História Love in the jungle of stone - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Norman Reedus, Originais
Personagens Norman Reedus, Personagens Originais
Tags Norman Reedus, Romance, The Walking Dead
Visualizações 37
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um :)

Capítulo 2 - Capítulo 2 - Despedida?


Fanfic / Fanfiction Love in the jungle of stone - Capítulo 2 - Capítulo 2 - Despedida?


Valentina correu pra sua mesa. Ficava do lado de Lisa. Olhou pra amiga. Perguntou pelo olhar o que estava acontecendo.

Sua amiga respondeu com o olhar também, pra esperar que ela iria ouvir. Já que seu chefe tinha começado a falar agora.

- Quero começar agradecendo a cada um de vocês nessa jornada, até os que não merecem... - assim falava o diretor da revista. Seu nome era Joseph. Um americano com descendência irlandesa. Um gordo careca, baixo. Recém separado e mal amado. Além de um completo machista.

Valentia odiava ele. Já teria feito a mesma a passar por situações constrangedoras. Ele se achava o dono da revista. Mas era só diretor. E com esse pequeno poder gostava de humilhar seus funcionários. Valentina foi a que mais sofreu. Isso refletia em ser brasileira. Joseph era xenofobico. Adora piadas sobre o país de origem de Valentina. Ela aguentava tudo calada.

Apesar de ser fluente na língua inglesa, poucos notavam seu sotaque. Que só saia quando estava nervosa.

Joseph na verdade tinha inveja de Valentina. Ela ainda não tinha notado nada disso. Mas iria.

Seu chefe continuava a falar, e suas pernas ficavam mais fracas. Ela duvidava do que estava ouvindo.

- Nossa revista está sendo vendida. Na verdade, já foi. Ela será repaginada.

Na mesma hora Valentina já começou a fazer seus planos mentalmente pra voltar ao Brasil. Já sabia que seria despedida. Afinal ela não era nada mais que uma auxiliar que passava o dia cuidando de agendas e comprando café pro seu chefe.

- Eu sei que é um choque para todos. Sim, a maioria irá embora. Vocês já podem começar arrumar outro emprego. Irei chamar um por um em minha sala. - Joseph voltou pra sua sala.

Valentina sentou em sua cadeira, já sentindo o nó em sua garganta. Respirou fundo e olhou pra sua amiga. Que tinha um sorriso solidário em seu rosto.

Ela não conseguia entender o porquê de uma revista super popular ser repaginada. Ela já tinha a certeza de que iria embora. Ela teria que voltar ao Brasil. E não queria. Sua vida era ali. Naquela loucura de cidade. Amava Nova York com todas as suas forças.

-Senhorita Santos! - seu chefe a chamou - Na minha sala!

Levantou e não olhou pra ninguém. Tinha medo que as lágrimas rolassem.

Entrou na sala do seu chefe, o mesmo apontou pra para ela se sentar. Ele tinha um sorriso presunçoso que mostrava que ele estaria com seu emprego garantido. Ele deveria estar feliz. Se livrando dos seus funcionários indesejados. Pensou Valentina.

- Ainda não resolveram sua situação. Meu chefe separou cinco currículos. E você está no meio deles. A senhorita não foi despedida. Não ainda. Vá para casa e apareça nesse endereço amanhã. Está tudo anotado aí. Você fará sua entrevista com seu novo(ou não) chefe amanhã. Boa sorte senhorita Santos. Vai precisar. Pode sair agora. - Joseph mandou tudo de uma vez. Ela não conseguiu nem respirar. Não sabia se sentia aliviada ou mais nervosa.

- Obrigada chefe. - saiu rápido e foi direto pra sua mesa. Sem olhar ninguém novamente.

Lisa estava em sua cadeira e encarava a amiga, esperando que ela olhasse e desse pelo menos uma dica do que tinha acontecido.

Valentina arrumou suas coisas em uma caixa e saiu dali. Todos olhando ela. Saiu do salão e entrou no elevador. Na mesma hora seu telefone vibrou. Era mensagem de Lisa. Pedindo pra ela esperar. Estaria saindo dali também.

Valentia saiu do elevador e sentou nos sofás que ficavam na recepção do prédio.

Quando viu Lisa, sorriu timidamente. Já sua amiga tinha um sorriso que não cabia em sou rosto. Pelo jeito ela também estava entre os cincos.


Notas Finais


Mais tarde posto mais ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...