História Love Criminals - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Bickslow, Cana Alberona, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Ivan Dreyar, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Metallicana, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Pantherlily
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Nalu
Exibições 18
Palavras 1.689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Lemon, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi mina espero que gostem!!

Capítulo 3 - Velocidade


Nova York
00:10
Centro de Manhattan


Quem olhava aquelas garotas debaixo do viaduto com aquelas carinhas inocentes e sapatos de salto não pensavam que eram as mafiosas chefonas na Rússia. Lucy usava salto preto vestido azul colado jaqueta de couro cabelo solto e traço forte de delineador, Erza calça de couro cabelo preso em rabo, camisa de seda branca e maquiagem com sombra preta caprichada, Levy usava o cabelo solto sem tiara, uma camisa cinza do Pink Floyd e saia rodada preta e salto bem alto também preto, estavam do lado dos seus respectivos carros, uma lamborghini, um Bugatti e um mustang, sabiam como funcionava os rachas não levariam seus carros favoritos para lá, Gary não tinha ido, tinha começar a procurar o alvo.
Tudo parado as corridas aconteceu mas ninguém parecia que ia desafiá-las, alguns DJs amadores tocavam, era fato que de todos eles e elas eram as donas dos carros mais potentes, mas de repente um barulho de motor chamou atenção era uma moto preta a pessoa foi ao lado dele fazendo a moto derrapar e parando do lado da baixinha por centímetros deixando a marca do pneu no chão, a garota permaneceu fixa imóvel não por medo e sim porque ela era intimidadora, quando ele tirou o capacete deixando que seus cabelos negros caíssem até metade das costas alguns piercings no rosto e um olhar forte o que fez ela por dentro estremecer, teve uma sensação de nostalgia como se já conhecesse aquele olhar.
— acho que aqui não é lugar para você baixinha - Ele riu e a expressão  de Levy ficou séria com raiva - não deve saber dirigir, você dá altura no volante?
— é melhor você calar essa boca antes que é baixinha aqui cale.
— desafio você a correr contra mim e provar que eu estou errado nanica e assim calar minha boca
— Aceito - disse sem pensar e sem pestanejar - vamos lá grandão vamos ver quem é que ganha
  Todos olharam para ela assustados Levy não era de cair fácil em qualquer irritação, mas quando fazia algo como estava prestes a fazer era para arrasar era para vencer e mostrar que estava certa
  Os os dois ficaram em suas largadas e saíram acelerando, chegaram a fazer uma curva a quase duzentos por hora a moto de Gajeel quase encostava as laterais no chão, as ultrapassagens dele era violentas batidas na lateral do carro ele também tentou, mas Levy quase jogou para fora da pista, entrou na frente dela para forçar ela a freiar, mas Levy era habilidosa mudou a marcha diminuir velocidade fez o carro rodar na pista, dirigindo de costas até ultrapassar ele e de novo rodou o carro e voltou a ficar de frente, mas logo ele colou de novo nela e eles chegaram colados na linha de chegada não dava para saber quem era o vencedor, Levy sauí do carro respirando fundo, se seu bom senso não há contivesse ela mataria o cara a sua frente com o máximo de tiros que pudesse, agradeceu a Deus por não estar com seu bebê e sim com o Mustang, pois se não, não iria se conter, os amassados na porta do carro eram grandes os arranhões incontáveis e o vidro que ele quebrou com o cotovelo um grande dano.
Gajeel olhou com um ar de supresa, aquela garota realmente era feroz ele gostou disso, e também da nostalgia que sentiu com seus olhos sobre o dela, iria atormentar  o resto da noite queria ver até que ponto ia aquela garota.
— Parabéns pequena - ele disse descendo da moto - chegou  viva, mas não me venceu, não provou que eu estava errado.
— você destruir com a porta do meu carro eu devia destruir com essa tua cara feia - ela falou séria e irritada.
— tenta você não vai alcançar mesmo - ele sorriu ironicamente
— Não provoca Gajeel - disse Juvia que se aproximava deles parou ao lado do irmão e abarcou o braço dele - peço desculpas pelo cabeça oca do meu irmão, ele não é tão ... ou melhor, ele é sempre irritante assim
— tudo bem - disse Levy - sou Levy Drayer e vocês são...?
— Juvia lockser e esse e meu irmão Gajeel Lockser, e vocês são? Também são patentes? - ela apontou para as meninas que chegavam
— não somos só amigas, sou Lucy vermilion e essa e Erza Marvel, estamos em Nova York a passeio. E final de faculdade. Vamos fazer algumas loucuras gastar dinheiro dos pais milionários.
— aceitam uma bebida? -  ela disse sorrindo - eu tenho algumas no meu carro, não aceito não como resposta. Só para constar.
Andaram até a Ferrari scuderia 430 ela abriu a porta e todos viram banco de trás cheio de garrafas de vodka e tequila os olhos da pequena foram direto uma garrafa conhecida era vodka russa, teve uma ideia e soube exatamente como pôr em prática, dois carros chegaram até onde estavam, dois caras desceram dele um cara sorridente demais o outro sério, ambos com garrafas vazias na mão e várias mulheres de vestidos curtos e andar vulgar foram até o carro dela deixando as garrafas vazias e pegaram outras cheias.
O de cabelo azul dispensou as garotas o rosado fez a mesma coisa, mas antes de um forte aperto na bunda da morena por baixo do vestido e fez um chupão no seio da outra loira.  Jellal olho sério para elas e depois por um instante concentrou seu olhar na ruiva que piscou para ele, o rosado jogou uma chave para Juvia que pegou no ar olhou mas não demonstrou reação
— fica de presente Ju gata, e uma moto, está estacionada para...- ele ficou pensativo depois disse - pra lá - apontando para esquerda - agora apresenta para mim essas belas donzelas.
— Eu sou Lucy - a loira se adiantou dizendo - E essas são minhas amigas Levy e Erza - disse apontando para cada uma - mas eu tenho a impressão de que eu já te conheço!
— Ah não sei  já tentei te matar antes? - ele disse os dois riram - acho que não, deve ser só achar mesmo, e aí tá afim de correr o vencedor leva  tudo.
— Claro espera aqui meninas eu vou ganhar desse otário
Eles foram para a largada deixando os outros cinco para trás aos poucos o número de garrafas cheias no carro foi diminuindo, quando já chegaram perto de cinco ainda lacradas Levy decidiu fazer sua brilhante proposta vendo o palco para apresentações de música eletrônica
— te faço uma proposta já que empatamos na corrida vamos ver quem aguenta mais bebida com estas cinco garrafas.
— e quem perder ? -  ele disse convicto - que acontece com perdedor é o que realmente importa
— ele vai ter que fazer um showzinho - disse rindo e apontando para o palco - não quero nem ver!
— eu topo baixinha.
Os dois pareciam não ser afetados pelo álcool acabaram fácil com as duas primeiras garrafas começaram a ficar um pouco mais lento nas viradas das doses a terceira garrafa, Gajeel  conseguiu com dificuldade ir ao  final da quarta garrafa já estavam na metade da quinta Levy serviu as últimas doses, esvaziado totalmente a última garrafa o rapaz tomou duas doses restando três ele não podia mais beber ou perderia o controlo a sua mente, Levy tomou as outras quatro doses garantindo sua vitória sentia seu estomago  virando a mente ir en devaneios e o álcool começar a fazer efeito dali a alguns minutos não responderia por seus atos.
— perdeu - disse rindo e se apoiando nele - vai ter show -  ela colocou a cabeça em seu peito e começou a rir, o moreno sentiu um arrepio na espinha - vai - ela voltou e deu um empurrão
  As apresentações eram feitas por aqueles que quisessem, o moreno subiu o palco quase que engatinhando na escada pé ante pé para não cair a visão embaçada denunciava o exagero alcoólico, teria sérias dificuldades para dirigir até em casa, e novamente a garota feroz mostrou o quanto era feroz e ele gostou demais daquilo, queria mais de Levy e teria. Chegou até a mesa e DJ e pode ver a baixinha de olho, para onde ele estava.
Surpreendendo ela, Gajeel fez um super show eletrônico não era a primeira vez que tocava assim, arte no geral era algo que ele amava, mas música era como seu combustível era mais que isso era seu ser, ele respirava rock e eletrônica aquilo era fácil pra ele. Durante o show ele pode ver Levy  dançando solta descontraída quase que descontrolada  o álcool também tinha afetado muito ela era fato, depois do show com direito a replay ele foi até a baixinha, e ainda conversaram mais um pouco até as garotas voltarem,  Lucy havia ganhado de Natsu que perdeu o carro para loira, Erza conversava no canto com Jellal parecia um assunto muito  deles
  Ja no alto da madrugada Natsu e Lucy tinha desaparecido Gajeel e Levy brigaram e trocavam vários xingamentos, e Erza estava alterada querendo ir embora,  e foi o que fizeram deixando a loira para trás.
Não muito depois Gajeel foi embora no carro de Juvia e ela na sua moto pois ele não conseguiria manter o equilíbrio,  não sabia como, mas o celular de Levy tinha ido parar no bolso da sua calça, era uma  boa desculpa pra vela de novo.
Lucy  foi parar não sabia como em uma velha estrada com Natsu no carro dele que agora era dela, acabaram por descobrir de onde se conheciam foi no mercado esbarraram e ele fez ela deixa cair algumas garrafas de Big Apple, brigaram rapidamente sem se olhar direito, mas continuaram andando pelo mercado fingindo que nada aconteceu e estavam agora trocando beijos quentes no banco de trás de um carro, mas ela decidiu parar ele levou seu carro ate a casa sela e dois voltou ate o racha e teve que fazer ligação direta na moto que ganhou pra voltar para casa.


Notas Finais


Até
😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...