História Love is a sin? - Jikook! - Incesto. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Tragedia, Vhope, Yoozi
Exibições 235
Palavras 935
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hahahahaha! Chegaaaayyyy! Negócio é o seguinte: eu quero acabar logo com essa fic! Hahahahah! Bom... Novo capitulozinho! Eu amo muito vocês! Obrigada por tudo gente! Por todos os 150 favoritos e pelos comentários maravilindos, que me fazem muito feliz! Eu espero que gostem! Boa leiturinhaaaa! 😚🍃🙌🏻😜😃💕🙈

Capítulo 32 - The best for my son! - VHope pt. 2! - Último (Vhope).


Fanfic / Fanfiction Love is a sin? - Jikook! - Incesto. - Capítulo 32 - The best for my son! - VHope pt. 2! - Último (Vhope).

~ Taehyung on ~      

- Hobi, acorda... - o cutuco. Estou morando com o Hoseok agora, eu não tinha dinheiro para sustentar minha irmã, e muito menos uma casa. Foi difícil dizer adeus á tudo que eu tinha antes. Minha irmã está morando com o namorado dela em Busan, sentirei falta. 

- O que foi Tae? - ele diz se espreguiçando. Hoseok foi simplesmente, a melhor coisa que já entrou em minha vida; ele é carinhoso, se preocupa comido e me ama pelo que eu sou. 

- O enterro... É agora... - digo forçando um sorriso.

- Verdade! Vamos nos trocar então... - ele diz se levantando e depositando um beijinho em minha bochecha.

Esses últimos dias tem sido confusos para mim... Não vejo mais Jimin, não recebo notícias dele, e estou preocupado com o que pode ter acontecido com ele. Eu não suportaria perder outra pessoa importante para mim. 

* Eu e Hope nos trocamos e fomos até o cemitério; só nós dois. Até porquê, minha mãe e minha irmã eram minha única família, e eu pedi para que Hope não contasse para os outros meninos, Namjoon e Jin estão noivos, então, não queria preocupar mais ninguém. * 

- Hobi... - digo baixinho enquanto o mais velho estacionava seu carro. - Eu estou te incomodando? - pergunto cabisbaixo.

- Claro que não... Por que está dizendo uma coisa dessas? - ele pergunta desligando o carro e parando seu olhar sobre mim.

- Não quero incomodar ninguém... - solto uma lágrima.

- Não diga uma coisa dessa! Eu te amo, Tae! Ainda não entendeu? Eu te amo e QUERO te protejer e cuidar de você! - diz ele dando ênfase na frase. Pega minhas duas mãos me fazendo olhá-lo. Beija minhas mãos e sorri fraco. O moreno sai do carro e vai até o outro lado, abre minha porta e saio do carro pegando em sua mão. 

* Fomos caminhando juntos e de mãos dadas por aquele imenso lugar, cheiro de túmulos com vidas cerradas. Com destinos quebrados e incertos. Aquilo só me fazia pensar: " Quanto tempo eu ainda terei? ".*

- Tae, aqui... - o mais velho me tira de meus devaneios, entregando-me um buquê  de rosas brancas. 

- Obrigado... - digo baixinho e me ajoelhando perante o túmulo de minha mãe. - Eu te amo, mamãe! - começo a chorar e me debruço sobre seu túmulo.

- ... - Hoseok vem até mim e segura em meu ombro, me fazendo levantar. - Eu vou cuidar muito bem dele, senhora Kim! Eu prometo! - ele diz sorrindo fraco e dando duas batidinhas fraquinhas na madeira envernizada. 

< Ficamos tempo lá, observando o corpo de minha mãe, fiquei um tempo abraçado a minha irmã, chorávamos quando lembrávamos de mamãe. Minha irmã me cantou uma musiquinha que mamãe costumava cantar para que fossemos dormir, sorri, e acabei pegando no sono em seu ombro. > 

Minha mãe era uma pessoa tão boa, ela sempre desejava o melhor para nós. Ela sempre deu duro por nós! Sempre trabalhou para nos manter. Sempre sofreu muito ao lado de meu pai, aguentando cada ferimento feito pelo mesmo, e fazia isso por mim e por minha irmã. Meu pai também morreu, mas faz um longo tempo, eu sei que não deveria, mas agradeço por isso! Não aguentava ouvir soluços e lágrimas vindo de minha mãe e minha irmã. 

~ Hoseok on ~    

Taehyung acabou dormindo no ombro de sua irmã, então, o peguei no colo, colocando sua cabeça de modo confortável em meu ombro. 

- Obrigada senhor Hoseok! - a irmã de Taehyung me disse sorrindo fraco.

- Não agradeça! E não precisa me chamar de senhor! - sorrio. 

- Cuide bem dele, ok? Tem algo que minha mãe escreveu antes de morrer... Ela queria que eu entregasse para você... De certo modo, ela sabia de vocês dois, até porquê, Taehyung não parava de falar de você! - ela ri baixinho me entregando um envelope. 

- Obrigado... - digo sorrindo surpreso. - Darei tudo de mim! - digo, e a menor deposita um selar na testa de seu irmão, que ainda estava adormecido em meus braços. Nos despedimos e vou até o carro; coloco Taehyung delicadamente no banco de passageiros, e vou até minha casa. 

[...]

~ Depois de colocar Taehyung na cama, pego a cartinha de sua mãe e me sento na poltrona ao lado da cama. ~

Querido Hoseok,

Olá, se está lendo isso, é porque minha hora chegou. Eu queria pedir-lhe que cuide de meu filho. Quero que o faça feliz. Taehyung gosta muito de você, há muito tempo atrás, quando eu soube que estavam em um relacionamento virtual, tomei atitudes, nas quais me arrependo; mandei Taehyung terminar com você, por instinto materno, eu achava que vocês nunca teriam um futuro e eu queria o bem para o meu filho. Mas vi que estava errada. Então, por favor, cuide do meu filhote! Taehyung se esforçou muito pela minha vida, e quero que ele descanse. Felicidades para vocês! 

   Sra. Kim. 

• Quando termino de ler, olho para Taehyung com os olhos marejados e sorrio. •

Sim, eu vou fazê-lo feliz, nem que isso custe a minha própria vida! Eu amo esse doce menino, que corre atrás do que quer, que deseja sempre o melhor para as pessoas. 

" Lembre-se da maneira na qual você me faz sentir, 

Cheio de amor e de felicidade,

Não pense  que eu apenas deixaria isso passar em branco! "

+ CONTINUA?.. + 

Esse foi o último capítulo de Vhope, porém... Eu vou fazer um bônus Vhope e Namjin em um único capítulo, ok? 


Notas Finais


Eae? Gostaram?! Até o próximo Yoozi! E depooois: Bônus Namjin e Vhope! Hahahs!
Eu espero que tenham gostado! 😝
Até o próximo! 👋🏻
Amo vocês! ❤️🇯🇵🇰🇷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...