História Love Dreams - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Carlos de Vil, Chad, Doug, Evie, Jane, Jay, Lorrie, Mal, Personagens Originais, Princesa Audrey, Príncipe Ben
Tags Doug, Evie
Exibições 22
Palavras 1.929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência
Avisos: Álcool, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi oi gente!!!!!
Tudo bem!?!?!?
Esse cap está muito doce e engraçado!!!!
Espero que gostem!!!!

Capítulo 47 - Você planejou isso?


Fanfic / Fanfiction Love Dreams - Capítulo 47 - Você planejou isso?

Evie: - D-Doug, e a L-Lonni..- Antes que eu terminasse a frase nossos lábios foram selados e um doce beijo. Ao nos separarmos o Doug começou a fazer mímica como se quisesse me chamar.

Doug: - Evie, você está bem?

Evie: - Sim...

Doug: - Você ficou em transe por minutos. - Ele disse preocupado.

Evie: - Sério? Que vergonha.. - Disse corada.

Doug: - Não fique, você ficou linda seus olhos até brilharam. - Ele disse sorrindo. - E assim eu fico mais apaixonado ainda...

Evie: - Como?

Doug: - Digo, sobre aquele assunto de antes..

Evie: - Entendo...

Doug: - Hoje, foi um dia maravilhoso ao seu lado moranguinho! - Ele disse deitando a cabeça no sofá e depois olhando para mim.

Evie: - Que foi? - Perguntei estranhando seu sorriso.

Doug: - Sabe eu estou com os dedos formigando. - Ele disse com um sorriso maléfico.

Evie: - Doug, nem pense nisso. - Disse chegando para o lado. Ele rapidamente me pegou e começou a fazer cosquinhas em mim, e o pior é que ele estava em cima de mim. - Não, Doug! Para, por favor! - Pedi caindo na gargalhada.

Doug: - Só paro com uma coisa!

Evie: - Com o quê!

Doug: - Com um direito.

Evie: - Okay, que seja só pare, por favor!

Doug: Okay! - Ele disse parando.

Evie: - Por que você sempre faz isso?

Doug: - Por que eu gosto de ouvir sua risada. - Ele disse sorrindo. - Não foque zangada comigo, por favor.- Ele pediu fazendo um biquinho de tirar o fôlego.

Evie: - Okay, qual era o direito?

Doug: - Ver as estrelas comigo. - Ele disse se levantando. - Então, vem?

Evie: - Já está de noite?

Doug: - Sim. - Ele disse abrindo a varanda que tinha um jantar a luz de velas.

Evie: - Você planejou isso?

Doug: - Não ficaria zangada se eu tivesse pedido para o Max fazer isso enquanto estávamos tocando, ficaria?

Evie: - Não. - Disse sorrindo. - Você é um amor. - Disse beijando seu rosto. - Vamos?

Doug: - Vamos! - Ele disse me pegando no colo.

Evie: - Do...

Doug: - Shhh, nada de reclamar. - Ele disse me sentando na cadeira e depois se sentando do meu lado. Depois de comermos ficamos vendo as estrelas e ele era tão perfeito que eu queria ele mais do que um simples amigo. - Que foi? - Ele perguntou entrelaçando nossos dedos.

Evie: - Nada, só estou feliz por estar com você. - Disse sorrindo.

Doug: - Digo o mesmo. - Ele disse tirando uma mecha do meu cabelo da frente do meu olho. - Eu amo ficar com você. - Ele disse depositando um beijo na minha testa. - Evie, eu posso ser sincero com você? - Ele perguntou se sentando

Evie: - Claro... - Disse preocupada.

Doug: - Evie, eu... - Ele respirou fundo me olhou nos olhos e disse. - Esquece bobeira...

Evie: - Doug, pode falar.

Doug: - Deixa, eu só queria.. - Ele disse acariciando o meu rosto.

Evie: - Você só queria...? - Perguntei percebendo que iríamos nos beijar.

Doug: - Queria, agradecer.. - Ela disse se afastando. - Pelo dia maravilhoso. - Ele disse ajeitando os óculos.

Evie: - Okay, então é melhor eu ir.

Doug: - Por quê?

Evie: - Já são 21:56. - Disse me levantando.

Doug: - Okay, então eu te levo. - Ele disse se levantando e pegando na minha mão.

Evie: - Não precisa.

Doug: - Certeza?

Evie: - Tenho. - Disse beijando o rosto do mesmo e descendo as escadas.

Max: - Já vai, Evie?

Evie: - Sim, tchau.

Max: - Tchau, até a próxima.

Evie: - Até. - Disse saindo da loja. - Eu não acredito que ele foi covarde? - Me perguntei andando apressada e com muita raiva. - Era só ele me beijar e ponto. - Disse entrando na escola. Quando eu entre no quarto vi que a Mal não estava, então tomei banho e fiquei costurando até que a Mal entra correndo. - Que foi?

Mal: - As meninas dessa escola são malucas. - Ela disse recuperando o fôlego.

Evie: - Como assim?

Mal: - Elas estão me enchendo pedindo para eu deixar o cabelo delas bonito.

Evie: - Nossa, de para ver o quanto elas são desesperadas.

Mal: - Eu sei, mas eu vou ajudar duas meninas, pois elas devem ter informações sobre a varinha.

Evie: - Okay, e quem vão ser?

Mal: - A Jane e a... - Ela respirou findo e disse. - Lonnie.

Evie: - A LONNIE?

Mal: - Calma...

Evie: - LOGO ELA? ESTÁ ÓBVIO QUE ELA QUER FICAR BONITA PARA O DOUG!

Mal: - Calma, ela mão chega ao seus pés.

Evie: - Okay. - Disse bufando. - Pela varinha.

Mal: - Obrigada. - Ela agradeceu abrindo a porta.- Bom, eu vou chamar elas. - Ela disse indo embora. Minutos depois ela voltou e ajeitou o cabelo delas, mas o pior foi que a Lonnie ficou linda e eu precisa mudar isso.

Lonnie: - Nossa, ele está...

Evie: - Parecendo um esfregão. - Disse a abraçando de lado. - Eu acho que devíamos cortar primeiro e...

Lonnie: - Não, não. - Ela disse sorrindo. - Está perfeito. - Ela disse sorrindo.

Evie: - Droga, a magia deu alto confiança para ela. - Murmurei zangada.

Lonnie: - O que você disse?

Evie: - Eu? Nada.

Lonnie: - Muito obrigada, Mal.

Mal: - Não tem de quê. - Ela disse forçando um sorriso. - Agora, podem sair do meu quarto.

Lonnie e Jane: - Okay. - Elas disseram saindo do nosso quarto.

Mal: - Certo, agora elas me devem.

Evie: - Bom, eu vou dormir. - Disse me deitando.

Mal: - Isso é ciúmes?

Evie: - De quem?

Mal: - Doug.

Evie: - Claro que não. - Disse bufando e vendo a mesma me olhar com um olhar de "você menti muito mau". - Okay, isso é.

Mal: - Então, ligue para ele.

Evie: - Claro que não. - Disse indo dormir. - Ele está com a Lonnie e eu tenho que ficar feliz pela felicidade dele.

P.O.V. Doug

Na casa do Doug

Doug: - Sério, as vezes eu acho que eu tenho coragem, mas não eu ainda sou um covardão! - Disse jogando meu travesseiro na porta.

Jordan: - Ainda bem que eu demorei para entrar. - Ele disse rindo e se sentando na minha cama.

Doug: - Foi mau...

Jordan: - Por que a dessa cara?

Doug: - Por quê? Bom, porque eu amo a Evie e não tenho uma gota de coragem para falar! - Disse com raiva e soltando algumas lágrimas. - E por isso somos só amigos.

Jordan: - Nossa, como eu sou péssimo nisso, vou chamar a Violette. - Ele disse pegando o celular. Rapidamente pego da mão dele. - Que foi?

Doug: - Deixa a Vi em casa, eu resolvo isso.

Jordan: - Tem certeza?

Doug: - Eu voltei dos mortos, lembra? Falar para a Evie que eu a amo não deve ser tão difícil... - Disse tentando ser confiante.

Jordan: - Okay, aliás o Moon e a Nina estão querem o papai. - Ele disse os pegando no colo.

Doug: - Oi, filhão. - Disse pegando o Moon no colo. - Nossa, como você está lindo. - Disse sorrindo. - E você minha princesa, já está com essas garras crescendo. - Disse vendo a mesma pular no meu colo. Em resposta ele começou a latir e ela a se aconchegar no meu colo. -

Jordan: - Bom, eu vou dormir. - Ele disse indo até a porta.

Doug: - Jordan, seu pijama é do Coringa e da Arlequina?

Jordan: - Sim, por quê?

Doug: - Nada, só queria saber! - Disse rindo.

Jordan: - Olha o capuz! - Ele disse colocando o capuz e mostrando o sorriso do Coringa. - Maneiro, né?

Doug: - Muito, maninho! - Disse me levantando da cama com o Moon e a Nina no colo e os colocando no chão.

Jordan: - Você voltou a falar com o Ben?

Doug: - Mais so menos.. - Disse coçando a nuca.

Jordan: - Fala.

Doug: - Não, pois ele está ocupado com coisas e eu com outra.

Jordan: - Okay, mas se resolvam. - Ele disse indo para seu quarto.

Doug: - Pode deixar. - Disse fechando a porta. - Bora dormir crianças? - Perguntei para o Moon e para a Nina que me responderam correndo para a minha cama e começaram a tentar subir nela. - Deixar eu ajudar. - Disse rindo e os pegando no colo. - Ponto. - Disse os colocando na cama e me deitando. - Boa noite, bebês. - Disse acariciando a cabecinha deles.

No dia seguinte

P.O.V. Evie

Evie: - Eu estava lendo o livro que o Dou mendeu quando recebo uma mensagem do Doug.

Mensagem #on

Doug: - Oi, como você está?

Mensagem #off

Evie: - Tirando o fato de que você é um grande covarde, eu estou ótima! - Disse jogando o celular na cama.

Mal: - Você está bem?

Evie: - Digamos que não. - Disse bufando.

Mal: - Meu Deus! O mundo vai acabar! - Ela disse rindo.

Evie: - Por quê?

Mal: - Você está mau-humorada, e eu não.

Evie: - Ha, ha, ha. - Ri sarcasticamente. - Muito engraçado.

Mal: - Okay, mas o que houve?

Evie: - Eu e o Doug quase nos beijamos e o covarde andou para trás! - Disse tacando o livro na parede.

Mal: - Eita.. - Ela disse com os olhos arregalados. - Eu dou a dica de partir para outra.

Evie: - Sério, mas...

Mal: - Nada de "mas"! - Ela disse pegando o livro do chão e o colocando perto de mim. - Siga em frente, você ainda é linda, inteligente, doce, gentil é perfeita. Então, esquece ele e parti para outra. - Ela disse pegando o meu celular e me entregando. - Delete ele e o bloqueie.

Evie: - O-okay. - Disse fazendo sua ordem. - Pronto, e agora?

Mal: - Aquele tal do Chad serve.

Evie: - Ele?

Mal: - Você quer o quê?

Evie: - Algo melhor.

Mal: - Então, vê no seu espelho que eu vou dar uma volta.

Evie: - Okay.. - Disse pegando o mesmo. - Sério? Doug.. - Disse o olhando triste. - Será que eu devo fazer isso mesmo...? - Me perguntei triste.

P.O.V. Mal

Mal: - Espero que ela esqueça logo ele e foque na droga do plano! - Disse zangada.

Ben: - Que plano?

Mal: - Que susto! - Disse dando um pulo para trás. - Agora você fica ouvindo as pessoas falarem sozinhas?

Ben: - Não, eu só estava passando. - Ele disse rindo. - Então, que plano?

Mal: - A do Jay revelar que é gay.

Ben: - Quê?

Mal: - Esquece. - Disse indo embora.

Ben: - Mal, espera! - Ele pediu pegando na minha mão.

Mal: - Para quê? Ficar olhando você.

Ben: - Não é tão ruim. - Ele disse sorrindo. - Eu queria falar com você, sobre nós e...

Mal: - E você tem que esquecer isso Ben! - Disse zangada.

Ben: - Calma, eu só queria saber se você aceita ser pelo menos minha amiga...

Mal: - Ben.. - Rapidamente respiro fundo e digo. - Olha, eu gostaria disso, mas primeiro vem a amizade e depois começa a rolas algo e quando vermos seremos reis de Auradon e eu não quero isso! - Disse indo embora.

Ben: - Droga...


Notas Finais


Espero que gostem!!!
Comentem o que acharam!!!
Bjs de Mel 🍯 e biscoito 🍪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...