História Love? Haat - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Exist Trace, JYJ, Super Junior
Personagens Hero Jaejoong, Kangin, Miko
Tags Drama, Rock, Romance
Exibições 12
Palavras 1.310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero realmente que curtam a história!!
:D

Capítulo 1 - Capitulo I


Fanfic / Fanfiction Love? Haat - Capítulo 1 - Capitulo I


{ Shizuoka,Japão} 

Enquanto muitos da cidade estão dormindo uma certa adolescente, de cabelos negros e olho escuros estava sentada em uma mesa de uma loja de Conveniência. Estava ela comendo lentamente um rāmen que, em sua opinião, estava muito bom,muitos poderiam estar se perguntando o motivo dela estar comendo sozinha sendo que tem um pai que é chef gourmet. Bom o motivo era que, a menina não se dava muito bem com o mesmo pois...ele estava sempre a deixando sozinha e ela sendo um pouco igual a mãe não ligava muito ela não reclamava disso pois seu pai trabalhava duro e não negava que ele namorasse alguém, a única coisa que a menina não aceitaria, era que outra substituísse sua falecida mãe; se levantou enquanto tirava seu celular do bolso pegando o dinheiro depositou a quantia que devia na mesa em seguida saindo da loja. Suspirou quando sentiu seu celular vibrando..viu que era seu pai então respirou fundo antes de atender o celular.


-Sim? - Atendeu a menina o celular ela não sabia o motivo dele ligar a essa hora.. pois ele sempre estava ocupado com algumas coisas que a mais nova não podia identificar.

-Miko,venha imediatamente para casa tenho uma coisa incrível para lhe dizer! - Falou o mais velho do outro lado da linha, o que achou estranho foi a alegria que o mesmo estava.  A menina pensa que algo muito bom deve ter acontecido para essa alegria toda;

- Oh,certo.- Respondeu curta e leve a mais nova não era muito de ser amável com as pessoas era assim apenas com o mais velho,suspirou fundo olhando para cima.

 -Até logo filha. -Disse novamente o pai da garota.A menina começa a caminhar em passos lentos ao celular;sem dizer nada desligou o aparelho enquanto se dirigia para sua casa que não era longe de onde estava. Mais ou menos alguns minutos depois a  menina estava entrando pelos portões de sua residencia,ao entrar em casa... viu quatro malas feitas e olhou para o mais velho que estava bem arrumado,achou aquilo estranho então se pronunciou.

- Está indo a algum lugar? - Perguntou enquanto se aproximava do mais velho e o fitou..seu pai estava com um semblante alegre e estranho uma expressão que a menina nunca havia visto do mais velho. Suspirou se sentando;

- Sim,nós iremos para Seul! Encontrei o amor naquele lugar. -Disse o mais velho fazendo a menina se levantar um tanto zangada por tal situação,sair de sua cidade ? Só  para ir morar em um lugar longe apenas por causa de uma mulher.

- Hm. - Essas foram as únicas palavras da menina..como sempre ela apenas pegou seu fone e se sentou novamente - Ok.- Miura sabia que sua menina era sempre indiferente com tudo.
Ele escutou o barulho de uma buzina e sorriu largo pegando três das quatro bagagens e,Miko pegou a ultima que seu pai lhe havia deixado para ela levar. Com seu fones de ouvidos saíram da casa logo entrando no táxi após colocar tudo no porta malas. "Não espere que eu vá chamar outra de mãe." pensou a mesma enquanto olhava as árvores passando rapidamente pela velocidade alta que o veiculo se movia.


{Seul, Coréia do Sul} 

- Jae! Acorde precisamos de ajuda,por favor! - Gritou do quarto vizinho com uma voz suave e melódica uma mulher de aproximadamente 32 anos de idade;ela se chamava SeulMi. Era uma viúva que gostava de tudo o que não fazia mau a alguém. Ela já havia contado para seus filhos que havia encontrado o amor e que ele já estava a caminho. 

- Já estou indo mãe! - Gritou de volta do quarto  um rapaz com seus 22  anos,loiro,alto,olhos negro. Se levantou logo bufando baixo não estava nem ai para isso..seguiu em passos lentos para o banheiro onde faria sua higiene matinal e tomaria seu longo demorado banho.

<Quarto II>

"Preciso arrumar tudo..eu deveria ter contado que meu amor tem uma filha que é quase da mesma idade que Jae??Não! Ele nem ira se importar." - pensava a morena enquanto ajeitava a cama forrando com forros rosa para acomodar a filha de Miura. Estava distraída até que escutou a porta se abrir,olhou para trás vendo seu filho mais velho com aquela mesma expressão de sempre.

- Hum. -Quem se pronunciara? KanGin ele era um homem jovem, com olhos de ônix e cabelos negros que eram também escuros, possuía um corpo estrutural e um pouco forte. Após entregar o que sua mãe havia lhe pedido o moreno mais velho se sentou na cadeira enquanto fitava o nada inexpressivo. 

SeulMi estava preocupada em não terminar tudo a tempo,logo Jae entra no quarto já vestido ,e ,olha suspirando baixo '' Ajudar em que?  A senhora já fez tudo.'' pensou ele olhando seu irmão mais velho,ambos estavam com cara de morto até que são despertados  por um grito.

- YEP! Está muito lindo! Tenho certeza que a filha de Miura irá adorar o quarto.- A morena estava realmente muito animada então olhou para o menino mais novo que a fitava sério,KanGin olhou de relance e, logo se levantou,a morena sorriu juntado suas mãos de maneira fofa e sorriu. -Desculpem..não ter dito antes eu queria fazer uma surpresa..fiquei tão feliz com a ideia de ter uma filha que me esqueci de lhes dizer.-Se desculpou e sorriu mais largo ao ver que o mais novo havia afirmado positivo com a cabeça,porém o mais velho não se pronunciou se virou e caminhou em direção a porta. A morena escutou o barulho da campainha e saiu as pressas do quarto sendo seguida por ambos. Que caminhavam logo atrás dela,  colocando suas mãos em seus bolsos seguiu com passos lentos.

"Mãe não exagerou naquele quarto? Pois parece uma bolha gigante de goma de mascar!" - pensava Jae enquanto descia devagar os degraus da escada assim parando em frente a porta sendo seguido pelo mais velho.

"Hum." Pensou KanGin enquanto ficava um pouco mais atras do menor e olhou para os 'convidados' enquanto soltava um baixo suspiro.


Viram a mais velha correr para abrir a porta ela sorriu para o homem que entrara ,Jae se curvou enquanto se pronunciava,de maneira indiferente,claro. - Olá!  - Quando o mais novo se ergueu pudera ver uma cabeleira cor de escura adentrar na sala e parar ao lado do homem que acabara de chegar. KanGin apenas a observou de cima a baixo mas voltou sua atenção para o senhor ali presente e abaixou levemente a cabeça o cumprimentando e se virou caminhando lentamente em direção a sala.A filha de Miura era, totalmente diferente..pelo que puderam observar a menina gostava muito de ritmos relacionados ao rock,mas pelas suas vestes,Jae deduziu ser uma emo-gótica.

 - Olá!. -  pronunciou Jae,novamente de maneira fria. Mas recebeu assim um olhar sem expressão da menina, "Nossa..ela é bem...bonita.." viu que a menina não se pronunciou ou se moveu e arqueou uma sobrancelha mas logo escutou a voz de sua mãe.

- Oh Querido que bom que chegou - disse ela abraçando o homem e logo se aproximou de Miko e sorriu.- Bem Vinda querida!- Mas a resposta que a morena esperava não recebeu.

- Senhora. - Miura e Seul se olharam, e ,olharam para menina. A morena sorriu sem graça. A novata se virou de costas enquanto mudava a musica que estava tocando.

- Miko! - Exclamou seu pai que logo sorriu para os presentes e se curvou.- Desculpem a minha filha ela está apenas cansada da viagem. - Se desculpou logo sorrindo para a morena.

"Mas que ?" -pensava Jae olhando a menina de costas, ela era diferente do que havia pensado. Mas não nega que a ela possuía uma boa aparência. "Interessante...Miko..''

"Miko é?'' encostado no parapeito da varanda da sala KanGin observava o céu que estava nublado. Talvez ter uma menina assim morando com o mais novo não poderia ser algo de outro mundo.
 


Notas Finais


bom..Miane pelos inúmeros erros. Farei melhor.
E..espero que tenham curtido!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...