História Love in the Kitchen - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 94
Palavras 1.891
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooeeeeeeeee
Voltei depois de UM MILÊNIO!!!
Aweee
Me desculpem mesmo
Estava dando mais atenção para a outra fic (deixarei o link nas notas finais) e não escrevi pra essa
49 favoritos? A ultima vea que vi estava com 20 e pouco!!
Amo vcs!!
Me perdoem pelos erros de português
Espero que gostem
Boa leitura!

Capítulo 5 - Boy... in luv?


Fanfic / Fanfiction Love in the Kitchen - Capítulo 5 - Boy... in luv?

       *JUNGKOOK POVS*

Já estava na porta do restaurante com mais outros dois garçons e Jimin não chegava, ele nunca se atrasava. O sol estava iluminando bastante hoje e não havia nuvens no céu, um dia perfeito para ir ao clube ou a praia se eu não tivesse que trabalhar.

Dez minutos depois do horário normal de abrir Yoongi chega correndo e leva um susto com todos nós parados na porta. Ele destranca o local e entramos, começando logo a fazer as coisas afinal, já estávamos atrasados.

Resolvi colocar outra comida no cardápio. Jimin não estava lá então resolvi colocar por conta própria, caso o resultado fosse bom eu estaria ajudando o restaurante, caso não fosse, eu teria que arcar com as consequências. Peguei os ingredientes necessários para fazer um Tteokbokki , que é uma massa de arroz salteada coreana.

Não demorou muito até que terminei de fazer. O cheiro que estava espalhado pela cozinha atraiu olhares para mim de todos ali presentes. Eles pararam o que estavam fazendo e vieram até mim. Coloquei um pouco em cada mini pratinho e distribuí um pra cada e pra ver se eles aprovavam.

- Jungkook-ah! Isso tá muito bom! - disse Yoongi

- Obrigado!

- Tá mesmo! – disseram os outros, logo vi todos lamberem o fundo do prato pra pegar o restinho.

- Obrigado! - ri e fiquei um pouco envergonhado

Fechei a panela para não esfriar e voltei a ajudar a preparar os outros pratos.
   
(...)

A maioria dos pedidos foram direcionados ao meu Tteokbokki. Provavelmente eles devem ter gostado. Estava concentrado na cozinha até que um dos garçons me chama.

- Jungkook? – tocou em meu ombro

- Sim? – o olhei

- Tem um homem chamando você lá no salão, tá na mesa perto da porta. É moreno, está sozinho e tem uma garrafa de vinho em sua mesa – ele gesticulava de acordo com o que falava

- Tá. Já estou indo – terminei de dar os toques finais em um prato que seria servido agora e me limpei.

Quem será? Saí da cozinha me espantando com o tanto de gente no salão e fui ao local onde o garçom tinha me dito encontrando... o Jin?

- Jin-huyng? – perguntei com certo receio de estar me confundindo e ele me olhou desconfiado

- Jungkook? – sorriu ao perceber que era eu e se levantou para me abraçar

- Que surpresa! – falei ao sair do abraço sorrindo

- Não é? – disse ele se sentando

- Eai? Tá gostando do lugar? – olhei em volta e depois para ele

- Sim, aqui é maravilhoso. Começei a trabalhar em uma das revistas da Coréia de gastronomia e virei crítico – disse se preparando para colocar um pedaço do Tteokbokki na boca

- Que bom! - engoli seco esperando uma crítica enorme, Jin sempre foi exigente com comida, não vai ser do dia pra noite que ele vai mudar

- Voltando... – terminou de mastigar e engoliu – Eu quis te chamar pois seu prato está muito bom. Você sabe que eu sou exigente com comida. Mas me diga, como você aprendeu a cozinhar tão bem? – soltei o ar que estava preso em meus pulmões me sentindo menos tenso e mais aliviado
    
- Lembra de eu ter trabalhado naquele restaurante quando ainda morava com meus pais?

  - ... - olhou para frente tentando lembrar do ocorrido – Lembro sim! – sorriu – Aquele tempo que eu trabalhei com você e fomos demitidos por brincar com a comida! – começamos a rir relembrando as confusões que nos metíamos

- Então.

- Nossa... só aquele trabalho que durou pouco e você virou chefe? Você tomava aulas de madrugada depois que eu ia embora ou o que? – rimos mais um pouco

- Não, cozinhava com minha mãe também, e o chefe daqui não sou eu, e sim um homem chamado Park Jimin

- NOSSA! – arregalou os olhos e passou a mão na barriga em movimentos circulares – As comidas dela eram TÃO boas. Sinto falta... Mas a sua substituiu. E está melhor que a dela.

- Sério? - ele afirmou - Que bom! – sorri

- Bom, foi uma ótima conversa – pegou uma caneta, abriu um caderno de anotações e começou a escrever algo – Vou deixar meu número com você para a gente marcar de sair e se divertir.

- Ok. Eu te ligo ok? – peguei o papel e o coloquei no bolso

- Ok. Tchau Kookie! – acenou

- Tchau hyung! – acenei de volta e voltei para a cozinha

(...)

          *YOONGI POVS*

Logo que terminei de arrumar a cozinha, fui direto para casa do Jimin. Essa era a primeira vez que ele falta desde que ele entrou em depressão por causa daquela piranha.

Cheguei no seu corredor, bati em sua porta e recebi um "Pode entrar!" bem desanimado - para uma pessoa alegre que nem o Jimin - como resposta. Quando abro a porta, encontro a sala escura e vejo Jimin comendo sorvete, assistindo um filme.

- Tá na TPM? – perguntei largando minhas coisas na mesa e me jogando no sofá

- Não – deu uma colherada no sorvete

- Parece.

Ficamos um pouco em silêncio somente com o barulho dele comendo o sorvete e o do filme.

- Me dá essa merda - peguei o sorvete de sua mão - Obrigado.

- Enfim – suspirou fundo - Como foi o dia hoje? – me olhou

- Começamos atrasados pois você não tinha ido e eu cheguei atrasado – falei como se aquilo fosse óbvio

- Tenho que passar a chave pro Jungkook. Na moral – negou com a cabeça e voltou a assistir o filme

- Foda-se. Continuando... ele fez um Tteokbokki muito bom, muito bom mesmo e colocou no cardápio.

- ELE O QUE? – ele se sentou no sofá e me olhou com os olhos arregalados como se o Jungkook tivesse cometido um crime

- Calma, agora vem a melhor parte – ri anasalado antes de continuar - Um crítico veio para o restaurante hoje e... – parei de falar e coloquei uma colher de sorvete na boca

- Fala logo porra! – ele segurou na gola da minha blusa e aproximou meu rosto do seu

- Calma desgraça! - revirei os olhos e me soltei dele rindo - Elogiou a comida do Kook.

- Jungkook – me corrigiu meio irritado

- Isso, Jungkook - me corrigi e estranhei sua atitude

- Que bom – voltou a assistir TV como se não se importasse

- Porquê você não foi hoje? – perguntei ainda com receio de ele me dar uma patada

- Não quis – respondeu simplista

- Fala logo – dei um tapinha em seu braço o forçando a falar – Continuou a conversa agora termina porra! – Ele me olhou com uma cara triste e suspirou profundamente

- Estou tentando evitar o Jungkook – passou a mão no cabelo bagunçando-o

- Por que exatamente essa viadagem toda? – franzi o cenho

- Porque eu estou apaixonado por ele.

        *JIMIN POVS*

Yoongi me olhava com uma cara típica da pessoa que não estava acreditando na situação. Peguei o pote de sorvete que estava em sua mão de volta e voltei a comer assistindo o filme. O silêncio – exceto pelo áudio do filme – estava me incomodando. Ele continuava parado me olhando e eu olhava de canto de olho para ver se alguma coisa aconteceria.

Ele se levantou, foi a cozinha e escutei ele abrir a porta do armário pegando um copo. O encheu com algo e bebeu. Encheu novamente e trouxe para a sala. Colocou o copo na mesa de centro e abaixou o volume da TV, se sentando logo após, virado para mim.

- Você o quê? – arqueou o sobrancelha e sua boca formou um pequeno “o”, se ajeitou no braço do sofá de forma que ficou meio deitado e pegou o sorvete de minhas mãos novamente – Obrigado.

- Eu estou apaixonado pelo Jungkook – falei de forma simples. A colherada de sorvete de flocos que ele tinha colocado na boca agora estava em uma briga com sua garganta, não sabia se digeria ou se cuspia. Dei um leve tapa em suas costas e o sorvete (que antes estava entalado) agora se encontrava no chão.

- Você? Park Jimin. Apaixonado pelo cozinheiro calouro? Sério isso Jimin? – olhei para ele pegando o sorvete de novo e afirmei com um sorriso. Percebi que ele balançou a cabeça em forma de reprovação – Agora me diga, quando exatamente você começou a gostar de garotos? Pra mim, você gostava de peito, bunda e buceta – peguei o sorvete de novo e voltei minha atenção ao filme.

- Desde semana passada… eu acho. Se não foi mais que isso então sim, desde semana passada – ele se levantou e foi a cozinha.

- E isso começou por causa do Jungkook? – sua voz soou um pouco distante por estar mais afastado de mim porém entendi.

- Sim – suspirei profundamente enquanto cutucava o sorvete no pote.

- Ah… - disse como se tivesse entendido – Eu só tenho uma coisa pra dizer – o olhei – Você está fudido – nesse momento ele entrou novamente na sala com um copo de água e dois pacotes de engov. Franzi o cenho não entendendo o porquê daquele remédio se não estava com dor – Toma – estendeu o copo para mim e o peguei – Nós vamos pra balada hoje. Isso é bom pra não dar problema na hora de beber.

Coloquei os comprimidos de um dos pacotes na boca, e os engoli com a água bebendo o resto depois. Fechei o pote de sorvete e fui para a cozinha. Deixei a colher na pia para lavar depois e coloquei o sorvete de volta no congelador.

Voltei para a sala e Yoongi estava tomando seus comprimidos, fui para meu quarto e ele veio logo depois.
Abri o guarda-roupas e tirei quatro camisas colocando-as na cama. Tirei também duas calças e três sapatos. Fechei novamente as portas e me virei para Yoongi que estava em pé ao meu lado olhando minhas escolhas.

- Calça de couro justa com a camisa branca cavada e o coturno caramelo te deixam sexy pra caralho. Acho uma boa combinação – disse equanto arrumava o conjunto na cama mesmo. Gostei da combinação e fui ao banheiro tomar banho.

Dei só uma refrescada no corpo e lavei o cabelo logo saindo e escovando os dentes. Enrolei a toalha na cintura e votei ao quarto, onde encontrei Yoongi descalço com uma calça jeans preta meio justa e sem camisa. Ele me olhou e sorriu enquanto eu olhava pro seu corpo. Me virei para pegar uma box no armário e ao voltar meu olhar para Yoongi ele estava vestindo sua camisa.

Me vesti sem demorar muito e dei os ajustes finais antes de terminar de me arrumar. Saímos do quarto o deixando “bagunçado” e fui para a sala para pegar meu celular e carteira. Antes de sair peguei a chave do carro e logo após, tranquei a porta.

Descemos até a garagem conversando sobre besteiras até entrarmos no carro onde o liguei, e coloquei uma música pra tocar pra animar aquela noite que estava apenas começando.


Notas Finais


Então?
Continuo?
Gostaram?
Sugestões e críticas são bem vindas
Espero que tenham gostado
Até a próxima

Link da minha outra fic caso queiram ler: https://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-bangtan-boys-bts-better-life-5998691


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...