História Love Complicated - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Dimitry, Kentin, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Viktor Chavalier
Exibições 26
Palavras 1.623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


DESCULPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU JURO QUE TENTEI POSTAR ONTEM E MAIS CEDO SÓ QUE O C# DO MEU CELULAR QUIS DAR DE C# DOCE DE NOVO E FICA TRAVANDO E AGORA EU TO NO PC DA MINHA AMIGA POSTANTO O CAP, AGRADEÇAM A DADA POR ME EMPRESTAR O PC SE NÃO NEM POSTANDO EU TAVA SO NA QUINTA

dada te amo. i love. vlw

(imagem na multimídia, não é de minha autoria) fiquem com o cap, amo vcs <3 <3

Capítulo 15 - Beijo?!


Fanfic / Fanfiction Love Complicated - Capítulo 15 - Beijo?!

*Ávila on *

depois da escola como sempre sai com o Castiel pra casa dele, ou pelo menos eu acho que estamos indo pra casa dele agora porque de tanto eu ir eu ja decorei como ir pra casa dele da escola.

o Castiel virou a esquina e eu vi... é, com certeza não estamos indo pra casa dele. Merda velho eu ja fui estrupada... ta eu não fui estrupada no porão até porque eu não queria que a merda da diretora tivesse interferido e eu ainda me xingo por isso ate hoje. Mais que o que? o Ruivo tem pegada, um abdômen per-fei-to, sabe me causar arrepios e é super "Bad boy" porque por dentro é uma manteiga derretida. Se existir algum Homem mais gostoso que este a minha frente avise que eu vou lá conferir, do meu jeito.

Àvila: o Ruivo, aonde vamos? - Falo apertando mais a cintura dele

Cast: Surpresa - que merda Castiel, sabe que sou curiosa porra

Àvila: Fala logo o Ruivo, sabe que não gosto de surpresas 

Cast: Aprende a gostar então, não vou falar princesa desiste - esqueci de mencionar que esse idiota só me chama disso agora

Àvila: Viado filho da mãe! - eu não to vendo o rosto dele mais eu tenho certeza que ta com um sorriso pevertido nos labios 

Cast: Vou te mostrar quem é o viado quando chegarmos - merda! eu e minha boca 

Mais porque não provocar um pouco? to mexendo com fogo? to, eu me importo? nenhum pouco 

Àvila: Eu não preciso que você prove que é viado, no porão ja tive prova o suficiente que você não tem pegada, é uma barata tonta que não satisfaz nenhum gosto das mulhe- - e eu não pude mais falar porque o Ruivo freou a moto contudo e quase eu voo por cima dele e taco a cara no chão - TA LOUCO RUIVO! QUE MATAR A GENT- - Ele desce da moto e me vira pra ele, o filho da mãe me beija contudo

È claro que o que eu falei era mentira, como eu disse antes ele sabe muito bem o que faz e é uma delicia por debaixo das roupas. O beijo do Castiel tem gosto de menta misturado com ciagarro, não é ruim pelo menos não pra mim, ele sabe como me deixar quente de uma hora pra outra e é por isso que odeio tanto esse Ruivo chato e Gostoso

Cast: O que você tava dizendo? - ele quebra o beijo e fala perto do meu ouvido com uma voz rouca carregada de malicia. Puta merda eu vou matar o Castiel

Ávila: Que você é um viado que não tem pegada - ele me beija de novo e desça vez eu juro que ate meu nome eu esqueci, que dia é hoje mesmo?

Cast: E agora princesa? - sussurra e morde o lóbulo da minha orelha

Àvila: E agora o que? - pergunto confusa e um pouco zonza pelo beijo feroz do Ruivo

Cast: Quem é o viado sem pegada? - morde meu labio inferior 

Ávila: Ainda é você Ruivo - Mentira, quase esqueço se era dia o noite depois desse beijo - a onde estamos? - Pergunto antes que a gente transe ali mesmo

Cast: Em um Park - olho em volta e vi a entrada do Park e um tiozinho vendendo algodão doce pras crianças

taco o foda-se no Castiel e desço da moto as pressas e vou no tiozinho igual uma loca

Cast: O ÁVILA! - ele grita e repito, taquei o foda-se nele, me trouxe por Park agora tem que me aguentar

depois de eu te chegado na fila do tiozinho do algodão doce e ter brigado com um monte de crianças que queria passar a frente e os pais brigando comigo pra eu deixar porque eu não tinha idade pra se trocar com uma criança de 6 anos de idade por causa de uma fila, eu e o Ruivo decidimos ir na Montanha Russa

Cast: Eu não acredito que você fez aquilo - Castiel tava com a mão no rosto desacreditando na cena que eu fiz na fila da pipoca - Você, não.

Ávila: Fiz e ainda faço de novo, ninguém mandou aquele coroa furar a fila e to pouco me fodendo se ele tava com uma criança, fila é fila

depois do algodão doce eu ainda fiquei com fome e o Ruivo quis pagar uma pipoca caramelada pra mim, mais na fila um coroa furou a fila passando na frente de todo mundo. Até da minha com um menino de 3 anos nos braços, o que eu fiz? mandei o cara voltar pro fim da fila que só porque ele ta com uma criança de 3 anos no braço que ele tem direito de furar. o cara olhou feio pra mim e eu disse "Cara feia pra mim meu querido é fome viu? então ve se vai até o fim da fila e espera a tua vez pra comer, talvez assim essa cara de merda da tua cara suma,se é que não é sua cara natural mesmo" e de extra ainda mandei língua pro cara. Aviso: Nunca fure uma fila comigo nela. E o Castiel só ficou olhando o barraco com o resto do pessoal da fila

Chegamos na Montanha Russa e fomos eu e ele e mais 3 casais, Castiel e eu fomos na frente e ele ficou falando "Se tiver medo e tou aqui princesa" falei " O viado aqui é tu e não eu"  morri de rir dacara de bravo que ele fez, " vamos ver o viado quando formos pra minha casa" finalizou e a montana russa começou

Ávila: HAHAHAHAHAHAHAHAHA MAINHA SOCORRO HAHAHAHAHAHAHA 

Cast: ~~ vomitando ~~

Ávila: Ai pera, caio uma lágrima aqui kkkkk 

Quando descemos da Montanha Russa o Ruivo correu pro Lixo mais perto e começou a vomitar. Meu protetor gente!

Cast: Vai se lascar Àvila - falou depois de parar de vomitar, com cara de poucos amigos - sua culpa por mim entupir  de comida

Ávila: Ou sua por ser mole demais - ele me olhou com raiva e eu ri mais ainda

* Alice on *

Antes de algo acontecer a porta é aberta, revelando uma loira aguada com cara de que, quem comeu e não gostou. Ela também ficaria melhor com um murro meu e um olho roxo por atrapalhar  seja lá o que ia acontecer

Amber: O que essa vadia estar fazendo na minha casa? - Depois aparece morta e ninguem sabe por que

Alice: Correção. A vadia aqui é você e a casa não é sua - Nath senta na cama e eu também

Amber me olha com cara de como fosse me matar a qualquer hora. Ela pelo menos pode tentar

Nath: O que você que no meu quarto Amber?

Amber: É que eu senti o cheiro de vadia e quis conferir pra ver se achava uma 

Alice: Você deve ter se confundido com seu próprio cheiro, acontece.

Nathaniel percebendo o clima pesado abraça a minha cintura pra eu não pular em cima da irmão dele, ainda bem que ele sabe que eu quero pular no pescoço dela

Amber: Eu não confundi não, tive a certeza agora 

tentei  segurar a vontade de matar a puta a minha frente até por que eu tava na casa dela, tirei as mãos do Nath com delicadeza pra ele ter certeza que eu não pularia no pescoço dela, meio relutante ele soltou

Alice: Eu vou pra casa, desculpe incomodar - sai de lá sem esperar um tchau do Nath, peguei minha bolsa e sai da casa dele

senti passos apressados atrás de mim e eu já sabia que era

Nath: Alice espera - eu parei - Desculpa pela minha irmã

Alice: Nath, eu tenho que ir

Nath: Espera - ele me virou pra ele - Não posso deixar ir embora antes 

Alice: Antes do- - ele me puxa pela cintura e me beija

* Andressa on * 

Lys: Você as vezes é muito ingenua Andressa... - fala com a voz Rouca e falha, quase que um sussurro

Andressa: L-Lys? - me belisco pra ver se não era um sonho - Aí!

Lys: Quantas vezes eu vou ter que dizer pra parar de se beliscar? -  ele aperta um pouco mais a minha mão

Andressa: Não é um sonho? - ele balança a cabeça negando - LYS! - pulo em cima dele e em resposta escuto um gemido de dor do mesmo - Desculpa! - Saio de cima dele envorgonhada

Lys: Tudo bem, quanto tempo eu fiquei desacordado, três dias?

Andressa: D-Duas s-semanas - falo e o Lys arregala os olhos

Lys: O que? Desculpa Dessa acho que não escutei direito - pergunta ainda surpresa

Andressa: Você ficou Duas semanas desacordado

Lys: È brincadeira? - nego com a cabeça - Você ta bem? - pergunta do nada

Andressa: No mesmo dia eu acordei - ele suspira aliviado - Mais você me preocupou

Lys: Desculpe 

Andressa: Eu que peço desculpas e agradeço, graças a você o medico disse que so tive alguns arranhões

Lys: Que bom! - eu levanto da cadeira - onde vai?

Andressa: Chamar o seu irmão, ele também estava preocupado - ele sorri - logo eu volto! - do um beijo na bochecha dele e saio

acho Que foi coisa da minha cabeça mais, acho que vi o Lys ficar vermelho, e eu tenho certeza que eu fiquei vermelha
 
           * Narradora on *

na escola Sweet Amoris, uma garota de Cabelos castanhos, olhos azuis e pele clara. Blusa curta e calça rasgada da parte da cocha ate o joelho, ela desce da moto e Para em frente ao portão da escola 

???: Me espere gatinho, estou de volta!

continua...

 

 


Notas Finais


gente o cap aparecer bugado em algumas partes ou atè faltando assentos è culpa do pc da Dada que ta uma "belezura" então desculpae vlw Dada

AMO vcs e se gostaram não esqueçam De Comentar e favoritar
Depois eu tento concerta os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...