História Love heals wound - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Got7, Romance
Exibições 8
Palavras 1.279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu não ia postar hoje.. Mas acabei me empolgado ao escrever e enfim saiu mais um cap.. Please, aproveitem o cap.

Capítulo 2 - Im JaeBum


Fanfic / Fanfiction Love heals wound - Capítulo 2 - Im JaeBum

Pov JB on.

Acordei e estava em um hospital. Hani estava lá sentada em uma cadeira, cochilando.

_Ya!! Goon Hani! - a chamei, que acordou assustada.

_Você está bem? - perguntou vindo até mim.

_Estou.. Uahh, imagino se eu não tivesse a protegido. Seria você aqui. - falei.

_O que seria melhor. - sussurrou, mas o suficiente pra mim ouvir.

_Ya! - dei um peteleco na testa dela.

Ela fez cara de choro, colocando a mão na testa.

_O que? O peteleco foi tão forte? - perguntei preocupado.

_Eu levei um baita susto quando te vi desmaiado, sangrando. - falou desviando o olhar para que eu não a visse chorar.

_Eu estou bem, okay?! - levantei seu rosto para limpá-lo. - E meus pais? - perguntei.

_Eu pedi que eles voltassem pra casa. - falou.

_Uau.. Goon Hani preocupada comigo. Quem imaginaria que a garota que me empurrava da escada, hoje estava preocupada comigo. - dei risada.

_Eu nunca te empurrei da escada. - me encarou.

_Mas já me empurrou do balanço de casa. - falei rindo.

_Isso porque você era uma criança insuportável. - falou.

_Você acha que você era legal? - a olhei e ela fez uma careta. - Quando podemos voltar pra casa? - perguntei.

_Eles vão vir te ver daqui a pouco e podemos perguntar. - falou.

"Nunca pude conhecer essa Hani fofa."

Pov JB off.

~*~

Pov Hani on.

Era o dia seguinte e estávamos indo pra casa.

_Não acredito que vamos ter que ir de ônibus. - JB resmungou.

_Pare de reclamar, ninguém deixou o carro, e não vou pedir para que eles venham nos buscar. - falei.

_Podemos ir de taxi. - falou.

_Taxi é muito caro. - falei entrando no ônibus.

Ele entrou em seguida, aborrecido.

Pouco depois chegamos em casa. Os meninos estavam na sala, junto com os pais do JB e minha mãe.

_Cara.. Como você ta? - Jackson foi o primeiro a perguntar.

_Agora.. Bem! - JB falou.

_Que bom! - Senhora Im o abraçou.

_Okay mãe.. Calma. - JB falou constrangido.

Ela o soltou.

_Como foi que isso aconteceu Hyung? Normalmente você é cuidadoso. - BamB falou.

_Fui pegar algo que tinha caído e então caí. - falou ao me olhar de canto.

Percebi Mark olhando para JB, e quando JB disse isso, Mark me olhou.

Nossos olhos se cruzaram por alguns segundos, então ele esnobemente me ignorou, desviando o olhar.

"Aish.. Tão arrogante."

_Ah, mãe.. Devemos deixar no mínimo um abajur da sala aceso. É perigoso caminhar pela casa de noite. - JB falou.

_Okay. - Senhora Im concordou.

_Aigoo.. Vamos fazer algo. Apesar de JB estar aqui, ta todo mundo com cara de morto. - Yugyeom falou.

Então os meninos foram para a sala de jogos.

_E você Hani. Tudo bem? - Senhor Im perguntou.

_Estou sim, obrigada por perguntar. - sorri. - Bem.. Vou pro quarto, tomar um banho e assim descansar. - falei me inclinando pouco e assim subi para o meu quarto.

Tomei meu banho e assim saí do banheiro. 

"Por que Mark fica me olhando daquele jeito maníaco. Sempre que estou perto do JB..(pausa)... Não? Será que ele é mesmo gay?" - estava uma bagunça minha mente.

_Não.. Isso não é verdade. - falei enquanto enxugava o cabelo.

_O que não é verdade? - ouvi a voz do JB.

Me virei pra ele, que estava encostado no batente da porta.

_Hã? - me virei pra ele, fingindo não entender.

_O que está falando que não pode ser verdade? - pergurtou.

_Nada demais... - falei. - JB.. Deixe - me te fazer uma pergunta. - coloquei a toalha na cama.

_Diga. - sorriu.

_Mark.. Ele é gay? - perguntei.

Ele gargalhou por causa da pergunta.

_Por que está me perguntando isso? - perguntou entre as gargalhadas que não parava.

_Ele age estranho quando está perto de mim. - falei.

_Mark tem um pequeno problema com se relacionar com mulheres... A única mulher que ele conversa normalmente, são nossas mães. - explicou.

_Por que? - perguntei curiosa.

_Okay. Por que Mark se tornou assunto da nossa conversa? - pareceu um pouco aborrecido.

_Ya. Por que entrou no quarto dos outros sem bater? Eu poderia estar me trocando. - briguei com ele, fugindo do assunto.

_Então seria um descuido seu. Ainda assim, eu não teria a culpa. Porque quem deve trancar a porta, é você. - falou entrando e a fechou.

_Ta fazendo o que aqui? Você não estava jogando com os meninos? - o encarei.

_Estava.. Mas vim aqui ver como você estava. - falou olhando pelo quarto. - Acredita que nunca entrei nesse quarto?! - olhava pelos lados.

_Acredito.. Você não tem motivos para entrar. - falou.

_Bem.. Agora eu tenho. - se aproximou.

Recuei um pouco, então ele agachou na minha frente.

_Você lavou bem o joelho? - o olhava, por ele estar machucado.

_Sim.. Não se preocupe. - falei.

"Por segundos, achei que ele ia me beijar."

_Você deve tomar mais cuidado. - levantou.

Então ele tirou a franja do meu rosto.

_Ainda bem que dá pra esconded. - falou olhando a ferida na minha testa.

_Por que? Ta feio? - perguntei.

_Você não ficaria feia, nem se esse corte estivesse à mostra. - sua voz saiu sexy.

Bem, ela já é.. mas saiu mais sexy que o normal.

_Com certeza eu não gostaria de deixar ela à mostra. - falei manhosa, mas meio sem saber oque falar, por causa de tal comentário.

_Espero que melhore logo. - beijou minha testa, um beijo de pai, quando o filho se machuca.

Aquilo foi confortável.

_Ya... Im JaeBum! Você deve ter batido a cabeça forte demais.. Você está agindo estranho. - me afastei, ficando de costas pra ele.

Então senti meu pescoço ser beijado, oque me deu arrepio.

_Ya! - virei pra ele "aborrecida".

_Você se tornou uma mulher incrível.. Sabia? - sussurrou no meu ouvido, enquanto levemente encostei minhas costas na parede. Nem havia percebido que tinha ído pra trás tanto assim.

_Ya.. Pare de graça okay? - dei um tapa em seu peito, oque tirou uma risada soprada.

_Sabe... Eu quero muito te beijar agora. - estava com seu rosto perto do meu.

_Não seja imprudente JB. - fui afastá-lo. Mas ele me prendeu, segurando minha mão.

_Eu não estou sendo imprudente querida... Só tomei coragem pra fazer oque estou querendo fazer desde muito tempo. - falou se aproximando cada vez mais.

_JB, não fa... - antes que eu acabasse de falar, ele brutamente aproximou nossos rostos, com a mão na minha nuca e assim selando nossos lábios.

No começo seu beijo estava selvagem, mas logo se tornou um beijo delicado e gentil.

Ele colocou a mão na minha cintura, mantendo nossos corpos juntos.

Agarrei sua camisa, na altura da cintura.

Eu estava em transe, até voltar em meus sentidos.

_O que você acha que está fazendo? - o empurrei, parando o beijo.

_Você fala em 3° pessoa como se não estivesse interagindo no beijo. - sorriu.

_Não sabia que  você é desse tipo de homem. - falei triste.

_Do que? Do tipo que beija bem? - sorriu.

_Do tipo que brinca com os sentimentos dos outros. - falei saindo de perto dele.

_E quem disse que eu estou brincando? - me segurou pelo pulso.

_É o 2° dia que estou aqui e já está me beijando. - falei brava.

_Nos conhecemos desde quando você nasceu, Hani. - me encarou. - Acha que eu te provocava quando éramos mais novos por que? - seus olhos estavam fixos no meu, e estavam sérios. Oque fez meu coração palpitar um pouco fora do compasso.

"Okay.. O que está acontecendo aqui?"


Notas Finais


Espero que tenham aproveitado o cap. A opinião de vocês vale muito. Thank U.
Kissus e até o próx cap.
Boa noite estrelinhas do meu core.. 😘
Quanta gayzisse kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...