História Maldito Destino... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Jack & Jack, Josh Peck, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Sam "Wilk" Wilkinson, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Hailee Steinfeld, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Josh Peck, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes
Exibições 35
Palavras 813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Carol


Fanfic / Fanfiction Maldito Destino... - Capítulo 6 - Carol

POV KATH: 

-Me devolve o meu celular, mãe. 

-Não, Katharina. Quando você aprender a se comportar eu devolvo. E você tá de castigo por uma semana. 

-ME COMPORTAR? O QUE SIGNIFICA SE COMPORTAR PRA VOCÊ? EU FICAR EM CASA CHORANDO E SOZINHA PORQUE A UNICA PESSOA QUE FICAVA COMIGO DESDE CRIANÇA VIAJA E NÃO PARA MAIS EM CASA?-ela ficou em silêncio assim como o meu pai- Aonde você estava quando eu chegava chorando da escola com 9 anos porque os meninos pegavam no meu pé? E você pai?- me virei pra ele- Aonde você estava, quando eu ficava doente?- eles abaixaram a cabeça- Pois é,   então não reclamem por eu não saber o que fazer dentro de casa sem o Josh. Mas não vou contrariar você, mãe. Eu fico de castigo. 

-Mas e a escola?- meu pai perguntou pra ela.

-É sério?-me virei pra ele novamente- Eu terminei a escola a três semanas. Eles me passaram. Sim, pai. A sua filha é inteligente, não é só uma coisinha fofa. 

Eu não podia acreditar que estava de castigo por tentar me ocupar pela ausência do meu irmão, eu perdi o meu encontro com o Shawn, e nem pude ligar, pelo menos me deixaram buscar a Carol na sexta a tarde. Decidiram me liberar do castigo, mas não sei aceitei, então depois eu decidi sair do castigo dois dias antes... Em vez de sair no domingo, sairia na sexta. 

SEXTA-FEIRA  

Acordei e o meu celular estava ao lado da minha cama, mandei mensagem pra Carol pra saber que horas ela chegaria, três e meia foi a resposta dela. Tentei ligar pro Shawn e mandar mensagem, mas não consegui. Desci e meu pai tava sentado na mesa com a minha mãe. 

-Bom dia.-disse me sentando e começando a tomar o meu café- Mãe, posso pegar o carro hoje a tarde?

-Pode, mas toma cuidado. 

-Hoje eu vou chegar mais cedo.-pai - Quer jogar boliche?- quase engasguei.

-Só nós dois?

-Não.- fiz uma cara de tédio- Sua mãe também- abri um sorriso. 

-Também gosto de me divertir- dei risada. 

Ficamos conversando e brincando, meu pai foi trabalhar logo em seguida, minha mãe é designer de interiores e me pediu ajuda para escolher umas flores para o Jardim de Inverno de uma cliente. Desde a briga de domingo eles tentaram se aproximar mais de mim, mas só comecei a aceitar hoje. Quando me dei conta já era duas e quarenta e cinco. Mandei mensagem pro pessoa avisando que encontraria com eles as três na cafeteria. Me arrumei rapidamente (look 1) e me despedi da minha mãe. Sai de casa só com o meu celular e com as minhas chaves. 

Fui dirigindo o carro ouvindo música, as únicas musicas que eu escuto são em espanhol, não ouça musica em outras línguas. Cheguei na cafeteria e estacionei o carro em frente, assim que eu entrei ouvi o Lari falando com o Ian. 

-A Kath não pode ver isso...-Lari.

-O que eu não posso ver?

-NADA SUA LINDA- o Ian tentou me empurrar.

-Kath? Oi!- a Hailee veio até mim e me abraçou- Tudo bem?

-Oi Hailee. Tudo e você?O que faz aqui, você não costuma vir mais tarde?

-Ai eu tô bem. Meu namorado quis vir mais cedo. E você? Amor, vem cá.-ela chamou o namorado dela. 

-Eu vim encontrar umas pessoas pra...- O Shawn apareceu, e eles se beijaram- Pra ir buscar uma amiga no aeroporto. 

-Ah, Shawn, essa é a Kath, ela é filha de um dos sócios do meu pai. E Kath esse é o ...

-Eu sei quem ele é... -disse séria, o JJ e o JG chegaram.- Bom Hailee, -entrelacei os meus dedos no do JJ como o de costume- Temos que ir, depois a gente se esbarra.- Saímos todos da Cafeteria.

-Isso foi bem estranho- Lari.

-Cala a boca, Larissa. 

Fomos ao aeroporto e ficamos esperando a Carol chegar, assim que ela chegou falou com todos e se apresentou pro JG. Quando estávamos saindo do aeroporto ele me segurou pelo braço. 

-Essa é a Carol?

-Ela mesmo. 

-Nossa!

-Não fica animadinho... Da fruta que você gosta ela chupa até o bagaço.

-Tá de brincadeira?- ele me disse sério.

-É claro né, Jack- disse rindo- Só te aviso pra não ter grandes esperanças. 

-Impossível...-ele mediu ela de cima a baixo. 

Meu celular vibrou com uma mensagem, desbloqueei e não pude acreditar.

"SM: Posso falar com você? 

KPP: Decidiu desbloquear o meu número, Shawn?

SM: Desculpa, vamos conversar. Percebi como você ficou diferente na cafeteria.

KPP: Você realmente é lindo, mas não é o único cara lindo do mundo.

SM: Por favor, Kath. 

KPP: Me mira mas me erra. Iguais a você por ai tem vários".

A Lari me chamou e todos nós saímos daquele aeroporto. Eles queriam ir pra cafeteria, mas eu os convenci de ir em uma lanchonete.

Preciso começar a evitar aquele lugar. 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...