História Love by Accident - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!jungkook, Jikook, Jungkook!trans, Minimignon, Minkook, Mpreg, Namjin, Repostada, Seme!jimin, Taeseok, Tops!yoongi, Traição Dupla, Yoonkook
Visualizações 130
Palavras 1.966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente linda, como vão vocês? Sentiram saudades? ♡

Espero que gostem do capítulo, ele já foi betado. :)

Capítulo 2 - Sobre ir ao apartamento de Yoongi e voltar sozinha


Fanfic / Fanfiction Love by Accident - Capítulo 2 - Sobre ir ao apartamento de Yoongi e voltar sozinha


Quando a aula chegou ao fim, Jeon fez questão de ir a uma lanchonete com Hoseok, entretanto já estava se arrependendo. Jung estava olhando para um garoto de sorriso quadrado nos lábios já fazia uns três minutos e isso estava incomodando ela, afinal, nem receber atenção do amigo, estava recebendo. 



— Se você gosta dele, chame-o para sair! — A menor colocou sua cabeça encostada no ombro do amigo e suspirou cansada, odiava ser ignorada. — Ele é muito bonito... 


— Não é? — Sorriu afetado. — Eu já chamei, mas... Ele me deixou plantado. — Suspirou derrotado. — E eu até perguntaria o motivo, porém algumas horas depois eu passei na rua dos prédios onde seu namorado mora e vi Taehyung andando com o Park por lá, acho que ele tá afim do Jimin. — Jeon ergueu o olhar para o amor platônico de seu amigo e imaginou ele com o Park, os dois não combinavam, não mesmo. Não que estivesse vendo aquilo por um âmbito pessoal, não, ele não estava. 


Contudo, se estivessem tendo algo, o garoto bronzeado deveria se preocupar, pois os beijos deixados bochechas de Park pouco mais cedo, não pareciam ter sido feitos pelo garoto a duas mesas a frente de Jeon, afinal, o mesmo não usava nenhum tipo de batom e muito menos gloss. 



— Você é mais bonito que o Jimin, aposto que encontra alguém melhor. 


— É, quem sabe você não termina com o Yoongi e fica comigo... — Deixou no ar a fazendo corar e riu alto por isso, atraindo a atenção de um certo Kim, esse que notava o olhar de Hoseok desde que chegou na lanchonete. — Mentira, você não faz meu tipo. 


— Aish, que fora! Jeon abriu um sorriso para o amigo e puxou um novo assunto enquanto Yoongi chegava todo suado e ofegante por ter corrido ao encontro da namorada. 


— Aonde você vai depois daqui? — ele a questionou. Jungkook pegou sua toalhinha de dentro da bolsa e passou no rosto do namorado para tirar um pouco do suor. 


 — Vou à casa do Jung-Hyung, por quê? 


Yoongi revirou os olhos puxando Jungkook pela cintura a colocando em pé. — Você sempre vai pra casa dele e eu que sou seu namorado acabo deixado de lado. — Falou com o mesmo drama de sempre e Jungkook sorriu sentido com as palavras do esverdeado. 


 — Não fala isso Yoonie, você sabe que eu te amo muito. — Falou manhosa e Yoongi sorriu ladino ao saber que a mais nova estava cedendo. 


— Que tal você ligar para o seu irmão e falar que não pode ir hoje a casa dele? — Jung revirou os olhos indo pagar a conta e deixou o casal conversando mais a vontade. — É só hoje, amanhã você vai pra lá. 



Jungkook parou para pensar um pouco, mas acabou concordando. Pegou seu celular avisando ao seu Oppa que não poderia ir para casa dele porque estava cheio de deveres a fazer e então findou a ligação. Jungkook não gostava de mentir para seu irmão, mas essa era a única forma que convenceria o mais velho. 


 […]


 Assim que chegaram ao apartamento do esverdeado Jungkook prendeu a respiração por causa do fedor que estava no local. 


Jungkook entrou no apartamento e viu a caixa de pizza estragada em cima da mesa, meias ao chão e algumas garrafas de bebidas espalhadas pela sala. Sem se conter pegou a caixa de pizza e jogou no saco de lixo. Olhou em volta da casa e suspirou cansado começando a limpar o local, enquanto seu namorado se preparava para tomar um banho. 


A morena limpou a sala, a cozinha e o quarto do namorado, a mesma já era acostumada com a bagunça de Yoongi, então ela sempre arrumava para o maior. 



Assim que terminou de limpar e organizar tudo, desceu as escadas e deu um pulo quando viu Jimin entrar pela porta. — Oi princesa... 



Jungkook corou quando se lembrou do acontecido mais cedo e apenas acenou com a cabeça cumprimentando o outro. Jimin sorriu com a atitude dela e foi para cozinha, já a morena ficou se perguntando o porquê do ruivo estar no apartamento do seu namorado. 



 — O que ele está fazendo aqui, Yoonie? — Sussurrou para o namorado que estava enxugando os cabelos ao pé da escada. 


O esverdeado se lembrou de que não tinha contado para Jungkook que Jimin era o seu primo, coisa que não faria nenhuma diferença para si. — Ele é meu primo, princesa. 


— Tudo bem, mas o que ele está fazendo aqui? 


— O apartamento dele está reformando e por isso vai ficar alguns dias aqui, é coisa rápida. 



A mais nova assentiu e seguindo o ruivo entrou na cozinha, vendo o mesmo pegar um pacotinho de lámen para fazer, causando uma risada baixa na morena. 



— Como acende esse fogão? — Jeon pegou o pacote das mãos alheias negando com a cabeça e colocou o miojo sobre a bancada, para depois se esticar e pegar algumas panelas no armário novo do namorado. 


— Pode deixar que eu faço o almoço. 


— Já que insiste. 


 [...]


 Assim que terminaram de comer a garota pegou os pratos indo para cozinha, a morena começou a lavar a louça e em alguns segundos sentiu alguém envolvendo braços em volta de sua cintura. — Não faz isso, o Jimin pode ver. 



Yoongi apertou a cintura da menor mais ainda, podendo ouvir um suspiro contido da namorada. 



— O que Jimin pode ver? — A prensou contra a pia. — Vamos lá para o quarto então, hm? 


— Yoonie não podemos, não quero causar uma má impressão no seu primo, sem falar que está tarde. — Jeon empurrou seu namorado com o quadril limpando a mão no avental e o tirando em seguida. 



O namorado negou, puxando-o para perto de seu corpo. 



— Não faz assim, é só você gemer baixinho e… 


— Atrapalho? Jeon corou dos pés a cabeça e envergonhada de ser pega aos "amassos" com o namorado, se curvou pedindo várias desculpas, já o Min olhou de cara feia para o primo, quase o fuzilando com o olhar. 


— N-não, eu já estava indo embora. — Jungkook falou com rapidez, olhando para os seus pés, esperando Yoongi se oferecer para levá-la em casa. 


— Mais já amor?— Jungkook assentiu. — Tudo bem, se quiser eu posso chamar um taxi para você. — Yoongi ofereceu pegando o celular e digitando algo com um sorriso no rosto, antes de guardar o aparelho e dar dois tapinhas fraco no ombro da namorada. — Vai querer? — ela olhou incrédula para o namorado e depois para Jimin, este que deu de ombros. 


— Boa noite, Jiminnie... — Sorriu entristecida para o ruivo e saiu da cozinha, indo para a porta. — Tchau, Min Yoongi! Yoongi percebeu que sua namorada havia ficado com raiva por ele não a levar em casa e suspirou cansado. 


 — Não vai me dizer que ficou com raiva? — Foi na direção da morena, essa que fechou a cara, ainda esperando pela gentileza do namorado. — Olha, amanhã a gente conversa, okay? Aqui, toma o dinheiro para o taxi. — Tirou o dinheiro da carteira e ofereceu a garota. 


— Você é um grande idiota! — Não esperou resposta e saiu do apartamento com raiva, batendo a porta com força no processo. Que Yoongi lidasse com a multa que levaria do síndico pelo excesso de barulho. 


— Viu do que ela me chamou?! 


— Claro, eu concordo com ela. 


[...]


 Jungkook estava voltando para casa sozinha pensando no quanto o namorado era um completo babaca por não a levar em casa, o que custava a deixar em casa? Iria quebrar as pernas levá-la de moto? Isso deixava a mais nova frustrada e com uma enorme vontade de bater no Min. 


 Dobrou a esquina vendo a falta de iluminação daquela rua e nesse momento se arrependeu amargamente por não ter pedido um táxi para voltar pra casa, mas era orgulhosa de mais para aceitar o dinheiro de Yoongi, porém odiava mais ainda passar em ruas escuras. Quando já estava no final da rua um arrepiou passou por seu corpo e então apressou os passos, desconfiada. Virou em uma esquina e viu dois homens altos e magros conversando. 


Jeon atravessou a rua e olhou para os lados não vendo ninguém. 


A ideia de correr passou por sua cabeça, entretanto assim que tentou sair correndo um dos magricelas segurou em braço deixando-a em alerta. 



 — Onde já se viu uma princesa tão linda andar sozinha pelas ruas? — Provocou o de jaqueta escura, este que segurava em seu braço com força. 


— Me solte, ou eu vou gritar. — Falou alto e claro, arrancando risadas dos dois desconhecidos. 



O de jaqueta mais clara segurou o queixo da menor o levantando, fazendo Jungkook olhar no fundo de seus olhos. 



— Se você gritar que será pior. — Abriu um sorriso nos lábios que logo foi desfeito quando a mais baixa cuspiu em seu rosto velho. 



Quem a segurava soltou a garota para ajudar o amigo e essa foi á brecha para Jungkook correr até a próxima esquina, e assim que correu um quarteirão inteiro foi puxada com força para dentro de um beco. 


Jeon até tentou gritar por ajuda, mas sua boca foi tampada e seu corpo prensado na parede fria e gelada, fazendo a pequena Jeon estremecer e se recusava a abrir os olhos, não tinha coragem para fazer aquilo. 


 A mão que estava sobre sua boca desceu por seu corpo e alisou sua estreita cintura com leveza, a respiração alheia que antes estava contida chocou-se contra seus lábios e Jungkook não aguentou, abriu os olhos e os arregalou ao ver Park analisar seu rosto alvo. 



 — J-Jimin? — O ruivo colocou um dedo sobre os lábios finos da mais nova e suspirou novamente ao sentir a textura macia dos lábios entre seu dígito. 


Jungkook era muito perfeita. 



— É perigoso você ficar andando por aí sozinha. — Pegou na mão da morena e seguiu pelo beco adentro — Sua casa é por aqui? — A menor assentiu envergonhada por estar de mãos dadas com o ruivo ao seu lado. — O que foi? — perguntou curioso. 


— É que você... — Apontou para as mãos entrelaçadas e Jimin riu sem graça apertando um pouco a mão da garota. 


O ruivo dobrou a outra esquina pensando em algum assunto para puxar e riu descendo o olhar. — Ér... Seu vestido não está muito curto, não? — Apontou descaradamente para o vestido da namorada de Yoongi, causando um revirar de olhos da menina. 


 — Você é o terceiro que fala isso hoje. — Formou um bico nos lábios que fez o ruivo desejar seus lábios naquele mesmo momento, mas se conteve em desviar o olhar outra vez. 


— É aqui! — Apontou para uma casa azul marinho de dois andares com um gramado lindo e olhou para o líder do time do futebol agradecida. — Muito obrigada, Jiminnie! 



A menor se aproximou do mais velho, corada, e lhe deu um selinho demorado na bochecha esquerda, mas Jimin não satisfeito agarrou em seu braço de leve e de surpresa lhe deu um selinho demorado. 


A primeira coisa que o Park pensou era que levaria uma bela bofetada na cara, todavia para sua surpresa Jeon não se afastou, na verdade, segurou na sua camisa de uniforme do time, como se estivesse com medo do ruivo se afastar. 


Jimin não se conteve, chegou a sorrir em meio ao selar ao sentir os lábios vermelhinhos se moverem contra o seu e segurou na cintura estreita da Jeon, pensando em aprofundar o beijo, coisa que não aconteceu. 



— Mas o que é isso?! 



Notas Finais


Povinho, chega mais aí.

O capítulo atrasou porque eu demorei mandar para a Mochi corrigir, foi mal gente linda. <3

Prometo postar mais rápido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...