História Love For Hope - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chris Colfer, Darren Criss, Grant Gustin, Lea Michele, Naya Rivera
Personagens Chris Colfer, Darren Criss, Grant Gustin, Lea Michele, Naya Rivera, Personagens Originais
Tags Amizade, Crisscolfer, Drama, Romance
Visualizações 56
Palavras 731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Cap novinho e fresquinho! Espero que gostem! Boa leitura!

Capítulo 2 - A Adaptação, e o Primeiro Beijo


Fanfic / Fanfiction Love For Hope - Capítulo 2 - A Adaptação, e o Primeiro Beijo

No dia seguinte, Chris acorda melhor, Darren ainda dormia, então, o castanho levantou e foi pro banho, e quando saiu do banheiro viu o moreno sentado na cama. 

- Bom dia. - Chris sorri de canto e Darren passa a mão no cabelo

- Bom dia, está melhor? 

- Sim. Me desculpe pelo meu surto ontem. Eu fiquei apavorado em pensar que teria que sair daqui e voltar pra onde tudo aconteceu. Eu não quero pensar nisso de jeito nenhum.

- Eu sei. Ainda é tudo muito recente. Você não está bem, eu sei. Mas não se incomode com isso viu? Logo passa e você volta a ser forte como antes.

- É o que eu espero, sabe? - O castanho senta ao lado do moreno. - Estar frágil assim é muito ruim. - Chris suspira e Darren o abraça.

- Tenho certeza que você vai voltar a ser forte logo logo. E sobre o Chuck, bom... Aquela cena não vai mais se repetir, eu prometo.

- Tudo bem. Eu já percebi que ele não gosta de mim. Mas logo eu acho que vou embora e ele fica tranquilo.

- Nada disso, você vai ficar aqui o quanto precisar, nada de se apressar por causa dele...

- Tudo bem. - Chris sorri. - Eu queria evitar esse tipo de coisa sabe? Isso me magoa muito. - Chris deita no peito dele e Darren faz carinho em seu rosto.

- Tudo tem uma razão pra acontecer, Chris. Alguma coisa boa você tira de tudo isso. - Darren diz sério. - Sabe, hoje nós vamos a praia, o que acha? Tá na hora de você sair um pouco.

- Pode ser, mas eu não tenho nenhuma roupa de banho. Tenho só na minha antiga casa.

- Podemos ir lá, você já pega todas as suas coisas e traz pra cá e põe a casa a venda já que não quer mais viver lá... - Darren propõe.

Chris suspira. 

- Tudo bem, então vamos. - Chris sorri de canto e descem, tomam café e seguem para a antiga casa dele. 

Chris entra na casa e a lembrança da morte dos seus pais lhe vem a cabeça. Chris deixa umas lágrimas cairem, mas deixa isso pra lá e sobe pro seu quarto, junta suas malas e desce.

- Pronto? - O castanho afirma e vão pra mansão novamente, deixam suas coisas no quarto de hóspedes, onde ele ia ficar e Chris se troca pra irem à praia.

-  E então? - Chris sorri.

- Você está lindo. - Darren sorri. - Vamos?

- Claro. - Chris pega algumas coisas e vão.

Chegando na praia, os dois colocam um pano na areia e sentam em cima, e ficam olhando o mar por um tempo, mas Chris reparou que Darren não parava de olhar pra sua cicatriz

- Ela é tão feia assim? - Chris o olha e Darren o olha assustado.

- O que? - Darren o olha estranho.

- Minha cicatriz. - Chris a olha.

- Não... Eu só estava pensando como é viver com uma coisa dessa pro resto da vida. - Darren suspira e o olha. - desculpa.

- Tudo bem. Eu vou ter que me acostumar com isso daqui pra frente não é? - Chris sorri e Darren também.

- Realmente, mas você geralmente vai estar de camiseta, então não vai ter problema.

- É... Você tem razão. - Chris sorri e a conversa flui por um bom tempo.

- Vamos pro mar? - Darren pergunta.

- Vamos sim! - Chris sorri e vai indo, quando ambos já estão dentro da água Darren dá um caldo em Chris. - Seu filho da mãe! - Chris vai indo atrás dele, Darren sai da água correndo e o castanho vai atrás, e quando já estavam na areia, Chris tropeça e cai por cima do moreno, então ambos se olham, e Darren se vira, ficando em cima do castanho.

- Me desculpa. - Chris o olha nos olhos, e Darren o beija, um beijo calmo e doce, então ele para com um selinho.

- Me desculpe, eu... - Darren sai de cima e senta na areia.

- Tudo bem. - Chris sorri bobo por um momento. - Eu correspondi, então não é culpa sua. - Ele o olha e o moreno sorri.

- É... Somos cúmplices de um mesmo crime. - Darren o beija novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...