História Love Criminal — Imagine J-hope - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Angelmarshall, Bts, Criminal, Jung Hoseok, Policial, Você
Visualizações 131
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus Anjos *_*

Desculpa pela demora meu tempo está muito corrido.

Música de Tema: Mariah Carey - Obssesed.

Espero que gostem do capítulo.

Boa Leitura.

Capítulo 3 - Jung Hoseok.


Fanfic / Fanfiction Love Criminal — Imagine J-hope - Capítulo 3 - Jung Hoseok.

— Mas uma ocorrência de assalto ao banco Delegada (S/n).

— Qual localização do lugar policial Kim?

— Rua Dong-Bun Delegada.

— Chame reforços.

— Sim senhora.

— Sun e Mundo venham comigo paresse que os assaltantes estão fazendo pessoas de reféns.

— (S/n) recebemos um aviso de que os assaltantes pode ser os Bangtan.

— Será que a sorte está do nosso lado.


               [ X~X~X~X ]


— Solte os reféns ninguém aqui irá atirar.

— Não sei se devo confiar em você querida Delegada.

— Por que não se entrega você sabe que não tem escolha você e seu grupo vão para a cadeia.

— Delegada o Bangtan é a melhor gangue que tem.

— Se vocês são a melhor gangue por que estão aqui encurralados pela polícia. - rebati.

— Que língua afiada Delegada gosto de mulheres assim. - debocha.

— Pena que meu tipo ideal não são bandidos.

Era impossível ver os rostos dos criminosos todos eles estavam usando máscaras o que dificultou as coisas.

— Eu vou deixar os reféns sair, e você deixará nós ir embora.

— Você sabe que eu e a polícia vamos atrás de vocês né?

— Teste sua sorte Delegada.

Ele soltou todos os reféns e depois sumiu pedir para que toda a polícia vasculhasse os lugares. Percebir que três carros saíram em alta velocidade.

— Sun reúna um esquadrão para irmos atrás daqueles carros, não podemos perder a chance de pegar o Bangtan.

— Claro.

Todo o esquadrão de polícia estava reunidos começamos uma perseguição atrás da gangue. Um dos carros separou dos outros e nele só tinha apenas uma pessoa, comecei ir atrás dele e um carro de polícia estava atrás do meu carro. Mas infelizmente perdemos o carro da nossa vista.

— Porra.

— Calma (S/n) ainda vamos pegar eles. - fala Junso.

— Vamos volta pra delegacia o dia hoje foi cansativo.

— Como quiser. - fala Sun.

— Policial Kim veja o valor que os Bangtans levaram do banco.

— Sim senhorita Delegada.


             J-Hope Pov's On

— É paresse que conseguimos despistar a polícia. - fala Namjoon.

— Você foi bom corredor Yoongi.

— Eu sempre sou Hoseok.

— Convencido.

— Então J-Hope quando você vai botar seu plano em ação e começa a si aproximar da sua querida Delegada? - pergunta Jin.

— Hoje mesmo e já sei onde a encontrar.

— Então que dizer que você anda stalkeando a delegada?

— Eu não diria stalkeando JungKook e sim aprendendo sobre a mesma.

— E aonde você vai encontrá-la? - pergunta V.

— Ela costuma e em uma cafeteria aqui perto juntos com seus parceiros, mas nas quintas ela sempre está sozinha.

— É realmente você tá obcecado por essa delegada hyung.

— Eu não tou obcecado Jimin, apenas quero saber mais sobre ela bom com licença tenho que me arruma para me encontrar com minha amada delegada.

— Tenho certeza que ela vai ficar caidinha por você Hope. - fala Yoongi.

         J-Hope Pov's Off


— Ei (S/n) hoje vamos na cafeteria com você. - Sun fala.

— Mas hoje você não tem hora extra?

— Não o senhor Hye nos liberou cedo e ele disse que a gente não precisaríamos fazer hora extra nas quintas. - fala Junso.

— Agora só faremos hora extra quando tiver alguma urgência. - diz Sun.

— Que ótimo agora eu não preciso ir sozinha na cafeteria, vamos?

— Claro.- falam em uníssono.

X

.

X

.

X

.

X

— Sun e Junso qual café vocês vão querer?

— Eu quero café americano. - Sun fala.

— Eu quero café brasileiro. - diz Junso empolgado.

— Eu não deveria ter deixado você experimentar o café brasileiro, okay vou buscar o de vocês.

— Você vai pegar qual?

— O de sempre Junso.

— Cappuccino. - responde sua própria pergunta.

— Que bom que você sabe.

— O que vai querer senhorita?

— Um café americano, um café brasileiro e um capuccino.

— Estarão prontos daqui a cinco minutos.

— Obrigado.

Sentir uma pessoa se sentar ao meu lado e começa a me observa, mas não liguei muito.

— O que uma moça tão bonita faz sozinha em uma cafeteria?

Olho para o dono da voz grossa e contagiante, era um rapaz que aparentemente tinha minha idade, cabelos pretos e um corpo meio musculado. Mas, percebi que ele estava me flertando.

— Se está tentando me flerta sabia que sua missão falhou.

— Nossa ela é direta.

— Vai continuar mesmo tentando me flerta?

— Sei que vai valer a pena, você é muito bonita.

— E você é muito atirado.

— Você não respondeu minha pergunta.

— E eu não sou obrigada.

— Não seja tão egoísta, não vou lhe fazer nenhum mal, olha estou acompanhado de meus amigos.

Aponta para uma mesa onde tinha seis garotos nos observando.

— Fez uma aposta com eles pra ver se eu caía na sua cantada?

— Não! Vim aqui mesmo por que te achei atraente.

— Humm…

— Vamos me responde você tá sozinha? - antes de eu responder Sun grita por mim.

— Oh (S/n) eu quero o café pra hoje.

— Agora você sabe a resposta.

— Posso saber seu nome?

— Paresse que você está interessado em investiga sobre mim.

— Não é isso apenas quero saber seu nome, vai que algum dia nós reencontramos.

— Meu nome é (S/n).

— Esperai agora que eu percebi você é tão famosa delegada.

— Não sabia que estava famosa.

— OH (S/N) EU QUERO MEU CAFÉ. - Sun grita.

— EU JÁ TOU INDO DESGRAÇA.

— É melhor você ir.

— Você não me disse seu nome cavalheiro.

— Ah que falta de educação da minha parte, me chamo Jung Hoseok ou apenas J-Hope ou Hope. - beija a costa de minha mão.

— Prazer em lhe conhecer Hope.

Depois disso ele caminhou até a mesa de seus amigos lhes chamando para ir embora percebir que um deles de cabelos castanhos não parava de olhar Sun, olha Sun arrasando corações. O atendente me entregar os cafés e eu volto para a mesa.

— Você não podia ser menos escandalosa Sun?

— Ah eu queria meu café e você não parava de conversa com aquele boy lindo, aliás qual o nome dele?

— Jung Hoseok.

— Você não disse que relacionamentos não parte de sua vida?

— Não é só por que eu conheci um homem que já estou me relacionando.

— Aliás um dos amigos do boy que estava falando com a (S/n) não parava de olhar pra você.

— Você também percebeu Junso?

— Quem não perceberia.

— Vamos logo toma nossos cafés se não eles esfriam.

Enquanto eles discutia coisas aleatórias meus pensamentos estava no lindo moreno que eu tinha acabado de conversa.

Jung Hoseok.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo.

Daddy's Little Girl: https://spiritfanfics.com/historia/daddys-little-girl--imagine-rap-monster-10494414

Sigam meu Perfil: @AngelMarshall

Beijos e até a próxima meu Angels ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...