História Love is a game, wanna play? - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Personagens Originais
Exibições 8
Palavras 428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


estava sem criatividade
desculpa :(

Capítulo 21 - 2.1


07/12/2018 Sexta-feira

08:26 AM

- Não precisa trabalhar aqui se não quiser. - Minha mãe disse abrindo a porta da loja. 

- Não, eu posso trabalhar sim. - Falei. 

- Tem certeza? 

- Absoluta. 

Na verdade, não. Eu não queria trabalhar ali, mas não consegui nenhum emprego, fora que minha mãe precisava de ajuda. 

08:48 AM

Não há muito movimento na loja nesse horário. Apenas o Sam e mais algumas meninas aparecem aqui. Bem, de tarde não é muito diferente. 

- Filha, por favor, eu esqueci algumas coisas no andar de cima, pode ir buscar? - Ela disse, desesperada. 

- O que houve? 

- Por que? - Perguntou. 

- Aconteceu alguma coisa? 

- Lucas? Eu não falei nada disso. 

Ela apontou para um dos corredores. Havia um garoto moreno, estava de costas, até então eu não havia reconhecido. 

- O que tem ele? Quem é? Precisa de ajuda? Ok, vou ir até lá.

- Não! - Ela segurou meu braço. - Não vai. 

- Mãe! É só um menino qualquer.

- Não é... 

- Precisa de ajuda? - Eu falei, me aproximando, ele levou um susto e ficou de frente para mim. 

- Oi, não...eu.....Eu te conheço? 

- Não se faz de tonto, Lucas.

- Ah! Catherine, quanto tempo, não é? 

- Por que você fez aquilo com o Sam? 

- Do que você está falando? - Ele perguntou. 

- Você sabe muito bem do que eu estou falando. 

- Qual é, foi só um empurrãozinho. 

- Tudo bem. Agora, eu vou te perguntar de novo. Por que você fez aquilo? 

- Porque.....porque...eu não sei, me deu vontade. 

- Sei. - Respondi, desconfiada.

5:14 PM

Eu precisava ir no mercado, avisei minha mãe e saí, já que eu não precisava trabalhar nesse horário. 

Então, virei a esquina e blam. 

- Preste atenção no que eu vou te dizer, você não vai conseguir "roubar" a Catherine de mim. Ta me entendendo? Ela gosta de MIM, não de...

- Chega! - Eu o interrompi, me aproximando. - Lucas, o que você está fazendo? 

- Só falando algumas verdades para esse...

- Sam. 

- Fica quieto! 

- MENINOS! LUCAS, JÁ CHEGA, TÁ LEGAL? PARA COM ISSO, EU NÃO GOSTO DE VOCÊ. - Menti, na verdade eu ainda gostava. - Você pode deixar o Sam em paz agora? 

- É! Você mentiu para ela. Isso foi péssimo. - Sam disse.

- Como você sabe disso? - Perguntei. 

- Sua mãe me contou. - Ele respondeu. 

- Eu sei que o que eu fiz foi errado. Mas....me desculpe, por favor. - Lucas falou. 

 


Notas Finais


blam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...