História Love Beyond Time - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens André Alencar, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Omar Ferraz, Priscila Meneses, Téo Cavichioli
Tags Judre, Majo, Primar, Teobela
Exibições 123
Palavras 909
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei! Queria agradecer vocês pelos 54 favoritos e os comentários! Vocês são de mais, e me inspiram a continuar escrevendo e tirando criatividade onde eu achava que não tinha!
Especial 54 favoritos!👏👏👏👏

Capítulo 15 - O pior é que ninguém nunca percebeu o que você está sentindo


Se passaram três dias desde a última vez que eu a tinha visto, três dias que eu recebi a carta, três dias que minha vida virou do avesso.
 Não eu não a culpo por não vim a escola, é muito recente a morte do pai. Mas e a Isa? Ela é mais forte, mas continua sofrendo da mesma forma. Ela havia me dito que não ía adiantar chorar ou ficar em casa deprimida o Orlando ía querer vê-las felizes!
Cheguei no colégio e fui direto para sala. Quando entro me deparei com a figura de uma menina de capuz azul, com sua cabeça apoiada na mesa:
_ Manu?- ela levanta a cabeça e me olha. Ela estava com um coque frouxo e com o nariz vermelho- você está bem?
_Claro! É só uma gripe fajuta (espirra), e por isso que eu não estou vindo!
_ Tem certeza que ela é o motivo?
_ Sim é só ela!
_ Tá bom... Manu você se lembra da sua infância?
_ Vagamente... Renato desliga esse ventilador porquê eu estou com frio- grita para ele que estava entrando na sala- Obrigado... Eu só lembro de algumas imagem e de um garoto.
_Garoto?
_ Sim... Não totalmente só algumas coisas tipo flashes, mas deve ser só coisa da minha imaginação. Por que a pergunta?
_Nada só curiosidade! Cadê o Diego?
_  Ficou comigo esses dias, mas teve que viajar!
_Hum interessante!- não estava com ciúmes em minha legítima defesa... Foi... Foi... Uma preocupação de amigo!
_ Bom dia alunos!- diz a professora entrando- quem é essa jujuba azul?
_ É a Manu!
_ Oi!- ela levanta a cabeça para a professora.
_Que bom vê-la! Mas cá entre nós você está péssima!
_ Eu estou doente!
_ Coitadinha da bichinha!- fala Téo
_ Tá doentinha!- continua André
_ Deixem minha irmã em paz- diz Isa- Só eu posso zoar ela!
_ Vocês ( espirra) são uns ( espirra) idiotas!
_ Obrigado- nós respondemos- mas você não vive sem nós!
_ Isso é verdade ( espirra) 
  ***
_Manu!- digo fechado meu armário e indo atrás dela- Você não está bem!
_Claro que sim!
_ Não você não está! Você quase caiu alí e ainda está queimando de febre!
_ Não, eu tenho que voltar para a aula- fala se virando, mas eu a puxo.
- Se não vai por bem vai por mal!- ela me olha confusa e eu a pego no colo- até que você é leve!
_ Joaquim me solta, eu tenho que ( tosse) voltar!
_Nada disso! Já passaram as provas e você está doente, as matérias podem esperar você voltar!
***
 _ Pronto!- digo a colocando no sofá- espera aí que eu vou procurar um remédio!
_ Eu já estou bem- diz tentando se levantar mas quase cai
_ Nossa muito melhor- coloco ela novamente no sofá- Sua mãe sabe que você tá quase morrendo?
_ Não ela nem veio me ver nesses dia( tosse), eu já me acostumei com isso!
_ Como você se acostuma?
_ Foram anos aprendendo a se virar, uma hora você se acostuma!
~Isa~
Estava em casa deitada no colo do Téo:
_ O que você tanto pensa?- ele me pergunta
_ Se a Manu está bem!
_ Como vocês mudaram... Em alguns anos atrás era ela que estaria falando isso.
_ Ela sempre cuidou de mim eu só posso retribuir!
_ Mas sua mãe sabe que ela tá doente?
_Saber sabe, mas não demostrou nenhum sinal de preocupação... Foi eu e o Ota que cuido dela durante esses dias... Na verdade durante esses anos!
_ Como assim?
_ Foi a gente que ajudou a Manu a passar por tudo... Que acordava todas as noites com ela gritando... Que ajudou com a depressão.
_ Você não acha que ela está se fazendo de forte?
_ Eu a entendo... Passar pelo o que passou nenhum adolescente saberia passar... Mas vamos aos fatos o mundo não foi muito legal com a minha irmã!
~Joaquim~
_ Olha Joaquim sua parede é brilhante!
_ Manu você tá delirando!
_ Claro que não!(tosse)
_ Você disse que viu o Ed Sheeran, e que ganhou mil enroladinhos!
_ Mas é verdade!
_ Você tá com muita febre, acho que vou ter que compra um remédio.
_ Não, não fica!
_ Mas você...
_ Eu vou ficar bem... Eu só não quero ficar sozinha... De novo- sussurrar a última parte 
_ Você se sente sozinha?
_ As vezes( tosse)... É normal se sentir sozinha? Acho que não, mas minha mente já se acostumou a viver solitária!( Tosse) Não é uma vida muito agradável se é o que está pensando, mas é minha vida! Sabe ficar o dia deitada no quarto sem poder conversa ( espirra) é difícil. O pior é que ninguém nunca percebeu o que você está sentindo( tosse)... Eu devo mesmo está delirando.
_Por quê?
_ Estou abrindo meu coração... Você não vai sair né?
_ Não!
_ Senta aqui- diz é eu sento e ela deita a cabeça- você é quentinho!... Obrigado ( boceja)
_ Por?
_ Sempre cuidar de mim!- ela fala já fechando os olhos e pegando no sono.
_ É - digo mexendo em seu cabelo- Eu realmente te amo!

 

Foi naquele momento em que nós dois percebemos  o que a tempos todos diziam... Só que eu demorei a me entregar realmente... Só espero te ver novamente e pode dizer a mesma coisa " Eu realmente te amo"


Notas Finais


É isso, só para lembra no começo da fanfic apareceu 2 anos antes, que é na época que estamos agora e as palavras em negrito são o momento certo que a fanfc parou!
Fora isso até mais! #RUMOAOS60FAVORITOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...