História Love Follies-Cellps - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~babismommy

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange
Personagens Felps, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Cellps, Felps
Exibições 62
Palavras 579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Policial
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~julinha
Oiiieeee mandei o CAP pra minha amiga *cof escrava cof* bruna! enquanto ela envia o CAP eu estou nadando otara Feliz dia das crionças pra quem e crionça e pra quem não e tbm
~bruna
Oiiii hj e eu q vou postar então vamos lá

Capítulo 12 - Capítulo 12- Gabs


          P.O.V Cellbit
Estava dormindo,até que sinto o colchão ficar menos pesado,apalpo ele procurando por felps ainda de olho fechado.logo depois escuto o barulho do chuveiro sendo ligado.Ha já sei,me levanto mas na hora uma enorme dor invade meu quadril,vou meio mancando para o banheiro,felps lavava seus cabelos e acho que ele não escutou (autora:ele já tava nu)entro no box,chego atrás dele o encoxando,passo minhas mãos por suas costas subindo até seu ombro indo para o seu abdômen,escuto ele arfar,ele dá um sorriso malicioso,na mesma hora eu dou uma mordida no seu ombro,ele se vira e me prensa na parede,a água ficava caindo sobre a gente ele me beija,ele pede passagem e eu cedo, eu coloco meus braços sobre seu pescoço ele segura minha cintura me levantando pra cima,enrolo minhas pernas na sua cintura,ele desce suas mãos até minha bunda a apertando várias vezes,ele separa do beijo,e fala
-nossa parece que alguém quer ficar alejado!-ele diz me olhando com um olhar safado e debochado ao mesmo tempo,desço minha mão até seu membro o apertando com força,fazendo ele gemer alto, chego perto do ouvido dele e falo
-me fode logo!-digo mordendo o ouvido dele,ele segura minha cintura a pressionando para baixo me prenetando de uma vez,eu dou um gemido alto ele ia começar a esticar quando a campainha toca ele bufa,e sai de dentro de mim pegando uma toalha e indo para a porta
               P.O.V felps
Enrolo a toalha na minha cintura e vou até a porta pisando fundo,mas que caralho interrompendo minha transa!Olho no olho mágico,e abro a porta
-Olá Felps...-ela diz já entrando
-Oque você quer?-pergunto já sem paciência
-Hora o que uma ex namorada quer?-ela diz fazendo um olhar de inocente
-Não caiu mais no seu teatrinho gabsFala logo que eu estou ocupado- digo e ela olha para o meu quarto e levada minha direção,quando ela me beija, eu olho para a porta e cellbit estava la,ele estava chorando mas não de tristeza e sim de odio,ele volta para o quarto e sai de la pisando duro com as mãos nas costas e com um sorrisinho cínico,ele cutuca gabs a fazendo virar para ele
-OQUE E BICHA!?!-ela grita para o cellbit,eu ia falar alguma coisa mas ele fala antes
-Só queria dizer bons sonhos!-ele enfia um martelo na cabeça dela-Diz ao capeta que mandei abraços!-disse dando mais marteladas nela,isso estava me deixando ainda mais exitado!cacete felps se controla,gabs já estava toda amaçada,eu pego na mão do cellbit tacando o martelo longe
-Sabia que isso me deixou mais exitado ainda?-digo e vejo ele bufa
-Isso o que?o beijo dessa vagabunda?-ele diz bravo
-Não isso que você fez!-eu digo o prensados na parede-vamos terminar o que começamos no chuveiro?
-Não-ele diz seco,eu o olho desentendido
-OQUE?PORQUE?-pergunta incrédulo
-Estou de greve até você,conseguir me fazer mudar de idéia,vai dormir no sofá!-ele diz dando um risinho,eu bufo e sento no sofá,ele vem na minha frente e abaixa de um jeito sensual deixando sua bunda na minha frente,estou me segurando para não aperta-la,ele pega o martelo e lambe o sangue que estava escorrendo na parte de madeira,olhando para mim,sinto meu amiguinho se acordando,ele ri e chegando atrás
-Por enquanto se contente com sua mãozinha e não ouse achar uma puta porque senão fica pior!-ele diz dando um beijo na minha bochecha,ele anda rebolando até a cozinha e lá ele grita-ah e não esquece de achar um jeito de parar com a greve!
-QUE DROGA RAFAEL-grito e escuto ele rir
           ~tinuaaaaaaaaaa


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Bjs e ate amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...