História Love in The Sixties - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Beatles
Personagens George Harrison, John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr
Tags George Harrison, Homossexualidade, John Lennon, Mclennon, Paul Mccartney, Ringo Starr, Romance
Exibições 43
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse eu fiz rápido kk
Gente, a partir de agora a história vai ser em terceira pessoa Ok?
Beijos e até as notas finais :*

Capítulo 11 - Vamos Conversar


Fanfic / Fanfiction Love in The Sixties - Capítulo 11 - Vamos Conversar

Os Beatles estavam em um hiato de quase quatro meses, os fãs desesperados. Paul e John estavam em um relacionamento sério, e George e Ringo haviam se mudado após a briga dos quatro.

- Ei, levanta. Não é o fim do mundo, vai ficar tudo bem. - Um Paul carinhoso disse a um John doente se recusando a levantar da cama.

- É sim. - John respondeu com a voz abafada, o rosto enfiado no travesseiro. - Primeiro, brigamos com os garotos. Agora, eu fico com febre.

Paul se deitou ao lado dele e o abraçou.

- Você vai melhorar. Quer medir de novo?

- Aham. - John assentiu, ainda com o rosto na fronha.

Paul pegou um termômetro na cabeceira da cama.

- Vira, como você vai conseguir botar assim?

John se virou, o nariz rosado pelo entupimento e olheiras embaixo dos olhos. Paul chacoalhou o termômetro e botou na boca de John.

- Eu vou pegar um comprimido pra você.

Paul beijou a testa de John, foi até o banheiro e abriu o armário do espelho para pegar o remédio. Depois, foi à cozinha pegar um copo d'água, voltou para o quarto e sentou na cama ao lado de John. Eles ficaram se olhando, e depois de 2 minutos Paul pegou o termômetro da boca do outro.

- 39ºC. Já melhorou, você estava com 39,5ºC.

John sorriu e olhou para Paul.

- Você fica sexy doente. - Ele comentou. - Tome o remédio.

John riu, tomou o comprimido e deitou no colo do mais novo, que passava a mão em seu cabelo castanho bagunçado.

- Sabe, eu queria te beijar, mas não quero que você fique doente também. - John comentou.

- Você pode me beijar.

- Mas eu me importo com você, e do jeito que eu estou, não ia conseguir cuidar de você.

- Só um beijinho, vai. Não precisa de língua.

- Mmm. - John refletiu - Ok.

Eles se beijaram e logo John ficou sério, ao pensar em George e Ringo.

Os outros dois haviam alugado um apartamento pequeno, e mal se falavam. Existia uma relação romântica entre eles, mas estavam em um momento difícil. Dentro dos três meses que passaram na casa nova haviam brigado diversas vezes. George possuía o monopólio da televisão, então tudo o que Ringo podia fazer era ler livros velhos e revistas baratas. O máximo de palavras que trocavam eram coisas do tipo "Você viu o outro pé dessa meia?" E a resposta era sempre não.

George estava cansado daquilo e queria conversar sobre isso, então ele tomou coragem e foi.

- Ringo?

- Não, eu não achei o seu casaco.

- Não é isso, eu quero falar com você.

- O que foi?

- Senta aqui. - George o convidou para sentar ao lado dele no sofá e desligou a televisão.

- Fala.

- A gente precisa retomar, ficar mais feliz, estamos brigando muito.

- Como eu posso ficar feliz quando os Beatles estão separados? Paul e John nem falam com a gente.

- Então a gente tem que falar com eles, vamos lá pra outra casa, conversar.

- Tudo bem. Mas eu não quero que eles saibam sobre nós.

Na outra casa, depois de uns 15 minutos conversando, Paul e John ouviram a campainha tocar.

- Eu vou atender, OK? Já volto. - Paul disse para John.

- Volta rápido, eu vou ficar com saudade.

- Tudo bem.

Paul beijou a bochecha de John e foi até a porta. Do olho mágico, viu Goerge e Ringo. Suspirou e abriu a porta.

- Olá. - Ringo disse assim que viu Paul.

- O que vocês querem? - Ele respondeu.

- Falar com você e John - George respondeu. - Onde ele está?

- No quarto, doente.

- Ah. George, não é melhor voltar outro dia..? - Ringo perguntou a George.

- Não, temos que fazer isso agora. - Ele respondeu - Paul, chame o John.

- Hm. - Paul bufou - Tudo bem. John?

- O que? - O Beatle doente respondeu.

- Pode vir aqui na sala?

- Ok.

John apareceu no corredor com seu pijama azul. Dali viu Paul, George e Ringo e foi até os três.

- Amor, o que eles estão fazendo aqui?

- Queremos falar com vocês, engatar a banda de novo - George respondeu antes que Paul pudesse fazê-lo.

- Tudo bem. Vamos logo. - John respondeu George sem olhar em seus olhos.

Paul pegou duas cadeiras da mesa de jantar e arrastou para a frente do sofá para George e Ringo se sentarem. O casal assumido se se sentou no sofá, Paul envolvendo John por trás e John com a mão na perna direita de Paul.

- Er... Vamos? - Ringo disse, olhando estranho para os namorados em sua frente.



Notas Finais


O próximo vai vir em breve :)
O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...