, entra!

  Paramos em frente a porta para tirarmos as sandálias ninjas e eu logo ia no quarto dos meus pais para verificar se eles estavam em casa quando me lembrei que deixei o Kakashi na porta.

- Sensei fique a vontade, eu vou acender as luzes e você escolhe onde quer ficar eu só vou lá em cima guardar o presente e confirmar se meus pais estão em casa e logo volto para fazer a comida --Sorrio e saio entre os comodos acendendo as luzes e em seguida corro para o quarto de meus pais--

- Otou-San? --Bato na porta e como não escuto nada abro para ver se eles estavam ou não, encontro um bilhete que meu Chichi havia deixado na escrivaninha dizendo que estavam na casa de Ino, então vou ate meu quarto e deixo o colete em cima da cama e volto para o andar de baixo--

- Sensei? --Chamo ele enquanto descia as escadas--

- Estou na sala! --Diz um pouco alto para que eu escutasse--

  Quando chego na sala o vejo de frente para a estante em que minha Oka-san deixa alguns porta-retratos com fotos minhas de quando eu era mais nova.

- A testa não saio do lugar não é mesmo?! --Rimos juntos da minha brincadeira--

- Eu nem tinha prestado muita atenção nisso! --Pega uma foto em que eu estava na cozinha com minha haha cheia de chantilly  no rosto e mostra para mim apontando meu rosto--

- No que você estava olhando então? --pergunto confusa olhando para meu rosto na foto, não via nada de mais--

- Estava vendo o quão Kawaii você estava nessa foto, devia estar se divertido bastante não?  --Diz e volta a colocar o porta no lugar--


Notas Finais


Está aii, espero q tenham gostado e tenho uma boa noticia Tan, Tan, Tan, Tan... O próx cap ja esta em andamento até sabado eu o posto. E quero aproveitar e agradecer a cada pessoa que comentou e favoritou a fic, muito obg de coração ❤ Kissus e até o próx, mata ne!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...