História Love Between Boys - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~uchui

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Brigas, Escola, Garotos, Gay, Love, Romance
Exibições 48
Palavras 660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Primeiramente: desculpa a demora(;_;, teve esses feriados e pá...(^.^;
Seguidamente: recebemos recentemente uma mensagem que agradeço muita a essa pessoa(・∀・), que nos alertou de possíveis erros na fanfic, e queria dizer que vamos tentar corrigir o mais rápido possível.(ㆁωㆁ*) E também tentaremos sempre revisar o capítulo antes de postar.(•ө•)♡
E por último: Desculpa se respondermos os comentários tarde.( ´∀`)

Ok, deixa de enrolação!(^o^)
Boa leitura! ʕ•ٹ•ʔ

Capítulo 12 - Twelve


Fanfic / Fanfiction Love Between Boys - Capítulo 12 - Twelve

- Bom dia! - Falou Gustavo todo animado com um sorriso fofo.
- Só se for pra você!- Retruquei com cara emburrada, estava muito chateado de  ontem.

- Nossa o que aconteceu?

- Só porque eu não deixei ele ficar na cama! - Falou Eduardo chegando no cômodo.

- Nossa! Que insensível você maninho!

....

- Iai o que aconteceu? - Alice perguntou mega curiosa.
- Sim, ele esquece das coisas quando está bêbado.

- Viu! O Gustavo não faria isso com meu bebê. Mas como você descobriu isso?
- Perguntei ao Eduardo.
- E ele te respondeu isso do nada!? - Ela fez uma cara maliciosa e eu corei lembrando do ocorrido.
- Sim respondeu! Agora sai porque já tocou, vai pra sua sala.

- MUITO suspeito! Irei voltar pode se preparar e contar!

A aula foi passando até chegar a segunda, e era laboratório, ou seja teria que me levantar para ir ao laboratório.

Cheguei e o professor estava escrevendo coisas no quadro, me sentei e o Gustavo sentou ao meu lado direito e a criatura de cabelos vermelhos sentou no lado esquerdo com uma cara de poucos curiosa.

A aula foi passando e Alice continuava me encarando.

O sino tocou e finalmente pude contar pra ela.

- E então, o que aconteceu?

- Bom... Digamos que...
- Fala logo!

- Eu e o Eduardo... nós...

-Serio isso! Meu deus, já entendi tudo me conta mais!

A Alice estava muito eufórica, eu contei cada detalhe para ela antes do intervalo acabar e ela ir para uma sala diferente da minha.

Sentei em um lugar qualquer e o Gustavo sentou ao meu lado. Queria saber o porquê de ele está sentando perto de mim nas aulas hoje.

Acho que irei saber agora pois ele já estava se posicionando para falar algo.

- É... eu tenho ingressos para um parque de diversões. Queria saber se... Você que ir comigo?

- Claro, porque não!?






Por mais que fosse só um parque, não sabia o que vestir. Passei muito tempo para achar uma roupa e ajeitar o cabelo mas fiquei pronto no horário.

Desci e Gustavo estava esperando, ele me analisou e sorriu.
- Vamos! - balancei a cabeça e nos dirigimos a porta.

..

O parque estava lindo, cheio de Luzinhas e barraquinhas.
- Bom, o festival de fogos de artifícios serão as sete, o que quer fazer nesse tempo ?

Lógico que queria ir nos brinquedos, mas estava com fome e bem que algodão doce cairia bem.

- Ali! - apontei para a barraca de algodão doce fazendo uma carinha fofa. Ele riu mas foi em direção a barraca para comprar.

Ele voltou com quatro, cada um de cores diferentes.

- Pra que isso tudo?
- Não sabia que cor você queria e também você disse que estava com fome!

Peguei dois e fiquei comendo no caminho da roda gigante.

Entramos no brinquedo e continuei a comer. O brinquedo começou e a cara de Gustavo fechou, o que achei estranho.

- Por que você se afastou de mim?
- É...
- Me fala! Eu fiz merda quando estava bêbado? Foi isso
- Sim
- Olha, me desculpa, não sei o que eu fiz pra você ficar assim mas me desculpa.

- Tudo bem! - por mais que eu disse que estava tudo bem ele não parava de pedir desculpa, era irritante mas também era fofo.

Ele finalmente parou quando ouviu o som dos fogos de artifícios.
- Que bonito- ele concordou e continuou olhando para os fogos de artifícios.

Ele colocou sua mão em minha coxa e eu rapidamente tirei.

- eu fiz isso em você foi!? - ele falou com uma cara brincalhona e continuou a avançar para cima de mim. Ele fazia biquinho e eu colocava a mão em sua cara, fiquei gargalhando o tempo todo e ele também.

O dia foi bom, estávamos vem de novo e eu já tinha comido, e isso é o que importa.


Notas Finais


Bye bye
(^^)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...