História Love Complicated - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Dimitry, Kentin, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Viktor Chavalier
Exibições 20
Palavras 1.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


olha euuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu irruuuuuuuuuuuuuuuuuuu

gente o cap vai ser um pouco curto pq to apressada pra sair
talvez eu poste amanhã bjs <3

amo vcs boa leitura ;-)

( imagem na multimidia não é de minha autoria)

Capítulo 16 - Algo estar acontecendo


Fanfic / Fanfiction Love Complicated - Capítulo 16 - Algo estar acontecendo

* Alice on*

Não era um beijo rapido, era um beijo calmo com muito amor, ele me apertava em seusbraços com tanta delicadeza como se eu fosse quebrar a qualquer momento, levo meus braços até seus cabelos loiros e brincando com os mesmos em meus dedos, nossas línguas estavam numa guerra e ele a estava ganhando sem problemas e eu gostava disso.

infelizmente tivemos que quebrar o beijo para respirar, ele continuava com as mãos ao redor de minha cintura e eu com as mãos em seu pescoço. Olhava-mos fixamente um para o outro 

Alice: o q-que - - paro de falar quando alguém me puxa dos braços do Nath

Nath: AMBRE, O QUE PENSA QUE TÁ FAZENDO?

respiro fundo antes de tirar os braços dela de mim e virar pra ela, meu olhar nela tava tão raivo que duvidava se ela poderia morrer com meu olhar ou não 

Ambre: ESTOU TE LIVRANDO DE UMA PUTA! NUNCA MAIS AGARRE MEU IR- - dou um tapa na cara dela

Alice: A PUTA AQUI É VOCÊ E SEU IRMÃO QUE ME AGARROU NÃO EU - ela bota a mão onde eu disferi um tapa nela - E SE VOCÊ SE METER ENTRE EU E NATHANIEL DE NOVO, SERÁ MAIS QUE UM SOCO QUE VOCÊ VAI LEVAR - me viro pro Nath e vou determinada até ele, puxo sua gravata e selo seus lábios nos meus - tchau

Nath: T-tchau - tinha um sorriso bobo no rosto

Me virei novamente para ir embora. passo pela Ambre e ouço ela dizer " Me espere" estarei esperando sentada loira varrida. 

(...)

chego em casa e não tinha ninguém, pelo menos não ouço música nenhuma do quarto da Karen e da Àvila. subo pro meu quarto esperando encontrar a Andressa lá, mais não tinha ninguém.

Ai eu me lembrei que ela foi no Hospital ver o Lysandre, e não sei porque sinto que ela não vai voltar hoje pra casa. Acho melhor eu ligar pra ela. pego meu celular e disco o número decorado

~~  Ligação on ~~

- Alô, Andressa?

- Oi maninha maravilhosa, como foi o encontro - ela parecia de bom humor  

- E-eu te conto depois - ela murmura um " ok  " - e pelo seu humor algo de bom deve ter acontecido com o seu namorado

Sim, ELE ACORDOU! e ele não é meu namorado - escuto um " ele ta te chamando " parecia o namorado da Rosa - tenho que ir maninha o Lys ta me chamando, beijos

certo, beijos 

~~ Ligação off ~~

Alice: Merda, esqueci de pergunta se ela vai dormi aqui em casa 

Jogo meu celular na cama e me jogo também, na mesma hora a campainha toca. Posso nem mais ficar em paz nessa porra agora. Me levanto da cama e vou igual a um zombi até a porta, até pensei na possibilidade de tacar a vassourada na cara da pessoa que me fez levantar da cama, e a pessoa toca mais uma vez.

Alice: Já vou, Já vou - Abro a porta e me arrependo na Hora de não ter pego a cabo de vassoura - o que faz aqui, Melissa?

* Karen on*

Já estava-mos no caminho de minha casa e Alexy não para com aquele tipico olhar dele de " Preciso te contar algo " e o pior que parecia importante, olho pro Armin e ele olha pra mim e da um sorriso, que sorriso!

Armin: Entregue minha linda - Idiota, lindo e fofo. PARA DE SER ISSO COISA! 

Karen: C-Certo - ele nem liga ou esquece da existecia do Alexy ao nosso lado e me puxa pra um, beijo rápido, tento fazer durar mais mais ele nos separa. QUE MERDA ARMIN! COMEÇO TERMINA CACETE

Alexy: Olha que ótimo, mais Ka, pederia deixar a vela aqui ficar um pouco? - Nem prestei atenção no que ele disse, so murmurei um "tá" com mal humor. Culpe o Sr. Armin por isso

Armin: Que foi? 

Karen: Ainda pergunta? - viro o rosto pro outro lado fazendo bico, evitando ao máximo seus olhos azuis 

Armin: Pra que essa birra? - ele vira meu rosto pra ele, e eu me perdi  em seus olhos - e porque esse bico? - me da um selinho. Eu juro que tentei transformar aquilo mais que um selinho mais não deu, ele para o beijo antes. Decido desistir 

Karen: Vou entrar, tchau - falo triste por causa dele 

Armin: Tchau - ele sorri. MAIS QUE MERDA VELHO EU AQUI MO TRITE POR ELE NÃO ME BEIJAR DIREITO E ELE VAI LÁ E SORRI?

entro em casa e encontro Alexy todo sorridente, hoje é o dia dos gêmeos debocham de Karen e eu não sabia? Ele vem em direção a mim e mim abraça. Oi?

Alexy: Desculpa o Armin ok? - que? como ele sabe que o Armin foi um idiota?

Karen: Como sabe que o Min foi um idiota? - ele sorri mais abertamente, ok agora o Alexy ta me dando medo

Alexy: Espere até amanhã. Posso dormi aqui?

Karen: O que vai ter amanhã Lexy? - Pergunto desconfiada e ele só vai em direção ao quarto da Ávila, ou seja, meu quarto - ALEXY!

Alice: MAIS QUE GRITARIA É ESSA AI EMBAIXO? - e pelo que vejo a Alice voltou de "bom humor" de seu encontro - Alexy? o que faz aqui? - eu corri pra entrar no quarto mais eles foram mais rápidos e trancaram a porta

 Karen: EU VOU ARROMBAR!

Alice: SE VOCÊ QUEBRAR A PORTA DO MEU QUARTO EU DO UM FIM NO SEU COLAR, E NÃO ME PERGUNTE COMO - me afasto da porta lentamente e me viro pra entrar no meu quarto, não quero arriscar perde meu colar do BTS e quando minha prima fala algo estressada do jeito que ta, não duvido nada.

* Ávila on* 

terminamos de andar quase em todos os brinquedos e já estava anoitecendo, Castiel quase bota tudo que ele comeu hoje pra fora em quase todos os brinquedos altos que fomos e eu quase tenho outro ataque de risos por causa disso mais eu estava preocupada. Só não queria mostrar 

Cast: Só falta a casa dos horrores - ele tava com um sorriso debochado do rosto 

mal sabe ele que amo terro

Ávila: Sim! - não dava pra esconder a ansiedade, só faltava eu corre pra lá, e foi o que fiz. mintira eu me aquietei 

Chegamos até a casa, Castiel deu o troço lá que esqueci o nome pra entrarmos e então entramos. e puta merda era muito escuro, chega deu um gelo na espinha. ADORO!

Cast: Você não parece com medo

Ávila: Pra que ter medo de - - algo pega a minha perna - HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! 

Continua...

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


DESCULPA OS ERROS DEPOIS EU CONCERTO, BJS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...