História Love Between The Dead - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrew Lincoln, Chandler Riggs, Jared Padalecki, Jensen Ackles, Katherine McNamara, Supernatural, The Walking Dead
Personagens Aaron, Abraham Ford, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Dean Winchester, Enid, Gabriel Stokes, Glenn Rhee, Maggie Greene, Morgan Jones, Negan, Personagens Originais, Rick Grimes, Sam Winchester
Tags Personagens Originais, Rick Grimes, The Walking Dead
Exibições 101
Palavras 2.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey amores Olha Eu aqui!

Desculpem de coração a demora,minha preguiça falou mais alto e Eu acabei não postando...Desculpem mesmo!

Bom vamos lá,esse cap está longo e na narrativa do nosso Grimes favorito,Eu passei dois dias escrevendo então ficou longo pra caramba!

Veremos um segredo ser revelado ele se trata sobre John,porém vai abalar muito a Alyssa e a frase que vai fechar o cap será explicada nas Notas Finais!

Espero que gostem!
Lembrando deixem seus comentários Eu vou amar saber!

Bjs Bom cap!!

Capítulo 10 - Capítulo 10-The True.


  "A vida me ensinou a nunca temer ninguém"

*Rick pov's On*

O beijo estava tão bom que nem Eu nem Alyssa percebemos a porta ser aberta novamente.

—Oi Rick,Olá ruivinha,acho que nós três precisamos conversar!-era Jesus.

Alyssa deu um pulo para trás que se Eu não a pego no colo,ela vai direto ao chão.

—Como você fugiu?-perguntou.

Jesus nem teve tempo de responder,alguns do grupo entraram na casa com armas em punho,dentre eles estava Carl.

—Você disse que queria conversar não é?,então vamos conversar-falei.

Coloquei Alyssa no chão e seguimos para a cozinha para conversar-mos,Alyssa se recostou na parede sendo seguida por Daryl,Glenn e Maggie se sentaram em cadeiras próximas,Carl se sentou em uma cadeira próxima a Alyssa e Eu me sentei em frente a Jesus.

—Como conseguiu escapar?-Alyssa lançou a primeira pergunta.

—Um vigia não cobre duas saídas,nós são desfeitos e portas são destrancadas,ciência simples-ele falou.

Pra mim ele estava mesmo era dando em cima de Alyssa e aquilo não me agradava nem um pouco.

—Ah e aliás agradeçam pelo cookie,mandem meus comprimentos ao chefe-Jesus falou.

—Ela não tá aqui-Daryl resmungou.

—Chequei as provisões de vocês,elas estão baixas,bem baixas pera o número de pessoas residentes aqui,anh...59?-falou.

—Mais,bem mais-Maggie falou.

—Você tem alguma comunidade ou lugar?-Alyssa questionou.

—Sim,Eu sou de uma comunidade-ele falou.

—Quantos são?-perguntou.

—Não vou ficar contando tudo ruivinha,a não ser que Eu ganhe um beijinho-falou.

Me irritei e acabei dando um tapa na mesa.

—Ela não vai te dar beijo nenhum e você vai responder-falei.

—Temos algumas pessoas,chequei o arsenal de vocês e caramba,nunca vi nada daquilo a meses,quando roubei o caminhão,achei que vocês eram encrenca mas não são,a minha comunidade procura outras para fechar acordos-falou ele.

—Estão em busca de comunidades para fazer um comércio de trocas?-questionei.

—Seu mundo está prestes a crescer Rick-falou.

Jesus nos contou mais sobre a tal comunidade,ela se chamava Hilltop,decidimos ir até lá,mesmo com desconfianças.

Agora estávamos nos preparando para partir,me encaminho ao trailer com um último galão de gasolina então Carl me para.

—Pai-me chama.

—Diga Carl-falo.

—A quanto tempo você e a Alyssa estão "juntos"?-fez aspas com os dedos.

—Não sabemos nem oque temos e só nos beijamos duas vezes-falei.

Não sábia ao certo como Carl reagiria,quero dizer,ele perdeu a mãe,não sei como ele reagirá a saber sobre mim e Alyssa.

—Ela parece gostar de você-Carl falou do nada.

O olhei sem entender.

—Como?-questionei.

—Ela gosta de você,veja como ela te sorri,como ela te olha,como confia em você-ele falou.

—E você não se encomoda?-pergunto.

—Pai,Eu vejo como você olha pra ela também,você sorri toda vez que a vê sorrindo,você também confia nela-ele falou.

—A onde vamos chegar?-questionei.

—Não me importo sobre estarem juntos,a Alyssa é muito legal e uma boa pessoa devia investir-Carl fala.

O olho com um sorriso,afago seu ombro e me despeço e entro no trailer,lá estavam:Abraham,Daryl, Maggie,Glenn,Jesus,Michonne e Alyssa que se encontrava no banco da frente,será que um dias chegaríamos a ser um casal?,não sei dizer,era estranho,Eu queria protegê-la de todo mal,a tê-la em meus braços quando Eu acordasse,era tão confuso,era como se tudo oque Eu já vivi de ruim se perdesse ao lado dela,ela era como um imã,me sentei no banco do motorista,Daryl fechou a porta do trailer e seguimos viagem até Hilltop,estávamosem silêncio pelo menos onde Eu e Alyssa estávamos mas ela decidiu quebrá-lo.

—Isso tá muito silencioso-falou.

—E isso te encomoda?-perguntei.

—Um pouco,por isso as vezes procuro cantar ou pelo menos ouvir a melodia de alguma coisa,assim o silêncio não é tão assustador-disse ela.

—E você tem uma voz linda-falei.

Sorri,quando Alyssa abaixou a cabeça extremamente vermelha.

—Não exagere Grimes,não exagere-ela falou.

—Não estou exagerando-falei e ela me ergueu o rosto com sorriso.

—Está,mas isso não entra em discussão por enquanto-falou.

Com uma das mãos livres,peguei a mão de Alyssa e entrelacei a minha,ela acariciou minha mão de forma afetuosa,então algo chamou minha atenção,um acidente.

—Rick-Daryl falou.

—É um acidente,Eu vi-falei.

—É o meu pessoal,são o pessoal de Hilltop,meus amigos-Jesus falou.

Paramos o trailer e fomos checar,Daryl seguiu os rastros até oque me parecia uma biblioteca.

—Eles estão aqui-falou.

—Vamos entrar e pegá-los,um de nós fica aqui te vigiando caso for uma cilada-falei.

—Precisam trazê-los de volta,apenas isso-Jesus falou.

—Maggie você fica aqui,se Eu assoviar pode mata-lo-falei.

Ela assentiu e ergueu a arma para Jesus que agora estava sendo algemado por Alyssa,ela o algemou e guardou a chave,Eu,Daryl,Michonne,Glenn,Abraham e Alyssa entramos no local,nos separamos,Alyssa e Eu fomos por um lado enquanto o resto foi pelo outro,ouvimos alguns sussurros,nos entrolhamos e seguimos,Alyssa tinha as espadas em punho numa posiçãode batalha,adentramos uma sala e encontramos duas pessoas.

—São de Hilltop?-Alyssa questionou.

Eles assentiram meio assustados.

—Estamos com Jesus,agora temos que ir-falei.

Os moradores de Hilltop assentiram e nos seguiram atè lá fora onde o resto do pessoal estava,voltamos para o trailer e seguimos viagem,as pessoas conversavam na parte de trásdo trailer,Alyssa estava distraída com uma de minhas mãosaue estavam livres,ela brincava com meus dedos,parecia calma e serena.

Passaram-se mais algumas horas e acabamos por atolar na lama.

—Atolamos-falei.

—Vamos continuar a pé?-Alyssa questionou.

—Não precisa,nós já chegamos-Jesus falou.

Descemos todos,olhando em volta,Jesus gritou para abrirem o portão e eles só abririam caso entregasse-mos nossas armas,sem chance.

—Porquê Não vem buscar idiota?-Alyssa gritou.

—Chega,abram o portão agora-Jesus gritou novamente.

Nos abriram o portão,entramos na comunidade,parecia ser quase como a nossa,porém as casas das pessoas eram trailers,Jesus nos guiou a um enorme casarão,assim que entramos na casa um homem meio velho veio nos receber.

—Jesus,quem são esses?-perguntou.

—Gregory,esses são Rick e seu grupo,vieram para tentar um acordo-falou.

—Certo,primeiro vão se limpar,Jesus mostre a eles onde é o banheiro por favor-pediu.

—Mas que cara exigente-Alyssa murmurou.

—Vou mostrar os banheiros a vocês-Jesus falou.

Ele nos levou aos banheiros,um de cada vez foi tomar banho,já depois de limpos,voltamos para a sala,Maggie foi falar com um tal de Grogory,enquanto o resto de nósesperava na sala.

—Vocês estão juntos?-Abraham questionou.

—Como assim?-Alyssa perguntou.

—Juntos tipo um casal-falou.

Alyssa desviou o olhar meio sem saber oque responder,acho que ela era insegura esse quesito de casal,depois de Lori Eu também passei um tempo assim,acho que ela tinha medo.

—Anh...Eu vou lá fora-Alyssa falou.

Ela saiu apressada para fora,indo pra varanda,Abraham me olhou interrogativo,lhe lançei um olha como quem diz que aquele assunto estava encerrado,pela janela dava para ver Alyssa,ela estava sentada em cima do muro,olhando o nada,meio impaciente,fui até ela.

—Alyssa-a chamei.

—Hum?-ela resmungou.

—Posso te perguntar uma coisa?-questionei.

—Pode falar-disse.

—Porquê quando Abraham perguntou se éramos um casal você ficou inquieta?-questionei.

—Não sei...acho que pode ser medo-falou.

—Medo?-questionei.

—É medo-falou.

—De mim?-perguntei.

—Não,me de te perder,como perdi John-falou.

Então era isso,ela tinha medo que algo me acontesse por isso temia o fato de sermos um casal.

—Nada vai me acontecer Alyssa-tentei consola-la.

Ela me olhou de canto de olho,e voltou a encarar o nada,parecia sei lá,tão linda.

—Não preciso ter medo,sei disso,você é um homem forte Rick,se sobreviveu até aqui é porquê é forte,confio que vá sobreviver e ficar bem-falou.

Ela nem sequer me olhou,parecia distante em pensamentos,acabei olhando para o nada também,então senti um braço fino em minha cintura, me puxando para perto,era a minha ruivinha,pera Eu falei minha?,só podia estar louco,Alyssa me abraçou e se recostou em meus braços.

—Eu só não quero mais perder ninguém-falou.

Antes mesmo que Eu pedesse falar algo o pessoal apareceu.

—Vamos sair daqui-Maggie falou.

—Conseguiu acordo?-Alyssa perguntou se levantando,porém ainda em meus braços.

—O cara é um idiota,não quer acordo-falou ela.

—Vamos então-falei firme.

Todos descemos em direção ao portão,Gregory e Jesus nos seguiam,então o portão foi aberto,três pessoas passaram pelo portão,Gregory questionou sobre mais dois,estavam mortos,por um tal de Negan,então um deles se aproximou de Gregory e o atacou,Maggie e Jesus tiraram Gregory de perto,peguei o cara que o atacou e o joguei no chão,começamos a lutar,o cara acabou com a faca em meu pescoço,Alyssa foi se aproximar,o cara falou umas coisas e acabou distraído,aproveitei esse momento e acabei o matando e me sujando de sangue no ato,me levantei,todos de Hilltop nos olhavam.

—Oque?-questionei.

Então uma mulher se jogou em cima de mim e me acertou um soco,camabalei pra trás,Alyssa apareceu e derrubou a mulher com raiva.

—No chão coisa horrenda-falou.

Acabei por sorrir um pouco,ela havia me defendido.

O choque inicial passou,Jesus falou com os moradores,eles aceitaram e voltaram a seus afazeres,Gregory foi levado para se recuperar e agora ele queria falar com Maggie.

—Eu não entro lá sozinha-falou.

—O cara é tão chato assim?-Alyssa cruzou os braços.

—Chato é pouco,ele é um babaca arrogante-falou.

—Wow,Boa Sorte-Alyssa falou.

—Você vai comigo-Maggie falou.

Alyssa recuou um passo,negando com a cabeça.

—Nem morta e amarrada-falou a ruiva.

—Anda Alyssa,você sabe impor medo nas pessoas e vai cortar as babaquices dele,vamos logo-pediu.

—Se ele falar merda pra mim,Eu chuto as bolas dele-falou a ruiva.

—Feito-Maggie concordou.

As duas seguiram Jesus para dentro para poderem falar com Gregory,longos minutos se passaram, então elas voltaram,ambas sérias e com a posição reta.

—Conseguimos um acordo-Maggie falou.

—Isso bom-falei.

—Porém vamos lutar,com um grupo que se intitula Salvadores,os mesmo que Abraham,Daryl e Sasha enfrentaram na estrada-Alyssa terminou.

—Combate nunca foi um problema pra nós,lutaremos por Hilltop,em troca vocês nos cedem a nossa parte do acordo-falei.

—Olha vocês duas conseguiram com Gregory mais do que o Negan conseguiu em uma ronda aqui por Hilltop-Jesus falou.

Assentimos e seguimos para o trailer guardar as coisas que recebemos,depois de tudo finalizado,Alyssa falou.

—Vamos para casa então-Alyssa falou.

—Eu vou com vocês-um cara apareceu.

—Tem certeza Andy?-Jesus perguntou.

—Já estive em um posto avançado deles,posso fazer um mapa-o tal Andy falou.

—Se for assim...Eu vou também e aliás vocês estão com as minhas facas-Jesus falou entrando no trailer.

Dessa vez Abraham ia dirigindo e o resto de nós ia atrás,Maggie dormia no ombro de Glenn,o mesmo no mostrava a primeira foto da ultrassom de seu filho,a foto foi passada de um a um,até que voltou para Glenn novamente,que sorriu guardando a foto no bolso.

Chegamos a Alexandria,convocamos todos para uma reunião para falarmos sobre os Salvadores,todos estavam dando suas opiniões então Aaron se levanta com um olhar um tanto culpado.

—Acho que sei de quem estão falando-Aaron disse.

—Que Papo é esse Aaron?-Alyssa o questiou.

—Aly...lembra daquela busca na qual John voltou baleado?,então...foram eles,apareceram uns dois ou três homens,queriam nossas coisas...John negou e um tiroteio começou,John conseguiu matar os três porém acabou baleado...ele me fez prometer não te contar mas...Alyssa quando John apareceu aqui em Alexandria,ele estava fugindo de um grupo...Alyssa John fazia parte dos Salvadores-Aaron finalizou.

Olhei Alyssa,ela estava tão branca quanto pepel,lágrimas rolavam grossas por seus olhos,ela tremia incontrolávelmente,Daryl foi se aproximar para ajuda-la,porém ela o empurrou e correu para fora da igreja,sem pensar larguei tudo e corri atrás dela,cheguei ao lado de fora a tempo de vê-la pular o muro,corri para o portão e abri o mesmo o largando aberto mesmo.

Acabei dentro da floresta,conseguia por mais que de longe ver Alyssa,ela tinha uma das saís em punho e cortava o mato a sua volta,acabamos em uma cabana,Alyssa entrou na mesma e parecia ter trancado a porta.

—Alyssa-gritei quando cheguei.

—Sai Daqui-ela gritou de volta.

Sua voz estava abafada,tanto por causa da porta,como por causa de seus soluços e choro.

—Alyssa abre pra mim-gritei.

—Sai Daqui Rick,vai embora-gritou novamente.

—Eu não saio daqui até você abrir essa porcaria-falei alto o bastante para que ela ouvisse.

—Então vai esperar sentado,Eu não vou abrir-gritou.

—Então Eu mesmo abro-falei.

Chutei a porta respetidas vezes até que ela cedeu,Alyssa estava encolhida em um canto,abraçava as próprias pernas enquanto chorava,me aproximei e me sentei ao seu lado a envolvendo.

—O cara que Eu amei tanto,mentiu pra mim...me fez de idiota,colocou a comunidade em risco...Eu fui enganada esse tempo todo-chorava ela.

—Eu sei que não sou a pessoa mais indicada a falar mais...ele só queria o seu bem-falei.

—Bem?,que tipo de pessoa quer o bem da outra mentindo Rick?!,ELE JUROU ME AMAR DURANTE DIAS E NOITES MAS ISSO NÃO PASSOU DE UMA MENTIRA,ELE DISSE QUE NUNCA MENTIRIA PRA MIM E MENTIU-gritou.

—Alyssa,calma,você não está bem,precisa se acalmar,vamos voltar para Alexandria e vamos tirar a situação mais a limpo-tentei.

—Quer saber de uma coisa Rick?-perguntou se soltando de mim e se levantando.

—Oque?-me levantei também.

Ela me olhou.

  —Amar é destruir e ser amado é ser destruído.


Notas Finais


Então??

Bom vamos a explicação da frase,pra Alyssa quando ela entrega seu coração é pra valer,o coração dela ainda era de John apesar de ela estar com Rick,ela estava disposta a amar Rick com todo seu coração e após descobrir que tudo que ela e John viveram foi uma mentira,aquilo a destruiu e a machucou então agora a Alyssa entendeu a frase que muitos de seu passado já lhe falaram.

Rick vai estar lá para ajuda-la e consola-la,muita coisa ainda vai acontecer,principalmente no arco dos Salvadores!

As vezes alguns de nós temos medo de amar...

Beijos e até o próximo!
Não se esqueçamde comentar!
Beijos da Mah!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...