História Love Begins In Summer - Jikook ABO - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Visualizações 24
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Chapter Four - Burning Disappareance


Fanfic / Fanfiction Love Begins In Summer - Jikook ABO - Capítulo 4 - Chapter Four - Burning Disappareance

  -Annyeong. Prazer em conhecer vocês. - Fiz uma reverência e logo sorri.

-Ele é como você disse Taehyung. QUE COISA FOFA. - Gritou o rosado. - Me desulpa! Hi, eu sou o Kim SeokJin mas pode me chamar só de Jin. - Acenou e sorriu.

"Jin" parecia um cara animado e que cuidava muito bem das pessoas ao julgar quando quase matou o de cabelo amarelo por quebrar um de seus bonecos. Os lábios são tão bonitos e cheinhos e pelo cheiro adocicado, um ômega assim como eu.

-Cara, que vontade de apertar sua bochecha. - Dessa vez foi o alaranjado. - Jung Hoseok, se quiser pode me chamar de Jhope, Hobi, tanto faz! Continuo sendo a esperança dessa grupo todo.

Gostei do Hoseok, só foi ele começar a falar que me transmitiu uma alegria que quase explodia meu coração. O cabelo laranja havia caido super bem com sua aparência e pelo cheiro, julgo ser um alfa.

-Não é nem um pouco convencido ele. - O esverdeado revirou os olhos. - Sou o Min Yoongi. - Desviou o olhar assim que terminou de falar.

Yoongi me passava uma sensação de tensão, sei lá! Ele me parecia mal humorado, mesmo sendo um ômega com cheiro de morangos, ele tinha uma cara fechada, chegava a me dar um certo medo.

-Annyeong, Kim Namjoon aqui. - Tentou acenar e quase derrubou o copo que estava encima da mesa.

-É, mas pode chamar ele de Deus da destruição. Ainda estou esperando meus bonecos Joonie. - Jin disse.

-Eu já te pedi desculpa princess. Quer que eu me ajoelhe? - Já ia fazer o ato mais foi impedido pelo de cabelo rosa.

Namjoon era engraçado e amoroso, só adicionei uma nota na minha memória que era de deixar ele longe de coisas de vidro importantes. Ri com meu pensamento. Cheiro de café, um alfa talvez.

-Só 'tá faltando um no bonde. - Jin procurava alguém no meio de todos que estavam no refeitório. - Esse inútil deve estar com uma puta por ai, nem parece que eu criei direito. - Fez um facepalm negando com a cabeça.

-Daqui a pouco ele aparece aí. - Hoseok falou.

(...)

Um sino bateu e dos alto falantes sairam uma voz dizendo que já estava na hora dos jogos. Segui o grupo novo e chegamos na área da fogueira, o sol se punha, o frio aumentou e a fogueira foi acessa. Na próxima vez deveria colocar umas roupas mais quentes, no entardecer o vento parecia mais forte e o frio subia por todas as minhas correntes sanguíneas me causando arrepios.

Quando todos estavam no local, um dos administradores começou a falar.

  -Estão todos aqui? - Tentou cochichar para alguém atrás de si mas foi em vão porque ele não havia tirado o microfone de perto da boca. - Boa tarde a todos! Na verdade já é boa  noite mas isso a gente releva. Demos um dia para se conhecerem e fazer amigos, agora está na hora de conhecer como seus colegas de quarto trabalham e de saber o quão alto estão os seus níveis de trabalho em dupla! Pode juntar com seu colega e mãos a obra. Podem construir qualquer coisa, isso fica a critério seus.

  Cada um tinha formado a dupla mas eu não conseguia achar o alfa do quarto. Sabia que ele era um idiota, agora tenho que ficar sozinho.

  Avistei um cara parado no meio daquelas pessoas, parecia estar no mesmo estado que o meu. Me aproximei. Ele tinha o cabelo castanho, um nariz avantajado e lábios finos.

-Parece que fomos abandonados. - Parei ao seu lado e cruzei os braços. - Park Jimin. - Estendi uma das mãos e ele aceitou.

-Baekhyung. Byun Baekhyung! - Sorriu. - Ômega, solteiro e contra a vontade de estar aqui.

-Finalmente alguém que me entenda. - Levantei as mãos ao céu.

-Desculpa a pergunta mas... Você é um ômega ou beta? Seu cheiro me confunde. Tem um doce forte de chocolate mas uma pitada de cítrico, limão pra ser exato. - Ri, todos me confundem por esse cheiro que eu tenho, os dos ômegas são doces, e o dos betas são cítricos bem fraco mas marcante.

-Ômega. Seu colega de quarto também não apareceu né? - Perguntei.

-Sim! É uma alfa mas é bem esnobe. - Colocou um tom de nojo na voz. - E o seu? Como ele é?

-Em falar nisso, até agora não sei o nome dele. - Ri com a falta de interesse de minha parte. - É um idiota, somente isso descreve ele.

-Alfas sempre são. Já sei. - Levantou o dedo e sua expressão era de quando surge uma idéia e uma lâmpada na cabeça. - Vamos nos casar e dominar o mundo e transforma-lo em universo O, só irá ter ômegas. - Rimos da idéia maluca.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...