História Love exists ❤ (junhwan texting) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias IKON
Personagens Chanwoo, Donghyuk, Jinhwan, Junhoe
Visualizações 44
Palavras 1.496
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estou começando agora.
Esperam que gostem. 😚

Capítulo 1 - Jinhwan


Fanfic / Fanfiction Love exists ❤ (junhwan texting) - Capítulo 1 - Jinhwan

Autora P.O.V's

Jinhwan levantou cedo e foi novamente para o hospital visitar a mãe. Assim que chegou ela estava sentada comendo sopa e com uma toca na cabeça pois estava frio e ela ja não tinha mais os cabelos longos e ondulados.  Ela pediu para que medico o deixassem a sós e o mesmo concordou com a cabeça e saiu fechando a porta.

- mãe, minha vó disse para eu vir cedo hoje por que a senhora queria falar comigo. - o pequeno diz se aproximando da cama da mãe.

- sim filho. - diz num tom soprado e segura a mão do pequeno. - sabe filho, a mamãe esta cada dia mais fraca. Ja estou sem forças e mesmo que eu parta eu irei feliz por que dei a luz a uma pessoa tão carinhosa, amada, sorridente, e com um grande talento. E ja faz semanas que não vejo você sorrir filho e isso me faz ficar triste. Você ja não vai mais a escola, e agora terá que estudar em uma mais perto da casa da sua avó. Quero ve-lo sorrindo novamente. Cantando... eu quero o meu alegre e forte jinhwan de volta.

O pequeno apenas chorava apertando a mão da mãe. E não queria que a mãe ficasse triste com ele. Mas ele ja não conseguia ser o mesmo ja que sua mãe estava nesse estado.

- Eu prometo! - o menor levantou a cabeça e com uma das mãos limpou as lagrimas que ainda caia. - Eu prometo omma, essas serão minha últimas lágrimas. Prometo daqui pra frente não chorar mais e se eu chorar que seja de felicidade.

A mãe do pequeno que deixava suas lágrimas cairem sem perceber o abraçou e deu um beijo na testa do menor. Nesse momento o médico entra dizendo ja ter acabado a hora de visitas. Jinhwan se despede da mãe com um sorriso e eu um eu te amo. Que fez a mãe do menor deixar cair mais lágrimas mas desta vez de felicidade e com um belo sorriso de retribuição e o pequeno saiu do hospital e foi para casa da avó.



                    -------------------------



- Vó?! - o pequeno gritou pela sua avó ja entrando na casa.

- estou aqui meu amor! - dizia a vó do menor que estava sentada na mesa da sala.

- o que está fazendo vó? Oque são todos esses papéis? - o pequeno a olhou confuso e se sentou ao lado da mesma.

- Bem filho, esses são os papéis que eles deram la na escola onde você ira frequentar apartir de amanhã. São so matérias que você perdeu e vai ter que se empenhar bastante para alcançar uma boa nota no fim do ano. Ja tenho sua sala e seus matérias ja estão no seu quarto. Se não quiser ir eu não o obrigarei, mas isso foi a pedido da sua mãe querido.

- tudo bem vozinha, eu disse a ela que iria para escola mesmo. E obrigado vó! - disse se levantando e selando um beijo na testa da avó e em seguida indo até o seu quarto.


Jinhwan tomou um belo banho ainda estava de tarde vestiu uma roupas simples. Uma camisa, bermuda jeans e um tênis! Colocou um boné pegou seu casaco e o celular e saiu.




                Jinhwan P.V.O's



- calma jinhwan, vai da tudo certo. - pensou alto.

Sim, eu estou com medo. Pois nunca fui de ter vários amigos na escola e agora nessa situação e sem nem um pouco de animação pra isso seria ainda mais difícil. Até por que e uma escola nova, pessoas novas. E se eu arrumar um amigo eu teria que contar sobre mim. E certamente irão se afastar de mim. Como todos os outros.

Uma gritaria me tirou dos meus pensamentos olhei para o lado e vi a tal escola, provavelmente era ali que irei estudar. Era enorme e tinha alguns estudantes que estava saindo. Concerteza era hora da saida! Olhei para minha esquerda tinha uma moço com carrinho de picolés e resolvi ajuda-lo comprando um, mesmo estando no frio.

Fiquei ali olhando todas aquelas pessoas sorrindo se abraçando e seguindo seus caminhos enquanto eu saboreava aquele picolé de chá verde.


- Ei! Você pode gripar chupando picolé nesse frio sabia? - uma voz surge do meu lado, eu olhei lentamente e vi um garoto não muito alto se sentar ao meu lado. - por que esta aqui sozinho?

- Nada, so estava observando a minha nova escola. - recebi um grande sorriso vindo do garoto ao meu lado.

- Ah que ótimo! Um aluno novo. - ele veio até minha frente e esticando sua mão direita disse. - prazer em conhence-lo, meu nome é Jung Chanwoo.

- Prazer, eu sou Kim Jinhwan! Disse apertando a mão do moreno que sorriu.

- Você ja sabe de qual turma e? - disse ficando de pé.

- Sei sim, e vinte e três A - vi ele mudar de humor na hora. - oque foi? Oque tem de tão ruim nessa turma pra você ficar assim.

- Koo Junhoe! Mais conhecido como june. E um cara metido a besta que entrou no começo do ano e desde então não deixa ninguém em paz na escola. - o vento piorou e chanwoo se despediu de mim, ele tinha que ir embora.

- te vejo amanhã Jinhwan! - ele disse acenando ja de longe, eu so retribui.


A frente da escola ja estava quase fazia estava ficando escuro e mais frio era melhor eu ir embora logo vai que chove. Andei dois quarteirão e não demorou muito pra chuva forte e gelada cair.

- Ótimo, eu e a minha boca grande. - resmumguei enquando encarava o céu nublado.

Resolvi ir andando mesmo, afinal de todo jeito eu iria me molhar! Vinham vindo dois garotos atrás de mim rindo e falando alto. Consegui ouvi parte da conversa deles afinal estavam gritando e falando alto por causa da chuva


- E Você não vai ficar com ela?

- eu não, eu ja disse pra ela e todos na escola ja sabem muito sobre mim. Sabem que eu não ficaria com uma menina.

- Hum ta.

- E Você? Você nunca se mostrou interessado por ninguém na escola.

- arf! Isso e bobeira. Se apaixonar? Eu não ligo pra isso. Eu não acredito nessas bobeiras de amor. 

- Ai credo June! Uma hora você ta rindo e brincando. Mas e so tocar nesse assunto que você se torna frio.

- Eu sou assim.

- Sei, vou indo te vejo amanhã na escola!



Meu deus, e ele! June! June esta atrás de mim agora. E se ele me bater. Mas por que ele faria isso? Mas o chanwoo disse que ele e uma pessoa ruim. E melhor ele não se aproximar, ja sei. Eu vou correr minha casa ja esta próxima mesmo.

Mas minha tentativa falhou eu torci o pé e cai. Me arrepie todo ao sentir a água fria atingir o meu trazeiro gritei pelo dor que sentia no pé. Tentei levantar mas foi em vão tornei a cair de novamente. 

- Yah! Você se machucou? Consegue levantar?

olhei para ele e não consegui responder. Ele era alto, tinha o cabelo escuro e as pontas brancas que estavam grudadas na testa por causa da chuva. E por fim. Tinha uma linda voz grossa! Sai dos meus pensamentos com maior gritando.

- eu torci o pé, não consigo me levantar. - olhei para ele que olhava em volta como se estivesse com medo de algo mas logo volto o olhar para mim.

- Hum! Ligue para alguém, você não pode ficar ai assim no meio da rua. - disse se virando.

- Yah! Vai me deixar aqui sozinho no meio da rua? Você não tem coração não e. - Gritei, e vi ele voltando em minha direção.

- A culpa não foi minha de você ter caído no meio da rua! - ele gritou também.

Mal sabia ele que era sim culpa dele. - Minha casa esta logo ali na esquina. Não pode me levar? - ele bufou e revirou os olhos.

- eu não vou te pegar no colo. - disse me levantando e apoiando meu braço no seu ombro.

Ao chegar na porta de minha casa. Chamei pela minha avó que logo abriu a porta desesperada.

- meu deus! Meu filho. Oque ouve? - disse assustada.

- Vó, eu so torci o pé e ele me trouxe até aqui eu estou bem não se preocupe.

- A onde eu o deixo? - disse june.

- eu irei pegar a maleta de primeiros socorros. Pode leva-lo para o quarto la em cima por favor. - disse ja na sala procurando a maleta.

- olha, eu consigo subir sozinho. - disse tirando o meu braço do pescoço do maior que discordou.

- Nesse estado você não irá conseguir. - disse me pegando no colo e subindo as escadase logo entrando na primeira porta que viu por sorte era o meu quarto.

Ele me deixou na cama e ja ia saindo.

- Ei. Obrigado! Ah e meu nome e Jinhwan, kim Jinhwan. - disse envergonhado e encarando as costas do maior.

- June.

Foi a única coisa que ele disse antes de sair.




Notas Finais


Oque acharam gente?
Eu tentei deixa-la mais longa, irei recompensar esse cap curtinho não se preocupem. 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...